Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Cinco segredos para ficar milionário

rico

Milionário

A consultoria financeira GO Banking Rates fez uma análise sobre características que os milionários tem em comum. Desenvolver estas qualidades não garantem que você vá ganhar milhões mas lhe darão idéias para enfrentar o caminho das pedras para fazer fortuna.

01) Espírito empreendedor

Segundo Richard Branson, as oportunidades de negócios são como ônibus ou bonde, se você perder o bonde, você terá outras chances e tudo depende do dom de continuar atento e bem preparado. Calcular os riscos que pretende correr, seguir seu instinto e investir muito tempo em suas próprias idéias é fundamental. Você poderá fracassar algumas vezes, mas isso lhe trará mais aprendizado e o tornará cada vez mais forte.

02) Visão ampla e uma boa estratégia na qual você acredita

Estar atento e entender o mercado é o conselho de um dos maiores investidores da história: “Ficar com medo enquanto todos estão querendo ganhar, querer ganhar enquanto todos estão com medo”.

03) Ter um mentor no qual você possa se inspirar

É preciso investir em si mesmo, ler sobre as experiências de outros milionários, assistir a treinamentos para desenvolver suas habilidades, desenvolver suas habilidades, inclusive contratar seu próprio personal business. O mesmo efeito pode ser alcançado trabalhando com alguém que possua algumas habilidades distintas das suas. Não é necessário realizar suas idéias sozinho, mas sim formar uma boa equipe, cooperando com alguém que possa melhorar a idéia, aplicando seus próprios conhecimentos e habilidades próprias.

04) Paixão pelo seu próprio trabalho

É preciso gostar do que faz. Pessoas que amam o que fazem e se sentem inspirados permanentemente, tornam possível alcançar suas metas. Essa paixão está relacionada ao que o consultor chama de “aversão ao desânimo”. Não é à toa que a maioria tenha investido, em média, pelo menos 17 negócios diferentes antes de finalmente alcançar o sucesso.

05) Transmitir confiança e liderança

Além de confiar totalmente em si mesmos, os futuros milionários também tem que saber convencer aos demais a fazer o mesmo, investindo em suas idéias e empresas. O futuro milionário tem de aprender a não aceitar um não como resposta. Mas além de tornar-se insensível a persistente necessidade de vender seu produto, o futuro milionário também deve esforçar-se em ter uma página de boa qualidade na internet, perfis em redes sociais e uma apresentação em plataformas de financiamento em massa.

Fonte: RT-TV

Assuntos relacionados

Perguntas para um empreendedor de sucesso

Principais falhas de empreendedores

Características do empreendedor brasileiro

Testando sua capacidade de empreendedor

 

junho 5, 2014 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , | 1 Comentário

O amigo da onça

vantagens_alternativas

Ajuda Inesperada

Há uns dois ou três anos atrás, postei a saga do “Amigo da Onça” no site icommercepage, o personagem é um dos grandes clássicos do folclore brasileiro.

Depois do último curso que eu fiz no SEBRAE, o “Amigo da Onça” me veio novamente à cabeça, por isso vou postá-lo no blog Madeinblog, dando ênfase ao tema empreendedorismo.

O período que antecede a abertura de uma empresa, é o mais importante na vida do empreendedor, é nessa fase que ele descobre que, muitas vezes, não está preparado para abrir uma empresa.

Parece frustrante imaginar que o futuro empreendedor não tem contatos na área financeira, nem sequer conversou com um gerente  de banco para apresentar o seu plano de negócios, sem o qual é impossível contar com uma instituição bancária.

Através de um gerente de banco, é possível se atualizar sobre as linhas de crédito, taxas atuais de juros, oportunidades  em que uma empresa poderá contar com essa instituição para viabilizar futuros projetos.

Fora isso, há muitas outras perguntas que vão sendo feitas, nem sempre com uma resposta satisfatória, para quem pretende se tornar um bom empresário.

Veja a história:

Reza a lenda que um homem conversava com um amigo, daqueles que não pensa para falar e fala sem pensar.

Eles estavam numa região isolada, numa floresta, e o amigo perguntou:

 – Rapaz, que lugar perigoso esse, o que você faria se aparecesse uma onça agora?

 – Eu dava um tiro nela – Respondeu, também sem pensar, o rapaz.

 – E se você não tivesse nenhuma arma? – Perguntou novamente sem pensar o amigo.

 – Que pergunta, eu correria muito. Respondeu o rapaz.

 – E se a onça corresse mais que você? – Tornou a perguntar o amigo.

 – Hum … aí eu subiria na árvore mais próxima – Respondeu, já demonstrando um ligeiro estado de impaciência.

 – E se a onça também subisse na árvore? – perguntou o amigo, já forçando a amizade.

Foi nesse momento que o rapaz se viu sem saída, sem saber o que responder  e já com a paciência esgotada, respondeu.

 – Escuta … vem cá, você é meu amigo ou é amigo da onça?

Se você tem idéia de começar um empreendimento, lembre-se que negócio não é uma aventura. O Brasil não é um país que apóia os novos microempreendedores, não oferece infraestrutura adequada e as taxas de juros são altíssimas, assim como os impostos.

Nesse caso, é bom que você tenha um amigo da onça, ou vários.

Ter bons contatos é bom, desde que nas áreas certas.

O primeiro bom contato que você deverá ter acesso, é também o que mais terá interesse no seu negócio. Seu contador.

Seu contador deverá ser o seu primeiro amigo da onça, será ele o primeiro a testar sua paciência, e a fazer perguntas indiscretas mas oportunas. O contador tem acesso a informações que um empreendedor iniciante não fazia nem idéia que ele sabia.

Não estamos falando, aqui, de uma pessoa com formação em contabilidade, muito menos um contador de uma grande empresa ou instituição, estamos falando de um contador que presta consultoria para várias micro e/ou pequenas empresas, alguém que convive dia-a-dia com os problemas de microempreendedores.

Dependendo da microempresa, o contador poderá oferecer a assessoria para um bom plano de negócios. É claro que a responsabilidade será sempre sua, as respostas deverão ser respondidas por você, inclusive, o ideal é que todas as perguntas tenham sido respondidas antes da conversa com o contador.

Quanto mais experiente o contador, melhor, também é muito importante que esse contador não seja alguém desesperado para conseguir um cliente.

Na fase do plano de negócios, muitas perguntas surgirão. As perguntas chaves que deverão surgir na conversa com o gerente, poderão ser respondidas antecipadamente, com a ajuda dos contatos certos, evitando constrangimentos futuros.

Eu sempre digo que as atividades principais de um negócio, devem ser efetuadas pelo próprio empreendedor, já as atividades comuns a todos os empreendimentos, podem ser terceirizados; desde contabilidade, pesquisas e possíveis consultorias, até atividades importantes que não comprometam o empreendimento.

As atividades principais, inclusive análise de trabalhos de terceiros, testes e aperfeiçoamentos do  plano de negócios, serão feitos diretamente pelo empreendedor.

É muito importante destacar que o empreendedor não vai redescobrir a roda, nem o fogo, ele deverá concentrar todo o seu esforço nas atividades principais, naquelas que o ajudarão a atingir os seus objetivos, e que ele deverá, mais do que ninguém, estar preparado para executá-las.

Vale relembrar sempre, que nem todos os empreendimentos são complexos; nem todos os empreendimentos exigem muitos empregados; nem todos os empreendimentos exigem conhecimentos técnicos; nem todos os empreendimentos estão sujeitos as altas taxas de impostos.

Leia jornais e colunas especializadas no assunto, esteja atento, para que no futuro você possa responder as perguntas dos amigos da onça.

E você, está preparado para seus amigos da onça?

By Jânio

setembro 18, 2010 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , , , , , , , , , | 8 Comentários

Principais falhas de empreendedores

cuidados com falhas

reconhecendo as falhas

De acordo com pesquisas do SEBRAE, a metade das empresas não sobrevivem aos dois primeiros anos. Isso mostra como o empreendedor, de um modo geral, não está preparado para a gestão eficiente de seu negócio.

Algumas vezes o empreendedor pode até administrar, mas, depois de algum tempo, se cansa da rotina. É por isso que alguns empreendedores preferem trabalhar em uma empresa, para saber como é a rotina e se suportarão essa rotina durante muito tempo, antes de se aventurarem a empreender.

Fora os problemas diversos que poderão ser enfrentados pelo futuro empreendedor, há outros problemas mais típicos que deverão ser evitados.

As porcentagens de falência são:

Sexo masculino, 30 a 49 anos.

Funcionários de empresas privadas – 30%.

Autônomos – 25%.

Empresários – 10%.

Donas de casa – 8%.

Estudantes – 7%.

Funcionários Públicos – 7%.

Esses números são alarmantes, mostram como os empreendedores iniciantes não se preparam, não escolhem o segmento certo e nem conseguem escapar das armadilhas mais comuns que o empreendimento lhes reserva.

O SEBRAE de Santa Catarina enumerou os erros mais comuns e que deverão ser evitados pelos empreendedores iniciantes.

O elemento número um, relacionado a um empreendimento, é a oportunidade. Uma pessoa com aptidão para empreendedora cresce aproveitando oportunidades, é a oportunidade o maior motivo de se abrir uma empresa, sem isso a pessoa estará cometendo o maior dos erros, abrir uma empresa por necessidade e não para aproveitar uma oportunidade, como foi visto em “Perfil do empreendedor brasileiro”.

Não se anime com políticas de crédito fácil, o financiamento de uma empresa implica em juros altos, além de limitação em dois fatores importantes do processo empreendedor: Falta de capital de giro e falta de investimento; nesses casos, as melhores chances deixaram de ser aproveitadas, a empresa ficará bitolada, presa as suas próprias limitações (juros + impostos = apuros financeiros).

Capital de giro – O pagamento de despesas fixas e variáveis, altas taxas de impostos e juros altos, implicará em falta de capital de giro, causa de 40% das falências, de acordo com a pesquisa.

Falta de investimento na empresa – tendo a mesma causa, falta de recursos financeiros, sem contar que a empresa deverá sustentar o dono da empresa. O investimento na empresa é o principal fator do sucesso de um empreendimento, segundo 23% dos empresários mais experientes.

Conhecimento (experiência) do mercado em que atua é essencial, uma habilidade gerencial, sem a qual o empreendedor correrá alto risco, segundo 49% dos empresários consultados. Não haverá tempo para adquirir conhecimentos necessários, ao mesmo tempo em que se dedica ao elemento principal, a venda de seu produto.

Vendas (marketing) – As estratégias para vendas deve ter a atenção não só do iniciante, mas também dos empresários experiente, segundo 48% dos empresários entrevistados. Algumas atividades, dependem quase que exclusivamente do setor de vendas, é o caso das agências de viagens, por exemplo.

Conhecer o negócio, ter boas noções de controle e contabilidade, boas estratégias de vendas. Tudo isso deve ser observado, depois de verificada uma oportunidade, realizada uma boa pesquisa de mercado, elaborado um bom plano de negócios.

Fonte: SEBRAE Santa Catarina.

By Jânio

janeiro 3, 2010 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , , | 9 Comentários

Características fundamentais do empreendedor.

objetivos e metas

objetivos e metas

Seguimos com nossos artigos de empreendedorismo, uma maneira de mudar nossos costumes, aprimorando nossos hábitos, no intuito de nos aproximarmos ao máximo de uma postura de empreendedor (a).

Passada toda a fase inicial: pesquisa de mercado, produto a ser oferecido, levantamento de capital, estudo do público alvo, elaboração de estratégias de marketing, planejamento financeiro e comercialização do produto.  Devemos analisar  as melhores formas de sempre nos mantermos motivados em nossos objetivos.

Os objetivos são fundamentais na motivação, são como um motor em nossa vida, devem ser transformados em metas bem claras onde podemos, queremos chegar e como.

O lucro nunca deve ser visto como a única meta, isto pode afetar negativamente o empreendedor e os funcionários, afetando todo o desenvolvimento do empreendimento.

As metas devem ser específicas, com a maior precisão possível; devem ser comunicadas as pessoas comprometidas de modo a medir seus desempenhos.

As metas podem ser externas ou internas:

As metas globais externas devem estar relacionadas a sociedade, mercado e meio ambiente. Estes são apenas alguns elementos observados.

As metas específicas – referem se ao ambiente operacional, gerenciamento, como: prazos, níveis de excelência, indice de produtividade, qualidade, redução de custos, crescimento das vendas.

Além disso, é preciso ter uma visão de futuro, a longo prazo: como o empreendimento estará daqui a cinco anos, quantos clientes, número de funcionários, espaço físico, ponto consolidado, como você vê o faturamento de seu negócio.

Observação: Seus objetivos são aquilo que você quer, seu desejo; as metas são partes de seu objetivo que você já identificou como realizáveis.

As metas de um empreendimento devem ser especificadas com a máxima precisão possível, todas as responsabilidades de cada um.

O processo de estabelecimento de metas, prevê as atividades para se atingir determinadas metas. Para que isso seja possível é preciso elaborar um cronograma, determinar o grau de responsabilidade das pessoas incumbidas dessas atividades.

Para um bom desenvolvimento do negócio, além da elaboração das metas, se faz nescessário estratégias.

Veja as diferenças:

Imagine uma loja de bicicletas, adquirir novas bicicletas seria uma meta de crescimento do empreendedor. Poderíamos considerar como estratégia de vendas, um sorteio.

O empreendimento é como uma viagem – Note, aqui, uma referência direta a Marco Polo, considerado o primeiro empreendedor que se tem registro.

Fidelidade aos sonhos – Estabelecer como o único sonho o lucro, é um erro, o sonho é muito mais que isso. Devemos ser fiéis a ele.

Coragem para correr riscos calculados – Atenção para este detalhe importantíssimo, correr riscos não calculados pode ser uma grande loucura. O risco varia de empreendedor para empreendedor, do planejamento, de sua capacidade, é muito importante que todos os riscos sejam previstos.

Muito esforço – O empreendedor deve ser o maior interessado no empreendimento, deve acompanhar e ter um controle sobre todo o processo, metas globais e específicas.

É preciso trabalhar muito com as pessoas certas, nos setores certos.

É preciso saber o que quer e onde chegar.

Estratégias criativas e inteligentes são ponto chave para se estabelecer um diferencial frente a concorrência.

Estratégia e metas hipotéticas de um restaurante:

Meta: aumentar a venda.

Estratégia – Compra com vale refeição.

Note no exemplo acima que a meta é aumentar as vendas, mas como atingir esta meta, aqui, entram as estratégias.

Exemplo de estratégia:

Uma loja de locação de bicicletas longe do centro.

Sorteio para clientes com mais de 15 hrs.

Veja a seguir algumas perguntas a serem respondidas por um empreendedor:

1 – Qual o negócio que você pretende abrir?

2 – Quem são seus concorrentes?

3 – Cite três características que diferencie seu negócio de seus principais concorrentes.

4 – Quais suas metas?

5 – Quem são seus clientes?

6 – Quem são os seus fornecedores?

7 – Como você entrega seus produtos?

8 – Como garante o prazo de entrega?

Lembre-se: Sempre haverá a possibilidade de você terceirizar  algumas atividades, desde que não sejam fundamentais a  empresa.

As atividades principais da empresa não podem sem terceirizadas e devem ser acompanhadas de perto pelo empreendedor.

By Jânio.

fonte: SEBRAE

julho 10, 2009 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , | 9 Comentários

Perguntas para um empreendedor nota 10.

Perguntas inteligentes

Perguntas inteligentes

Vida de empreendedor não é fácil, além de desenvolver suas habilidades, o empreendedor precisa estar bem atento aos detalhes já planejado.

Será que você já está preparado para seu novo projeto?

Veja as perguntas que você precisa responder, para testar sua real aptidão:

1 – O que você faz quando tem uma ideia ousada, diferente, inovadora?

2 – Você procura sempre dar idéias, e resolver problemas, no ambiente em que você trabalha?

3 – Costuma viver sempre pensando em negócios, vinte e quatro horas por dia?

4 – Costuma visualizar etapas concretas de ação, quando considera novas idéias?

5 – Costuma manter suas idéias ocultas até ficarem prontas?

6 – Você já avançou, quando parecia que não ia dar certo?

7 – Você tem admiradores acima do normal?

8 – Você tem um bom network para ajudá-lo?

9 – Você se aborrece com realizações incompetentes de suas ideias?

10 – Deixa de ser perfeccionista, utilizando todo o potencial de sua equipe?

11 – Usaria seu salário para testar suas ideias?

Perguntas com respostas simuladas:

1 – Qual é a sua meta?

Lucro e crescimento sustentável.

2 – Porque ela é importante?

Diminui riscos e aumenta a certeza de sucesso.

3 – Como atingir esta meta?

Com um bom planejamento e ajuda de assessoria especializada.

4 – Qual o tempo necessário para atingir a meta?

No máximo um ano, para retorno de capital e início do lucro.

Fonte: SEBRAE

Faça um teste completo e gratuito de seu potencial direto no site da SEBRAE.

http://www.sebrae.com.br/

junho 19, 2009 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , | 11 Comentários

Conheça melhor o empreendedor brasileiro.

empreendedora brasileira

empreendedora brasileira

Alguns dados da pesquisa do IBGE mostram a força da mulher no mercado consumidor brasileiro, sua presença na sociedade, sua importância.

Estes dados merecem ser observados, pelos empresários e empreendedores, como um fator de extrema relevância, no planejamento do presente  e futuro estratégico da empresa.

1 – Estados onde a mulher tem posição de chefe da família, ou seja, controla o orçamento, planejamento e compras, da casa.

O menor percentual de mulheres, chefes de família, foi registrado em Tocantins. 23 %.

A maior taxa de mulheres, chefes de família, foi registrado em Porto Alegre. 38 %.

2 – Mulheres que ganham até 02 salários no Maranhão. 78%.

3 – Até dois salários – Em São Paulo 40,5 % – Em Brasília 43,8 %.

4 – A pior renda, em média,  das mulheres, ficou com o nordeste:  R$ 376,00 – Obs: salário mínimo era de R$ 300,00.

5 – O melhor salário era do Sudeste:  R$ 712,00.

Segundo o Sebrae, os problemas sociais são uma grande fonte de inspiração para novas oportunidades e empreendimentos, principalmente para micro empresas.

O potencial de empreendedores, no Brasil era de 14 %, um número considerado alto, se comparado com a taxa mundial.

Ainda segundo a entidade, liberar a capacidade empreendedora, poderia resolver parte dos problemas sociais e econômicos do Brasil.

Entre os principais motivos para se empreender no Brasil estão:

1 – Boas oportunidades

2 – Busca da sobrevivência

3 – Experiência empresarial

4 – Independência

5 – Liderança

Destacamos,  ainda, entre as qualidades do futuro empreendedor:

1 – Não se cansa de observar

2 – Gastar o mínimo

3 – Manter o Caixa positivo (fluxo de caixa)

4 – Atenção ao lado técnico e financeiro, sem se esquecer do processo humano.

As áreas onde se concentram mais empreendedores são:

1 – Agropecuária, extrativismo e vegetal 5%

2 – Indústria transformista 18%

3 – Construção 5%

4 – Veículos 4%

5 – Comércio 36%

6 – Alojamento e alimentação 8%

7 – Transporte 3%

8 – Setor de empreendimentos e imobiliário 9%

9 – Outros   9%

Os números de empreendedores são, para cada grupo de 100:

1 – Norte e Nordeste, juntos – 31

2 – Sudeste – 46

3 – Sul e Centro-Oeste – 23

Um empreendedor sempre é ousado, possui inquietação em relação ao mundo, favorecendo interferência criativa e realizadora.

Fonte:IBGE/SEBRAE

junho 18, 2009 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , , | Deixe um comentário

Dicas para empreendedor.

regras basicas de empreendedor

regras basicas de empreendedor

O empreendedorismo pode ser muito complicado para alguns, muito fácil para outros, uma coisa é certa, todos nós somos empreendedores e o nosso maior empreendimento é nossa vida.

Se notarmos em nosso nome, veremos que nossos antepassados vieram de longe, Europa, Ásia, África, enfim todos estavam em uma grande empreitada.

O empreendimento possui uma característica bem interessante, quanto mais velho, mais experiente, mais preparado para ser bem sucedido no empreendimento. Não há nada pré-definido, a teoria pode ajudar, mas a prática é fundamental.

Como em tudo em nossa vida a experiência conta muito, por isso, alguns empreendedores preferem ser precavidos e ter seu seguro, alguém com mais experiência e terceirizar tarefas secundárias, fazendo uso de várias tipos de assessorias.

Não há um caminho definido para o sucesso, assim como não há um caminho estipulado para o fracasso, tudo dependerá de tomadas de decisões do principal envolvido, o empreendedor.

Estudiosos afirmam que versatilidade, múltiplos conhecimentos, decisões rápidas, coragem para correr riscos calculados são fundamentais.

Apesar de todas as decisões serem estipuladas pelo empreendedor, algumas elementos devem ser observados.

! – Pesquisa de mercado – Nesta fase o empreendedor deverá identificar oportunidades, quanto maior o conhecimento sobre mercado, maior sua chance de uma escolha do ramo certo a ser seguido.

É muito bom discutir muito, conversar muito com parentes e amigos, desde que estes possuam conhecimentos na área, ou pelo menos que esta discussão seja de alguma valia.

2 – Produto a ser oferecido – Identificado o ramo, analisaremos a lei de oferta e procura, produtos a serem oferecidos, suas chances de aceitação, sua qualidade e competividade no mercado.

3 – Levantamento do capital – É errado afirmar que o dinheiro é tudo, qualquer pessoa que afirme que seu fracasso é devido a falta de dinheiro, está fadado ao fracasso em seu empreendimento.

Há inúmeras formas de captação de capital, assim como há inúmeras fontes de pesquisa, órgãos como o SEBRAE podem ser de muita ajuda. Muitas instituições estão constantemente a procura de projetos, inclusive, projetos de risco.

Há empresas com fundos destinados ao desenvolvimento sustentável, tecnologia, desenvolvimento social, político, etc.

4 – Além de patrocinadores para a captação de capital, é preciso estudar o público alvo. Alguns empreendedores chegam a trabalhar como empregados em empresas, em ramos os quais desejam empreender, mais lógico impossível, é na infância onde temos nosso maior aprendizado sobre a vida, quando fazemos tudo de graça.

5 – Planejamento Financeiro – Fundamental dentro do plano de negócio, aqui são planejadas as contas fundamentais do negócio, como: Impostos, contabilidade, água, luz, telefone, empregados, enfim tudo o que será gasto no empreendimento, gastos fixos, variáveis, esporádicos, etc.

6 – Elaborar estratégicas de Marketing – Um bom estrategista, literalmente, tem cartas na manga, quanto maior a previsão de riscos, maior deverá ser a busca de solução para estes riscos, consequentemente, maior o sucesso da empreitada.

7 – Comercializar o produto – Esta deverá ser a parte final do planejamento, e é a mais importante para se obter lucro na execução do empreendimento.

Como podemos observar, para qualquer ramo que possamos imaginar, as regras básicas serão as mesmas, com algumas pequenas mudanças que surgiram graças ao jeitinho brasileiro, mas só o jeitinho brasileiro não basta, é preciso muito planejamento.

Alguns conhecimentos tem se tornado essenciais, não só na vida do empreendedor, como também de profissionais das mais variadas áreas.

Alguns conhecimentos considerados importantes no meio em que vivemos atualmente: Administração, Recursos Humanos, informática, produção, línguas, política, Relações Públicas e liderança.

junho 11, 2009 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: