Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Guerras irreais

encarnação do mal

Falsas guerras

As guerras trazem muitas consequências desagradáveis para a vida de uma pessoa, os casos mais divulgados pela mídias nos últimos anos, sem dúvida estão relacionados à Guerra do Vietnã.

O diretor de cinema Oliver Stone foi um voluntário na guerra do vietnã, um jovem idealista que perdeu a inocência numa guerra insana, passando a ser um dos maiores críticos do jogo do poder.

Nem todos tem a sorte de Oliver Stone.

Oliver Stone perdeu a inocência, tornou-se rebelde, mas sobreviveu, mantendo sua sanidade intacta, ou quase.

O maníaco homicida Rambo, vivido por Sylvester Stallone no cinema, é considerado a encarnação de Oliver North, ou vice-versa – coronel do exército americano – um homem de passado obscuro, servindo interesses políticos e comerciais, relacionados a uma indústria bélica diabólica, patrocinadora do imperialismo americano.

Assim como na ficção – Rambo – na realidade, sua encarnação – North – acreditava e era manipulado pelas ideias, pelas propagandas criadas pelo governo americano. Oliver North era uma versão dos terroristas, supostamente “fundamentalistas”, mas que na realidade eram usados por essas ideias, ferramentas de controle mental.

A primeira vítima dessa lavagem cerebral no Brasil, foi o maníaco Wellington Menezes, autor da carnificina do Realengo. Expondo um problema crônico na infraestrutura do país: falta de manicômios, hospícios, hospitais para doentes mentais, ou seja lá como esses locais se chamem.

Era uma vez um jovem idealista milionário que acreditava que poderia mudar o mundo, também poderíamos dizer que era um grande louco que acreditava que poderia mudar os destinos de nações oprimidas, não importa, o fato é que o jovem se aliou ao império mais poderoso da terra – EUA.

Os EUA são muito parecidos com o Império Romano em alguns pontos, mas são bem distintos desses em outros pontos também.

Seu império só faz uso da crueldade fora de seu território, nisso são muito parecidos com os romanos e diferentes dos políticos brasileiros.

O erro americano ocorre quando aplicam a pena de morte aos criminosos de outros países.

Outro tipo de erro o qual podemos observar, é o comércio da indústria bélica e suas estratégias, somadas aos interesses comerciais das grandes potências.

Quando o serviço secreto americano começou a treinar o terrorista Osama Bin Laden, nem imaginava o perigo que ele representaria no futuro.

Talvez o fato dos terroristas/guerrilheiros desenvolverem suas estratégias, organização e atividades em células isoladas, tenha permitido que o jovem milionário árabe envelhecesse.

Próximo a sua morte, ele se encontrava ao lado daqueles que deveriam prendê-lo.

Surgiram os boatos de que os soldados paquistaneses estivessem protegendo-o, ou talvez comprando suas habilidades, conhecimentos e informações, passadas a ele gentilmente pela CIA.

Não se sabe ao certo, de certo é o fato de Bin laden deixar de ser útil aos dois lados. Osama já não era mais útil aos americanos há muito tempo, deixando de ser útil aos paquistaneses também, em seus últimos dias.

Talvez Osama Bin Laden fosse apenas um fantoche, talvez trabalhasse para os próprios americanos, promovendo a venda de armas através das guerras. Nas últimas imagens divulgadas do terrorista, nota-se que ele era um grande vendedor.

Terroristas convivem com o perigo, alguns são mercenários sem nação nem ideologia, cujo interesse é o lucro vindo do caos e da guerra. Nem todos são assim, a maioria são pessoas sem emprego, sem futuro, vivendo em países explorados por superpotências, cujo único objetivo é uma ideologia maluca que usa como pretexto trechos de livros sagrados, mal interpretados naturalmente.

Por causa de Osama Bin Laden – EUA – pelo menos três nações árabes entraram em conflito direto com o Ocidente, além de outras envolvidas indiretamente. A suposta “Guerra Santa” mostrou o outro lado do suposto “fundamentalismo“, versão do fundamentalismo de livre mercado – capilalismo – com o qual esse conflito está diretamente relacionado.

Em meio a tudo isso, o fiel ex-alidado passou a ser o homem mais procurado pelo FBI, uma polícia que deveria ser federal, mas que passou a assumir várias funções da CIA, polícia secreta que trata apenas de assuntos americanos politicamente incorretos.

O poder de Bin Laden já era conhecido pela CIA, mas o mundo só passou a saber disso no dia em que milhares de mortos do World Trade Center escreveram com sangue o princípio: “Quem viver pela espada, pela espada morrerá.”

A reação americana foi imediata, quase ensaiada, e o filho do “homem”, Bush, fez a vontade do pai, invadindo, caçando e matando Saddam Hussein. Você entendeu? – Osama atacou as torres gêmeas, e o ditador Saddam Morreu.

Saddam Hussein foi acusado de produzir armas nucleares, mas isso nunca foi suficiente para unir o bipartidarismo americano, era preciso dizer que Saddam Hussein estava protegendo Bin Laden.

Com a morte de Saddam Hussein, foi criado um novo inimigo, Paquistão, curiosamente, nunca houve uma guerra do Paquistão, houve uma guerra do Afeganistão.

No Afeganistão, país dividido, controlado pelos talibãs, seria o esconderijo perfeito para Osama Bin Laden, afinal, foi ali que ele começou sua história, trabalhando para os americanos contra a União Soviética.

Vencida a Guerra do Afeganistão, guerrilheiros do Talibã teriam fugido para o Paquistão, com eles Osama Bin Laden, o top criminoso do FBI. Acontece que o Paquistão não gosta muito de invasores – ou será que gosta?

O Governo do Paquistão prendeu muitos guerrilheiros do Talibã, mas Osama estava ali, junto de um quartel do exército.

No fundo, os árabes estavam gostando de ver a decadência do império americano.

Em países subdesenvolvidos, as confusas histórias desses países se confundem com as histórias de homens como Osama Bin Laden. São histórias difíceis de contar e de entender, regiões onde tradições, religiões, ditaduras, impérios e interesses econômicos se misturam.

só uma coisa não muda: “Quem viver pela espada, pela espada morrerá”.

O Assassinato de Osama Bin Laden foi um crime perfeito, com o corpo atirado ao mar, apesar de muita gente duvidar de sua morte.

É natural essa dúvida, afinal, criaram um mito, um super-homem que nunca morre, capaz de decidir o destino de países inteiros.

Somando as guerras e a crise mundial, podemos dizer que o assassinato de Osama Bin Laden é o assassinato mais caro da história, mas um conceito fundamentalista nunca morre: “Quem vive pela espada, pela espada morrerá”.

Portanto: “Não matarás!”

Textos relacionados:

Osama é morto pelos americanos

Imagens chocantes de 11 de setembro

Repercussão da morte de Osama Bin Laden

By Jânio

maio 12, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , | 5 Comentários

Osama Bin Laden é morto pelos americanos

terrorista famoso

Morre Terrorista

A notícia que muita gente esperava há muito tempo, ocorreu hoje, o líder da rede terrorista Al Qaeda, Osama Bin Laden morreu.

Durante mais de dez anos, o terrorista esteve no topo da lista dos mais procurados do mundo, pelo FBI, e não era para menos. Osama Bin Laden era uma máquina de morte criada pela CIA, o único capaz de organizar o ataque às torres Gêmeas, um dos maiores símbolos do capitalismo mundial.

O World Trade Center era um orgulho americano, a quantidade de pessoas que circulavam diariamente por ali era similar a uma pequena cidade.

A queda das torres gêmeas marcava o início de uma crise que afetaria o mundo inteiro, expondo a fragilidade do capitalismo.

Os americanos nunca tiveram dúvidas sobre quem seria o autor do atentado, isso porque eles sabiam quem teria a capacidade para tal façanha. Não, eles não queriam prendê-lo, queriam matá-lo, e estão orgulhosos disso.

Com a morte de Osama Bin Laden, encerra-se um período negro da história do terrorismo, só fica uma pergunta: “Para quem Osama Bin Laden trabalhava?”

Há quem diga que o terrorista trabalhava para os próprios americanos. Os americanos tem fama de reagir de maneira violenta quando não estão satisfeitos, nem a Inglaterra suportou a ira americana.

O terrorista foi morto durante um ataque americano à uma mansão próxima de Islamabad, capital do Paquistão. Ainda segundo as redes de TVs americanas, o governo americano já tinha informações sobre seu paradeiro.

Sua morte ocorreu depois de um tiroteio e seu corpo estaria com os soldados americanos.

Devido às características físicas de Osama Bin Laden, as chances de erro, quanto a sua identificação, são mínimas.

By Jânio

maio 2, 2011 Posted by | Internacional | , , , , , | 8 Comentários

A lista negra dos mais procurados pelo FBI

Procurados pelo FBI

lista de procurados pelo FBI

Procurados pelo FBI

Os americanos decidiram por conta própria que são a polícia do mundo, por isso é tão comum invasão de países que não falam a cartilha dos americanos, algumas vezes eles acertam, outras falham, mas isso não importa muito para eles, só a sua verdade é absoluta.

O Afeganistão foi bombardeado porque, segundo os americanos, lá estaria Osama Bin Laden. Disseram que ele tinha problemas nos rins, por isso não poderia suportar durante muito tempo dentro das cavernas, inúmeras cavernas foram bombardeadas.

Segundo gravações posteriores, Osama está muito vivo, nunca esteve em tais cavernas e muito bem de saúde.

Os americanos se esqueceram que nem todas as pessoas do mundo agem de acordo com sua cartilha, o mundo mussulmano está longe disso.

Pelo que no nota no mundo mussulmano, o ataque as torres gêmeas foi uma ato de guerra, uma resposta de um determinado grupo às ações dos americanos. Não dá para distribuir medalhas para os terroristas que atacaram as torres gêmeas.

O ataque não ficou barato, sobrou para Sadhan Hussein, pois os americanos invadiram o Iraque caçaram, prenderam e mataram o ditador iraquiano, nenhuma das desculpas para a guerra do Iraque foi aceita pela ONU, mesmo assim os EUA entraram e fizeram. Depois que o touro estava abatido, vários abutres, digo, países apareceram para desfrutar da vitória, mas pagaram caro, com ataques terroristas e sequestros aos seus cidadãos, mostrando que os EUA é o único país que conhece a linguagem do Oriente médio.

Osama Bin Laden chegou a ser visto como um mercenário, sem nenhuma ideologia, mas, depois de saber que ele era uma cria dos próprios americanos, fiquei na dúvida sobre quem eram os mocinhos, parece que não há.

Durante muitos anos, Bin Laden foi treinado para fazer para os EUA o que agora ele faz contra, o que mostra que na guerra não há lado bom, todos são maus. O ataque às torres gêmeas fez os americanos pensarem, mas parece que já passou, já estão procurando sarna para se coçar novamente.

O pior de tudo, é que o Irã, um dos novos alvos dos americanos, são dez vezes mais difíceis de controlar que os iraquianos, no Irã, até a igreja se confunde com o Estado, ou seja, estão na idade média, com uma tecnologia do século XXI, é preciso um mínimo de bom senso, para se dialogar com esse país.

A Coréia do norte segue pelo mesmo caminho, mas foi preciso apenas um pouco de boa vontade, e humildade, para que Bill Clinton libertasse a jornalista presa no país, o que mostrou um grande respeito da Coréia pelos americanos. Será que é porque a Coréia não faz parte do cartel do petróleo?

Podemos dizer que Osama encabeça a lista dos mais procurados do FBI hoje, mas isso porque o serviço secreto, a CIA, não conseguiu pegá-lo, assim o cartaz de sua cabeça a prêmio foi divulgada pelo FBI, polícia federal americana, que nem deveria estar envolvida com crimes internacionais.

“As famosas listas dos mais procurados pelo FBI, tiveram sua origem no ano de 1949 quando um repórter do Serviço Internacional de Informação, decidiu escrever uma história sobre os homens “mais violentos”que eram solicitados pelo FBI naquele momento. Como resposta, o jornalista obteve 10 nomes.

Até agora, 476 pessoas já passaram por esta lista, das quais 447 foram capturadas; 145 delas graças a informação proporcionada pelos indivíduos da sociedade civil”.

Então ainda há uma esperança de condenação, talvez como Pinochet, preso quando já não conseguia nem andar, o assaltante do trem pagador, que veio para o Brasil, onde a corrupção era uma tradiçâo desde a época das fugas dos nazistas, na segunda guerra mundial.

Veja alguns dos exemplos dos procurados pelo FBI, antes dos terroristas entrarem na mídia.

1 – Thomas James Holden em 14 de março de 1950. Holden era acusado de haver cruzado as fronteiras interestaduais para evitar julgamento por um triplo homicídio que havia cometido em Chicago.

2 – Ruth Eisermann-Schier, que em 1968 foi acusada do seqüestro de uma herdeira oriunda de Miami.

3 – Fugitivo de uma prisão federal de Idaho em 1985 e por sua participação em distintos roubos a bancos.

Atualmente a lista de procurados pelo FBI abandonou seu objetivo original, dando prioridade aos terroristas e ao perigo que, notadamente, verificou-se no ataque do World Trade Center. Além disso, a imigração ilegal passou a ser controlado com maior austeridade, provocando indignação no mundo inteiro, como foi o muro na fronteira com o México, mostrando um choque de culturas e ideologias entre os dois países.

Curiosamente, o homem mais rico do mundo é um mexicano, Carlos Slim. Algumas pessoas conseguem tirar vantagem de situações adversas; o Brasileiro Eike Batista está apenas em oitavo, pobrezinho.

Veja o perfil dos novos procurados:

Os terroristas do seqüestro do Vôo 847 da TWA em 1985.

ABDUL RAHMAN YASIN pelo Atentado do World Trade Center 1.992 e 2.001.

Os terroristas e Bin Laden, responsáveis pelos ataques as Torres Khobar em 1.996.

Os terroristas e Bin Laden, responsáveis pelo bombardeio na Tanzânia e Quênia.

Antes de Osama Bin Laden, Ilich Ramirez Sanches ou Carlos, O Chacal, foi o terrorista que mais desafiou a polícia, pela quantidade de ataques, pela sua inteligência e pela maneira como ele desafiava a polícia por onde passava. Seus disfarces, a quantidade de línguas que falava e os vários filmes que foram feitos, sobre sua vida, transformaram-no em um dos maiores criminosos da história, um verdadeiro mito do crime.

Carlos, o Chacal, nasceu na Venezuela, mas foi na Rússia, onde estudava, que formou seu primeiro grupo de terroristas políticos, mais tarde, mobilizaria as polícias do mundo inteira para sua captura.

Fonte DiscoveryChannel

Texto: By Jãnio

março 24, 2010 Posted by | Internacional | , , , , , , , , | 8 Comentários

Imagens chocantes do atentado de 11 de setembro

o dia que não terminou

o dia que não terminou

O dia 11 de setembro vai ficar por muito tempo na memória dos americanos, e do mundo inteiro também.

wtc

O dia que não terminou, continuará trazendo indagações, sobre como resolver grandes conflitos mundiais, de maneira sensata, sem sofrer retaliações.

wtc_1

Os americanos mortos na tragédia, daquele que ficará para sempre como o maior ataque terrorista da história, vítimas inocentes que foram assassinadas de maneira covarde. Para espanto de alguns, algumas horas depois, já se sabia o nome do homem responsável pela tragédia.

wtc_2

Um homem cuja especialidade era a arte de matar, tendo como seus professores, ninguém menos que os próprios americanos. A velha frase bíblica nunca foi tão triste: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”.

wtc_3

As mortes foram registradas ao vivo, por uma legião de telespectadores acostumados com filmes de Hollywood, filmes onde as cenas são vista de maneiras explicitas, como se fossem realidade refilmada.

Osama Bin Laden nunca foi encontrado, os americanos chegaram a afirmar que o homem já estava morto, na esperança de acalmar o povo americano, chocado com tanta violência.

O que ficou foi a data triste e a lembrança de milhares de inocentes mortos em meio a  conflitos de idealistas extremos, de um lado o capitalismo selvagem, de outro uma cultura milenar que aprendeu a vencer a morte para poder viver.

By Jânio

setembro 11, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , | 18 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: