Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Lifetime of Financial Crises

Publicado em 13 de jul de 2017

Check Keiser Report website for more: http://www.maxkeiser.com/

In this episode of the Keiser Report from Mexico City Max and Stacy discuss a government bond market grinding to a halt and a lifetime of financial crises. In the second half Max continues his interview with professor and journalist, John Mill Ackerman, about neoliberalism and the future for Mexico’s economy.

WATCH all Keiser Report shows here:
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E1-E200)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E201-E400)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E401-E600)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E601-E800)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E801-E1000)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E1001 – Current)

RT LIVE http://rt.com/on-air

Subscribe to RT! http://www.youtube.com/subscription_c…

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTnews
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_com
Follow us on Instagram http://instagram.com/rt
Follow us on Google+ http://plus.google.com/+RT
Listen to us on Soundcloud: https://soundcloud.com/rttv

RT (Russia Today) is a global news network broadcasting from Moscow and Washington studios. RT is the first news channel to break the 1 billion YouTube views benchmark.

 

julho 15, 2017 Posted by | english | , | Deixe um comentário

A história do capitalismo

decadência do capitalismo

Fases do Capitalismo

Eu estava lendo esta lista de temas sobre o capitalismo abaixo e um dos aspectos que me chamou a atenção foi  o fato de haverem  mais crises que “milagres”, pode parecer normal para a maioria das pessoas mais isso não descarta o lado diabólico do controle das pessoas através do sistema. Também não precisa ser um especialista para notar o quanto os países que resistiram ao capitalismo pagaram um preço alto por isso, especialmente os países revolucionários da América Latina O Brasil até ensaiou um protecionismo considerável, mais morreu na  praia.

Através das fases do capitalismo podemos nos relembrar:

Comercial: veio logo depois da decadência do feudalismo e possuía algumas boas iniciativas. Além do desenvolvimento do comércio a nível internacional, politicamente unia a classe média e o povo em um único objetivo. Parecia bom para o povo mas o governo não tinha tanto controle  sobre a população quanto gostaria.

Industrial: depois de um início desastroso, quando desempregou muita gente e os deixou sem alternativa a não ser trabalhar em regime de semi-escravidão. Trabalhavam muito, ganhavam pouco. Foi nessa época que surgiram as primeiras organizações em defesa das minorias. As leis, os sindicatos, entre outras associações, conseguiram evitar o pior, mas o estrago já estava feito, o capitalismo começava a mostrar sua faceta do mal.

Financeiro – Durante essa fase, o capitalismo deixa o caráter social e político e passa a se concentrar mais nas questões econômicas que influenciariam nas fases seguintes.

Informacional – esta fase demonstrou o quanto os países desenvolvidos se distanciaram dos menos desenvolvidos. Enquanto nos grandes centros europeus e americanos se discutia e estudava o tal fenômeno, os países subdesenvolvidos iniciavam o declínio.

Concorrencial: o que parecia justo nos início, para os países mais desenvolvidos, logo demonstrou que poderia ser facilmente controlada pelos banqueiros mundiais que passavam a controlar os governos através da farsa democrática.

Monopolista: o controle dos governos possibilitou o surgimento do capitalismo monopolista, boicotando países concorrentes em prol de interesses mútuos. Em países subdesenvolvidos como Brasil e México, esse sistema dominou o governo e o Estado entrou em decadência. Em países assim, o crescimento do PIB  é inversamente proporcional ao crescimento do IDH, mesmo assim, não há iniciativa para aumentar a concorrência e melhorar o ambiente de negócios.

Globalização: esse sistema tinha cara de cultura e pretendia facilitar as transações internacionais, ao invés disso, apenas promoveu a lavagem de dinheiro, facilitando a migração de capitais, tornando os países muito mais fracos e a mercê dos grandes grupos multinacionais. Como consequência disso, o novo feudalismo conseguiu a sua grande vingança contra a nova burguesia, classe média, que se viu perdida em meio as teorias mirabolantes que eles fingiam entender e acabaram sendo as maiores vítimas. Assim, os países chamados de ignorantes e sem noção de modernidade, conseguiram se proteger, amparados por um nacionalismo ultrapassado,  mistura de capitalismo e socialismo – controle do capital pela elite e socialismo para os pobres.

Esse sistema deu tão certo no Brasil que vem sendo desenvolvido à imperfeição na China e  certamente será aproveitado também por países como a Argentina no futuro.

O México merece uma observação especial, já que esse parece ser o futuro de um sistema bizarro que consegue quase sempre se transformar, apresentando alternativas bizarras que não são adequadas a países subdesenvolvidos, como é o caso da legalização da maconha e prostituição para salvar o caos da economia que eles mesmos criaram.

A China, Brasil e Argentina são exemplos de países que caminham em um terreno perigoso. Concentrando gigantescos centros metropolitanos com IDH acima da média, enquanto outras regiões permanecem isoladas e sob risco de se transformarem em sociedades mutantes, pior, sem poderes.

By Jânio

Você também pode gostar de:

O erro americano

Legalização da prostituição

Paraísos fiscais da máfia brasileira

Quem são os donos do mundo

Atividade que mais dá lucro

julho 22, 2015 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: