Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Interatividade e organização de conhecimentos.

O sonho de Ted Nelson

O sonho de Ted Nelson

Tudo o que os blogueiros escrevem, eles(a) pensam, alguns blogueiros administram seus blogs de maneira tão pessoal que pode-se saber o que, de fato, o blogueiro pensa.

O buscador da Google trouxe a capacidade de rastrear qualquer atividade de um internauta pela rede, principalmente o blogueiro que vê na transparência uma forma divulgar seu trabalho, aparecer, atrair mais leitores.

Cada vez que seu link é digitado no formulário, acompanhado de seu nome e comentário, de certa forma, ali vai também a personalidade e o caráter de um internauta.

Apesar disso, a vida vida virtual permite a realização de vários sonhos, entre eles:

Ser Jornalista – de certa forma. todos os blogueiros personificam esta profissão, se não de maneira constante, pelo menos em boa parte de seu tempo.

Ser colunista – quando uma pessoa escreve um artigo sobre determinado assunto, fato, opina sobre acontecimentos, etc.

Ser amigo – quando os pensamentos começam a interagir através de trocas de idéias, conhecimentos e informações, um comportamento muito semelhante ao de amigos estudantes, quando não entenderam tudo o que a professora disse, ou quando estão aprimorando seus conhecimentos entre si.

Ser qualquer profissional – pessoas podem levar mais a sério na vida virtual profissões como: escritor(a), poeta ou poetisa, consultor, assessor, etc., um dom pode fluir naturalmente.

Ser empresa – em casos de o blog dar muito certo, há a possibilidade de se ganhar dinheiro com ele, alguns apostam no Google Adsense, Buscapé, UOL, e há aqueles que vão alem, depois de adquirir um certo status, viram alvos de agências de publicidade, políticos, corporações e até de forças ocultas das quais não sabemos.

Ser meio de exposição de sua própria imagem – Alguns blogueiros preferem falar de si próprios, passar suas experiências, passar seus diários virutuais. Apesar de serem muito criticados, essa é a verdadeira essência do blog, sua origem esta diretamente ligada ao diário virtual, sua forma de ver a vida, de pensar.

A Web 2.0 veio profissionalizar o processo de blogar, a partir daí, a responsabilidade aumentou enormemente, pessoas que atualizam seus blogs constantemente, fazem uso de indexadores,  comentam em outros blogs, cadastram seus links em diretórios, classificados, fóruns e outros meios, inevitalmente, aparecem no topo das buscas, por isso acabam sendo obrigados a ser mais seletivos em seus textos, verificar melhor suas fontes de informações e a consistência de seus dados.

Eu costumo dizer que a Web 2.0 é a maior maravilha que surgiu no mundo da informática, desde a criação do hipertexto, a facilidade com que se encontra a informação é tamanha que não fazer uso desse recurso é ficar fadado ao fracasso.

Não é necessario saber escrever para se ter um blog, quanto menor a capacidade de um blogueiro, menor seu texto, mas textos muito grandes também não são muito populares, isso porque os internautas não gostam de ficar muito tempo em um único site, internautas tem sede de conhecimento, de noícias, novidades, oportunidades, e pouco tempo disponível para procurar.

Talvez isso explique o porquê de blogs de humor  com tanto sucesso, alguns sites de imagens também tem uma aceitação acima da média.

No caso dos textos, os links entre eles são uma realização do sonho de Ted Nelson, uma forma de organizar os pensamentos, de ligar todos os cérebros do mundo todo, formando um só.

By Jânio.

agosto 1, 2009 Posted by | blogosfera | , , , , , | 6 Comentários

o que os internautas pensam.

pensamentos de blogueiro

pensamentos de blogueiro

     É muito bom saber o que os internautas pensam, especialmente  se forem os visitantes de seu blog.

    Sabendo o que seus visitantes pensam, você saberá do que eles gostam, isso não vai diminuir a qualidade de seu site, se ele entra em seu blog frequentemente, alguma coisa vocês tem em comum.

    Alguns gerenciadores, como o WordPress, oferecem ferramentas de estatísticas onde você pode acompanhar os artigos mais visitados, podendo analisar melhor o gosto de seus visitantes. e esta relação com o que você pensa ou escreve.

    Se o gerenciador do seu blog não tem esta ferramenta, tudo bem, isso não tem importância, há inúmeras formas de avaliar o desempenho de seus trabalhos.

    Redes Sociais, agregadores de blogs, indexadores de notícias, tudo isso são elementos importantes para avaliar o desempenho de sites e blogs, alguns desses elementos estão bem a nossa frente o tempo todo, os comentários. Os comentários são fundamentais para se analisar, não só o seu trabalho, especificamente falando, mas o seu nível de relacionamento na internet, o seu carisma, a sua interatividade, e a sua capacidade de trabalhar em rede.

    Outro elemento que eu, particularmente, acho fantástico é o track back. Quando uma pessoa cria um track back, referencia um artigo ou página de seu blog ou site, ele faz um verdadeiro batismo, carimba o seu trabalho com um selo de qualidade, reconhece que aquele conteúdo deve ser visto.

    Os feeds backs também são uma boa maneira de análise, mas é suspeito, principalmente devido a troca de favores, fazendo parecer que o blog tem uma importância maior do que ele realmente tem.

    Com os back links, acontece a mesma coisa, a troca de favores é similar a troca de links, se o cara vai com a cara de outro ou é amigo, aceita seus comentários ou links, apesar da qualidade duvidosa.

    Para quem leva seu trabalho, de prestar serviços de informações, a sério, deve agir com a máxima transparência possível, na medida em que seu blog começa a conseguir uma aceitação perante seu público, começa a concorrência,  a inveja, será muito difícil suportar a pressão, se não estiver tudo em ordem em seu trabalho.

    O artigo mais lido de meu blog foi: “Publicidade grátis de sites e empresas”, eu acho que foi por vários motivos: Porque o site, na época, era temático, voltado a divulgação, a procura por formas de divulgação gratuita na internet é muito grande, e principalmente pelo fato de ficar bem posicionado nas busca, com um título bem otimizado.

    A otimização, apesar de atrair muita visita, pode distorcer um pouco a realidade. Foi o que aconteceu com o artigo “Divulgação grátis é mil”, o título ficou tão bem otimizado que foi direto para o topo das buscas, além de trazer muitas visitas ao blog. Muita gente pode perguntar “mas como isso é possível?” É simples. Como o sistema de busca é um programa e obedece aos princípios da programação, não é difícil presumir que o título: “divulgação grátis é mil” não será lido necessariamente nesta ordem, resultado, alguns digitavam “mil formas de divulgação grátis”, “mil formas de divulgar”, entre outras, acabava sempre em meu blog.

    Ah! Eu ia esquecendo de dizer, o artigo era só para comemorar a milésima visita no blog. Sem querer eu criei um título super otimizado.

    Aqui. vale a minha teoria máxima, não importa o que você faça, nunca pare de escrever, as visitas vem quando você menos esperar, independente de sua estratégia. O importante é escrever com o coração, interagindo da melhor maneira possível com seu leitores.

    ABÇS

maio 28, 2009 Posted by | blogosfera | , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: