Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Milagres existem

fenômenos raros

Anormal é não acreditar

Os milagres são vistos de maneira diferente, pelas várias religiões atuais. Para alguns, os milagres que mais importam são os milagres previstos na Bíblia, os chamados milagres públicos, os outros seriam particulares.

Para os espíritas, os milagres não existem, tudo será explicado no futuro, quando o homem tiver evoluído. Não deixa de ser bem moderninha, essa visão dos espíritas, onde o homem teria certos domínios que hoje ele não tem.

Os católicos dão mais importância aos milagres, todos os acontecimentos extraordinários, que possam ser provados, são considerado intervenção Divina, com intuito de levar as pessoas para junto de Deus. Apesar disso, poucos milagres puderam ser registrados e provados, mesmo com todas as tecnologias modernas.

Evidentemente que, com as novas tecnologias, os milagres deverão ser mais constantes, ou fatos explicáveis, como os ateus preferem acreditar.

O fato é que os milagres são raros, de um modo geral, mas poucas pessoas não sentiram algum momento muito especial em suas vidas. O Nascimento de uma pessoa é um grande milagre, se será explicado no futuro: de onde vem a alma, como se forma, a origem do homem, ou da própria vida, não sabemos. A única coisa que sabemos é que fatos extraordinários acontecem o tempo todo, pelo que se pode ser comprovado através da mídia, ou fora dela.

Segundo a Wikipedia, milagre é:

“Milagre (do latim miraculum, do verbo mirare, “maravilhar-se”) é um fato dito extraordinário que não possui uma explicação científica. Para os crentes, sua realização é atribuída à onipotência divina, é considerado como um ato de intervenção de Deus (ou de deuses) no curso normal dos acontecimentos.”

Casos de pessoas que caem de prédio, como o menino que caiu do segundo andar, sobre uma mulher, em cima de toldos, carros ou outra coisa.

Vários fatos de pessoas que levam tiro, são salvas por moedas, livros, Bíblias, crucifixo, medalhas, etc.

Acidentes de carros são um caso a parte, eu já vi vários carros completamente destruídos, onde o motorista sobreviveu.

Nessas horas eu penso: “Milagres existem”

by Jânio
Verdades proibidas
Evolução da Bíblia
Pregadores da verdade
Milagres existem?
Inocente encrenca de Maomé

Duvidosa evolução de Darwin

 

dezembro 19, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | 61 Comentários

Porque é tão difícil aceitar Jesus?

O filho de Deus.

O filho de Deus.

A religião judaica, inclusive, tem em comum justamente a negação da divindade de Jesus, divindade esta que mesmo sendo negada, não nega o fato da grandeza dos ensinamentos de Jesus.

Os muçulmanos tem a ideia de que quem foi crucificado foi outra pessoa, contrariando toda a lógica Cristã, chegam a afirmar que quem foi crucificado, foi outra pessoa, Judas Iscariotes, outros afirmam ser Simão Cerene, fisicamente diferente de Jesus, vindo da líbia.

O Alcorão não só aceita a existência de Jesus, como reconhece-o como um grande profeta, mas, ao que parece, Maomé provoca polêmica no Cristianismo a revelar os textos  que teria recebido de Alah.

Veja o texto:

“Incorrem em blasfêmia aqueles que disseram que: “Deus é o Messias, Filho de Maria”. Dize (ó Muhammad): Quem poderia fazer algo se Deus quisesse aniquilar o Messias, Filho de Maria, e a mãe dele (inclusive) e todos os seres da terra? Unicamente a Deus pertence o reino dos céus e da terra, e tudo quanto há entre ambos. Deus cria o que Lhe apraz, e é Todo­Poderoso.” Alcorão 5: 1753

“Blasfemaram aqueles que disseram que Deus é o Messias, Filho de Maria. O próprio Messias dissera: “Ó filhos de Israel, adorai a Deus que é Meu Senhor e Vosso Senhor”. Quem crê em semelhantes a Deus (quem for politeísta), Deus lhe impedirá, para sempre, o acesso ao paraíso, e sua morada é o inferno. O Messias, Filho de Maria, não é mais que um Apóstolo (de Deus) como os Apóstolos que o antecederam, e a mãe dele era uma Beata, contudo, ambos (Jesus e Maria) ingeriam alimentos.. .”

Alcorão 5:7251

Ao contrário da religião judaica que nega a divindade de Jesus, mas convive harmoniosamente com o catolicismo, o Alcorão deixa claro a suposta blasfêmia.

Seria uma coincidência que Maomé fosse tão respeitado entre os muçulmanos, como Jesus é entre os cristãos?

Não há entre os muçulmanos quem fale de Jesus, reconhecidamente um Profeta, como falam de Maomé, o último Profeta do Alcorão, já que este foi escrito pelo próprio Maomé, supostamente recebido diretamente de Alah.

Jesus Cristo, de qualquer modo que seja visto, mesmo sem falarmos de seus milagres, apenas os seus ensinamentos e a sua filosofia, já seria, certamente,  o homem mais brilhante que pisou na face da Terra.

Foi a partir de Jesus que o mundo se dividiu entre o antes de Cristo e o depois de Cristo, a humildade e a capacidade de negar a tudo o que fosse material, coloca Jesus como o um ser único em toda a história.

Maomé criou a cultura mulçumana de Alah, talvez por isso seja tão respeitado, os muçulmanos se identificam muito com o Alcorão, fazendo dele a essência de sua cultura.

O próprio alcorão, além de entrar em contradição com o Cristianismo, ainda costuma ser mal interpretado pelos seus próprios seguidores, causando muita guerra e derramando muito sangue, o mesmo erro que o Cristianismo cometeu no passado.

O Cristianismo é bem claro, sendo assim, é constituído de vários livros, apresenta várias óticas diferente, sendo que as três versões do evangelho, Mateus, Lucas e Marcos são exatamente iguais, com exceção de algumas palavras que não alteram, mas se complementam.

Outra característica a ser destacada, no Cristianismo, é a separação total do poder, político, e da religião, mostrando como pode ser perigoso misturar as duas coisas.

Durante toda minha vida, vi textos da Bíblia serem usados de maneira egoísta, para quem conhece sua essência, como eu, não é difícil reconhecer o equívoco.

As prostitutas costumam citar a história de Maria Madalena, como uma maneira de se sentir humanas, fortes, ignorando todo o resto. Numa coisa elas estão certas, a Bíblia representa esperança para todos, a consciência sempre estará pesada diante de seus escritos, sempre haverá a luta, consigo mesmo, para se encontrar, assumir sua própria natureza.

Há textos na Bíblia que poderiam ser aproveitados por oportunistas de várias maneiras diferentes, por políticos, socialistas, comunistas e até por nós pobres mortais, filhos de Deus, mas a Bíblia tem um objetivo, usá-la de maneira oportunista não leva a lugar algum.

By Jânio

agosto 7, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: