Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Psicopata da chacina no templo comete suicidio

neonazista

Psicopata no Templo

Wade Michael Page, autor do tiroteio em um templo sikh, em Wisconsin, EUA, que causou seis mortos e três feridos, no último domingo, suicidou-se com um tiro na cabeça.

Page foi o criador da Apaty End, uma banda de rock de ideologia racista que defendia a supremacia branca. Autoridades revistaram sua casa, onde encontraram revistas de armas e estão analisando ligações telefônicas, e-mails e um armazém alugado.

Fonte: RT-TV

Comentário: Essa chacina ocorreu poucos dias depois do massacre da pre-estreia de Batman, talvez por isso tenha chamado menos atenção. Além disso, as olimpíadas são o foco das mídias de massa agora.

Li muitas informações a respeito, sobre o fato do psicopata ser militar e ter atacado um templo de adeptos da tolerância, mas nada que justifique a carnificina, que tem se tornado frequente nos EUA. Para mim esse psicopata era neonazista, os antigos nazistas acreditavam que o suicídio indicava heroísmo.

Segundo uma pesquisa recente, a maioria dos americanos estariam com problemas mentais. Isso me deixou preocupado, afinal, se os americanos que tem uma vigilância sanitária rígida, estão assim, imaginem nós brasileiros.

Acontece que não é tão simples assim, as mega-corporações de lá, não dão a mínima para as leis.

Pelo menos esse psicopata não matou nenhum presidente, até porque, matar presidente da esquerda numa crise brava dessas, não traria muitas vantagens.

… E o pior é que essa doença já chegou aqui…

By Jânio

Chacina do cinema

Noruega – Psicopata extremista de direita

Atirador belga

Brasil – Psicopata de esquerda

agosto 10, 2012 Posted by | Internacional | , , , , , | 1 Comentário

As chacinas de Filhos da lua

traídos pelas crenças

Massacre dos albinos

Um caso curioso e interessante, para reflexão, está acontecendo na Tanzânia. Uma chacina, com elementos de crueldade, onde a religião, preconceito, discriminação e tradição se misturam.

Para variar, a política está no meio, com sua incompetência de sempre. A polícia ineficiente é suspeita de receber propinas para fazer vistas grossas, deixando as vítimas em pânico e isoladas.

As vítimas, nesse caso, são os filhos da lua, ou albinos, conhecidos assim por não poder viver bem de dia, devido a sua pele despigmentada.

Os albinos são pessoas que nascem com distúrbios no organismo, provocado pela falta de reações enzimáticas, responsáveis por dar cor a pele, olhos e pelos. Nâo são específicos do ser humano, as plantas e os animais possuem essa pequena distorção também; curiosamente, nas plantas, o albinismo parcial, provocando manchas, transformam essas mesmas plantas em plantas exóticas e raras, contrariamente ao que acontece com os seres humanos, onde a distorção se torna uma maldição.

Eu tenho dito que as palavras escritas, nem sempre exprimem o que falamos, muito menos o que pensamos, por isso é preciso pensar muito naquilo que vamos escrever e que será dito por outras pessoas. Até hoje, teorias, doutrinas, e ideologias tem sofrido o impacto das consequências, ou inconsequências, nesse processo, é assim que surgem as laranjas mecãnicas.

A questão da comunicação padronizada é polêmica, não se pode padronizar o pensamento, a fala e muito menos a escrita, também não se pode estipular uma comunicação social, quando cada ser é individual, surgindo desse conjunto o conceito de sociedade. Como poderiam evoluir, pessoas que pensam exatamente da mesma maneira? – A informação, por sua vez, deve ser de forma mais direta possível.

Alguns ursos são exibidos como raridade, portanto albinos, quando, na realidade, tem apenas os pelos brancos. Uma raça de gorilas raríssima, e que vive aproximadamente quarenta anos, realmente é albina, e é exibida nos zoológicos como atração.

Os seres humanos se escondem, vivendo na marginalidade. As estatísticas são falhas, o que se sabe é que a concentração de albinos, na Tanzânia, é muito maior do que o número verificado em outros países.

Segundo alguns dados levantados, o número de albinos não passavam de cerca de quatro mil, quando na realidade o número era muito maior, mais de cento e setenta mil, segundo estimativa da associação dos albinos da Tanzânia.

Há relatos comoventes, como o de uma família onde nasceu uma menina albina, para não sofrer discriminação, o pai e os filhos maiores abandonaram a família, permanecendo apenas a mãe junto a menina.

Pode parecer surpreendente, mas para quem conhece o drama de perto, sabe que a fuga é uma constância, nas vidas dessas pessoas e seus familiares. A culpa nesse caso é das tradições e costumes, onde acredita-se que partes dos albinos pode servir de preparo para poções mágicas, resultando em ataques, mortes ou mutilações, de pessoas portadoras do albinismo.

Os albinos são atacados e mutilados, sem cirurgias nem anestésicos, a golpes de machados. Há, nesse caso, o comércio de partes do corpo do albino, onde o receptador chega a pagar uma soma em dinheiro, pela dita “matéria prima” de suas poções milagrosas (diabólicas).

Os albinos que deveriam ser especiais, como de fato são, acabam pagando caro pela suas características particulares.

A boa notícia é que os albinos, conscientes de seu elevado número, criaram a primeira associação de portadores de albinismo, assim, com uma estimativa de portadores, com isso o governo se viu pressionado, tanto pelas pessoas, quanto pelos veículos de comunicação e pessoas do mundo todo.

Os albinos tem uma expectativa de vida menor que a média da população, além de não poderem se expor ao sol.

É preciso parar de ver o albinismo como uma doença ou como um problema, assumindo de vez que essa é sua condição de vida, vamos deixar eles viverem.

Hoje, já se encontram em melhor situação, devido as informações e educação que a sociedade vem tendo, mas o perigo continua.

Fontes: BBC e Wikipedia.

Texto: By Jânio.

abril 9, 2010 Posted by | Internacional | , , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: