Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Dancing queen – ABBA

dance music

Anos 70

You can dance, you can jive, having the time of your life
See that girl, watch that scene, digging the Dancing Queen

Friday night and the lights are low
Looking out for the place to go
Where they play the right music, getting in the swing
You come in to look for a king
Anybody could be that guy
Night is young and the music’s high
With a bit of rock music, everything is fine
You’re in the mood for a dance
And when you get the chance…

You are the Dancing Queen, young and sweet, only seventeen
Dancing Queen, feel the beat from the tambourine
You can dance, you can jive, having the time of your life
See that girl, watch that scene, digging the Dancing Queen

You’re a teaser, you turn ‘em on
Leave them burning and then you’re gone
Looking out for another, anyone will do
You’re in the mood for a dance
And when you get the chance…

You are the Dancing Queen, young and sweet, only seventeen
Dancing Queen, feel the beat from the tambourine
You can dance, you can jive, having the time of your life
See that girl, watch that scene, digging the Dancing Queen

azlyrics

Você pode dançar
Você pode se esbaldar
Aproveitando o momento de sua vida
Veja essa garota
Assista essa cena
Virando a Rainha da Dança

Noite de sexta-feira e as luzes estão fracas
Procurando um lugar para ir
Onde toquem a música certa
Entrando no balanço
Você vem procurar um Rei

Qualquer um poderia ser aquele cara
A noite é uma criança e a música está alta
Com um pouco de rock
Tudo está bem
Você está a fim de dançar
E quando você consegue a chance
Você é a Rainha da Dança
Jovem e doce, apenas dezessete anos
Rainha da Dança
Sinta a batida do tamborim, oh sim!

Você pode dançar
Você pode se esbaldar
Aproveitando o momento de sua vida
Veja essa garota
Assista essa cena
Virando a Rainha da Dança

Você é uma provocadora, você os excita
Deixa-os em chamas e então vai embora
Procurando por outro, qualquer um servirá
Você está a fim de dançar
E quando você tem a chance
Você é a Rainha da Dança
Jovem e doce, apenas dezessete anos
Rainha da Dança
Sinta a batida do tamborim, oh sim!

Você pode dançar
Você pode se esbaldar
Aproveitando o momento de sua vida
Veja essa garota
Assista essa cena
Virando a Rainha da Dança
Virando a Rainha da Dança

letras.mus.br

video clip english

vídeo clipe legendado

Mais músicas:

The winner takes it all – ABBA

Do you know – Diana Ross

fevereiro 16, 2017 Posted by | Música. | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sweet freedom – Michael McDonald

Anos 80

Rock Ballads

No more runnin’ down the wrong road
Dancin’ to a diff’rent drum
Can’t you see what’s goin’ on
Deep inside your heart
Always searchin’ for the real thing
Livin’ like it’s far away
Just leave all the madness in yesterday
You’re holdin’ the key
When you believe it

Shine sweet freedom
Shine your light on me
You are the magic
You’re right where I wanna be
Oh sweet freedom carry me along
We’ll keep the spirit alive on and on

We’ll be dancin’ in the moonlight
Smilin’ with the risin’ sun
Livin’ like we’ve never done
Goin’ all the way
Reachin’ out to meet the changes
Touchin’ every shining star
The light of tomorrow is right where we are
There’s no turnin’ back
From what I’m feeling

Coz there’ll be starlight all night
When we’re close together
Share those feelings dancin’ in your eyes
Tonight they’re guiding us
Shinin’ till the mornin’ light

Tradução:

Não corro mais pelo caminho errado
Estou em outro ritmo
Não vê o que está acontecendo
Lá dentro do seu coração
Sempre em busca de algo real
Vivendo como se você estivesse distante
Apenas deixando todas as mágoas no passado
Você está com a bola toda
Quando acredita

Brilhe doce liberdade
Brilhe em mim
Você é a magia
Você está exatamente onde eu quero estar
Oh doce liberdade, me leve com você
Vamos manter espírito vivo e continuar

Estaremos dançando ao luar
Sorrindo com o nascer do sol
Vivendo como nunca fizemos
Percorrendo todo o caminho
Alcançando as mudanças
Tocando todas as estrelas brilhantes
A luz do amanhã é exatamente onde estamos
Não existe volta
Do que estou sentindo.

Porque estrelas brilham a noite inteira
Quando estamos bem juntinhos
Mostre esses sentimentos dançando em seus olhos
Nessa noite, eles estão nos guiando
Brilhando até o amanhecer.

letras.mus.br

vídeo clipe legendado

vídeo clipe em inglês

Mais músicas

On my own – Patty Labelle

Down under – Ment at work

 

novembro 27, 2016 Posted by | Música. | , , , , , | Deixe um comentário

Waiting for a girl like you – Foregner


foreigner_1

So long
I’ve been looking too hard, I’ve waiting too long
Sometimes I don’t know what I will find
I only know it’s a matter of time
When you love someone
When you love someone

It feels so right, so warm and true
I need to know if you feel it too

Maybe I’m wrong
Won’t you tell me if I’m coming on too strong
This heart of mine has been hurt before
This time I want be be sure

I’ve been waiting for a girl like you
To come into my life
I’ve been waiting for a girl like you
A love that will survive
I’ve been waiting for someone new
To make me feel alive
Yeah, waiting for a girl like you
To come into my life

You’re so good
When we make love it’s understood
It’s more than a touch or a word we say
Only in dreams could it be this way
When you love someone
Yeah, really love someone

Now, I know it’s right
From the moment I wake up till deep in the night
There’s no where on earth that I’d rather be
Than holding you, tenderly

I’ve been waiting for a girl like you
To come into my life
I’ve been waiting for a girl like you
A love that will survive
I’ve been waiting for someone new
To make me feel alive
Yeah, waiting for a girl like you
To come into my life

azlyrics

Por tanto tempo,tenho procurado tanto
Estou esperando há tanto tempo
As vezes não sei o que vou achar
Só sei que é questão de tempo
Quando você ama alguém
Quando você ama alguém

Parece tão certo, tão verdadeiro
Preciso saber se você sente isso também

Talvez eu esteja errado
Você me diria se eu estivesse forçando a barra
Esse meu coração já foi machucado antes
Dessa vez quero ter certeza

Estava esperando por uma garota como você entrar na minha vida
Estava esperando por uma garota como você, a cujo amor irei sobreviver
Estava esperando, alguém novo pra me fazer sentir vivo
Sim, esperando por uma garota como você entrar na minha vida

Você é tão boa, quando fazemos amor pode-se entender
É mais que um toque ou uma palavra que dizemos
Somente em sonhos isto poderia ser desta forma
Quando você ama alguém, sim
Eu realmente amo alguém

Agora, sei que é certo
Do momento em que acordo até o fim da noite
Não tem outro lugar onde eu gostaria de estar
Do que aqui te abraçando ternamente

Estava esperando por uma garota como você entrar na minha vida
Estava esperando por uma garota como você, a cujo amor irei sobreviver
Estava esperando, alguém novo pra me fazer sentir vivo
Sim, esperando por uma garota como você entrar na minha vida

Estava esperando
Esperando por você, ooh
Estava esperando
Estava esperando
(Estava esperando alguém como você, estava esperando)
Você não vai entrar na minha vida?

letras.mus.br

video

vídeo legendado

Mais músicas

Livin’ on a prayer – Bon Jovi

Righ here waiting – Richard Marx

 

outubro 21, 2016 Posted by | Música. | , , , , , , | Deixe um comentário

Llorando se fue – Kjarkas

junho 20, 2016 Posted by | Música. | , , | Deixe um comentário

On my own – Nikka Costa

música romantica

Tema de Fame

Sometimes I wonder

Where I’ve been

Who I am

Do I fit in

Make belivin’

Is hard alone

Out here on my own

We’re always provin’

Who we are

Always reachin’

For that risin’ star

To guide me far

And shine me home

Out here on my own

When I’m down

And feelin’ blue

I close my eyes

So I can be with you

Oh, baby

Be strong for me

Baby

Belong to me

Help me through

Help me need you

Until the morning

Sun appears

Making light

Of all my fears,

I dry the tears

I’ve never shown

Out here on my own

When I’m down

And feelin’ blue

I close my eyes

So I can be with you

Oh, baby

Be strong for me

Baby

Belong to me

Help me throug

Help me need you

Sometimes I wonders

Where I’ve been

Who I am

Do I fit in

I may not win

But I can be strong

Out here on my own

On my own

Tradução:

Às vezes eu quero
Saber onde estive
Quem eu sou
Se eu me encaixo
Simulando que
È difícil ficar sozinha
Aqui na minha solidão

Nós sempre estamos provando
Quem somos
Sempre procurando
Aquela estrela cadente
Pra me guiar pra longe
E iluminar-me até minha casa
Aqui na minha solidão

Quando eu estou derrubada
E me sentindo deprimida
Eu fecho os olhos
E assim posso estar com você
Oh Baby
Seja forte para mim
Baby
Pertença a mim
Me ajude a passar
Me ajude preciso de você

Até o sol
Da manhã aparecer
Fazendo a luz
De todos os meus medos
Eu seco as lágrimas
Que eu nunca mostrei
Aqui na minha solidão

Quando eu estou derrubada
E me sentindo deprimida
Eu fecho os olhos
E assim posso estar com você
Oh Baby
Seja forte para mim
Baby
Pertença a mim
Me ajude completamente
Me ajude preciso de você

Às vezes quero saber
Onde estive
Quem eu sou
Se eu me encaixo
Eu não posso vencer
Mas eu posso ser forte
Aqui na minha solidão
Na minha solidão

letras.mus.br

video clipe legendado Nikka Costa

video legendado Irene Cara

Mais músicas

Nos tempos da brilhantina

Never ending story – Limahl

 

abril 1, 2016 Posted by | Música. | , , , , , | 1 Comentário

The cars – Drive

Baladas do rock

Anos 80

Who’s gonna tell you when
It’s too late?
Who’s gonna tell you things
Aren’t so great?

You cant go on, thinkin’
Nothings’ wrong, but bye
Who’s gonna drive you home
Tonight?

Who’s gonna pick you up
When you fall?
Who’s gonna hang it up
When you call?

Who’s gonna pay attention
To your dreams?
And who’s gonna plug their ears
When you scream?

You can’t go on, thinkin’
Nothings wrong, but bye
Who’s gonna drive you home, tonight?

Who’s gonna hold you down
When you shake?
Who’s gonna come around
When you break?

You can’t go on, thinkin’
Nothin’s wrong, but bye
Who’s gonna drive you home, tonight?

Oh, you know you can’t go on, thinkin’
Nothin’s wrong
Who’s gonna drive you home, tonight?

letras.mus.br

Quem vai dizer quando

Já é tarde demais

Quem vai dizer-lhe que as coisas

Não estão tão boas

Você não pode continuar achanndo

Que nada está errado, mas adeus

Quem vai te levar para casa esta noite

Quem vai levantá-lo

Quando você cair

Quem vai atender

Quando você ligar

Quem vai prestar atenção

Aos seus sonhos

Quem vai dar ouvidos

Quando você gritar

Você não pode continuar

Achando que nada está errado

Quem vai te levar para casa esta noite

Quem vai te segurar

Quando você estiver balançado

Quem virá para perto

Quando você estiver na pior

Você não pode continuar

Achando que nada está errado

Quem vai te levar para casa esta noite

Oh você sabe que não pode continuar

Achando que nada está errado

Quem vai te levar para casa esta noite

Tradução no Daily Motion

Vídeo no Youtube

Mais Músicas

Total eclipse of the heart – Bonnie Tyler

Mississipi – Pussycat

 

dezembro 25, 2015 Posted by | Música. | , , , , , | 1 Comentário

Flying – Chris de Burgh

Música romântica

Flying

Flying

Flying, I thought I’d never learn that flying
I thought I’d spend my whole life trying,
For flying is that ancient art of keeping one foot on the ground…

Lying, I thought I’d never keep from lying,
I thought I’d lose it all by sighing,
For lying is that ancient art of hiding words that will never be found

Crying, I thought I’d never stop that crying,
I thought I’d always dream of dying
For crying is that ancient art of weeping rivers into the ground

Oh Dying, I thought I’d never see that dying,
I thought I’d spend my whole life flying,
For dying is that ancient art of keeping one world turning round

Sighing, I thought I’d never keep from sighing
I thought I’d always be there crying,
For sighing is that ancient art of breathing sadness all around

And trying, I thought I’d spend my seasons trying,
I thought I could stop myself from lying,
For trying is that ancient art of proving that the world is round

Oh Flying, oh oh, Lying, oh oh, Crying, oh oh, Sighing, oh oh,
Trying, oh oh, and Dying, oh oh,
For Dying is that ancient art of growing flowers in the ground,
Yes it is…
Voando

Voando, nunca achei que aprenderia a voar assim
Eu pensei que eu gastaria minha vida inteira tentando,
já que estar voando é aquela antiga arte de manter um pé no solo…

Mentindo , eu jamais pensei que pararia de mentir
Eu pensava que perderia tudo isso suspirando,
Já que mentir é aquela antiga arte de esconder palavras que nunca serão encontradas

Chorando, eu pensava que nunca pararia esse pranto,
Eu pensava que eu sempre sonharia com minha morte
Já que chorar é aquela antiga arte de derramar rios de lágrimas

Oh morrendo, eu jamais imaginaria me ver morrendo,
Eu pensava passar minha vida inteira voando,
já que morrer é aquela antiga arte de manter o mundo girando

Suspirando, eu pensei que nunca ia deixar de suspirar
Eu sempre pensei que continuaria chorando,
Já que suspirar é aquela antiga arte de pôr pra fora toda sua tristeza

E tentar, jamais pensei que passaria minhas estações tentando ,
Eu pensei que poderia parar de mentir,
Já que tentar é aquela antiga arte de provar que o mundo é redondo

Oh voar oh oh, mentir oh oh, chorar oh oh, suspirar oh oh,
tentar oh oh, e morrer oh oh,
sendo que morrer é aquela antiga arte de crescer flores no chão,
Sim, é assim…

Letras.mus.br

Vídeo no Youtube

Mais músicas:

Rita Colidge – We’re all alone

Maggie Mcneal – When you’re gone

 

dezembro 14, 2015 Posted by | Música. | , , , , , | 1 Comentário

Rita Colidge – We’re all alone

clássicos de James Bond

Canção de James Bond

We’re All Alone

Outside the rain begins
And it may never end
So cry no more
On the shore a dream
Will take us out to sea
Forever more, forever more

Close your eyes and dream
And you can be with me
‘Neath the waves
Through the caves of hours
Long forgotten now
We’re all alone, we’re all alone

Close the window
Calm the light
And it will be alright
No need to bother now
Let it out let it all begin
Learn how to pretend

Once a story’s told
It can’t help but grow old
Roses do lovers too
So cast your seasons to the wind
And hold me dear, oh hold me dear

Close the window
Calm the light
And it will be alright
No need to bother now
Let it out let it all begin
All’s forgotten now
We’re all alone
Oh, we’re all alone

Close the window calm the light
And it will be alright
No need to bother now
Let it out let it all begin
Owe it to the wind my love
Estamos Completamente Sós

Lá fora a chuva começa
E pode nunca terminar
Então não chore mais
Na praia um sonho
Nos atrairá para o mar
Sempre mais, sempre mais

Feche seus olhos e sonhe
E você pode ficar comigo
Sob as ondas
Através das cavernas das horas
Há muito tempo esquecidas
Agora estamos completamente sós, estamos completamente sós

Feche a janela
Acalme a luz
E tudo ficará bem
Não precisa se preocupar agora
Bote tudo para fora e deixe tudo começar
Aprenda como fingir

Assim que uma história está contada
Não tem remédio, apenas envelhecer
As rosas envelhecem, os amantes também
Então lance suas estações ao vento
E me abrace, querido, me abrace, querido

Feche a janela
Acalme a luz
E tudo ficará bem
Não precisa se preocupar agora
Bote tudo para fora e deixe tudo começar
Tudo está esquecido agora
Estamos completamente sós
Oh, estamos completamente sós

Feche a janela, acalme a luz
E tudo ficará bem
Não precisa se preocupar agora
Bote tudo pra fora e deixe tudo começar
Deva isso ao vento, meu amor

Fonte da letra: letras.mus.br

Fonte do vídeo: Youtube

Mais músicas:

Human League – Human

ABBA – The winner takes it all

dezembro 5, 2015 Posted by | Música. | , , , | 1 Comentário

It’s my life – No doubt

Anos 80

It’s My Life

It’s funny how I find myself
É engraçado como eu me encontro

In love with you
Apaixonado por você

If I could buy my reasoning
Se eu pudesse comprar a minha sanidade

I’d pay to lose
Eu pagaria para perder

One half won’t do
Só uma parte não quero

I’ve asked myself how much do you
Eu me perguntei: Quanto você

Commit yourself
Se entrega?

It’s my life
A vida é minha

Don’t you forget
Não se esqueça

It’s my life
A vida é minha

It never ends
Isso nunca acaba

Funny how I blind myself
Engraçado como eu me cego

I never knew
Eu nunca soube

If I was sometimes played upon
Se algumas vezes eu fingi

Afraid to lose
Com medo de perder

I would tell myself what good do you do
Eu diria a mim mesmo que bem você faz

Convince myself
Convencer a mim mesmo

It’s my life
A vida é minha

Don’t you forget
Não se esqueça

It’s my life
A vida é minha

It never ends
Isso nunca acaba

I would ask myself how much do you
Eu me perguntaria o quanto você

Commit yourself
Se entrega

It’s my life
A vida é minha

Don’t you forget
Não se esqueça

Caught in the crowd
Pego na multidão

It never ends
Isso nunca acaba

Convince myself
Convencer a mim mesmo

It’s my life
(Que) a vida é minha

Don’t you forget
Não se esqueça

It’s my life
A vida é minha

Don’t you forget
Nunca se esqueça

I’ve asked myself
Eu me perguntaria

How much do
O quanto

you commit yourself?
O quanto você se entrega?

It’s my life
A vida é minha

Don’t you forget
Não se esqueça

Caught in the crowd
Pego na multidão

It never ends
Isso nunca acaba

It’s my life
Essa é a minha vida

Don’t you forget
Não se esqueça

Caught in the crowd
Pego na multidão

It never ends
Isso nunca acaba

Video da Vevo no Youtube

Segunda versão – No Doubt

Vídeo no youtube

Terceiro video no Youtube

Primeira versão

Músicas em inglês

I believe in you

One of us

Return to innocence

The living daylights

abril 11, 2014 Posted by | Música. | , , , , , , | 1 Comentário

Just like heaven

Just like heaven

Anos 80

Just Like Heaven
Katie Melua

Show me how you do that trick
The one that makes me scream he said
The one that makes me laugh he said
And threw his arms around my neck
Show me how you do it
And i promise you i promise that
I’ll run away with you
I’ll run away with you

Spinning on that dizzy edge
I kissed his face and kissed his head
And dreamed of all the different ways i had
To make him glow
Why are you so far away, he said
Why won’t you ever know that i’m in love with you
That i’m in love with you

You, soft and only
You,lost and lonely
You, strange as angels
Dancing in the deepest oceans
Twisting in the water
You’re just like a dream
You’re just like a dream

Daylight licked me into shape
I must have been asleep for days
And moving lips to breathe his name
I opened up my eyes
And found myself alone alone
Alone above a raging sea
That stole the only boy i loved
And drowned him deep inside of me

You, soft and only
You, lost and lonely
You, just like heaven

You, soft and only
You, lost and lonely
You, just like heaven

Apenas Como O Céu

Mostra-me como fazes esse truque
Aquele que me faz gritar, disse ele
Aquele que me faz rir, disse ele
E lançou os seus braços à volta do meu pescoço
Mostre como é que fazes
E eu te prometo, eu prometo,
Que fujo contigo
Que fujo contigo

Às voltas naquele carrossel
Eu beijei o teu rosto e a tua testa
E sonhei com maneiras diferentes
Para te fazer brilhar
Por que é que estás tão longe, ele disse
Por que é que nunca acreditas que estou apaixonado por ti?
Que estou apaixonado por ti

Tu, suave e única
Tu, perdida e solitária
Tu, estranha como anjos
A dançar em profundos oceanos
A girar na água
És simplesmente como um sonho
És como um sonho

A luz do dia recebeu-me com força
Devo ter adormecido por alguns dias
A mexer os lábios para respirar o nome dele
Abri os meus olhos
E encontrei-me sozinha, sozinha
Sozinha sobre um mar furioso
Que me roubou o único rapaz que amei
E o afogou dentro de mim

Tu, suave e único
Tu, perdido e solitário
Tu, é como o céu

Tu, suave e único
Tu, perdido e solitário
Tu, é como o céu

Pronuncia da letra 01

Pronúncia da música 02

Versão original: The cure

“Show me, show me, show me how you do that trick
The one that makes me scream”, she said
“The one that makes me laugh”, she said
Threw her arms around my neck
“Show me how you do it? And I’ll promise you
I’ll promise that I’ll run away with you, I’ll run away with you”

Spinning on that dizzy edge
Kissed her face and kissed her head
Dreamed of all the different ways, I had to make her glow
“Why are you so far away?”, she said
“Why won’t you ever know that I’m in love with you?
That I’m in love with you?”

You, soft and only, you lost and lonely
You, strange as angels
Dancing in the deepest oceans
Twisting in the water
You’re just like a dream
You’re just like a dream

Daylight licked me into shape
I must have been asleep for days
And moving lips to breathe her name
I opened up my eyes
And found myself alone, alone, alone above a raging sea
Stole the only girl I loved, drowned her deep inside of me

You soft and only
You lost and lonely
You just like heaven

Clipe da música

Áudio da música 04

Mais músicas:

Pronúncia de músicas

Dicionário de pronúncias e traduções

She’s like the wind

You know what to do

I guess that’s why they call it the blue

Just my imagination – Lillo Thomas

On my Own – Patti Labelle

Without your love – Roger Daltrey

Coming around again – Carly Simon

Absolute beginners – David Bowie

A view to a kill – Duran Duran

Is this the end – New edition

julho 2, 2013 Posted by | Inglês | , , , , , , , | 1 Comentário

Renato Teixeira – O compositor de Carga Pesada

musica caipira

Carga Pesada

Renato Teixeira é considerado um dos maiores compositores da história da música brasileira. Sendo um grande defensor da música caipira, apesar de nunca ter morado no campo, aqui começam as contradições.

Sua ligação com o Universo Caipira seria mais através da música, e a música é coisa de família, é sagrada.

Para quem acha que ele não tem contato com a vida de interior, é justamente daí que vem suas inspirações. O caso mais recente, sua parceria com outro grande nome da música, Almir Sáter, mostra onde ele busca suas inspirações, suas influências.

Se de um lado ele faz parte de um movimento contra a banalização da música caipira, com objetivos comerciais; ele próprio já compôs jingles, por outro lado, ele não se prende às fronteiras nacionais, vai mais além.

Vendo suas músicas, parece que esse compositor tem mais de duzentos anos, mas sua carreira ainda é recente. O compositor não é tão antigo assim, apesar de suas façanhas.

Por exemplo:

Romaria foi tema de estudos em escolas, na década de setenta. A música foi gravada por Elis Regina e se tornou um dos maiores clássicos da história da música.

O Rio de Piracicaba é uma da músicas mais tocadas da história do rádio, mas pouca gente sabe quem é o autor. Na realidade, nem eu sei quais são suas músicas; para conhecer toda a sua obra, só pela internet.

Como cantor, já gravou com os maiores cantores do Brasil, isso aumenta ainda mais a confusão, fica muito difícil saber qual música é dele e qual não é.

Caso queira descobrir quais das músicas são suas, é só ver quais são as melhores.

Suas músicas não são exatamente aquelas das novelas das oito, por isso suas músicas são mais conhecidas que o próprio autor. Esse é o caso de Frete, do seriado Carga Pesada, onde o melhor era a música.

O tema do programa “Som Brasil” também era dele, cantada por Rolando Boldrin. Rolando Boldrin, inclusive, segundo fofocas da época, era um grande crítico da música sertaneja, em oposição a música regional (caipira) – Entendeu? – nem eu.

Recentemente, Renato Teixeira gravou com uma dupla muito criticada pelo movimento de música regional, contrariando as expectativas.

Sua grande parceria com Almir Sater, rendeu a eles, ou para nós, dois dos maiores clássicos da música brasileira, imortalizadas por uma novela da antiga TV Manchete, Pantanal.

A composição mais curiosa de sua carreira, além dos jingles para publicidade, foi a música feita para Joana, onde seu alter ego (personagem) era feminino. A música foi feita sob encomenda, pela própria cantora,  e deu muito certo.

Veja sua poesia …digo … suas músicas.

ROMARIA

Renato Teixeira

É de sonho e de pó, o destino de um só
Feito eu perdido em pensamentos
Sobre o meu cavalo
É de laço e de nó, de gibeira o jiló,
dessa vida cumprida a só

Refrão
Sou caipira, Pirapora Nossa
Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida

O meu pai foi peão, minha mãe solidão
Meus irmãos perderam-se na vida
Em busca de aventuras
Descasei, joguei, investi, desisti
Se há sorte eu não sei, nunca vi

Me disseram porém que eu viesse aqui
Pra pedir de romaria e prece
Paz nos desaventos
Como eu não sei rezar, só queria mostrar
Meu olhar, meu olhar, meu olhar
TOCANDO EM FRENTE

Almir Sater e Renato Teixeira

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe,
Eu só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder seguir
É preciso chuva para florir

Sinto que seguir a vida
Seja simplesmente
Conhecer a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Cada um de nós compõe
A sua própria história
E cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

RIO DE LÁGRIMAS

Renato Teixeira

O rio de Piracicaba
Vai jogar água pra fora
Quando chegar a água
Dos olhos de alguém que chora

Lá no bairro onde eu moro
Só existe uma nascente
A nascente dos meus olhos
Já formou água corrente

Pertinho da minha casa
Já formou uma lagoa
Com lágrimas dos meus olhos
Por causa de uma pessoa

Eu quero apanhar uma rosa
Minha mão já não alcança
Eu choro desesperado
Igualzinho a uma criança

Duvido alguém que não chore
Pela dor de uma saudade
Eu quero ver quem não chora
Quando ama de verdade

O VIOLEIRO TOCA

Almir Sater e Renato Teixeira

Quando uma estrela cai
No escurão da noite
E um violeiro toca suas mágoas
Então os olhos dos bichos
Vão ficando iluminados
Rebrilham neles estrelas
De um sertão enluarado

Quando um amor termina
Perdido numa esquina
E um violeiro toca sua sina
Então os olhos dos bichos
Vão ficando entristecidos
Rebrilham neles lembranças
Dos amores esquecidos

Tudo é sertão, tudo é paixão
Se um violeiro toca
A viola e o violeiro
E o amor se tocam

Quando um amor começa
Nossa alegria chama
E um violeiro toca em nossa cama
Então os olhos dos bichos
São os olhos de quem ama
Pois a natureza é isso
Sem medo, nem dó, nem drama…

AMANHECEU, PEGUEI A VIOLA

Renato Teixeira

Amanheceu eu peguei a viola
Botei na sacola e fui viajar

Sou cantador e tudo nesse mundo
Vale prá que eu cante e possa praticar
A minha arte sapateia as cordas
E esse povo gosta de me ouvir cantar

Amanheceu…

Ao meio dia eu tava em Mato Grosso
Do Sul ou do Norte, não sei explicar
Só sei dizer que foi de tardezinha
Eu já tava cantando em Belém do Pará

Amanheceu…

Em Porto Alegre um tal de coronel
Pediu que eu musicasse uns versos que ele fez
Para uma china, que pela poesia
Nem lá de Pequim se vê tanta altivez

Amanheceu…

Parei em Minas prá tocar as cordas
E segui direto para o Ceará
E no caminho fui pensando, é lindo
Essa grande aventura de poder cantar

Amanheceu…

Chegou a noite e me pegou cantando
Num bailão, lá no norte do Paraná
Daí prá frente ninguém mais se espanta
E o resto da noitada eu não posso contar

Anoiteceu e eu voltei prá casa
Que o dia foi longo e o sol quer descansar

FRETE

Renato Teixeira

Eu conheço cada palmo desse chão
É só me mostrar qual é a direção
Quantas idas e vindas meu deus quantas voltas
viajar é preciso é preciso
Com a carroceria sobre as costas
vou fazendo frete cortando o estradão

Eu conheço todos os sotaques
Desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
Das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
Pois a vida não me cobra o frete

Por onde eu passei deixei saudades
a poeira é minha vitamina
Nunca misturei mulher com parafuso
mas não nego a elas meus apertos
Coisas do destino e do meu jeito
sou irmão de estrada e acho muito bom

Eu conheço todos os sotaques
desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
pois a vida não me cobra o frete

Mas quando eu me lembro lá de casa
a mulher e os filhos esperando
Sinto que me morde a boca da saudade
e a lembrança me agarra e profana
o meu tino forte de homem
e é quando a estrada me acode

Eu conheço todos os sotaques
desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
pois a vida não me cobra o frete

RECADO (MEU NAMORADO)

Renato Teixeira

Mandei um recado
Pro meu namorado
Nos classificados
De um grande jornal
Pedindo pra ele
Que um dia apareça
Antes que eu mE esqueça
E melhore
O astral
Meu namorado é um sujeito ocupado
Não manda notícias
Nem dá um sinal
Eu ando meio com medo
Que um dia ainda ache
A tristeza normal

Pensei num caminho
Que fosse seguro
Num bom casamento
Na vida do lar
Eu sou do subúrbio
E sei que o destino prá nós é bem simples
Não vai variar

Meu namorado…

O tempo me dado
Pra andar nessa terra
É um tempo de guerra
Um tempo cruel
Até os amores
São tão mal cuidados
Que acabam virando
Uma coisa banal

Meu namorado…

Texto de introdução: By Jânio

outubro 10, 2010 Posted by | Música. | , , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

As músicas do garoto Marcos Sabino

letras de músicas

Luz do amor

O menino Marcos Sabino ainda era um garoto, quando compôs seu maior sucesso Reluz.

Durante muito anos, depois dessa composição, o jovem compositor, e cantor, participou de vários festivais de música. Chegou a participar de um grupo chamado “Os Inocentes”, mais tarde de outro grupo “Antares” junto com outro até então desconhecido Zé Henrique.

Depois de quase uma década, finalmente, conseguiu gravar um disco, já em carreira solo. Com  música “Reluz”, como carro chefe, conseguiu conquistar corações e mentes, vendendo cerca de quinhentas mil cópias.

Depois do sucesso “Reluz”, ainda conseguiu emplacar outros hits, como “De qualquer maneira”, tema da novela “Pão pão, Beijo beijo”, e o balanço “Dança das Horas” na década de oitenta, mas parece que a década de oitenta já não tinha a magia de setenta, quando compôs seu maior sucesso.

Numa época em que, para fazer sucesso, era preciso algum tipo de escândalo, era de se esperar que o “inocente” Marcos Sabino saísse de cena.

Ele não foi o único, grandes compositores como Peninha, taxados de brega, apesar do reconhecido talento, ficaram fora do mercado nessa época.

Com o fim da década de oitenta, as portas se fecharam de vez. O talento deu lugar ao marketing e a música eletrônica tomou conta do mercado da música.

A chegada da internet acendeu uma luz no fim do túnel, onde os cantores que viviam de marketing e tecnologia eletrônica deram lugar aos novos talentos. Muita gente não entende que, agora, a música deve ser gratuita, o lucro virá do show.

Não é preciso mais que um violão e um bom equipamento de som, para lotar estádios. Caetano Veloso, Chico Buarque, entre outros provaram isso, mas é preciso talento.

RELUZ

Marcos Sabino

Brilha no céu de novo uma estrela
Soltando a luz que reluz seu olhar
Paira no tempo um sonho perdido
Que a gente só pensa em de novo encontrar
Solto meu grito, seu nome ao vento
E fico voando no meu pensamento
Te espero mais livre a cada manhã
Cheiro uma flor de cravo e canela
E fico curtindo da minha janela
Teu corpo suave de hortelã.

DANÇA DAS HORAS

É tudo ou nada
Agora eu sou eu mesmo
A dança das horas começou
Pelas vitrines do lado de lá do espelho
Eu sempre apareço como eu sou

Rosto iluminado
Muita troca de calor
Um coração quer cuidado e muito amor
Rosto iluminado
Muita troca de calor
Um coração quer cuidado e muito amor

Conversa fiada é volta de quem tem medo
Escolha as armas por favor
Mostre nos olhos o que você quer primeiro
É tudo ou nada pede eu dou

Rosto iluminado
Muita troca de calor
Um coração quer cuidado e muito amor
Rosto iluminado
Muita troca de calor
Um coração quer cuidado e muito amor
NA MIRA DO OLHAR

Tente conter, o calibre da tua arma;
E você deve saber, que eu não sou tão bandido;
É que as vezes me escapa o controle da alma..
É que as vezes na calma eu corro perigo..
Preciso medir, tudo aquilo que eu quero pra alvo;
Do que eu posso atingir, na mira dos seus olhos;
É que as vezes me escapa o controle da alma..
É que as vezes na calma eu corro perigo..

DE QUALQUER MANEIRA

O que eu vou cantar
é o que vem de você
e se eu chorar
Tudo bem, é você

Sabe…
a gente tem a vida inteira
sabe…
é tudo de qualquer maneira
você tem um jeito louco de gostar

O sol do teu olhar
bate dentro de mim
nada vai mudar
o que já não tem fim

Sabe…
a gente tem a vida inteira
sabe…
é tudo de qualquer maneira
você tem um jeito louco de gostar

Talvez o nosso amor entre pra história
eu rei, você rainha

E ninguém vai entender
tudo pode ser
Você e eu

Você sabe…
a gente tem a vida inteira
sabe…
é tudo de qualquer maneira
você tem um jeito louco de gostar
você tem um jeito louco de gostar de mim
você tem um jeito louco…

setembro 11, 2010 Posted by | Música. | , , , , , , , , , , , | 20 Comentários

A música e a poesia de Peninha

Amor e paixão

Música romântica

Na década de 70 eu era tão pequeno que nem podia chegar perto dos aparelhos eletrônicos, lembro-me de pouca coisa dessa época.

Esta música do Peninha, por exemplo, eu achava que era de 79 ou 80, isso explicaria sua semelhança com o Bee Gees nessa época, mas parece que é bem anterior.

Apesar dessa década ser muito criticada, alguns compositores mostraram seu talento e são lembrados até hoje.

Esse é o caso de Peninha, um compositor que nunca parou de compor, apesar de não aparecer tanto como cantor.

SONHOS

Tudo era apenas

Uma brincadeira

E foi crescendo

Crescendo, me absorvendo

E de repente eu me vi assim

Completamente seu…

Vi a minha força

Amarrada no seu passo

Vi que sem você não tem caminho

Eu não me acho

Vi um grande amor

Gritar dentro de mim

Como eu sonhei um dia…

Quando o meu mundo

Era mais mundo

E todo mundo admitia

Uma mudança muito estranha

Mais pureza, mais carinho

Mais calma, mais alegria

No meu jeito de me dar…

Quando a canção

Se fez mais forte

E mais sentida

Quando a poesia

Fez folia em minha vida

Você veio me contar

Dessa paixão inesperada

Por outra pessoa…

Mas não tem revolta não

Eu só quero

Que você se encontre

Ter saudade até que é bom

É melhor que caminhar vazio

A esperança é um Dom

Que eu tenho em mim

Eu tenho sim

Não tem desespero não

Você me ensinou

Milhões de coisas

Tenho um sonho em minhas mãos

Amanhã será um novo dia

Certamente eu vou ser mais feliz…

Quando o meu mundo

Era mais mundo

E todo mundo admitia

Uma mudança muito estranha

Mais pureza, mais carinho

Mais calma, mais alegria

No meu jeito de me dar…

Quando a canção

Se fez mais forte

E mais sentida

Quando a poesia realmente

Fez folia em minha vida

Você veio me contar

Dessa paixão inesperada

Por outra pessoa…

Mas não tem revolta não

Eu só quero

Que você se encontre

Ter saudade até que é bom

É melhor que caminhar vazio

A esperança é um Dom

Que eu tenho em mim

Eu tenho sim

Não tem desespero não

Você me ensinou

Milhões de coisas

Tenho um sonho em minhas mãos

Amanhã será um novo dia

Certamente eu vou ser mais feliz…(2x)
(Peninha)

agosto 21, 2010 Posted by | Música. | , , , , , , , , , , | 15 Comentários

007 – A maior produção da história do cinema

007 - Os filmes

Melhor produção do Cinema

Em quem você pensa, quando o assunto é agente secreto? – Se você respondeu 007, saiba que esse é apenas um número de identificação do nome, ou codinome, do agente mais famoso da história, James Bond.

Parece irônico, o fato de o agente mais famoso do mundo ser ficção, mas a inspiração é real. Curiosamente, a principal característica do personagem também é a ironia.

O criador do personagem, Ian Fleming, conhecia o universo do serviço secreto bem de perto, chegou a trabalhar no serviço secreto da marinha britânica, apesar de, pelo que se especula, nunca ter chegado a ser um agente secreto.

No final das contas, o dom falou mais alto.

Eu sempre digo que o nosso verdadeiro dom vem da infância, do primeiro elogio real, onde você sente que não é apenas um elogio, mas você é realmente melhor no que faz.

Ian Fleming foi ajudante de tipógrafo e redator, antes de embarcar em suas aventuras, rumo a realização de seus sonhos.

No final de sua vida, o filho pródigo retornou onde tinha começado, realizando, finalmente, todos os seus sonhos, antes de morrer. Ian Fleming morreu dois anos depois de ver seu livro virar sucesso de cinema, com três filmes e Sean connery na pele do famoso agente secreto James Bond.

Há muitos detalhes, na trajetória do famoso agente, que são notáveis, um exemplo, é o famoso jargão: “Meu nome é Bond…James Bond” – onde o personagem vacila para se identificar, o mais próximo da verdade sobre ele é o número 007, onde “OO” implica em liberdade total, licença para matar, se a situação exigir, o que também serve como um aviso para se manter afastado.

O personagem é exatamente o inverso da personalidade de Ian Fleming, seu criador: Antipático, sem carisma, reprovava em testes/concursos e não tinha a menor vocação para jogos, onde perdia tudo o que tinha. A boa vida parecia manter-se a distância de Fleming, a astúcia também.

Quando escreveu “Cassino Royale”, em 1953, Fleming finalmente realizava seus sonhos, as mulheres que ele nunca conquistara, pela falta de carisma e astúcia, agora se jogavam aos seus pés. O mundo inteiro queria saber quem era ele, de onde vinha ele, quem era, de fato, James Bond, cuja única certeza era de morte “OO7”.

Apesar do sucesso que teria, Cassino Royale não foi a história que lançou OO7 ao mundo, foi o segundo livro “Live em let die” o responsável por conseguir a vitrine do mundo, EUA, para OO7. A partir daí o sucesso foi rápido.

Quando os produtores Albert R. Broccoli e Harry Saltzman adquiriram os direitos de James Bond/OO7, a maior produção da história do cinema estava para começar, tudo o que se referia à história de 007 se tornaria imortal, inclusive as histórias dos próprios produtores.

Como todas as histórias de super-produções, não dá para ver o filme e dizer que não há nada de seu interesse, sempre vai haver um motivo para que você veja o filme. Um leitor do livro pode querer comparar as obras literária e cinematográfica; os amantes da boa música podem se interessar pelo talento de John Barry, responsável pelas músicas da maioria dos filmes de 007; os convidados mais que especiais fazem papéis de vilões, como são os casos do eterno encrenqueiro Orson Welles, Adolfo Celi e até Louis Jourdan; alguns não tem nada a ver com o gênero, mas quem é que não quer ser imortal?

Certa vez, quando um grande amigo me perguntou qual a parte do filme, de 007, que eu tinha gostado mais, não vacilei – da música – respondi. Meu amigo ficou extremamente decepcionado, eu insisti: “Vai dizer que você não acha uma obra-prima as aberturas dos filmes da série, acompanhadas de um bela e linda canção romântica?

Vendo a cara de frustração de meu amigo, lembrei-lhe das cenas de ação, com dublês, aí ele se animou. Não é para menos, a série 007 é reconhecida pelo arrojo de seus dublês que faziam a festa, na ausência de efeitos especiais, boa parte da história das dublagens de ação pode ser contada através da série 007.

A história do cinema, de certa forma, pode ser contada através da série, não só com os dublês de ação, mas com as belas canções, atrizes que se consagraram com esses filmes como as musas de pintores famosos.

Além de tudo isso, há particularidades ligadas a própria série, como é o caso do estrelismo de Sean Connery. Alegando estar ficando marcado pelo personagem, e com medo de ficar conhecido apenas como 007, como foi o caso de celebridades como Johnny Weissmuller, o tarzã.

Sean Connery abandonou a série a partir do quinto filme “Com OO7 só se vive duas vezes”, deixando os produtores numa bela encrenca, Sean Connery não era apenas um ator, era um bom ator, apesar de não ser o primeiro a ser cotado para interpretar o personagem.

Com a saída de Connery, os dois filmes seguintes foram muito aquém do desejado, Connery chegou a declarar que nunca mais encarnaria o personagem novamente.

Connery só viria a comprovar o velho ditado capitalista: “Todo homem tem seu preço” – mais tarde, mais de dez anos depois.

Depois de dois filmes, os produtores “imploraram” para que Sean Connery voltasse, Cannery pediu uma fortuna e mais condições no contrato. Treze anos depois, logo no título vinha estampado “Never say never Again”, apesar de não ser da mesma produtora, James Bond se vingaria do ator que o personificou pela primeira vez, Sean Connery.

Depois do trauma da saída de Sean connery, a série se estabilizou, OO7 desencarnou-se de Connery, o que foi bom para ele e para Connery também, que pode seguir sua carreira de ator, apesar de uma pequena dor de cotovelo.

Dentro de dois anos OO7 completará 50 anos, como uma das três séries que mais faturam e cativam o público durante várias gerações, ao lado de Tarzã e Guerra nas Estrelas.

A seguir postarei algumas das canções da série que fazem parte da minha vida.

by Jânio

maio 8, 2010 Posted by | Cinema | , , , , , , , , | 11 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: