Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Qué idiomas son más fáciles y difíciles

plural inglês

Palavras Inglesas Plural

Aunque la dificultad asociada al aprendizaje de un idioma no responde a causas exactas, sí que existen algunos factores que influyen a la hora de aprender con mayor o menor facilidad otra lengua.

Las lenguas romances

En el caso de los hispanohablantes, tenemos mayor facilidad para comprender y hablar lenguas romances o neolatinas como el portugués, el italiano, el francés, el rumano o el catalán, entre otras. Estos idiomas comparten con el español las mismas o similares estructuras gramaticales y buena parte de su léxico y vocabulario.

Sin embargo, la familiaridad de estos idiomas puede resultar contraproducente, ya que muchos no creen necesario seguir estudiándolos por la sencilla razón de que “me puedo hacer entender”, explica la lingüista Beatriz Gabbiani de la Universidad de la República de Montevideo (Uruguay), recoge ‘BBC Mundo’.

Aunque parezca extraño, Gabbiani afirma que el idioma rumano resulta fácil de aprender para los hispanohablantes, debido a que es una lengua neolatina y comparte muchas familiaridades con el castellano, algo que se aprecia a simple vista con pararse a leer un texto escrito en rumano.

El factor fonético

Desde el punto de vista de un hispanohablante, el secreto para aprender cualquier idioma pasa por comprender su lógica gramatical, practicarla y hablar mucho. Sin embargo, hay idiomas con reglas gramaticales más complejas y amplias que otros. Por ejemplo, el inglés está considerado como una de las lenguas más simplificadas que existen en el mundo y, por tanto, más fáciles de aprender.

No obstante, existe otro factor que juega en nuestra contra, y en contra de los nativos que hablan idiomas como el francés o el inglés: el factor fonético, pues las palabras no se pronuncian igual que como se escriben. “Para un hispanohablante, el alemán es fácil en lo que se refiere a la pronunciación, quizás más fácil que el francés y el portugués, pero en la escritura, la gramática del alemán es muy diferente a la del español y se vuelve sumamente difícil”, apunta Gabbiani.

En este contexto de dificultad, nos puede resultar más complicado aprender idiomas como el árabe o el chino, donde no sólo la fonética difiere de la nuestra, si no que es mucho más extensa, a lo que se suma el uso de otro tipo de alfabeto que nada tiene que ver con el latino. Sin embargo, el idioma ruso, las lenguas eslavas y el japonés, pese a que también tienen alfabetos diferentes, presentan unos sonidos muy básicos y similares a los de la fonética española, por lo que la pronunciación es muy parecida.

RT-TV

janeiro 28, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Países multilíngues das Américas

idiomas nativos

Países Multilíngues

  • Argentina tem várias comunidades étnicas europeia (esp. Da língua galesa na Patagônia), línguas de origens asiáticas e indígenas ( andinos e do nordeste), que falam seus próprios idiomas, [especificar], mas o espanhol é a única língua oficial do país.
  • Aruba: papiamento e holandês são as línguas oficiais,  Espanhol e Inglês também são amplamente falados. Todas as quatro línguas são ensinadas nas escolas. 
  • Belize: Inglês, espanhol e maia têm algum uso oficial[carece de fontes?], Embora , o legado do domínio britânico enfatizou o Inglês a ser mais comumente utilizado para fins oficiais, embora a maioria sejam Hispanophone (falam espanhol).
  • Bolívia é oficialmente multilíngue, apoiando espanhol e 36 línguas nativas. [39]
  • Brasil, Português (oficial) e mais de 100 línguas faladas principalmente nas áreas urbanas (europeus e asiáticos) e as línguas indígenas na Amazônia. A utilização das línguas indígenas no ensino primário está assegurado na Constituição. [40]
  • Canadá é oficialmente bilíngue sob  ato oficial  da Constituição do Canadá que exige do governo federal  oferecer serviços em ambas as línguas oficiais. Além disso, os direitos linguísticos das minorias são garantidas onde os números  estimam. 59,3% da população falando Inglês como sua primeira língua, enquanto 22,9% são falantes nativos de francês. O restante da população pertence às muitas comunidades de imigrantes do Canadá ou de população indígena.Ver Bilinguismo no Canadá
  • Chile utiliza de facto espanhol como língua oficial, mas não há um ato que declara oficialidade. A Lei Indígena ratificado em 1992 permites o uso oficial de quatro línguas indígenas: Aimara,Mapudungun, Quechua e Rapa Nui (Ilha de Páscoa. Na Polinésia, no interior das comunidades indígenas e áreas com alta densidade de população nativa [45] Na parte sul, há é uma considerável comunidade  bilingue. falando espanhol e  alemão.
  • Colombia A língua oficial é o espanhol. Línguas de grupos étnicos são oficiais nos seus territórios.
    Inglês é oficial em San Andres e Providencia. [46]
  • CuraçaoPapiamento, holandês e Inglês são as línguas oficiais. [47]
  • Equador define o espanhol como sua língua oficial, mas o espanhol, quíchua e Shuar -. Como línguas oficiais das relações interculturais no artigo 2.º da Constituição de 2008 [48]
  • Na Guatemala, a língua oficial é o espanhol, no entanto, existem 23 [carece de fontes?] Distintaslínguas maias. Maya, Garifuna e Língua xinca são reconhecidas como elementos essenciais da identidade nacional. [49]
  • Guiana, Inglês (oficial), hindi, chinês, línguas indígenas, e uma pequena comunidade que fala língua Portuguesa.
  • Haiti: crioulo e francês [50]
  • Honduras: o espanhol é a língua oficial, apesar de línguas indígenas afro-caribenha Inglês, Garifuna e podem ser encontrados nos arredores rurais do país.
  • No México, o governo reconhece 62 línguas indígenas [carece de fontes?], Incluindo Nahuatl falada por mais de 1,5 milhões de pessoas e Aquacatec faladas por 27 pessoas, juntamente com o espanhol.Línguas indígenas são reconhecidas como línguas nacionais em áreas onde  são faladas [51]Não há nenhuma língua oficial em nível federal, embora o espanhol seja a língua de facto do estado.
  • Na Nicarágua, mesmo sendo o espanhol  a língua oficial falada em todo o território (quase 95%, de acordo com algumas fontes [carece de fontes?]), Há outras línguas como o crioulo, Miskitu,língua Rama e mayangna (Sumu) em suas próprias comunidades  linguísticas. De acordo com a Constituição, as línguas da costa do Atlântico deve ser usado oficialmente em casos previstos em lei. [52]
  • Paraguai, 48% de sua população é bilíngüe [carece de fontes?], Em guarani e espanhol (as duas línguas oficiais da República [53]), dos quais 37% dizem respeito apenas Guaraní e 8% somente em espanhol, mas os últimos aumenta com o uso de Jopará . Há uma grande comunidade alemã na região de Gran Chaco também. [Carece de fontes?]
  • Peru – os idiomas oficiais são o espanhol e, nas zonas em que são predominantes, quíchua, aimara e outras línguas indígenas. [54] Além disso, no Peru, há uma grande comunidade de imigrantes, dos quais alguns mantem suas línguas . Dentro dessas, existem os japoneses e os chineses (dialeto cantonês), por exemplo, e em menor número, os alemães (central dos Andes), italiano, os falantes de árabe, e os falantes de Urdu que mantem suas línguas nativas no Peru. Os dois últimos são produtos da recente onda de imigrantes da Palestina e Paquistão. Ultimamente também tem muita influência  o Inglês pelo número de turistas e residentes americanos e britânicos.
  • Porto Rico línguas ‘s oficiais [55]  são Espanhol e Inglês, mas 85 por cento dos seus habitantes relataram que não falam Inglês  muito bem“. [Carece de fontes?]
  • No Suriname, – Holandês, Sranan, e Inglês são faladas por quase todos. [Carece de fontes?] Além disso, línguas indígenas e chinesas  são faladas.
  • Nos Estados Unidos, a nível federal, não há nenhuma língua oficial, embora tenha havido esforços para tornar  o inglês a língua oficial. O uso de várias línguas no processo eleitoral sob determinadas circunstâncias é prevista por lei federal, incluindo espanhol em todos os estados da Flórida, Califórnia e Texas. [57]
  • Trinidad e Tobago – no país predominantemente de língua Inglêsa, o Espanhol está sendo introduzido como a segunda língua de sinais de trânsito bilíngües [62] e, geralmente, a “primeira língua estrangeira” [63]
  • Uruguai tem uma grande minoria de língua italiana embora são proficientes em espanhol e sua fronteira com o Brasil tem uma presença mista de língua Portuguesa. [Carece de fontes?]
  • Venezuela declarou o espanhol a língua oficial, embora existam algumas línguas europeias e árabe faladas em áreas urbanas, afro-caribenhos [desambiguação necessário] dialetos nas línguas caribenhas e indígenas são faladas no departamento Guayana. A utilização das línguas nativas também tem status oficial para os povos nativos [64]

Fonte: Wikipedia

Textos relacionados:

Processo de aparecimento e desaparecimento de línguas

Idiomas que poderão garantir o sucesso

Rebeldes que desafiaram o império

outubro 12, 2015 Posted by | curiosidades | , , | Deixe um comentário

Revelan qué idiomas podrían garantizar el éxito

planejamento da carreira

Idiomas do Futuro

La popularidad de los idiomas extranjeros entre los estudiantes estadounidenses cae cada año, pero un artículo publicado en ‘The Washington Post’ advierte a los que han perdido el interés por las lenguas que si planean construir una carrera exitosa es necesario aprender idiomas. En ese sentido, refiriéndose a varios estudios, destaca que últimamente el ruso está ganando importancia.

De acuerdo con investigaciones de la Asociación para el Estudio de Lenguas Modernas en EE.UU. llevadas a cabo entre 2009 y 2013, el número de alumnos estadounidenses que estudian lenguas extranjeras se ha reducido en 100.000. Muchos prefieren cursos de economía antes que clases de francés, pero ¿está justificado esto?”, pregunta Rick Noack, autor de la publicación en ‘The Washington Post‘. 

El periodista cita varios estudios que evalúan el lugar de las lenguas extranjeras en el mundo y aconsejan qué idiomas merecen atención para construir un futuro seguro y acomodado. En cuanto al número de hablantes, lidera el idioma chino (con más de mil millones de personas) y le siguen el hindi (588 millones), el español con 530 millones, el inglés con 527 millones y el árabe, que es hablado por 467 millones de personas. Por su parte, al ruso lo hablan actualmente 254 millones de personas.

En otro orden, el autor analiza datos económicos de distintos países y análisis de los mercados que podrían ser más atractivos en el futuro, en referencia al informe del Consejo Británico. Este centro de Investigación analizó 20 mercados dinámicos de la economía mundial y en particular destacó el impulso que están ganado países como Brasil, la India, Rusia y China.

“Para el año 2050, el mundo de los negocios estará dominado por el hindi, el bengalí, el urdu, así como por el español, el portugués, el árabe y el ruso. Si desea obtener el mayor beneficio del aprendizaje de una lengua extranjera, con la conciencia tranquila puede elegir uno de los idiomas que están enumerados arriba”, aconseja el periodista. 

Fonte: RT-TV

setembro 26, 2015 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Idiomas que poderão garantir o sucesso

planejamento da carreira

Idiomas do Futuro

A popularidade das línguas estrangeiras entre os estudantes americanos cai a cada ano, mas um artigo do ‘The Washington Post’ faz um alerta para aqueles que perderam o interesse em  línguas – “se planejam construir uma carreira de sucesso é necessário aprender línguas”. Nesse sentido, referindo-se a vários estudos, observa que a Rússia está  ganhando importância.

De acordo com pesquisa realizada pela Associação para o Estudo de Línguas Modernas nos EUA, realizado entre 2009 e 2013, o número de alunos americanos que estudam línguas estrangeiras  caiu em 100.000. Muitos preferem cursos de economia às aulas de francês, mas “Como  se explica isso? “, pergunta Rick Noack, autor da publicação do ‘The Washington Post’.

O jornalista cita vários estudos avaliando o grau de importância das línguas estrangeiras pelo mundo e aconselha que o estudo de línguas merecem atenção para construir um futuro seguro e garantido. De acordo com o número de nativos dos idiomas,  a língua chinesa leva vantagem (com mais de um bilhão de pessoas falando chinês), seguida pelo Hindi (588 milhões), o espanhol, com 530 milhões, o Inglês com 527 milhões e árabe, que é falado por 467 milhões de pessoas. Por outro lado, o russo atualmente apresenta 254 milhões de pessoas que falam.

O autor também analisa os dados econômicos de diferentes países e análise os mercados que poderiam ser mais atraente no futuro, referindo-se ao relatório do Conselho Britânico. Este centro de pesquisa analisou 20 mercados dinâmicos da economia mundial e, em particular, destacou a dinâmica adquirida em países como o Brasil, Índia, Rússia e China.

“Em 2050, o mundo dos negócios será dominado pelo Hindi, bengali, urdu, bem como o Espanhol, português, árabe e russo. Se você quiser obter o máximo de benefício da aprendizagem de uma língua estrangeira, com a consciência tranquila pode escolher um dos idiomas que estão listados acima “, aconselha o jornalista.

Fonte: RT-TV

O processo do nascimento e desaparecimento de uma língua

Profissões do futuro

setembro 25, 2015 Posted by | curiosidades | , , , | 1 Comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: