Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Putin y el Medio Oriente

janeiro 18, 2018 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Las mil y una guerras

novembro 11, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Rendimento médio do trabalhador fica em R$ 2.109 em maio

piores cidades

Cidades para Trabalhar

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

O rendimento médio real habitual do trabalhador brasileiro ficou em R$ 2.109 no trimestre encerrado em maio deste ano. O valor é relativamente estável em relação aos observados no trimestre encerrado em fevereiro deste ano (R$ 2.102) e em abril de 2016 (R$ 2.062).

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com fevereiro, entre os grupamentos de atividade, apenas os trabalhadores domésticos tiveram crescimento no rendimento (1,5%), os demais se mantiveram estáveis. Na comparação com maio do ano passado, apenas o segmento de agricultura e pecuária teve crescimento de 7,8%, os demais se mantiveram estáveis.

A massa real de rendimentos, que é o total recebido habitualmente por todos os trabalhadores brasileiros, também ficou relativamente estável nos dois tipos de comparação, ao somar o valor de R$ 184,42 bilhões no trimestre encerrado em maio. Em fevereiro deste ano, o valor havia sido de R$ 183,07 bilhões e, em maio de 2016, de R$ 182,7 bilhões.

Edição: Graça Adjuto
Agência Brasil

junho 30, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

‘Juego de Tronos’ en Oriente Medio

Transmitido ao vivo em 10 de jun de 2017

En este episodio de Keiser Report, Max y Stacy hablan de cómo la diplomacia tuitera de Donald Trump en Oriente Medio puede llevar a una guerra y sobre cómo la oferta pública de venta de la empresa saudí Aramco en Nueva York tal vez no se lleve a cabo por el supuesto papel del país arábigo en la financiación del 11S. En la segunda parte Max entrevista al expresidente del Partido Demócrata de Carolina del Norte, Randy Voller, sobre la gira que ha emprendido Hillary Clinton para airear culpas.

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

junho 11, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Existe alguna forma de detener la espiral bélica en Oriente Medio?

março 11, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Paraná está com 600 escolas ocupadas contra reforma do ensino médio

Verbo To Want

Estudantes

Daniel Isaia e Paulo Victor Chagas – Repórteres da Agência Brasil

A ocupação de escolas por estudantes que protestam contra a medida provisória que reforma o ensino médio atinge 600 escolas no Paraná, segundo a União Paranaense de Estudantes Secundaristas (UPES). Nove universidades e dois Núcleos de Educação também estão ocupados.

O movimento Ocupa Paraná anunciou que pretende ocupar mais escolas para pressionar o governador do estado, Beto Richa, a realizar uma conferência em que os estudantes poderão apresentar uma contraproposta à MP do Ensino Médio “Ocuparemos mais escolas até que a resposta do conjunto de estudantes seja dada e a proposta seja aceita pelo governador.”

Além da mobilização dos estudantes, os professores do estado decidiram entrar em greve. Os docentes criticam a reforma no ensino médio e a proposta de emenda à Constituição 241/2016, que restringe os gastos da União, além de pedirem melhores condições de trabalho.

Segundo a secretária de Educação do Paraná, Ana Seres Comin, 650 escolas estão ocupadas neste momento e a adesão à greve atinge totalmente 5% das instituições e, parcialmente, 20%. Com isso, 50% das 2.153 escolas do estado estão funcionando normalmente, apesar das ocupações.

Ocupações “sem motivo”

O governador do estado, Beto Richa, participou hoje (18) de reunião em Brasília com o ministro da Educação, Mendonça Filho, para discutir o movimento de estudantes. Richa alega que as ocupações estão ocorrendo “sem motivo” e se devem unicamente à medida provisória do ensino médio, que é uma proposta federal.

“A expectativa é que se desocupe as escolas. Porque não tem sentido isso. Logo que houve as primeiras ocupações, eu já me manifestei publicamente tranquilizando a todos que iríamos fazer audiências, e ao mesmo tempo não iríamos diminuir as disciplinas que são ofertadas hoje. Então não há motivo para isso”, disse Richa à Agência Brasil, após se reunir com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, no Palácio do Planalto.

Sobre a greve dos professores, Richa disse que o movimento é diferente da mobilização dos estudantes e que o Paraná é o “único estado duramente atingido” com as ocupações.

De acordo com o governador, as conversas sobre a reforma do ensino médio no Paraná têm ocorrido em um processo democrático, que contou com a participação de 15 mil pessoas, entre estudantes, professores e pais. “Foram acolhidas essas propostas [em audiências regionais] e encaminhamos às mãos do ministro [Mendonça Filho] que, na frente da sua equipe técnica, designou-os para analisar as propostas e quem sabe contribuir para o aperfeiçoamento desta medida”, disse.

Edição: Luana Lourenço

outubro 19, 2016 Posted by | Política | , , , , | Deixe um comentário

Mortes no Oriente

Iraque

Lista dos conflitos modernos no Oriente Médio

O Oriente Médio permanece uma das áreas mais instáveis do mundo, devido uma série de motivos que vão desde a contestação das fronteiras traçadas pelocolonialismo franco-britânico, a posição geográfica, no contato entre três continentes; suas condições naturais, pois a maior parte dos países ali localizados são dependentes de água de países vizinhos; a presença de recursos estratégicos no subsolo, caso específico do petróleo; posição no contexto geopolítico mundial; até a proclamação do Estado de Israel na Palestina em 1948, o que de imediato provocou uma série de conflitos conhecidos como as guerras árabes-israelenses, entre eles a guerra de independência de Israel, a Guerra dos Seis Dias, a Guerra de Suez e a Guerra do Yom Kippur.

01) 1918–1922 – Revolta de Simko Shikak – Flag of Persia (1910-1925).svg Pérsia – entre 1,000–5,500 mortos e feridos

02) 1918–1920 – Primeira Guerra Nejd-Hejaz – Flag of the Second Saudi State.svg Reino de Nejd Flag of Hejaz 1917.svg Reino de Hejaz – 1,392 vítimas

03) 1919 – Revolução Egípcia de 1919 – Egito Sultanato do Egito – entre 800-3,000 mortos e vítimas

04) 1919–1921 – Guerra franco-síria – Flag of Hejaz 1917.svg Reino Hachemita da Síria Flag of Syria French mandate.svg Mandato Francês da Síria – 5,000 vítimas

05) 1919–1923 – Guerra de Independência Turca (Catástrofe da Ásia Menor) Turquia
Grécia
Armenia
Soviet Union
170,500–873,000 mortos e vítimas

06) 1920–1922 – Revolta iraquiana contra os britânicos – Iraque Mandato Britânico da Mesopotâmia – 9,000 mortos e vítimas

07) 1921 – Guerra de fronteira Kuwait-Najd – Standard of the Emir of Kuwait, 1956.svg Primeiro Reino do Kuwait Flag of Nejd (1926).svg Sultanato de Nejd 200 vítimas

08) 1922–1924 – Ataques de Ikhwan a Transjordânia – Jordânia Transjordânia 500 vítimas

09) 1923 – Revolta Adwan – Jordânia Transjordânia – 100 vítimas

10) 1924–1927 – Revolução Síria (Guerra Drusa) – Lebanese French flag.svg Mandato Francês do Líbano Flag of Syria French mandate.svg Mandato Francês da Síria Flag of Jabal ad-Druze (state).svg Drusos Jabal Flag of the State of Damascus.svg Estado de Damasco
França
12,000 vítimas

11) 1924–1925 – Segunda Guerra Nejd-Hejaz – Flag of Nejd (1921).svg Reino de Nejd Flag of Hejaz 1917.svg Reino de Hejaz – 450 vítimas

12) 1925 – Rebelião do Xeque Said – Turquia – entre 15,000–250,500 mortos e vítimas

13) 1927–1930 – Revolta Ikhwan – Iraque Mandato Britânico da Mesopotâmia
Standard of the Emir of Kuwait, 1956.svg Emirado do Kuwait
Flag of Nejd (1926).svg Reino de Nejd e Hejaz 2,000 vítimas

14) 1929 – Distúrbios na Palestina de 1929 – Palestine-Mandate-Ensign-1927-1948.svg Mandato Britânico da Palestina – 251 vítimas

15) 1930 – Revolta de Ararate – Turquia Flag of the Republic of Ararat.svg República de Ararat – 4,500–47,000 mortes e vítimas

16) 1933 – Massacre de Simele – Flag of Iraq (1921–1959).svg Reino do Iraque 1,000–3,000 mortes e vítimas

17) 1934 – Guerra saudita-iemenita – Arábia Saudita
Flag of the Mutawakkilite Kingdom of Yemen.svg Reino do Iêmen – 2 ,100 vítimas

18) 1936–1939 – Revolta árabe de 1936-1939, Palestine-Mandate-Ensign-1927-1948.svg Mandato Britânico da Palestina – 5,000 vítimas

19) 1937 – Rebelião Dersim – Turquia – 40,000–70,000 vítimas e mortes

20) 1938–1948 – Conflito britânico-sionista – Palestine-Mandate-Ensign-1927-1948.svg Mandato Britânico da Palestina – 1,000 vítimas

21) 1939–1945 – Teatro de Operações do Oriente Médio na Segunda Guerra Mundial – Flag of Iraq (1921–1959).svg Reino do Iraque
Estado Imperial do Irã
Egito Reino do Egito
Lebanese French flag.svg Estado do Grande Líbano
Palestine-Mandate-Ensign-1927-1948.svg Mandato Britânico da Palestina
Síria República Síria
46,000 vítimas

22) 1946 – Revoltas estudantis egípcias – Egito Reino do Egito 100–300 mortos e vítimas

23) 1946–1947 – Crise no Irã de 1946 – Estado Imperial do Irã
Flag of Kurdistan.svg República de Mahabad
Azerbaijan people’s government flag.svg Governo Popular do Azerbaijão
Soviet Union – 2,000 vítimas

24) 1947– Conflito israel-palestina – Palestine-Mandate-Ensign-1927-1948.svg Mandato Britânico da Palestina Israel
Territórios Palestinos – 14,500–20,000 mortos e vítimas

25) 1947–1948 – Golpe de Estado do clã Yahya – Iémen Reino do Iêmen 4,000–5,000 mortos e vítimas

26) 1948 – Revolta Al-Wathbah – Flag of Iraq (1921–1959).svg Reino do Iraque 300–400 mortos e vítimas

27) 1948–1973 – Guerras árabe-israelenses – Egito Reino do Egito
Egito
República Árabe Unida República Árabe Unida
República Síria
Síria
Jordânia
Líbano
Israel
43,000–62,468 mortos e vítimas

28) 1952 – Revolução Egípcia de 1952 – Egito Reino do Egito – 1,000 vítimas

29) 1953 – Golpe de Estado no Irã de 1953 – Estado Imperial do Irã – 300-800 mortos e vítimas

30) 1954-1960 – Guerra Jebel Akhdar – Flag of Muscat.svg Sultanato de Mascate e Omã – 100 vítimas

31) 1955–1959 – Crise de Makarios – Chipre Protetorado de Chipre – 400–600 mortos e vítimas

32) 1956–1960 – Violência entre clãs iemenita-adenesa – Aden – 1,000 vítimas

33) 1958 – Crise no Líbano de 1958 – Líbano – 1,300–4,000 mortos e vítimas

34) 1958–1959 – Revolução Iraquiana – Flag of the Arab Federation.svg Federação Árabe
Iraq
2,000–4,000 mortos e vítimas

35) 1961–1970 – Primeira Guerra Curdo-Iraquiana – Iraque
Iraque -105,000 vítimas

36) 1962–1970 – Guerra Civil do Iêmen do Norte – Iémen Reino do Iêmen
Iêmen
Arábia Saudita – 100,000–200,000 mortos e vitimas

37) 1962–1975 – Rebelião Dhofar – Oman
Estado Imperial do Irã
Estado Imperial do Irã
Jordânia
Flag of the Popular Front for the Liberation of Oman.svg Frente Popular para a Libertação de Omã – 10,000 vítimas

38) 1963 – Revolução Branca (Irã) – Estado Imperial do Irã – 100 vítimas

39) 1963 – Golpe de Estado de Fevereiro de 1963 no Iraque
Iraque – 5,000 vítimas

40) 1963 – Golpe de Estado na Síria de 1963 República Árabe Unida –
Síria – 820 vítimas

41) 1963–1967 – Emergência de Áden – Flag of the Federation of South Arabia.svg Federação da Arábia do Sul
Iêmen do Sul – 2,096 vítimas

42) 1964 – Distúrbios Hama de 1964 – Síria – 70–100 mortes e vítimas

43) 1966 – Golpe de estado na Síria de 1966 – Síria – 400 vítimas

44) 1970–1971 – Setembro Negro na Jordânia – Jordânia
Líbano – 2,000–25,000 mortos e vítimas

45) 1974 – Invasão turca de Chipre – Turquia
Grécia
Chipre – 965–2,000 mortos e vítimas

46) 1974–1975 – Segunda Guerra Curdo-Iraquiana – Iraque 9,000 vítimas

47) 1975–1990 – Guerra Civil Libanesa – Líbano
Federação das Repúblicas Árabes
Síria
Israel
150,000 vítimas

48) 1976–1979 – Conflitos civis turcos – Turquia – 5,000–5,388 mortos e vítimas

49) 1976–1982 – Revolta islâmica na Síria – Federação das Repúblicas Árabes
Síria 40,000 vítimas

50) 1977 – Guerra Líbia-Egito – Egito
Líbia
500 vítimas

51) 1977 – Revoltas do Pão no Egito em 1977 – Egito – 70–800 mortos e vítimas

52) 1977 – Conflito entre a Turquia e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão – Turquia
Iraque
Federação das Repúblicas Árabes
Síria
Flag of Kurdistan.svg Curdistão iraquiano
30,000–35,000 mortos e vítimas

53) 1978–1979 – Revolução Iraniana – Estado Imperial do Irã
Irã – 7,500–80,000 mortos e vítimas

54) 1978–1980 – Rebelião curda no Irã – Irã – 10,000 vítimas

55) 1979–1983 – Distúrbios na Província Oriental Saudita – Arábia Saudita 182–219 mortos e vítimas

56) 1979 – Captura da Grande Mesquita – Arábia Saudita – 307 vítimas

57) 1980 – Golpe de Estado na Turquia em 1980 – Turquia – 127–550 mortos e vítimas

58) 1980 – Revolta xiita do Iraque (Primeira Revolta de Sadr) – Iraque 1,000–30,000 mortos e vítimas

59) 1980–1988 – Guerra Irã-Iraque – Irã
Iraque
Kuwait 1,000,000–1,250,000 mortos e vítimas

60) 1986 – Guerra Civil do Iêmen do Sul – Iêmen do Sul – 5,000–12,000 mortos e vítimas

61) 1986 – Tumultos do recrutamento egípcio – Egito – 107 vítimas

62) 1986 – Bombardeios em Damasco de 1986 – Síria – 204 vítimas

63) 1987 – Massacre de Meca de 1987 – Arábia Saudita – 402 vítimas

64) 1990–1991 – Guerra do Golfo – Iraque
Kuwait
Arábia Saudita
40,000–57,000 mortos e vítimas

65) 1991 – Revoltas no Iraque de 1991 – Iraque
Flag of Kurdistan.svg Curdistão iraquiano – 50,000–100,000 mortos e vítimas

66) 1992–2000 – Terrorismo no Egito – Egito – 1,300–2,000 mortos e vítimas

67) 1994–1997 – Guerra Civil do Curdistão Iraquiano – Flag of Kurdistan.svg Curdistão iraquiano – 3,000 vítimas

68) 1994 – Guerra Civil do Iêmen de 1994 – Iêmen – 7,000–10,000 mortos e vítimas

69) 1995 – Insurgência islâmica na Arábia Saudita – Arábia Saudita – 300 vítimas

70) Operação Desert Fox – Iraque – 600–2,000 mortos e vítimas

71) 1999 – Revolta xiita no Iraque (Segunda Revolta de Sadr) – Iraque – 100-200 mortes e vítimas

72) 2003–2010 – Guerra do Iraque – Iraque – Flag of Kurdistan.svg Curdistão iraquiano – 109,032–150,726 mortos e vítimas

73) 2003 – Insurgência Baluchi no Irã – Irã – 155-400 mortos e vítimas

74) 2004 – Massacre Qamishli (2004) – Síria – 30–100

75) 2004–2010 – Conflito de Sa’dah – Arábia Saudita
Iêmen 10,460–11,660 mortos e vítimas

76) 2004 – Conflito entre o Irã e o Partido para uma Vida Livre no Curdistão Irã
Flag of Kurdistan.svg Curdistão iraquiano – 300 vítimas

77) 2006 – Segunda Guerra do Líbano – Líbano
Israel – 1,900 vítimas

78) 2006 – Conflito Fatah–Hamas – Territórios Palestinos – 600–700 mortos e vítimas

79) 2007 – Conflito do Líbano de 2007 – Líbano – 470–532 mortos e vítimas

80) 2008 – Conflito do Líbano de 2008 – Líbano – 105 vítimas

81) 2009 – Insurgência no sul do Iêmen de 2009 – Iêmen – 1,554 vítimas

82) 2009–2010 – Protestos eleitorais no Irã em 2009 – Irã – 27–150 mortos e vítimas

83) 2010 – Rebelião da Al-Qaeda no Iémen – Iêmen – 2,200 vítimas

84) 2010 – Primavera Árabe – Tunisia
Bahrain
Egito
Oman
Síria Síria
Iêmen
Líbano

Outras Baixas Separadas

Guerra de Independência Turca (cifra de vítimas combinadas de 170.500-873.000+) Mortos e vítimas

Guerra Greco-Turca- 70.000–400.000 mortos e vítimas

Guerra Franco-Turca- 40.000 mortos e vítimas

Guerra Turco-Armênia – 60.000–432.500 mortos e vítimas

Rebelião Koçkiri – 500 mortos

Revolta de Ahmet Anzavur – desconhecido

Revolta Kuva-i Inzibatiye – desconhecido

Teatro de Operações do Oriente Médio da Segunda Guerra Mundial 40.000 vítimas
combinadas de 12.338-14.898+)

Guerra Anglo-Iraquiana – pelo menos 560 mortos

Farhud 175-780 mortos e vítimas

Campanha Síria-Líbano 10.404-12.964 mortes e vítimas

Invasão anglo-soviética do Irã 100[2] -1.062 mortos e vítimas

Bombardeio da Palestina na Segunda Guerra Mundial 137 mortos e vítimas

Crise no Irã de 1946 2.000 vítimas (números de vítimas combinadas de 921+) de:
Crise da República Popular do Azerbaijão – 421 mortos[79]
Crise da República de Mahabad – desconhecido
Interregno Civil- 500 mortos

Guerras árabe-israelenses 51.000-65.000 vítimas (números de vítimas combinadas de 51.438-62.468+)

Guerra árabe-israelense (1948-1949) – 14.400 vítimas

Operações de Retaliação (década de 1950) – 3.456 vítimas

Guerra de Suez (1956) – 3.203 mortos

Guerra dos Seis Dias (1967) – 13.976 mortos

Guerra de Desgaste (1967-1970) – 6.403 mortos

Guerra do Yom Kippur (1973) 10.000–21.000

Guerra Civil do Iêmen do Norte 100.000-200.000 mortes e vítimas

Golpe de Estado no Iêmen de 1962

Ofensiva de Ramadan

Ofensiva de Haradh

Ofensiva monarquista de 1965

Cerco de Sana’a de 1967

Guerra Civil Libanesa 150.000 vítimas mortais de:
Massacre de Karantina
Massacre de Damour
Massacre de Tel al-Zaatar
Operação Litani
Guerra do Líbano de 1982
Massacre de Sabra e Shatila
Guerra dos Acampamentos 1986-1987
Guerra de Libertação de 1989-1990

Guerra Irã-Iraque 500.000-1.200.000 vítimas mortais (contagem de morte combinadas 184.000+) de
Invasão iraquiana de 1980
Revolta de Mujahedin al-Halq de 1981-1982

Libertação de Khorramshahr 1982 – 17.000 vítimas

Operação Vitória Incontestável 1982 – 50.000 vítimas mortais

Operação Ramadan 1982 – 80.000 mortos

Revolta curda de 1983-1988 (incluindo a campanha de Al-Anfal) 160.000-312.000 mortos

Operação antes do Amanhecer 1983 – 6.000+ mortos

Operação Aurora 3 – 162.000 mortos

Operação Aurora 5 1984 – 50.000 mortos

Operação Aurora 6 1984

Operação Khaibar 1984 – 49.000 mortos

Guerra dos Petroleiros de 1984

Operação Badr (1985) – 30.000-32.000

Guerra das Cidades 1985-1987

Operação Aurora-8 1986

Operation Karbala-4 1986 – 15.000 mortos

Operação Karbala-5 – 85.000 mortos

Operação Nasr 4

Operação Karbala-10

Operação Mersad 1987 – 4.900 killed

Execuções de prisioneiros políticos iranianos em 1988 2.000[82] – 30.000 executados

Guerra do Iraque

Invasão do Iraque de 2003

Guerra Civil no Iraque 2006-2008

Teatro do Oriente Médio da Primavera Árabe cifra de vítimas combinadas 4.414-4.749 de:
Guerra Civil Síria – 2.206 – 2.654 mortes
Revolta no Iêmen em 2011-2012 – 1.016 – 1.203 mortes
Revolução Egípcia de 2011 – 846 mortes

Revolta no Bahrein de 2011 – 9852 mortes

Fonte: Wikipedia

O erro americano

O Clube de Bilderberg

Os donos do mundo

novembro 15, 2015 Posted by | Internacional | , , , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: