Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Austrália endurece política de vistos para trabalhadores estrangeiros

Isolamento dos aliens

Nação de Refugiados

Da Agência EFE

O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, anunciou hoje (18) o fim de um popular visto temporário para trabalhadores estrangeiros e sua substituição por permissões que exigem uma maior qualificação profissional.

A permissão revogada é o visto 457, que era concedido aos trabalhadores estrangeiros e seus familiares durante quatro anos, e buscava cobrir empregos com pouca procura entre os australianos.

Os novos vistos exigem experiência profissional e maior conhecimento da língua inglesa, entre outros requisitos. Turnbull disse que os programas de migração devem estar orientados ao interesse nacional e garantir mais postos de trabalho para os australianos.

“Não vamos permitir mais que os vistos 457 se convertam em passaportes para trabalhos que poderiam e deveriam ser para australianos”, disse Turnbull, em uma mensagem divulgada numa rede social.

“A Austrália é produto da imigração e o país multicultural com mais sucesso, porém, um fato persiste: os trabalhadores australianos devem ter prioridade de empregos na Austrália”, afirmou.

O primeiro-ministro disse que a decisão foi tomada após uma análise minuciosa da situação e negou que fosse uma resposta a partidos de extrema direita, como One Nation.

Mais de 95 mil pessoas residiam na Austrália, em setembro de 2016, com este tipo de visto, segundo os últimos dados do departamento de Imigração. Um quarto dos detentores é da Índia, país com mais cidadãos com esta permissão, seguida pelo Reino Unido, com 19,5% e China, com 5,8%.

Edição: Kleber Sampaio

abril 18, 2017 Posted by | Migração | , , | Deixe um comentário

Espanha – Crescimento brasileiro causa polêmica entre os latinos

crescimento polêmico

O crescimento econômico pelo qual passa o Brasil, tornou o país mais atrativo para aqueles que buscam melhores oportunidades para a crise. Assim, o “sonho americano” aos poucos vai dando lugar ao “sonho brasileiro”.

O Brasil é atualmente uma das economias mais promissoras da América Latina e até do mundo, atraindo cada vez mais empreendedores de diferentes partes do planeta. O crescimento da classe média em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo faz com que as pessoas possam gastar mais dinheiro, propiciando a criação de pequenas e micro empresas.

Entretanto, para triunfar é preciso considerar vários problemas quem implicam a criação de empresas, a burocracia.

Se você estuda o Brasil como seu mercado-alvo, as chances de sucesso são enormes, mesmo que para isso seja preciso lutar contra todos os problemas criados pela burocracia, em todas as fases do estabelecimento do empreendimento. Há até uma expressão que define esses obstáculos: o “Custo Brasil” como explica um correspondente internacional Pepe Escobar.

Ainda que haja um longo caminho de obstáculos, inconvenientes, o número de empresas privadas está crescendo a cada ano, nas grandes cidades do país, e o “sonho brasileiro” está se tornando realidade para muitos.

A história de Ana e Henry, um casal que vivia na França, é um exemplo de empreendedorismo. O casal iniciou há cinco anos, vendendo pães caseiros em uma bicicleta, agora eles possuem dois cafés no Rio de Janeiro, com 36 empregados sob comando do marido.

“Nós cansamos de ensinar e decidimos fazer algo diferente, e como eu sou francês, você já deve saber que pão é muito importante para mim”, disse Henry.

Fonte: RT-TV

julho 15, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , , , | 2 Comentários

   

%d blogueiros gostam disto: