Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Líder de ocupação onde ocorreu chacina é assassinado no Pará

Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil

Rosenildo Pereira de Almeida, um dos líderes da ocupação na Fazenda Santa Lúcia, em Pau D Arco (PA), foi assassinado nesta sexta-feira (7)
Rosenildo Pereira de Almeida, um dos líderes da ocupação na Fazenda Santa Lúcia, em Pau D´Arco (PA), foi assassinado nesta sexta-feira (7)Mario Campagnini/Justiça Global

Foi assassinado, na noite dessa sexta-feira (7), um dos líderes da ocupação na Fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco (PA), local onde 10 camponeses foram mortos durante uma operação policial no dia 24 de maio deste ano.

O crime ocorreu em uma cidade próxima, Rio Marias, para onde o líder Rosenildo Pereira de Almeida, de 44 anos e conhecido como “Negão”, havia ido na noite de sexta-feira para se esconder, após reiteradas ameaças de morte. Segundo informações preliminares da Comissão Pastoral da Terra (CPT), ele teria sido executado com três tiros na cabeça por dois motoqueiros.

A informação foi confirmada pela organização não governamental Justiça Global, que presta auxílio social e jurídico ao acampamento. A assessoria da Polícia Civil do Pará também confirmou as circunstâncias do homicídio, mas disse desconhecer se a vítima era uma liderança da ocupação na Fazenda Santa Lúcia.

“O que nós podemos afirmar é que ele era uma liderança lá do acampamento e vinha recebendo ameaças de morte por conta dessa função”, disse José Batista, coordenador jurídico da CPT em Marabá, maior cidade da região.

De acordo com a coordenadora da Justiça Global, Sandra Carvalho, o assassinato expõe a situação de contínua ameaça à qual os integrantes da ocupação na Fazenda Santa Lúcia encontram-se submetidos, especialmente após a Polícia Federal ter sido autorizada, no início de junho, a investigar as mortes em Pau D’Arco.

“Esse processo de investigação e de apuração para desmontar uma farsa de que houve conflito, e não chacina, está deixando as pessoas que cometeram esses crimes preocupadas, fazendo com que continuem a ameaçar”, disse Sandra à Agência Brasil. Ela criticou a Secretaria de Segurança Pública do Pará (SSP-PA), a quem acusou de ignorar os pedidos de proteção às pessoas no local.

A reportagem tentou diversas vezes entrar em contato com a secretaria, por meio do telefone fixo e dos celulares de plantão da assessoria de imprensa do órgão, mas ninguém atendeu às ligações.

A Justiça Global disse ter solicitado a inclusão imediata de outras três lideranças camponesas de Pau D’Arco, cujo paradeiro no momento é desconhecido, no Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas do Pará e também no Programa de Proteção a Defensores de Direitos Humanos, mantido pelo governo federal.

“Neste exato momento, estamos tentando localizar essas três pessoas para prestem imediatamente depoimento ao delegado da Polícia Federal que investiga a chacina”, disse Sandra.

Nesta semana, lideranças sociais que acompanham o caso realizaram um ato na seccional do Rio de Janeiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para pedir que as mortes de camponeses em Pau D’Arco não fiquem impunes.

Em nota, o Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos afirma que o assassinato de Almeida é fruto da “omissão dos governos federal e estadual” e critica a falta de definição do Instituo Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) sobre a área reivindicada pelo grupo. “Após a morte dos dez trabalhadores rurais sem-terra, os camponeses voltaram a ocupar uma área próxima à fazenda Santa Lúcia para que as mortes não tivessem sido em vão. Sua luta pela reforma agrária, todavia, não teve nenhum suporte nem antes nem depois do crime. Almeida, inclusive, havia deixado o local [acampamento] horas antes [de ser assassinado] porque estava sendo ameaçado e perseguido”, denuncia a entidade.

 

Texto ampliado às 15h26 

Edição: Juliana Andrade
 
Agência Brasil
 
 

julho 8, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Para de mortes

josé cláudio

Seringueiro Morto

É grande o número de assassinatos no Pará, sempre às sombras da in(justiça) brasileira.

Há certos fatos, nessa vida, que me chamam a atenção, como foi o caso de Wellington Menezes, o psicopata do Realengo, morto dias antes do assassinato de Osama Bin Laden. Eu fico me perguntando o que essas coincidências querem dizer.

O Código Florestal Brasileiro teve a sua discutida aprovação, pelos deputados, no dia da morte de José Cláudio Ribeiro da Silva e sua esposa Maria do Espírito Santo. José Cláudio, líder extrativista de Nova Ipixuna, no Pará, deixou registrada uma denúncia de que iria morrer, sem que nenhuma providência fosse tomada.

Assim como Chico Mendes, assassinado em 1.988, e Dorothy Stang, morta em 2.005, aos 73 anos, José Cláudio sabia que iria morrer, como fica comprovado em suas declarações.

As leis federais são muito fortes, mas o Governo Federal nunca teve muita preocupação em investir na promoção da Justiça. A presidenta Dilma destinou quinhentos mil reais para fiscalização da região, depois da morte do seringueiro – Esse valor me fez lembrar do Panamericano.

Se fossem quinhentos milhões de reais, estamos falando do futuro do planeta, eu até entenderia, mas quinhentos mil reais deve ser o valor que o Sílvio Santos gasta com sua manicure.

Eu me lembro de um oficial de justiça que foi levar a intimação para um fazendeiro, e desapareceu, mostrando como funciona a justiça do Pará.

Eu fico pensando se em estados como São Paulo e Rio de Janeiro, onde há informação e pessoas bem informadas, além de uma organização razoável, tudo está um caos, imaginem em outras regiões abandonadas.

Além da falta de investimentos em segurança, há um problema muito maior, a falta de Justiça, essa falta está nos levando para uma situação perigosa.

Até o então presidente Lula criticou a decisão da sentença, relacionada à morte de DorothY Stang, confirmando a minha suspeita – Não é o presidente que manda no país.

A soltura do banqueiro, Mister Dantas, em menos de vinte e quatro horas, mostrou a força econômica imperando sobre a Justiça brasileira. O caso do Banco Panamericano mostrou um perigo ainda maior, uma combinação de poder, dinheiro e comunicação de massa.

Está mais do que claro como são criadas as leis nesse país, para quem servem essas leis e qual o nosso papel nisso tudo.

Nós precisamos boicotar os banqueiros e pessoas envolvidas nesses escândalos. Infelizmente, no caso do Panamericano, já mudaram a razão social da empresa para se esconder.

Os homens poderosos, como Sílvio Santos e outros banqueiros, devem ser boicotados para que de alguma forma sintam as consequências de seus atos ilícitos.

Quando disserem que o brasileiro está sendo discriminado no exterior, então saberemos que pelo menos lá fora estão vendo o que está acontecendo no Brasil.

O Brasil, uma das maiores economias do mundo, está sendo respeitado lá fora, prova disso é que a Copa e as olimpíadas serão realizadas aqui.

Mesmo tendo tantos problemas sociais e um IDH baixíssimo, há uma apoio estrangeiro muito grande aos poderosos brasileiros, portanto, a comunidade internacional também tem culpa.

By Jânio

junho 2, 2011 Posted by | Policia | , , , , | 5 Comentários

Mulher de 79 cm dá a luz a bebê de 49 cm no Pará

pequena mulher

recordista mundial

Parece até que eu já vi essa notícia antes, mas é verdade, pelo menos a julgar pelos sites onde está sendo veiculado a notícia.

Maria do Socorro, uma anã de 79 cm, 8 cm  mais alta que a menor mulher do mundo. Segundo a notícia, nos principais portais do Brasil,  o parto foi normal, apesar de toda a gestação ter sido acompanhada em ambulatório de alto risco, isso porque o bebê, pasmem, tem 49 cm e quase 2,5 kg.

Recentemente, eu vi uma matéria parecida, só não me lembro se foi no Pará. A vida não para de nos surpreender.

Veja a notícia completa.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4220899-EI306,00.html

Links Relacionados:

Os homens mais altos do mundo

A menor mulher e homem do mundo

 

janeiro 26, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 10 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: