Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Como foi criado o vidro

História do Vidro

Origem do Vidro

Em ciência dos materiais ovidro é uma substância sólida eamorfa, que apresentatemperatura de transição vítrea[1] . No dia a dia o termo se refere a um material cerâmicotransparente geralmente obtido com o resfriamento de uma massa líquida à base de sílica.

Em sua forma pura, o vidro é um óxido metálico super esfriado transparente, de elevada dureza, essencialmente inerte e biologicamente inativo, que pode ser fabricado com superfícies muito lisas e impermeáveis. Estas propriedades desejáveis conduzem a um grande número de aplicações. No entanto, o vidro geralmente é frágil, quebra-se com facilidade. O vidro comum se obtém por fusãoem torno de 1.250 ºC de dióxido de silício, (SiO2), carbonato de sódio (Na2CO3) ecarbonato de cálcio (CaCO3).

História

Os povos que disputam a primazia da invenção do vidro são os egípcios e osfenícios. Segundo a Enciclopédia Trópico:

“Os fenícios contam que ao voltarem à pátria, do Egito, pararam às margens doRio Belus, e pousaram sacos que traziam às costas, que estavam cheios denatrão (carbonato de sódio natural, que eles usavam para tingir ). Acenderam o fogo com lenha, e empregaram os pedaços mais grossos de natrão para neles apoiar os vasos onde deviam cozer animais caçados. Comeram e deitaram-se, adormeceram e deixaram o fogo aceso. Quando acordaram, em lugar das pedras de natrão encontraram blocos brilhantes e transparentes, que pareciam enormes pedras preciosas. Um deles, o sábio Zelu, chefe da caravana, percebeu que sob os blocos de natrão, a areia também desaparecera. Os fogos foram reacesos, e durante a tarde, uma esteira de liquido rubro e fumegante escorreu das cinzas. Antes que a areia incandescente se solidificasse, Zelu plasmou, com uma faca aquele líquido e com ele formou uma empola tão maravilhosa que arrancou gritos de espanto dos mercadores fenícios. O vidro estava descoberto.”

Esta é uma das versões, um tanto lendária. Mas, notícias mais verossímeis, relatam que o vidro surgiu pelo menos 4.000 anos A.C.. Julga-se entretanto que os egípcioscomeçaram a soprar o vidro em 1.400 A. C., dedicando-se, acima de tudo, a produção de pequenos objetos artísticos e decorativos, muitas vezes eram confundidos com belas pedras preciosas. Sua decomposição é de 4000 anos. A cada 1000 kg de vidro leva-se 1300 kg de areia.

Em Portugal

Foi só no século XVIII que se estabeleceu em Portugal a indústria vidreira — na Marinha Grande — e ainda hoje esta existe. Anteriormente, há notícia, desde o século XV, da existência de alguns produtores artesanais de vidro. É conhecido o labor do vidreiro Guilherme, que trabalhou noMosteiro da Batalha. O vidro era obtido através da incineração de produtos naturais com carbonato de sódio (erva-maçaroca). Houve diversos fornos para a produção vidreira em Portugal, mas a passagem de uma produção artesanal, muito limitada, para a produção industrial foi lenta. Uma fábrica existente em Coina veio a ser transferida para a Marinha Grande, em consequência da falta de combustível. Estava-se no reinado de D. João V. A proximidade do Pinhal de Leiria, teria aconselhado a transferência da antiga Real Fábrica de Coina. Depois, o Marquês de Pombal concedeu um subsídio para o reapetrechamento desta fábrica vidreira na Marinha Grande.

Em 1748 estabeleceu-se na Marinha Grande John Beare, dedicando-se ali à indústria vidreira. A abundância de matérias primas e de carburante aconselhavam o fomento dessa indústria naquela região. Em 1769 o inglês Guilherme Stephensbeneficiou de importante protecção do Marquês de Pombal e estabeleceu-se na mesma localidade: subsídios, aproveitamento gratuito das lenhas do pinhal do Rei, isenções, etc. A Real Fábrica de Vidros da Marinha Grande desenvolveu-se a ponto de ser Portugal, a seguir à Inglaterra, o primeiro país a fabricar o cristal.

Fonte: Wikipedia

Invenções e descobertas da Índia

Tecnologias do Paquistão

Inventos que mataram seus criadores

agosto 24, 2015 Posted by | curiosidades | , , , | Deixe um comentário

Ambiplasma – Alternativa ao Big Bang

Criação do Universo

Criação do Universo


Ambiplasma é, em cosmologia, um plasma hipotético que contém uma mistura da matéria e de antimatéria. Este conceito foi desenvolvido como uma alternativa à teoria do Big bang. Nessa teoria, o universo sempre existiu e não tem nenhum ponto de origem. O ambiplasma é formado por próton-anti-próton (ambiplasma pesado) e de elétron-pósitron (ambiplasma leve). Essencialmente, o universo contém o ambiplasma simétrico pesado com o ambiplasma leve protetor, separados pelo efeito de Leidenfrost.

O ambiplasma pode ter vida relativamente longa, porque as partículas e as antipartículas componentes são demasiado quentes e de baixa densidade para aniquilarem-se rapidamente. O ambiplasma é afetado pela condensação de ondas gravitacionais e outras radiações de pressão expansiva. O universo submete-se aos frames de expansão e contração, por muitos milhares de anos, produzindo o ambiplasma pesado e o ambiplasma leve em fases alternas. Como a matéria e a antimatéria interagem e aniquilam-se, mais elétrons e pósitrons (entre outras radiações) são produzidos.

Fonte: Wikipedia

Antimatéria

janeiro 2, 2015 Posted by | Ciências | , , , , | 1 Comentário

Sistemas de Links

formas de agregadores

Tipos de Links

A porta de entrada para uma informação, depois da conexão à internet, são os links. Não há nenhuma informação na internet que não passe pelos links.

Desde Xanadu, onde o filósofo Ted Nelson imaginava o acesso gratuito e aleatório as informações, o hipertexto, ocorreram muitas mudanças.

Os links são a base para a reputação de um site; os backlinks, links recebidos, são a base para avaliação do page rank, utilizado pelo buscador Google para suas pesquisas.

Devido a sua importância, muitos blogueiros, webmaster, programadores e outros profissionais, tentam burlar esse sistema virtual.

A possibilidade de manipulação forçou a equipe do buscador Google a desenvolver mecanismos para combater esse ato ilícito. Durante algum tempo, as formas de combate a manipulação foram muito rígidas, ultimamente essa rigidez tem recuado um pouco.

Plataformas como Blogger e WordPress, apresentam em sua configuração inicial as opções follow e nofollow. Essa é uma forma de decidir se o administrador do site é responsável pelos links publicados.

Se a opção nofollow for a escolhida, no ato de criação e configuração inicial de um blog, o buscador não seguirá os links dos comentários, livrando o blog de uma futura responsabilidade pelos maus vizinhos.

A grande maioria dos blogueiros segue o padrão nofollow, impossibilitando a melhoria da reputação do blog em relação aos buscadores.

Uma das alternativas para melhorar o page rank e, consequentemente, a reputação nos buscadores são os pings. Os pings, aliás, não tem outra função imediata senão aumentar o número de backlinks de um site.

Não é só o valor de um link que passa a ser relevante em um site, mas a sua reputação. Se a reputação de um site não é boa, seus links não tem valor algum, nem para os buscadores, nem para futuros patrocinadores.

Se você tem um blog antigo, artigos antigos, com muitas visitas, sem nenhuma reclamação ou denúncias, essas páginas/artigos passam a ter preferência em relação a concorrência. Esse é o motivo de bons artigos novos não terem preferência nos buscadores, demora um tempo até vencerem os antigos.

Quem participa de indexadores e agregadores, passa a construir sua reputação, podendo ser boa ou má, dependendo de como se administra ela.

Eu notei que plagiadores e programadores que copiam textos, não tem boa reputação. Plagiadores utilizam artigos para conseguir visitas, em seguida apagam o artigo, eliminando as provas do crime.

O que poderia parecer um crime perfeito, complica-se, quando a quantidade de links quebrados aumentam. Ao apagar os artigos, os programadores se esquecem do cache, e é no cache que fica resgistrado seu crime.

A justiça no mundo virtual, assim como no mundo físico, é uma balança. Cada vez que algo de bom é feito, ganha-se pontos, quando se comete uma falha perde-se pontos.

Essa justiça é tão comprometedora que algumas vezes é melhor apagar o site e criar outro, devido a má-reputação desse site.

Um bom exemplo de avaliação da reputação é a punição do spammer em comentários, quando alguém publica sua url no texto, ao invés de publicá-lo no formulário, pode ser classificado como spammer.

Quando uma pessoa é classificada como spammer, entra imediatamente na lista negra. Se essa pessoa faz um comentário, publicando a url no formulário, sai da lista negra imediatamente, deixando de ser um spammer, desde que seu comentário seja aprovado, naturalmente.

A google aprovou o sistema de pings, também aprovou o sistema de patrocínio em forma de hipertexto/hiperlinks, mas é bom tomar cuidado com a reputação dos patrocinadores.

A plataforma de blogs da WordPress tem um sistema de tags ousado, cada tag lista o conteúdo de toda a comunidade, fazendo com que todos os blogueiros estejam ligados a todos por esses links.

No caso de liks patrocinados, há uma concorrência entre Mercado Livre, Submarino, Adsense e vários outros junto as bordas do post, enquanto os hiperlinks nos textos são disputados por Hotwords e adwords. entre outros.

Buscadores inteligentes/agregadores , podem não só mostrar a reputação de um artigo (quem lincou para o artigo), como podem, eventualmente, denunciar quem copiou, basta deixar um link oculto para pegar o chupa-cabras.

Sites de ego-searching são muito úteis para ver a reputação de um determinado usuário, através de seus links. A melhor ferramenta é a Collecta, mas ferramentas para Twitter é que não faltam.

É possível escolher na configuração inicial do blog, entre abrir página em uma nova janela, ou abrir na janela atual. Abrindo página em uma nova janela, evita a rejeição, além de facilitar a navegação através das guias do navegador.

A grande vantagem de alguns agregadores é o gerenciamento de links. Essa transparência permite que os links sejam apagados logo que o post seja apagado também, mas nem todos os agregadores oferecem essa opção.

Ter vários links em um mesmo site não resulta em vários backlinks, apenas um backlink é registrado para cada ip/site. Isso mostra a importância de se registrar pelo menos um link em cada agregador da internet, através de artigos.

Se antes os links dos buscadores eram importantes, hoje os links em redes sociais também são muito importantes para a reputação de um site.

Os links internos, linkando para o conteúdo do próprio site, são muito importantes, não só para organizar o conteúdo, mas para mostrar todo o conteúdo do site, como o site map faz.

O site map mostra todo o conteúdo de um site, no caso de sites temáticos, isso é muito bom, já no caso de sites de variedades, a organização do conteúdo, através de links, não é tão simples assim, é feito manualmente através de links internos.

By Jânio

maio 18, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , | 3 Comentários

Youtube investe 100 milhões na criação de TVs

TV digital

Netflux x Youtube

A Google tem planos ambiciosos para a tv digital, enquanto as redes de tvs brasileiras boicotam o processo de evolução e estruturação da comunicação digital no país, o desenvolvimento não para no resto do mundo.

Segundo o site da RT, estão incluídos no projeto da Google, pelo menos vinte canais de tvs, e a Google não é a única interessada nessa tecnologia.

A Tecnologia Ultra High Definition (UHD) já tem grande patrocinadores, além da Google na internet, a NHK e a BBC na TV, e até a Sony no cinema. A tecnologia 4k ainda está em desenvolvimento e a tecnologia 8k já entrou na lista dos desenvolvedores.

Duas empresas interessaram pela compressão dos arquivos, mais que isso, uniram-se – Enquanto no Brasil há boicotes para travar a tecnologia UHD, lá fora ocorre um processo inverso.

Serão de cinco a dez horas de programação, e a Google espera, com isso, tornar o Youtube muito mais profissional.

Como já dissemos antes, a Google já vem realizando experiências nessa área, com shows ao vivo.

A internet torna-se o ambiente ideal para tecnologias caríssimas, e é bom saber que a Google está envolvida nisso, já que a Google é a empresa especializada em serviços gratuitos.

Os executivos não quiseram se pronunciar, mas uma declaração do site foi divulgada no Wall Street Journal, revelando o entusiasmo do Grupo Google com o grande crescimento do site em 2.010, o que os motivou a melhorar o portal.

Os investimentos nos vinte canais digitais estão estipulados em cerca de 100 milhões de dólares, mais isso não é nada comparado com os mais de quinhentos milhões de faturamento do site em 2.010. A previsão de faturamento do site para esse ano, é de mais de 800 milhões de dólares, o que tornará o processo de evolução do site ainda mais acelerado.

Se a televisão mundial já vinha perdendo cerca de 50% de sua audiência para a internet, é melhor se preparar para a nova revolução.

A tecnologia 4k e 8k, podem tornar a google pioneira em TVs UHD, isso fará com que a audiência da internet se torne ainda maior, e de graça.

Tvs como a NHK e BBC, não tem estrutura para atingir todos os países, apenas o cinema poderia entrar de imediato nessa “concorrência”, já que é pago.

Eu acredito que o cinema (Sony), ainda não será o maior destaque, o destaque deverá ficar mesmo com a Google.

A Google sempre se manteve à distância do segmento de criação de conteúdo, mas o interesse de possíveis concorrentes, como a Netflix, Hulu e a incoporação da Amazon, foram os fatores que levaram a empresa a tomar a decisão definitiva.

Fonte: RT

Texto: By Jânio

abril 10, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , | 2 Comentários

Os virais conquistam os internautas

Conquista ou manipulação

Marketing Inteligente

Os virais são uma ótima forma de marketing, mas começaram na marginalidade. No início da internet, era o ambiente propício ao marketing viral, os virais foram usados a exaustão pelos lammers (crackers iniciantes querendo se aparecer).

O tempo passou e os virais encontraram seu espaço. Apesar disso, muita gente com grande força na mídia, tem dificuldade em direcionar seus virais.

Para se criar um bom viral, não basta ter uma boa ideia na cabeça, é preciso criatividade para conquistar as pessoas, e sensibilidade para saber o que as pessoas estão pensando, sentindo, sua reação.

Um bom criador de virais tem que ter estilo, ideologia, princípios, isso evita que o profissional cometa excessos, infrinja a lei ou irrite seu público alvo.

A maioria dos virais são bem humorados, carismáticos, procuram uma identificação com o seu público. Esse é o tipo de viral mais simples, mais comum, mas há o viral inteligente, resultado da evolução do marketing, muito presente na internet.

Um profissional que envia spam para todo mundo, na tentativa de atingir um novo público, é considerado ultrapassado, em época de web 2.0.

É nas redes sociais onde o viral ganha mais força, dependendo, é claro, da reputação de seu criador. A Twitter é o melhor exemplo de rede social para a criação de virais.

Não basta ter uma ideia na cabeça para se criar um bom viral, um viral mal administrado pode ser um risco à reputação de um usuário.

O viral “Cala boca Galvão”, fez um grande sucesso, apesar de eu não achar uma grande idéia, mandar alguém calar a boca. Virais que surgem de programas sensacionalistas de televisão, possuem um grande potencial, apesar de não serem bons; o sucesso acontece porque a popularidade do programa ajuda a espalhar o viral.

O Tiririca pode ser considerado um dos maiores guerrilheiros do brasil, não é de hoje que ele tem incomodado muita gente. Tiririca já teve um disco apreendido, por fazer piadas de gosto duvidoso e racistas.

Nem tudo o que começa com marketing de guerrilha se torna um bom viral, Tiririca é um bom mau exemplo disso.

Eu acredito que seja preciso um objetivo ideológico, socio-econômico, filosófico, político, etc. Um viral não precisa necessariamente prejudicar alguém, para ser um bom viral, também não precisa visar lucro, mesmo que isso ocorra, não deve ser o seu objetivo principal.

Os melhores virais surgem naturalmente, e eles se espalham rapidamente também, alheios a vontade de seu criador. Pessoas criativas e sensíveis, tem facilidade para criar virais, tem facilidade para administrá-los.

Um caso como o de Geisy Arruda, por exemplo, poderia ter começado como marketing pessoal, combinado com marketing de guerrilha, caso fosse censurado, traria alguns resultados, mas a longo prazo. Quando atingiu a internet, tornou-se um viral, com consequências inesperadas, tanto para Geisy, quanto para a instituição onde ela estudava.

Nesse caso específico, a hipocrisia da sociedade foi a arma usada para o sucesso da ideia. Funcionou, mas … e depois?    

Sem objetivo certo, toda a ideia fica perdida. Se a menina não quer terminar a faculdade, mas estuda teatro,  cursos, aula de canto, aula de interpretação, fica difícil. Ter um objetivo antes de criar toda a confusão, torna tudo mais fácil.

As regras da vida são simples: Posturas arrojadas, corajosas, pretensiosas,  exigem capacidade e preparo dessas pessoas. O planejamento antecipado dessas estratégias, definirão o sucesso ou o fracasso no futuro, é preciso estar preparado.

Pensar, ter ideologias, objetivos, ajudam muito, caso as consequências de um viral sejam desastrosas.

Quando um famoso apresentador, de uma grande rede tv, fingiu entrevistar o chefe do PCC, cometeu um grande erro, marketing de guerrilha é para quem não  tem dinheiro para investir, para quem não tem nada a perder; o viral que surgiu a partir daí, foi catastrófico, o apresentador teve sorte da internet não ser tão forte naquela época.

Quando o patrão do mesmo apresentador espalhou a história que tinha morrido, foi menos agressivo em sua ideia, mas não menos idiota, muita gente chegou a afirmar que o apresentador estava louco.

Na internet, agregadores de notícias a base de imagens, tem sido grandes promotores de virais, em seguida vem os indexadores de artigos, com a possibilidade de “amarrar” o texto aos sistemas de buscas, através de tags (etiquetas, palavras chaves). A rede Twitter fica restrita a celebridades reais, ou virtuais, no caso de usuários engajados  em comunicação, interativos.

Assuntos atuais são grandes fontes para virais e audiência dos sites e blogs, isso acontece porque a tv não consegue dar a cobertura que o fato merece, assim os telespectadores passam a pesquisar na internet. A TV é um universo diferente da internet, muito conteúdo que não tem procura na tv, vira febre na internet.

Em todos esses casos citados, os virais tem época para perder a força, são a curto prazo.

Virais de longa duração são os mais inteligentes, envolvem mais ideologias e conhecimentos. Esses tipos de virais não são tão difíceis de se criar, desde que a pessoa tenha uma base mínima de conhecimento; pode-se aproveitar desde temas censurados nas mídias de massa, denúncias, até assuntos que fazem parte de nossas próprias experiências.

Temas discutidos nas escolas são ótimos assuntos para se criar virais de grande duração, isso porque já foram devidamente testados, estão prontos para serem disseminados.

Sabe aquele ditado: “Em Terra de cego, quem tem um olho é Rei”? – Essa é uma ideia que eu sempre aproveitava na escola, para criar meu marketing pessoal.

Vocês podem não acreditar, mas com um simples espanhol, nível iniciante, eu conseguia conquistar corações e mentes, tanto de professores de inglês, quanto de português. Para fechar com chave de ouro, bastava fazer algumas traduções de tupi-guarani, latim ou francês, para conseguir a glória.

Nessa época, eu conheci alguns meninos-gênios,  daqueles que gostam de se autopromover, infelizmente, sem nenhuma sensibilidade.

È preciso saber o que dizer e a hora certa para isso; é preciso saber o que as pessoas sentem, descobrir as suas carências, para aproveitar a hora exata. Não é à toa que a internet tornou-se o ambiente ideal, para a criação de grandes virais.

Sites como Delícious, Google, Alexa, WordPress, apresentam um raio-x da internet, o que as pessoas gostam e o que elas procuram. Podem mostrar mais que isso: O que elas pensam, as palavras mais fortes, usadas pelos sites famosos, etc.

E você, já criou um viral?

By Jânio

outubro 20, 2010 Posted by | divulgação gratis | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: