Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Inflação para os pobres

crescimento polêmico

Nielmar de Oliveira – Repórter da Agência Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou o ano passado com resultado acumulado de 6,58%, acima da meta fixada pelo Banco Central. Ao contrário, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2016 com alta acumulada de 6,29%, ficando abaixo do teto da meta inflacionária de 6,5% fixada pelo Banco Central.

O INPC capta a variação inflacionárias das famílias de menor renda (entre 1 e 5 salários), enquanto o IPCA capta a renda dos que ganham até 40 salários. Os dados relativos ao INPC também foram divulgados hoje (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) juntamente com o IPCA.

Em dezembro, o INPC variou 0,14%, ficando 0,07 ponto percentual acima da taxa de 0,07% de novembro. O acumulado no ano (6,58%), no entanto, também ficou bem abaixo do que os 11,28% registrados em 2015. Em dezembro de 2015, o INPC foi de 0,9%.

Os produtos alimentícios variaram 0,05% em dezembro, depois de recuarem (-0,31%) em novembro. Já os produtos não alimentícios (0,18%) subiram menos do que em novembro (0,25%).

O INPC regional mais elevado foi o de Brasília (0,87%), onde os alimentos subiram 0,7%, bem acima do índice nacional (0,05%). O menor índice foi da região metropolitana de Curitiba (-0,15%),

O INPC, calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de 1 a 5 salários e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.

Edição: Maria Claudia

janeiro 11, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Inflação anual fecha em 7,18% no IGP-DI

entrando na crise

entrando na crise

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) fechou 2016 com uma inflação de 7,18%, abaixo da taxa de 10,7% registrada no ano anterior. O dado foi divulgado hoje (6) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Entre os três subíndices que compõem o IGP-DI, a maior taxa de inflação foi observada no Índice de Preços ao Produtor Amplo, que avalia o comportamento de preços no atacado e que registrou variação de 7,73%.

No caso do Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o comportamento dos preços no varejo, a taxa fechou o ano com uma inflação de 6,18%. Já a menor taxa ficou com o Índice Nacional de Custo da Construção, que fechou o ano com aumento de preços de 6,13%.

Considerando-se apenas o mês de dezembro, o IGP-DI ficou em 0,83%, acima do 0,05% observado em novembro. O IGP-DI é calculado com base em preços coletados entre o primeiro e o último dia do mês de referência.

Edição: Graça Adjuto

janeiro 6, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: