Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Globo e PMDB tudo a ver

Chegou a Hora

CPI da Globo

O impeachment é um processo político, segue normas jurídicas, mas continua sendo um processo político. Começou como uma vingança de Eduardo cunha que não gostou de ser processado e decidiu devolver na mesma moeda. A questão é polêmica e foi decidida por vingança, Cunha chegou a dizer que se o PT não parasse os ataques, ele aprovaria outros pedidos de impeachment que estão sendo analisados.

A situação polêmica nos leva de volta aos tempos de Collor e, pior, aos tempos dos “Golpe de 64”, Nos tempos de 64 eu nem vou detalhar, eu não vivi naquele tempo, mas a Globo começou nesse tempo e irritou muita gente. Criou-se o mito do perigo comunista e pagamos um preço muito alto.

Durante décadas perguntou-se: “Onde está o dinheiro do país mais rico do mundo?”, enquanto isso, a Rede Globo começava a destruir os seus inimigos, concorrentes, TVs, e a administrar suas próprias verdades para atender seus interesses. A Globo derrubou seus concorrentes e iniciou seu império que, durante décadas, foi influenciado por suas conspirações. A Globo tem jogado partidos contra partidos, partidos contra instituições, na intenção de conseguir diminuir a influência da base do governo e, até agora, tem funcionado.

A Globo deixa de ser uma ameaça para o Brasil e passa a ser uma ameaça mundial, isso porque os paraísos fiscais chegaram ao limite, chegando até a ameaçar os EUA, Inglaterra e outros países ricos, isso fez com que a Globo retirasse seu dinheiro dos paraísos fiscais e mostrasse sua cara, assustando as maiores redes de TVs do mundo.

Collor foi cassado porque o povo foi às ruas; o povo foi às ruas porque a Globo utilizou o monopólio de informação para levar as pessoas às ruas. Sem internet e sem como ver o país sob visão da mídia internacional, os políticos votaram influenciados pelo povo nas ruas. Por isso o interesse no voto aberto e sendo transmitido pela TV. Isso demonstra como a aristocracia passa por cima da lei, promovendo vazamentos, conspirando, fingindo que a injustiça está de um lado só. A mídia internacional mostra uma visão muito diferende, mostra verdades que estão sendo omitidas pela Globo, já que não interessa a ela, por isso, eu acho importante assistir o documentário “Muito além de um cidadão Kane”.

Lembrando que vários pedidos de impeachment foram recusados por Eduardo Cunha mas, ironicamente, o primeiro aceito foi o pedido da extremista que defendeu o afogamento de nordestinos, Janaína. Eduardo Cunha já avisou que poderia aprovar outros pedidos de impeachment e terá a ajuda dos corruptos delatores.

A mídia internacional já deixou bem claro a semelhança da crise brasileira com a crise forjada nos Estados Unidos pela extrema direita, a diferença é que os criminosos da direita não estão sendo presos no Brasil, nunca foram: privataria, máfia do metrô, máfia do asfalto, Carlinhos Cachoeira, mensalinho de Brasilia e recentemente a máfia da merenda, ninguém foi preso e nem será, deixando uma dúvida sobre a força do bipartidarismo. Lembrando que só existe um sistema pior que o bipartidarismo, justamente sistema aristocrático controlado pela extrema direita, onde ninguém nunca será preso.

Lembrando também que é tudo uma questão de maioria política, foi por isso que José Sarney arquivou o próprio pedido de CPI, Renan escapou do maior escândalo da história, depois de PC Farias e mensalão, lembrando como a direita e a esquerda resolvem seus problemas. PC foi assassinado e ninguém foi preso, já no caso do mensalão foi diferente. Agora temos dois escândalos prestes a serem ignorados pela justiça, Cunha e Temer, tudo porque o PMDB é maioria. O impeachment exige dois terços da câmara e depois do senado para a aprovação, isso não é fácil. Se depender da cúpula dos líderes, isso não seria possível. A votação para aprovar o parecer do impeachment foi boa para a oposição, mas não o suficiente. Todos os estados estão fazendo pedaladas fiscais, FHC fez isso. Mudou-se a lei, mas ninguém conseguiu cumprir.

O perigo será os deputados votarem baseados em magnatas que são seus financiadores e estão ganhando pouco com taxa de juros, ou baseados nos povos das ruas que são manipulados pela Globo.

The real news

Le monde

Roda Viva TV Cultura

Documentário proibido no Brasil:

Muito além de um cidadão Kane 01

Muito além de um cidadão Kane 02

Muito além de um cidadão Kane 03

 

abril 13, 2016 Posted by | Política, Videos | , , , , , | 5 Comentários

Code Rush – A história da Netscape

vídeo em inglês

História da Netscape

Código Rush é um documentário de 2000, narra a vida de um grupo de engenheiros da Netscape, localizada no  Silicon Valley .  A história mostra o último ano da Netscape como uma empresa independente, desde o anúncio do projeto da Mozilla open source até sua aquisição pela AOLAnalisa especialmente a corrida contra o tempo para tornar o código fonte Mozilla pronto para o lançamento até a data limite de 31 de março de 1998, e o impacto na vida dos engenheiros e famílias, na tentativa de salvar a empresa.

Depois que Andy Baio postou o documentário em seu site pessoal para o lançamento do Mozilla Firefox 3 , em 2009, o diretor David Winton solicitou que fosse retirado, aguardando a decisão sobre a futura distribuição sob free content license ou  licença de conteúdo aberto . Desde então, foi liberado sob as Creative Commons BY NC-SA-3.0 licença US . [1] [2]

Funcionários da Netscape  

Dirigido por David Winton
Datas de lançamento
30 de março de 2000 (TV)
25 de abril de 2000 (VHS)
Tempo de execução
56 minutos
Língua Inglês

Fonte do Texto: Wikipedia

Vídeo em inglês: Youtube

Vídeo em inglês: Dailymotion

Video no Vimeo

Assista mais vídeos grátis

Inglês com filme grátis

Star wars – Threads of destiny

Beleza natural da sibéria

Pronúncia escrita de músicas

Transtornos médicos bizarros

Barcelona segundo os colombianos – Espanhol

 

junho 16, 2015 Posted by | Inglês, Videos | , , , | 2 Comentários

Vencedores do Globo de Ouro e indicados ao Oscar

Luxo Extraordinário

Historia da Facebook

Muita gente, assim como eu, não vê o OSCAR como o melhor cinema do mundo, nem poderia. O OSCAR é a visão do cinema, segundo os americanos, só tem filme dos EUA, além de alguns de outros paises que falam a língua inglesa, como Inglaterra, Austrália, etc.

Quando o Brasil já achava que estaria fora da competição, eis que surge um documentário para salvar a pátria, mesmo sendo co-produção com a Inglaterra, não é menos importante para o Brasil.

Quem não gosta nada disso é a burguesia brasileira, que já havia torcido a cara para “Cidade de Deus”, um filme que mostrava a miséria de maneira tão explicita e íntima que chegava a irritar os mais tradicionais.

Nunca foi fácil para a elite brasileira, viajar pelo mundo, carregando esse fardo nas costas.

Logo agora, quando eles torciam para o ufanista “Lula do Brasil”, eis que surge o tal de “Lixo Extraordinário”, mostrando a intimidade que o Brasil tem com a miséria.

Lixo extraordinário não concorre naqueles prêmios badalados, muito melhor, concorre na categoria de documentário, melhor, um longa metragem. Eu me surpreendi pelo fato de “Dançando com o Diabo” não ter feito o sucesso que deveria.

Esse longa, assim como “Cidade de Deus”, chega ao OSCAR  já com muitos prêmios internacionais, portanto não depende desse prêmio, já é sucesso no mundo inteiro. “Cidade de Deus” concorria em categorias badaladas, cobiçadas pelas estrelas de Hollywood, prêmios que eles não abrem mão, por isso o documentário brasileiro tem mais chance.

Outra boa surpresa, é a presença do filme mexicano “Biutiful”, concorrendo em duas categorias, ator e filme estrangeiro. A segunda maior população estrangeira, dentro dos EUA, vem mostrando sua força, primeiro com atrizes e diretores, agora são os próprios filmes que mostram que os EUA terão que aceitá-los.

As surpresas não são muitas, nem dá para se esperar muita coisa na premiação deste anos, mesmo assim, será um grande ano para a internet, o ano de  “A Rede Social”.

O filme sobre a Facebook, que já fez sucesso no Globo de ouro, a prévia do OSCAR, não vem apenas como uma surpresa para essa premiação, vem com uma grande produção para concorrer em várias categorias.

A internet nunca esteve tão bem representada nessa premiação, a rede sempre foi mostrada como vilã, perigosa, essa é a primeira vez que é mostrada com toda a sua força.

A Facebook, como nós sabemos, é a cara do capitalismo americano, e as empresas estão de olho nessa rede. Primeiro a Facebook tentou a Facebook Lite, para evitar tornar a rede muito chata, mas como prevíamos, os internautas carentes adoram um spam, adoram fazer uma amizade, mesmo que esse amigo tenha nome de empresa, e não me olhem com essa cara rsrsrs.

Nem mesmo a Orkut resistiu as ferramenta e campanhas – Para quem estava preocupada com a Twitter, a Facebook surpreendeu, não é mesmo?

Parece que Hollywood tinha uma certa mágoa da Google, isso não acontece com a Facebook, que não tem o objetivo de ferir os seus “Direitos autorais”, além de ser uma verdadeira rede social, eficiente, prática e capitalista.

Apesar de não ter visto nenhum filme de grandes qualidades, os EUA tem voltado suas atenções para os seriados de TV, tanto que até finais de novela já são inseridos, para prender o telespectador. No Brasil, a parceria entre o cinema e a tv não surtiu o efeito esperado, ao invés da TV se tornar cinematográfica, aconteceu o inverso, o cinema se tornou televisivo, perdendo totalmente sua qualidade, sua arte.

Para quem gostar de assistir novelas na telona, é só assistir um filme nacional. Cinema foi feito para mostrar verdades, mas para isso é preciso coragem, o que está faltando nos novos diretores.
GANHADORES DOS PRÊMIOS GLOBO DE OURO:

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Indicados:

Andrew Garfield – A rede social

Geoffrey Rush – O discurso do rei

Jeremy Renner – Atração perigosa

Michael Douglas – Wall Street: o dinheiro nunca dorme

Ganhador do Prêmio:

Christian Bale – O vencedor

CANÇÃO ORIGINAL

Indicadas:

Bound to you – Burlesque

You haven’t seen the last of me – Burlesque – VENCEDORA

There’s a place for us – As crônicas de Narnia: a viagem do peregrino da alvorada

Coming home – Country strong

I see the light – Enrolados

Ganhadora do Prêmio:

You haven’t seen the last of me – Burlesque

TRILHA SONORA ORIGINAL

Indicadas:

127 horas

O discurso do rei

Alice no país das maravilhas

A origem

Ganhadora do Prêmio:

A rede social

MELHOR ANIMAÇÃO

Indicadas:

Meu malvado favorito

Enrolados

Como treinar o seu dragão

O mágico

Ganhadora do Prêmio:

Toy story 3

MELHOR ATRIZ DE MUSICAL OU COMÉDIA

Indicadas:

Anne Hathaway – O amor e outras drogas

Angelina Jolie – O turista

Julianne Moore – Minhas mães e meu pai

Emma Stone – A mentira

Ganhadora do Prêmio:

Annette Bening – Minhas mães e meu pai

MELHOR ROTEIRO

Indicados:

Danny Boyle e Simon Beaufoy – 127 hours

Stuart Blumberg e Lisa Cholodenko – Minhas mães e meu pai

Christopher Nolan – A origem

David Seidler – O discurso do rei

Ganhador do Prêmio:

Aaron Sorkin – A rede social

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Indicados:

Biutiful  – México

The concert – França

The edge – Rússia

I am love  – Itália

Ganhador do Prêmio:

In a better world  – Dinamarca

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Indicadas:

Amy Adams – O vencedor

Helena Boham Carter – O discurso do rei

Mila Kunis – Cisne negro

Jacki Weaver – Animal kingdom

Ganhadora do Prêmio:

Melissa Leo – O vencedor

MELHOR DIRETOR

Indicados:

Darren Arronofsky – Cisne negro

Tom Hooper – O discurso do rei

Christopher Nolan – A origem

David O. Russell – O vencedor

Ganhador do Prêmio:

David Fincher – A rede social

MELHOR ATOR MUSICAL OU COMÉDIA

Indicados:

Johnny Depp – O turista

Johnny Depp – Alice no País das Maravilhas

Jake Gyllenhaal – O amor e outras drogas

Kevin Spacey – Casino Jack

Ganhador do Prêmio:

Paul Giamatti – Barney’s version

MELHOR ATRIZ DE DRAMA

Indicadas:

Halle Berry – Frankie and Alice

Nicole Kidman – Rabbit hole

Michelle Williams – Blue valentine

Jennifer Lawrence – Inverno da alma

Ganhadora do Prêmio:

Natalie Portman – Cisne negro

MELHOR FILME MUSICAL OU COMÉDIA

Indicados:

Burlesque

O turista

Red – Aposentados e perigosos

Alice no País das Maravilhas

Ganhador do Prêmio:

Minhas mães e meu pai

MELHOR ATOR DE DRAMA

Indicados:

Jesse eisenberg – A rede social

Jame Franco – 127 horas

Ryan Gosling – Blue Valentine

Mark Wahlberg – O vencedor

Ganhador do Prêmio:

Colin Firth – O discurso do rei

MELHOR FILME DE DRAMA

Indicados:

O cisne negro

O vencedor

O discurso do rei

A origem

Ganhador do Prêmio:

A rede social

__________________________

INDICADOS AO OSCAR 2.011

FILME:

A rede social

O discurso do rei

Cisne negro

O vencedor

A origem

Toy Story 3

Bravura indômita

Minhas mães e meu pai

127 horas

Inverno da alma

DIREÇÃO:

David Fincher – A rede social

Tom Hooper – O discurso do rei

Darren Aronofsky – Cisne negro

Joel e Ethan Coen – Bravura indômita

 David O. Russell – O vencedor

ATOR:

Jesse Eisenberg – A rede social

Colin Firth – O discurso do rei

James Franco – 127 horas

Jeff Bridges – Bravura indômita

Javier Bardem – Biutiful

ATRIZ:

Annette Bening – Minhas mães e meu pai

Natalie Portman – Cisne negro

Nicole Kidman – Rabbit hole

Michelle Williams – Blue valentine

Jennifer Lawrence – Inverno da alma

ATOR COADJUVANTE:

Mark Ruffalo – Minhas mães e meu pai

Geoffrey Rush – O discurso do rei

Christian Bale – O vencedor

Jeremy Renner – Atração perigosa

John Hawkes – Inverno da alma

ATRIZ COADJUVANTE:

Helena Bonham Carter – O discurso do rei

Melissa Leo – O vencedor

Amy Adams – O vencedor

Hailee Steinfeld – Bravura indômita

Jacki Weaver – Reino animal

ROTEIRO ORIGINAL:

Minhas mães e meu pai

O vencedor

A origem

O discurso do rei

Another year

ROTEIRO ADAPTADO:

A rede social

127 horas

Bravura indômita

Toy Story 3

Inverno da alma

DIREÇÃO DE ARTE:

Alice no País das Maravilhas

Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 1

A origem

O discurso do rei

Bravura indômita

FOTOGRAFIA

Cisne negro

A origem

O discurso do rei

A rede social

Bravura indômita

FIGURINO:

Alice no País das Maravilhas

I am love

O discurso do rei

Bravura indômita

The tempest

DOCUMENTÁRIO LONGAMETRAGEM

Exit through the gift shop

Gasland

Inside job

Restrepo

Lixo extraordinário
EDIÇÃO

Cisne negro

O vencedor

O discurso do rei

127 horas

A rede social
FILME ESTRANGEIRO

Biutiful  – México

Dogtooth – Grécia

In a better world – Dinamarca

Incendies – canadá

Outside the law – Argélia
TRILHA SONORA ORIGINAL

Como treinar seu dragão –  John Powell

A origem – Hans Zimmer

O discurso do rei – Alexandre Desplat

127 horas – A.R. Rahman

A rede social – Trent Reznor e Atticus Ross

CANÇÃO ORIGINAL

Coming home – Country Strong

I see the light – Enrolados

If I rise – 127 horas

We belong together – Toy Story 3
EFEITOS ESPECIAIS

Alice no País das Maravilhas

Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 1

Além da vida

A origem

O Homem de Ferro 2
MAQUIAGEM

Minha versão para o amor

Caminho da liberdade

O lobisomem

By Jânio

janeiro 28, 2011 Posted by | Cinema | , , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: