Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Crescimento econômico no mundo – 2.013

País que mais cresceu

Melhor PIB

Na expectativa de um PIB de aproximadamente 0,8% no segundo semestre de 2.013, abaixo dos EUA, com expectativa de cerca de 1,0% e pouco acima da Grã-Bretanha, os brasileiros não estão muito animados.

O milagre econômico com a ajuda da China acabou e, mesmo vendo a gigante com um bom crescimento, não é suficiente para fazer o Brasil crescer. Além disso, a China encontrou dificuldade em explorar matérias-primas no país e começa a investir em países africanos.

O PIB do Brasil se iguala ao de países em crise e, pior, com uma política monetária estúpida para encobrir, proteger a corrupção e a falta de concorrência. Os políticos sem escrúpulos não se importam em compartilhar seu espaços com ex-presidiários e inimigos públicos, políticos odiados pela sociedade brasileira.

Os países do oriente, com um fuso horário diferente, já começam a divulgar seus relatórios econômicos e a grande surpresa é a Singapura.

Não, talvez não haja tanta surpresa assim, já que o país lidera a maioria das listas econômicas, que vão desde PIB, IDH, competividade e ambiente de negócios, até os infernos fiscais. Como a maioria dos países do mundo, a Singapura não é como o Brasil, ou seja, seus políticos não roubam o próprio país.

Lista de alguns países que já divulgaram seus relatórios econômicos:

Singapura – 15,2%

China – 7,5%

Taiwan – 2,27%

Grã-Bretanha – 0,6%

Espanha – -0,1%

Fonte:

Estadão

Homens mais ricos do mundo 2.013

IDH 2.013 – Melhores países

IDH 2.013 – Melhores cidades

China investe 8 bilhões no país mais pobre do mundo

Paraísos fiscais da máfia brasileira

julho 31, 2013 Posted by | Política | , , , , , | Deixe um comentário

Mais da metade dos brasileiros vive com menos de um salário

censo ibge

Crescimento Brasileiro

Analisar os dados mais importantes do IBGE, na minha opinião não é tarefa fácil. O problema é que, assim como no IBOPE e outros institutos de pesquisa, os resultados vem de uma maneira que parece que tudo está bem.

O primeiro dado, eu considerei corajoso:

Nos domicílios pesquisados, 67% viviam com renda per capta de menos de um salário mínimo (510,00) – Levando-se em conta que nas décadas anteriores, as pesquisas apresentavam o resultado por famílias na casa, ou total de dependentes/moradores dessa residência, a renda per capta, por pessoa, é um avanço.

Eu fiquei imaginando que 16 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza é um problema grave para o governo, também é muita coragem achar que vai zerar isso em apenas quatro anos.

Seria difícil de acreditar, já que o Brasil apresenta regiões muito diferentes, dificultando os projetos nessa área.

Em São Paulo, o estado mais rico, poderia-se até acreditar num resultado próximo a isso, mas os projetos envolveriam o Governo Federal, Estadual e Municipal, já que todos tem sua participação no poder, riquezas e responsabilidades.

Também é preciso lembrar que as pessoas não precisam só de comida, precisam de educação, saúde, transporte, etc. Na educação, a ideia de achar que o analfabetismo é o único problema a ser considerado é outro grave erro.

O número de analfabetos teria caído de 13,6% para 9,6% em dez anos, isso coincide com os 16 milhões de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza. Tanto um, como outro problema, poderiam ser resolvidos em parceria com ONGs, deixando o Governo com uma responsabilidade maior, resolver os outros problemas de infraestrutura.

Analfabetismo é uma vergonha para o país, mas não é o maior dos problemas, o maior problema é o semi-analfabetismo em grande número. A educação cidadã, mostrando os direitos dos cidadãos, essa seria muito bem-vinda.

A educação cidadã não é o objetivo do Governo, o verdadeiro cidadão consegue ver os problemas sociais, sabe/conhece os seus direitos.

O voto aos dezesseis anos foi uma forma que alguns políticos encontraram para se manter mais algum tempo no poder, obrigá-los a votar seria melhor ainda. O detalhe mais interessante é que o fator internet teve uma importância muito grande, já que passou a exigir uma educação mais preparada por parte dos pais, professores e sociedade em geral.

Hoje, não seria de duvidar que os jovens com menos de dezesseis anos fossem mais educados que os mais velhos, então, o problema passaria a ser educar os mais velhos. É bom que se diga que, nesse caso, estou falando de educação política, que era o objetivo do voto aos dezesseis.

No caso da educação familiar, cidadã, os mais velhos naturalmente adquirem com mais tempo e sabedoria.

Se compararmos esse governo com o anterior, aí sim teremos um crescimento. Ainda assim não é suficiente, precisamos de novas opções.

Maranhão e Piaí, redutos da família Sarney, naturalmente estão na pior situação.

Foram pesquisados cerca de 5.565 municípios, 190.755.799 pessoas.

A média de pessoas por domicílio caiu de 3,8 para 3,3 pessoas

By Jânio

maio 4, 2011 Posted by | Política | , , , , , , , | 4 Comentários

Notícias da imprensa burguesa

visão de rico

Opinião Burguesa

Eu não quero ser indelicado com um portal que eu acompanhei essa semana, até porque ele não foi o único site a publicar essas notícias do Governo.

Esse é o grande problema de quem copia notícias oficiais, sem nenhum senso crítico.

O que eu posso dizer é que esse portal é especialista em boas notícias, como poderemos acompanhar a seguir:

A Presidenta Dilma consegue proposta de investimento de 19 bilhões de dólares – Depois do escândalo de mais de quatro bilhões do Panamericano, só essa notícia poderia devolver popularidade ao Governo. É bom não esquecermos que quando há investimentos, há entrada de dólares no país.

Outro detalhe importante é que, para os pobres, notícias como essas não significam nada. Dificilmente esse tipo de “boa” notícia fará alguma diferença em seus bolsos.

No Paraná, por exemplo, quando houve investimento em montadoras, quem financiou foi o próprio estado, provocando um rombo capaz de quebrar o banco público.

Alta dos juros – Segundo o site, a alta dos juros não deverá pesar no bolso da população, afinal foi um aumento de apenas 0,25%.

Acontece que os pequenos aumentos são muito mais perigosos que os grandes, foi assim que chegamos à liderança absoluta, entre os países com os juros mais altos do mundo.

Juros altos levam a corrupção ; corrupção à impostos altos ; impostos altos levam à pobreza e marginalidade.

Caso a notícia “oficial” venha a se confirmar, a entrada de dólares deverá derrubar ainda mais a sua cotação, complicando ainda mais a vida dos exportadores.

Os juros altos atraem muito investimento também, e o governo diz que é para controlar a inflação. Na realidade o que falta é competência para aumentar a concorrência.

O Brasil é o único pais do mundo capaz de crescer com juros tão altos, provando que a ditadura econômica pode dar certo, provando também a teoria de Ebrael: “Enquanto a senzala não se rebelar, fica tudo como está.”

Feriados roubam o pais – Essa notícia é forte demais para qualquer pessoa com um mínimo de noção dos fatos.

Se no ano passado os feriados foram aos domingos e sábados, ninguém reclamou.

O que acontece é que o governo é mais forte que os pequenos e micro empreendedores, isso faz com que eles trabalhem no limite de seu lucro.

É claro que alguém terá que pagar pelas altas taxas de juros, sobrou para os mais fracos.

Isso lembra o período FHC, quando a falta de recursos refletia sempre no bolso dos aposentados e trabalhadores. Nessa época, os direitos trabalhistas por pouco não foram abolidos.

Isso provoca uma inversão de valores, onde a ditadura vargas é muito mais benéfica aos trabalhadores do que o neoliberalismo da globalização de leis e costumes, com uma ditadura econômica invisível.

Num país torto, precisamos de leis idiotas para que ele funcione.

A esquerda no poder, mostrou políticos despreparados para governar e até para roubar, enquanto a direita é totalmente incompetente para fazer oposição. Se vivêssemos no primeiro mundo, poderíamos buscar outras opções além do bipartidarismo, mas isso é pedir demais para eternos emergentes.

O crescimento dos Brics poderá trazer de volta a nova idade média, com senhores poderosos em seus castelos e áreas privadas, enquanto os pobres são abandonados à própria sorte.

By Jânio

abril 22, 2011 Posted by | Resumos Semanais. | , , , , , | 9 Comentários

Ranking dos paises com mais internautas

paises com mais internet

paises com mais internautas

Segundo pesquisa da Comscore, o Brasil é o oitavo no ranking, quando o assunto é acesso à internet. Em 2.010 ultrapassou a Inglaterra, podendo em breve ultrapassar também a França, atualmente em sétimo lugar no ranking.

Analisando essa informação, devemos observar que o Brasil possui uma população muito maior, comparado a maioria dos países do primeiro mundo. Devemos lembrar, também, as novas formas de acesso a essa tecnologia.

Se o computador conseguiu agregar todas as mídias e dispositivos eletrônicos do mundo, graças a internet, juntaram-se a ele as empresas de comunicação em massa.

Hoje, a internet não depende exclusivamente do computador. Assim como possui canais personalizados, possui formas de comunicação em massa também.

O que difere a internet de outros meios de informação, é a independência, a liberdade. A velocidade com que surgem, e se desenvolvem, as novas ferramentas, é muito maior do que possa ser controlada, daí as revoluções.

Segundo a Comscore, o número de internautas brasileiros já ultrapassou a marca de quarenta milhões. Esse número só registra os internautas com mais de quinze anos, além disso, não foram computados lanhouses.

Todos nós sabemos que as lanhouses são grande promotoras dessa mídia, isso levará a um número muito maior de internautas brasileiros.

Os computadores nas escolas, também deverão despertar o interesse das pessoas para a importancia da internet.

O brasil é destaque no tempo conectado, além das redes sociais, que já despertaram a atenção das grandes redes mundiais, no Youture já ocupa a quinta colocação.

Segundo a Comscore, considerando-se todas as idades e formas de acesso, o brasil possui um número de mais de 70 milhóes de internautas. Esse número deverá aumentar, caso a qualidade de conexão melhore, assim como a infra-estrutura deverá aumentar a demanda.

Veja os números:

01 – China – 291,5 milhões

02 – Estados Unidos 180,9 milhões

03 – Japão – 73 milhões

04 – Alemanha – 49,3 milhões

05 – Rússia – 46,1 milhões

06 – França – 41,9 milhões

07 – Índia – 41,5 milhões

08 – Brasil – 40 milhões

09 – Reino Unido – 38,6 milhões

10 – Coreia do Sul – 30,2 milhões

Essa lista mostra algumas curiosidades:

A China tem um número de internautas bem inferior ao seu número de habitantes, mesmo assim ocupa o primeiro lugar.

Certamente, o governo Chinês não tem interesse em democratizar a informação no país, mesmo tendo uma grande indústria de eletrânicos.

Eu não imaginava que haviam tantos internautas no Japão.

O Brasil está abaixo da Índia, mas o caso da ìndia é bem pior que a China, além de grandes fábricas de computadores, sua população é bem maior também.

Toda a Bric está presente na lista, o problema é que todos eles apresentam problemas de infra-estrutura, há interesse em dificultar o acesso a informação.

Leia também o plágio/cópia

By Jânio

março 2, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , , | 23 Comentários

A incrível história do bebê de 29 anos

maria aldenete

Bebê de 29 anos

Uma mania que nós temos, banalizar dramas reais, crimes policiais e políticos,  poderia ser explicada pela maneira como isso é divulgado, sem público nem horário certo. 

Nem é um caso para a censura, bastaria que a empresa deixasse de pensar em dinheiro, separando o material e o público que pretende atingir.

Há casos reais, onde o drama das pessoas não deve ser visto como um produto a ser oferecido em horário nobre, mas em horários onde as pessoas certas possam refletir melhor. Na maioria desses casos, não deveria haver a necessidade de se oferecer esmolas a essas pessoas, mas exigir que o Estado cumpra com sua obrigação, nomeando a pessoa que deverá cuidar desse problema social.

Durante a minha infância, conheci muita gente deficiente, a maioria enfrentava o preconceitos. A maioria mora em regiões metropolitanas hoje, onde há mais associações direcionadas para esse povo.

No sertão do ceará, em Caucaia,  um caso que comoveu o Brasil inteiro, foi o caso de um bebê de 29 anos de idade que não cresceu. Não é um caso de altura, como outros que temos citados, mas um caso de envelhecimento, ou ausência desse.

Segundo informações da própria família, Maria Aldenete tem problemas na glândula endócrina, motivo pelo qual ela não envelheceu, permanecendo bebê.

O descaso teria sido das autoridades pública da saúde, já que a família não tinha condições financeiras para cuidar da menina. Se fosse tratada, quando ainda era bebê, o problema poderia ter sido resolvido.

Esse caso me lembrou de outro, o Ferrugem, mas no caso do Ferrugem, celebridade que estampava capas de livros de Matemática, o caso não aconteceu quando ele era bebê, como é o caso de Maria Aldenete.

Maria Aldenete virou manchete de jornais e telejornais, caso a família cobrasse cachê, seria suficiente para cobrir as despesas da menina pelo resto da vida.

Vivendo graças a doações, Maria Aldenete é criada pelo pai e pela madrasta. Com vinte nove anos, ela é um eterno bebê.

Na fase em que nasce, o bebê precisa de atenções especiais, quando o profissional da saúde toma as devidas precauções, nada de anormal deverá acontecer. O acompanhamento peso/altura é fundamental até os treze ou catorze anos, quando o corpo entra no estágio final de desenvolvimento.

Mesmo em cidades pequenas, poderia-se ter encaminhado o bebê para a capital, onde os hospitais Universitários teriam tratado gratuitamente. Nesses casos, um bom advogado também ajudaria bastante, mas os brasileiros não estão acostumados com justiça.

eterno menino

Distúrbio do crescimento

By Jânio

setembro 28, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , | 12 Comentários

Brasil sobe seis posições de acordo com o G20.

países importantes

países importantes

De certo modo. parece que as panelinhas de países ricos está com os dias contados, ou quase.

Devido ao avanço de informações, o que torna quase impossível maracutaias, como as que víamos no passado, há ainda vários índices a serem alcançados pelos países para que se consiga, de fato, atingir status específico em determinada categoria.

A mais importante categoria, avaliada recentemente, onde o Brasil se destacou bastante, foi relacionado a resistência a crise, onde além de ser o primeiro país a ser contemplado como grau de investimento, ainda teve o fato de o país ser o primeiro a sair oficialmente dos efeitos da crise.

O fato é bom, por um lado, onde fica claro a blindagem da economia, além de algumas características da economia brasileira, onde sempre esteve em dificuldades, devido a corrupção, e sempre estará em algum tipo de crise, por outro lado, a mão-de-obra barata, exploração do trabalho infantil, situações onde toda a família trabalha, sem nenhum tipo vantagem por isso.

O Brasil também está em relativa estabilidade, quando o assunto é o IDH, qualidade de vida.

De um modo geral, há muitos índices, como risco de investimento,  e outros, as maiores economias atraem países do mundo inteiro, com interesses estratégicos, para o presente ou futuro. Por causa desse interesse, desses vários índices, os diferentes perfis culturais, finalmente o mundo esta perdendo as fronteiras, se globalizando e obrigando os países a se ajustar aos novos tempos, sob o risco de ficar totalmente isolado do resto do mundo.

Recentemente, surgiram boatos de que o G8 está definitivamente terminado, o antigo G7 formado pelas maiores potências mais a Rússia, por interesses, influências de grandes corporações multinacionais, forçou as grandes potências a consolidar definitivamente o G20.

Nitidamente oportuna, a decisão foi além dos oito países, mais a BRIC, países em desenvolvimento que ha´muito vinham se firmando, inclusive em acordos comerciais e financeiros, contando com nomes renomados da economia mundial.

Para quem acha que há muita desigualdade no Brasil, é bom saber que o G20 abocanha praticamente 90 por cento de todas as riquezas do mundo, sobrando muito pouco para o resto do mundo. Para sobreviver, os países menores tem que se agrupar com pelo menos uma das vinte maiores potências, sob risco de ter seu território invadido por países que querem cobrir pequenos rombos de seus orçamentos, invadindo pequenos países.

Nessas invasões, as comunicações são cortadas, abandonam-se os Direitos Humanos, realizando todo tipo de experiência que seria impossível por vias convencionais.

Na última reunião do G20, o Brasil ficou na posição de número 34, enter as economias, mas por ser emergente, passou a integrar o grupo dos vinte, não por ser um dos vinte, mas por haver interesse para o futuro.

O bloco europeu também foi representado, assim, todos os membros do bloco do Euro teve um representante na reunião.

Por ser ligado a interesses, o Fórum Econômico ganhou uma versão antagônica, o Fórum Social, que mostra que nem só de dinheiro se faz o mundo, além de mostrar os perigos dessa globalização.

Entre os principais problemas, destacados pela análise do brasil, estão os impostos, como se a gente não soubesse, há um movimento do governo para formalizar os empreendedores informais, como eles estão no limite, foi necessário esquecer essa carga absurda de impostos. Evidentemente, o Governo está pensando no futuro.

Os altos impostos criam a corrupção, a sonegação, os crimes, e transformam o Brasil nessa panela de pressão que nós conhecemos, chegando ao ridículo da polícia correr dos bandidos.

A economia do Brasil tem se destacado tanto, que até um jornal português, da área de economia esta se instalando no Brasil, antes disso, a BBC era um trabalho muito conhecido por aqui, na área de jornalismo.

Essa tendência de informação, deverá aumentar, daqui para frende, ou seja, Sarney pode amordaçar a boca do Estado de São Paulo, mas fora do Brasil, as notícias correrão. Se bem que Sarney nunca foi muito bem visto lá fora, desde o calote da dívida em seu Governo.

Proibir O Estado de São Paulo de emitir sua opinião, mostra onde estão os problemas no Brasil.

Na internet, alguns serviços que são internacionais, não podem ser censurados, mas acontece de alguns blogs terem o ip bloqueados para determinadas regiões, amordaçando a boca do blogueiro. Fora isso, o Brasil continua crescendo.

Ao atingir a posição de número 34, o Brasil subiu 6 posições, em relação ao último fórum Econômico Mundial.

Artigos relacionados ao crescimento do Brasil.

https://icommercepage.wordpress.com/2009/09/26/ranking-dos-paises-com-mais-resistencia-a-crise/

https://icommercepage.wordpress.com/2009/10/08/o-idh-do-brasil-esta-crescendo/

Veja Os vinte países da lista do grupo G20.

África do Sul
Alemanha
Arábia Saudita
Argentina
Austrália
Brasil
Canadá
China
Coreia do Sul
Estados Unidos
França
Índia
Indonésia
Itália
Japão
México
Reino Unido
Rússia
Turquia
União Europeia

By Jânio

outubro 10, 2009 Posted by | Política | , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: