Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O extraterrestre da Amazônia

seres não identificados

Extraterrestre Brasileiro

Não são só os gringos que estão de olho na Amazônia, parece que os extraterrestres também estão.

Dois turistas filmavam crianças no Amazonas, mas quando foram conferir as gravações, lá estava uma figura estranha.

De cabeça desproporcional e corpo bem distinto das pessoas normais, um ser não identificado apareceu nas filmagens. Junto desse ser havia um foco de luz também muito estranho.

As imagens feitas pelos turistas britânicos, foram analisadas por um especialista australiano que tem tratado o caso com seriedade, apesar de algumas pessoas dizerem se tratar de uma montagem.

Apesar da polêmica, esse fato deverá atrair ainda mais atenção para a região.

Locais isolados são ideais para aparições estranhas, normalmente atribuídas à fantasmas, mas as novas tecnologias ajudarão a desvendar tais mistérios. Se acreditam ou não, isso é irrelevante sob o ponto de vista dos envolvidos.

Fonte: RT – TV

Texto e tradução: By Jânio

novembro 7, 2011 Posted by | curiosidades | , , , , , | Deixe um comentário

Quando a paranóia sobre extraterrestre apaixona os cinéfilos

conspiração alienígena

Filmes de ETs

01 – Battle – Por ser baseado em fatos reais (paranoia americana), Battle é a superprodução do ano de 2.011.

A base do argumento é “The Battle of Los Angeles”, na época da “Grande Guerra”, quando objetos não identificados foram registrados como naves de reconhecimento. Por ser um fato real, o filme torna essa paranoia americana mais real ainda, tratando o fato como realmente foi insinuado, dando aos americanos e aos cinéfilos do mundo inteiro essa visão paranoica dos americanos.

Todas as maiores cidades do mundo caem diante dos invasores alienígenas, Los Angeles é a última cidade a resistir ao ataque invasor. O que mostra que o medo é uma grande arma, contra si mesmo.

02 – Stargate – Wikipedia – “O enredo de todas as produções gira em torno da premissa do Stargate, um aparelho anular supercondutor que permite viagens pelo “subespaço”, através de um buraco-de-minhoca estável, com destino a outro aparelho idêntico localizado a uma vasta distância do primeiro (outro sistema estelar, por exemplo). Embora completamente ficcionais, as produções Stargate se passam no presente, com enredos escritos de maneira a não conflitar frontalmente com a realidade. Assim, a existência dos aparelhos é descrita como um segredo militar.

Segundo as produções, a maioria das mitologias da Terra teria por base acontecimentos envolvendo extraterrestres que visitaram ou controlaram as civilizações do planeta no passado distante, dentre os quais uma espécie alienígena – posteriormente conhecida como os goa’ulds – que teria escravizado os habitantes do Egito Antigo, criando ali o que viria a ser as cultura e religião egípcias. Passando-se por deuses, os goa’ulds fizeram os humanos de escravos e usaram o Stargate terrestre para transportar trabalhadores da Terra para outros planetas habitáveis. Em algum momento, os egípcios teriam se revoltado, forçando os alienígenas a fugir, e enterrado o aparelho, que seria redescoberto em 1928″.

Bem antes da paranoia americana virar moda, já havia uma teoria bem interessante envolvendo as civilizações antigas, em Stargate, a velha teoria de “Seriam os deuses astronautas?” vira a base para o roteiro do filme. O argumento junta a várias teorias, inclusive a do “Buraco da Minhoca”, no triângulo das Bermudas.

Afinal, será que os antigos deuses realmente eram extraterrestres que visitaram a Terra, ou será que tudo não passa de mito? – Pelo que nós sabemos, as melhores estórias de ficção são baseadas na realidade, seriam também os mitos baseados na realidade?

03 – Guerra dos mundos – A refilmagem com Tom Cruise foi um fiasco, mas o filme original, apesar de ter os efeitos totalmente ultrapassados, continua sendo um clássico.

No filme original, o clima de suspense é mantido até o fim, mostrando que vencer uma guerra é fácil, difícil é tomar posse da Terra. O filme nos faz pensar também na im(possibilidade) de o ser humano viver em outros planetas, onde o tipo de ar, pressão atmosférica, gravidade, etc. são diferentes de nosso habitat natural.

04 – Alien – Alien – O Oitavo Passageiro – Numa viagem rotineira ao espaço, um ser alienígena começa a atacar toda a tripulação.

É impressionante como uma nave gigantesca poderia ser controlada por uma tripulação de sete pessoas, no futuro. Ridley Scott criou uma obra-prima, com truques de cena capazes de assustar até mesmo os atores mais experientes, o que deu mais realismo ao filme.

05 -Life force – Força Sinistra – 1.985 – A década de oitenta foi muito promissora em diretores de cinema bons, e mesmo com tantos diretores bons, Tobe Hooper conseguiu se destacar, fazendo alguns dos melhores filmes de todos os tempos, como Poltergeist. Eu o considero como um dos melhores diretores de todos os tempos, apesar de não considerar “O massacre da serra elétrica” um filme de grande qualidade.

Yoram Globus e Menahem Golan sempre foram bons produtores, apesar de raramente acertarem um bom argumento e um bom diretor, como foi esse caso. O roteirista Dan O’Bannon também era outro veterano, responsável por parte do sucesso do filme.

A chegada do cometa de Halley traz também uma nave alienígena, três vampiros que sugam toda a força dos seres humanos. Associando os tais vampiros extraterrestres com antigas lendas, fica evidenciada a forma como eles devem ser combatidos.

No filme, toda a energia do corpo dos humanos é transportada para a nave que os espera em órbita da terra.

06 – Species – A Experiência – “Cientistas enviam mensagens para o espaço e recebem de volta uma sequência de DNA e instruções sobre como devem combiná-la. Eles então criam um ser alienígena, que aparenta ser uma menina, e que se desenvolve rapidamente. Quando os cientistas recebem uma ordem para matar a criança, ela foge do laboratório e se transforma numa bela mulher que deseja acasalar rapidamente para proliferar a sua espécie”.

Outro filme de excelente qualidade, reunindo no elenco alguns atores bons, outros canastrões, mas o resultado acaba agradando.

O filme consegue discutir a ética de vários pontos diferentes. Enquanto isso, a equipe de cientistas entram em conflito sobre suas decisões.

Como sempre, o problema não pode esperar e o monstro/extraterrestre, na forma de uma doce criança/jovem/mulher, está pronta para conquistar a terra, com uma ninhada de criaturas que se reproduzem e crescem em questão de horas.

07 – Invasores de Corpos – Invasion of the Body Snatchers – 1.978 – É uma refilmagem de vampiros de almas.

A produção deu tão certo, que até o ator/protagonista e diretor do filme de 1.956, participam do fime. No filme original, quem participava do filme de Don siegel, fazendo uma ponta, era i diretor Sam Peckinpah.

Moradores de uma pequena cidade passam a ter comportamento estranho, assustando suas famílias. Logo depois, suas famílias ficam como eles e param de reclamar de seu comportamento.

Um médico que acompanhava os casos de perto, é o único a notar a mudança. Uma investigação mostra que seres humanos estão sendo substituídos por cópias desenvolvidas em plantas, em casulos.

Com uma ideia totalmente original, os efeitos especiais são dispensados, sem perda da qualidade. Enquanto o original custou 417 mil dólares, a nova versão de 1.978 ficou em 3,5 milhões.

Esse tipo de produção barata fez com que o argumento fosse refilmado várias vezes, ao invés de darem sequência a trama, prática que passou a ser adotada apenas na década de noventa.

Mesmo com tanta criatividade, em plena guerra fria, muitas pessoas comparavam o filme com o macarthismo, época em que os americanos denunciavam os simpatizantes do comunismo. Até o aparente conservador Clint Eastwood se revoltou com a caça as bruxas.

08 – Arquivo X – Finalmente o serviço secreto americano reconhece suas investigações e os casos não explicados. Todo esse mistério só poderia ir parar nos cinemas.

Antes do cinema, curiosamente, passou pela tv, tornando-se um dos seriados de maior sucesso de todos os tempos. Também fica claro que a tv conseguiu explorar melhor o enredo.

O apelo comercial, e a dificuldade de adaptação para o cinema, tirou um pouco da qualidade, mesmo assim merece ser visto.

O Governo não quer admitir que há algo está errado no ar, um clima de conspiração, onde algumas pessoas que são mortas.

Desafiando o perigo, dois agentes passam a investigar o caso. Com duas personalidades diferentes, os agentes sempre estão em conflito.

O final surpreende e ironiza.

09 – Independence Day – Um filme para os fãs de ficção.

Trata-se de uma superprodução envolvendo a participação de atores de duas gerações, como o caso de Jeff Goldblun e Will Smith.

A história não é nada original, narrando uma invasão alienígena à terra. Não é à toa que o filme foi satirizado em “Marte Ataca”.

Difícil não é aguentar o filme, é imaginar que os Estados Unidos são a salvação da Terra, pior, podem vencer uma raça evoluída.

Roland Emmerch é um diretor de épicos, já faturou cerca de 3 bilhões ao longo da carreira, sendo um bilhão de dólares só nos EUA. Ele é responsável por “2.012” e “10.000 antes de cristo”.

10 – Inimigo Meu – Esse filme mostra uma ideia nova no gênero, o drama.

Um ser humano e um extraterrestre são obrigados a conviver em um planeta estranho, apesar de suas diferenças acabam se unindo pela sobrevivência.

A ideia de usar um afro-descendente para interpretar um alienígena, normalmente irrita os ativistas, mas o resultado foi elogiado pela crítica.

Os efeitos especiais são muito bem feitos, os atores são bons.

Fonte: Wikipedia

Textos relacionados:

Filmes de Ficção Científica

Melhores filmes com pessoas paranormais

Top Musicais

Melhores filmes de viagem no tempo

Filmes mais polêmicos da história

By Jânio

abril 27, 2011 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 4 Comentários

Após os quinze minutos de fama

enqunto durar o sucesso

maior o sucesso, maior o tombo

Depois da morte do ET, foi difícil evitar uma revisita ao tema “decadência de celebridades”.

Acompanhei algumas das últimas entrevistas do humorista, que não era humorista, chamado ET, muitas comparações e lembranças vieram a cabeça.

Recentemente, eu cheguei a dizer: “Se a  NASA usasse atores para o seu projeto de simulação de pessoas no espaço, seria um sucesso.”

No mundo do entretenimento, as pessoas se cansaram de ver atores, o que vale agora é a realidade. As novelas estão a um passo de perderem o topo das preferências para os realities, mas não são apenas os realities que ameaçam essa hegemonia.

Por mais que as grandes redes queiram evitar, o realismo ganha muita demanda na indústria do entretenimento, apresentadores que falam palavrões, improvisam, apresentam bizarrices.

Encontrar uma forma bizarra de animar o telespectador  é sinal de boa audiência.

A quinta maior rede de televisão do Brasil, encontrou um formato certo de audiência, capaz de incomodar a concorrência. Trata-se de um programa chamado Pânico, a melhor amostra do que atrai a audiência hoje-em-dia. O programa é uma mistura de Jackass, para ver quem é mais louco, com entrevistas cheias de improvisos, onde vale tudo até humilhar o entrevistado.

Esse tipo de programa sempre encontra seus personagens famosos, mas eles não são só famosos, são reais. Quanto mais exótica a pessoa, melhor, essa fórmula não é nova, já era muito usada no Nordeste.

O personagem da vez foi ET, assim como tantas outras celebridades que ganharam o país, passando longe dos quinze minutos de fama, como Leila Lopes, que, no mínimo, já tem até uma pequena biografia no Wikipedia, ou Pixote, que apesar de não ter conseguido o tão sonhado sucesso, ganhou até uma filme em homenagem póstuma.

Pouco antes de morrer, o exótico ET, pedia encarecidamente uma chance na TV, depois de der alcançado o sucesso e ser celebridade conhecida em todo o Brasil.

Certa vez, Rodolfo, seu descobridor, depois de vê-lo pela primeira vez, não conseguia mais parar de rir. Como Rodolfo estava com relativo sucesso na tv e via no homem esquisito uma chance que esperava, aproveitou o momento que o destino oferecia a ele. Após a sua morte, Rodolfo afirmou que ET era um humorista, não ele.

Acontece que ET foi um produto dessa geração, onde, quanto menos comum melhor, isso passa a idéia de realidade. O exótico ET era essa figura que a tv buscava, figuras que dominam a tv atualmente.

Como podemos analisar, alcançar o sucesso é fácil, difícil é manter se estranho por muito tempo.

A cantora Madonna é especialista em criar visuais chocantes, capazes de chamar a atenção até de quem nem sabe quem é ela, mesmo assim, seu comportamento é considerado normal para os padrões de hoje.

Algumas pessoas conseguem lidar bem com isso, outras tem sua vida transformadas em tragédia, como foi o caso de Leila Lopez.

O pequeno humorista que talvez tenha morrido sem saber o motivo de tanto sucesso, morreu no dia 02 de fevereiro de 2.010, sem nunca ter voltado aos dias de glória.

A vida não tem um manual, fazemos o melhor que podemos, mas no fim nem sempre somos recompensados por isso. A platéia pode querer mais, pode querer sangue, tragédia, desgraça …

As vezes eles conseguem.

By Jânio

fevereiro 11, 2010 Posted by | televisão | , , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: