Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Links indicados para microblogueiros, blogueiros e SEOs

 

Novas Ferramentas

Ferramentas para blogueiros

A nova lista de links para blogueiros, apresenta algumas ferramentas que analisam a reputação dos blogueiros.

Há ferramenta para twitter, agregador, indexador, site de avaliação, backlinks, diretório de links, etc.

aproveitem os links, todos os sites valem uma visita.

Esse site mostra o page rank, rank do alexa, google maps, entre outras ferramentas.
http://pastebin.com/d/icommercepage.wordpress.com

Tutorial de WordPress, em ingles, acompanhada de uma lista sites, indicados, do mundo inteiro.
http://www.hoiantoday.info/digging-into-wordpress-best-wp-ebook-tutorial-forever/

Diretório de links muito bom, foi no links10 que eu encontrei o linkasites.
http://links10.com.br/

O Sapo é uma espécie de uol de Portugal, possui um sistema de busca que começa aparecer no Brasil.
http://pesquisa.sapo.pt/

Um agregador excelente, para quem gosta de egosearching, ideal para avaliação da reputação de usuários e blogueiros.
http://collecta.com/#q=icommercepage

O linkasites é um agregador muito bem otimizado, a ponto de indexar artigos. Foi o terceiro a ultrapassar a barreira dos três digitos, em geração de visitas.
http://www.linkasites.com.br/

Ferramnta para Twitter, mostra amigos, fãs, usuários seguidos e ainda sugere os melhores usuários do mundo.
http://friendorfollow.com/

Lembram do biz information, pois é, ele ganhou uma versão em português: Mostra ranking do Alexa, back links e valor do site, além de outros dados.
http://bizinformacao.com.br/www.icommercepage.wordpress.com

Há algum tempo, eu venho procurando fazer uma lista de sites para feeds, ainda não encontrei muitos sites bons, além do FriendFeed, esse é um dos que deverão figurar em minha futura lista.
http://www.feedage.com/feeds/17559268/made-in-blog

Um Dihittiano teve um sonho, criar um indexador, conseguiu, e o indexador possui algumas peculiariedades, como trackback automático.
http://www.linkesfera.com.br/lista-de-gays-famosos/

Um blog WordPress que trata de um assunto polêmico, xenofobia.
http://playaperteplay.wordpress.com/2010/11/06/xenofobia-a-la-carte/

Assim como o agregador linkasites, o veterano linkativo é a boa surpresa da semana. O linkativo é um ótimo gerador de visitas.
http://www.linkativo.com.br/

Diretorio de links para cadastro de blogs e sites
http://www.elzobrito.com/favoritos/buscar.php

Uma nova ferramenta de análise de backlinks
http://www.faaitoito.com/cgi-bin/s/s.cgi?keywords=www.icommercepage.wordpress.com

Através desse site, o blogueiro, ou webmaster, pode fazer uma análise do desempenho de suas tags e palavras que mais geram visitas.
http://www.seopivot.com/icommercepage.wordpress.com
By Jânio

dezembro 19, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , | 8 Comentários

Como surgiu o blog

conhecimento e pensamento

Futuro da Informação

Tecnicamente, o blog, contração do termo Web Log, que por sua vez significa diário virtual, é uma evolução dos antigos diários. Em países da Europa, os diários ainda são muito comuns, como na França, onde há muitos “Semanários”.

Na prática, eu vejo muito mais que isso. Vejo toda os sistemas de internet evoluindo constantemente, rumo à “Xanadu”, de Ted Nelson, o grande inspirador da internet.

Essa evolução de todos os sistemas numa só direção, não era exatamente o desejo dos Web Masters, mas é um processo irreversível. Qualquer pessoa pode criar um blog automaticamente, ter seu espaço com direitos autorais, mas seguindo as leis que regem outros meios de comunicação.

Além dos diários virtuais, haviam também os sites prontos, onde a pessoa montava seu site a seu gosto, exatamente como os blogs. Na minha modesta opinião, esse foi o principal motivo da profissionalização dos blogs.

Assim como os blogs, esses sites “pré-montados”, tipo “geocities”, permitiam a criação, usando principalmente o html. Para quem não conhecia o html, havia a possibilidade da utilização de templates prontas, montando automaticamente o site a partir de uma plataforma.

Outro elemento que eu destaco, seria os antigos fóruns, os blogs são muito utilizados com a função dos fóruns, para que se possa discutir temas institucionais.

O sistema de comentários, criado pelos hackers (favor não confundir com crackers, nem lammers) foi um dos grandes motivos do crescimento do uso de blogs, até jornalistas renomados, escritores, analistas e críticos especializados, aderiram a essa ferramenta. Houve um novo passo, via Web 2.0, que pode até indicar novos rumos para o blog, o chamado microblog, mas, ao que tudo indica, o microblog deverá ser mais uma, entre várias ferramentas que interagem com os blogs.

O que me leva a acreditar que o blog veio para ficar, é o fato de estarem ligados a noventa por cento de toda a internet, via web 2.0, além disso, o processo de permalinks, ou urls permanentes, o que transforma cada post em uma página exclusiva, possibilitando o acesso a conteúdos antigos de um blog, apontam para um investimento de conteúdos a longo prazo.

Facilidades de edição e profissionais dispostos a criar inúmeras ferramentas interativas, criando uma verdadeira revolução em termos de comunicação, são outro indicador de que a blogosfera deverá ter vida longa.

O blog, a meu ver, foi a primeira ferramenta para “amadores” em programação a atrair os “profissionais” da área, obrigados a aderir a essa ferramenta devido a facilidades de interação com outros grandes sites.

Em grandes plataformas para blogs, pode-se incluir textos, imagens, vídeos ou músicas, esse conteúdo será de propriedade do autor do blog, mas poderá ser organizado, indexado, agregado e/ou lincado por terceiros, otimizando ainda mais a internet.

WIKIPEDIA: “O termo “weblog” foi criado por Jorn Barger em 17 de Dezembro de 1997. A abreviação “blog”, por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a frase we blog (“nós blogamos”) na barra lateral de seu blog Peterme.com, em abril ou maio de 1999. Pouco depois, Evan Williams do Pyra Labs usou “blog” tanto como substantivo quanto verbo (“to blog” ou “blogar”, significando “editar ou postar em um weblog”), aplicando a palavra “blogger” em conjunção com o serviço Blogger, da Pyra Labs, o que levou à popularização dos termos.

No dia 31 de agosto, comemora-se o Dia do Blog (devido a semelhança da data 31.08 com a palavra blog, onde 3 seria um B, o 1 seria um éle, zero seria um o e o oito seria um g), que se propõe a promover a descoberta de novos blogues e de novos blogueiros.

A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs, ou os blogs como uma comunidade ou rede social, cresceu em ritmo espantoso. Em 1999 o número de blogs era estimado em menos de 50; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para algo em torno de 2,5 a 4 milhões. Atualmente existem cerca de 112 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente, de acordo com o estudo State of Blogosphere.”

Os blogs são, ao lado dos miniblogs e dos sites de compartilhamentos, as maiores fontes de conteúdo da internet.

Como surgiu a internet

Quando surgiu a Google

Como surgiu a twitter

A história da Wikileaks

By Jânio

setembro 25, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: