Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Ministério de segurança pública causa polêmica

fevereiro 28, 2018 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Temer troca comando do Ministério da Justiça e nomeia Torquato Jardim

Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil
Brasília - O ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, Torquato Jardim, durante palestra no 89 Encontro Nacional da Indústria da Construção (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Torquato Jardim será o novo ministro da JustiçaMarcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

O presidente Michel Temer decidiu hoje (28) trocar o comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública e anunciou a saída de Osmar Serraglio e a nomeação de Torquato Jardim, atual ministro da Transparência, para o cargo.

A mudança foi divulgada neste domingo, por meio de nota, pela assessoria do Palácio do Planalto.

Serraglio estava à frente do Ministério da Justiça desde março. Na nota, o governo não informa os motivos de sua saída. Ao deixar o ministério, Serraglio retomará seu mandato de deputado federal pelo PMDB do Paraná, atualmente ocupado por seu suplente, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), citado nas delações da JBS.

Brasília - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Osmar Serraglio, durante audiência pública na Câmara sobre o projeto do Código de Processo Penal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Osmar Serraglio estava no cargo desde marçoMarcelo Camargo/Agência Brasil

Leia a íntegra da nota do Palácio do Planalto:

O Presidente da República decidiu, na tarde de hoje, nomear para o Ministério da Justiça e Segurança Pública o Professor Torquato Jardim. Ao anunciar o nome do novo Ministro, o Presidente Michel Temer agradece o empenho e o trabalho realizado pelo Deputado Osmar Serraglio à frente do Ministério, com cuja colaboração tenciona contar a partir de agora em outras atividades em favor do Brasil.

Edição: Luana Lourenço
 
 

maio 28, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Após reunião com ministro, manifestantes deixam prédio do Ministério da Justiça

Ivan Richard Esposito – Repórter da Agência Brasil

Após reunião com o Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, e a promessa de que o governo não vai criar obstáculos para equiparação das regras para aposentadoria dos agentes penitenciários a dos policiais na tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma da Previdência, os agentes penitenciários deixaram o prédio do Ministério da Justiça, invadido pela categoria na tarde de hoje (2).

Brasília - Em ato contra a reforma da Previdência, agentes penitenciários de vários estados invadiram o prédio do Ministério da Justiça (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Em ato contra a reforma da Previdência, agentes penitenciários de vários estados invadiram o prédio do Ministério da Justiça Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

De acordo com o deputado Lincoln Portela (PRB-MG), que intermediou a negociação entre os agentes penitenciários e o governo, não houve “um compromisso em resolver”, mas a promessa de estudar as reivindicações mais a fundo. Ele explicou que a categoria terá que convencer o relator da PEC, deputado Arthur Maia (PPS-BA), ou um deputado membro da comissão especial a apresentar um destaque incluindo na proposta a equiparação das regras de aposentadoria dos agentes a dos policiais.

“Não houve um acordo fechado. Querem [o governo] que [a mudança] entre via um destaque e o governo não vai colocar nenhum óbice nisso”, disse Portela à Agência Brasil. De acordo com o deputado, outras alternativas seriam a análise e aprovação de uma de duas PEC que também tramitam no Congresso:  a 308, que tramita na Câmara, ou a 14, que está no Senado. As duas propostas mudam a Constituição para criar as polícias penitenciárias federal e estaduais. Dessa forma, a categoria passaria a ter, automaticamente, as mesmas regras previdenciárias das demais polícias.

O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de São Paulo (Sindasp), Daniel Grandolf, os agentes aceitaram deixar a sede do ministério porque houve a garantia do atendimento das reivindicações da categoria. “Foi feito um acordo e eles vão pautar a PEC 308 e vão incluir os agentes penitenciários no relatório da reforma da Previdência juntamente aos policiais”, disse à Rádio Nacional.

No início da tarde de hoje, cerca de 500 agentes penitenciários de vários estados do país, segundo estimativas da Polícia Militar do Distrito Federal, invadiram o prédio do Ministério da Justiça em Brasília. Os manifestantes chegaram a quebrar uma vidraça próximo ao acesso principal do Palácio da Justiça e ocuparam o Salão Negro do local. Agentes da Força Nacional de Segurança, então, bloquearam o acesso ao prédio e restringiram o uso de banheiro e bebedouros.

Procurado, o Ministério da Justiça não se manifestou.

Agência Brasil
 

maio 3, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Ministério da Defesa quer apoio privado para esporte militar

Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil

O ministro Raul Jungmann conversou com representantes da iniciativa privada para buscar apoio visando a formação de atletas de base em programas militares     Tânia Rêgo/Agência Brasil

Após os atletas militares conquistarem 13 das 19 medalhas brasileiras nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no ano passado, o Ministério da Defesa quer aumentar ainda mais a contribuição deles nas vitórias do país no próximo ciclo olímpico. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse hoje (17) que já conversou com representantes de instituições da iniciativa privada, como a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), para buscar apoio para a formação de atletas de base em programas militares.

Com cerca de 20 mil atletas de base participando do Programa Forças do Esporte, em que instalações militares são usadas por crianças e adolescentes, o ministério quer dobrar o número de participantes com o apoio privado.

“Temos hoje 20 mil jovens nessa base, mas minha ideia é conseguir no curto prazo pelo menos dobrar isso. E estou pedindo ajuda do setor privado. É para que a gente possa ter não só atletas de alto rendimento, o que é fundamental, mas ter uma base, e que essa base social se reverta para os jovens”, disse Jungmann.

O objetivo é incrementar os resultados em pelo menos 30%, mas, em um cenário de restrições orçamentárias, o ministro entende que combinar recursos privados com a estabilidade que as Forças Armadas dão aos atletas militares pode ser um caminho.

“Já venho conversando com a Fiesp, Senai [Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial] e Senac [Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial] para que eles nos ajudem no sentido de promover o esporte. Um dos problemas dos outros patrocínios é que são irregulares. Do lado de cá, você dá emprego, estabilidade, instalações e treinamento, e isso é mantido sem sobressaltos e sem descontinuidade”, acrescentou o ministro. Na opinião de Jungmann, a fórmula para o sucesso é essa. “Uma estabilidade e uma garantia para que essa garotada toda possa dispor de meios para promover os seus talentos.”

Homenagens

Rio de Janeiro - Felipe Wu, medalhista olímpico no tiro esportivo, durante cerimônia de condecoração de personalidades com a Medalha do Mérito Desportivo Milita (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Felipe Wu, medalhista olímpico no tiro esportivo, durante cerimônia de condecoração de personalidades com a Medalha do Mérito Desportivo MilitarTânia Rêgo/Agência Brasil

 

Jungmann participou hoje (17) da entrega medalhas de Mérito Desportivo Militar. Na cerimônia, realizada no Terceiro Comando Aéreo Regional (3º Comar), no Rio de Janeiro, foram condecorados atletas militares, autoridades envolvidas na organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e sobreviventes do acidente aéreo com o time da Chapecoense.

Ao todo, 280 pessoas foram homenageadas. Entre elas, os medalhistas olímpicos na Rio 2016 Felipe Wu, do tiro esportivo, e Maicon de Andrade, do taekwondo; o ministro do Esporte, Leonardo Picciani; e o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons, além de autoridades militares e 13 parlamentares.

Os jogadores Alan Ruschel, Jackson Follmann e Hélio Hermito Zampier Neto, da Chapecoense, entraram na lista dos homenageados, além do radialista Rafael Henzel, que também sobreviveu ao acidente aéreo com o avião que levava o time para a Colômbia, no ano passado.

No entanto, grande parte dos homenageados, incluindo os jogadores do time catarinense e o ministro do Esporte, não recebeu a condecoração na cerimônia de hoje. Uma nova solenidade será realizada em Brasília na semana que vem, quando devem ser entregues 70 medalhas.

Medalha de bronze na Rio 2016, Maicon de Andrade comemorou a condecoração militar. “Todo atleta militar sonha receber uma medalha dessa, é para a família”, disse Maicon. “Meu trabalho foi árduo, foi bem feito e hoje pude estar aqui recebendo essa medalha. Então, foi uma grande honra.”

Edição: Kleber Sampaio
 
 

março 18, 2017 Posted by | Política | , , , , | Deixe um comentário

José Serra reassume mandato de senador

eleições 2.010

Sistema Bipartidario

Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil

O ex-ministro das Relações Exteriores José Serra já reassumiu o mandato de senador pelo PSDB de São Paulo. Em ofício encaminhado hoje (23) à Mesa Diretora do Senado, Serra comunicou seu retorno às atividades na Casa e seu nome já foi, inclusive, reincluído no painel eletrônico do plenário.

Serra pediu demissão do cargo de ministro ontem (22), alegando problemas de saúde. Ele estava à frente do Itamaraty desde o início do governo de Michel Temer, em setembro do ano passado.

A saída dele do ministério foi considerada uma “surpresa” pelos colegas senadores, inclusive os do próprio partido. O líder do PSDB, Paulo Bauer (SC), disse que a decisão de Serra “surpreendeu a todos” e que ele vinha “realizando um trabalho exemplar” à frente do Ministério das Relações Exteriores. “Mas as razões expostas pelo agora ex-ministro são suficientes para justificar a tomada da decisão”, afirmou Bauer, em nota à imprensa.

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, Edison Lobão (PMDB-MA), também comentou a volta de Serra ao Senado. Para ele, Serra “é um político e um administrador de grande porte”, e suas razões para deixar o governo devem ser levadas em consideração.

Lobão citou alguns dos cargos de relevância ocupados por Serra, como a prefeitura e o governo de São Paulo e o Ministério da Saúde, e lembrou que ele já apresentou no Senado “projetos de grande densidade”, que ainda estão sendo examinados nas comissões.

Com o retorno de José Serra, o suplente dele, José Aníbal (PSDB-SP)l, deixa de atuar como senador.

Edição: Augusto Queiroz
 
Comentário: Depois de 24 horas fora do ministério, Serra já pode avaliar como está a sua influência entre os políticos do partido do governo e base aliada. Isso é muito importante para elaborar suas estratégias para o futuro, pior para FHC que o considera um caso perdido para disputas presidenciais.
Serra demonstrou coragem mas não quis arriscar, por isso, ficou apenas um dia fora, voltando nos braços do povo, aquele povo que você pode imaginar quem seja. Em outra hipótese um pouco mais obscura, José Serra poderia ter sido pressionado pelo próprio partido,  devido ao foro privilegiado, ou seja, sai do ministério mas continua no Senado.
Serra é conhecido por suas trapalhadas e essa saída prematura poderia ter sido mais uma de suas trapalhadas. Como a justiça é peemedebista, alguém poderia ter avisado que  ele não está tão seguro quanto pensa e que sua defesa como réu da lava-jato depende exclusivamente dele, e  isso poderia explicara sua volta mais prematura que a sua própria saída.
Isso também confirma minhas suspeitas de que o golpe não deu certo, ou seja, delações como as de Jucá estão repercutindo negativamente, envolvendo o cabeça do PSDB, sem que ninguém possa fazer nada. Com Aécio no comando do partido, o fim parece inevitável, podendo significar até a criação de um novo partido, mas dessa vez não haveriampolíticos ficha-limpa eleitos suficientes para criar tal partido.
Comentário by Jânio

fevereiro 23, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: