Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

EUA estão preparando o Armagedon

terceira guerra mundial

Guerra Tecnológica

Os planos do pentágono para controlar o ciberespaço para neutralizar seus potenciais adversários pode causar um “tipo de Armagedon do futuro”, alerta a Kaspersky Lab, uma organização internacional com sede na Rússia, especializada e produtos de informática do setor de segurança.

O Pentágono anunciou investimentos milionários em um plano de operações que lhe possibilitem controlar o ciberespaço, em horas e lugares determinados, permitindo neutralizar o serviço, sistemas operativos e dispositivos de rede de seus adversários. O objetivo é compor um mapa interativo das deficiências nos sistemas de seus adversários e criar códigos que permitam destruir e debilitar os sistemas informáticos de seus inimigos.

Segundo Dmitri Bestuzhev isso poderia bagunçar todas as estruturas físicas de tecnologias mundiais que funcionam controlados pela informática. A única saída seria o controle do desenvolvimento de armas cibernéticas e de suas leis.

Fonte: RT-TV

Comentário: Ainda segundo a RT-TV, os Estados Unidos planejam uma ciberguerra com o objetivo de “degradar, atrapalhar, enganar”, pretendem ainda expandir ataques cibernéticos contra o Irã, apesar de já terem sidos descobertos.

Como eu já venho observando e comentando, o capitalismo não poderia ter um concorrente, simplesmente porque não haveria como manipular dois sistemas econômicos simultaneamente. Com isso, o capitalismo reinou absoluto até agora, com o seu fim, não teremos nenhuma alternativa para evitar o caos.

Ao contrário de países como o Brasil, países como EUA, Inglaterra e Alemanha, não tem tradição de servir a ninguém. Naturalmente que eles não pretentem passar fome, enquanto impérios como o Brasil continuam fechados só para suas pequenas máfias. Qual é a situação agora?

Ao Sul, a Inglaterra tem as suas bases nas Ilhas Malvinas, ao Norte, os EUA fingem controlar Cuba. Além dessas bases, os EUA ainda tem o controle da Colômbia e supostamente estaria controlando o Paraguai também.

Levando-se em conta que nossos políticos parecem um bando de p****, e que não hesitariam e vender o país, em troca de uma boa comissão, podemos imaginar o que nos espera.

A única região que poderia oferecer resistência, em caso de invasão, seria a Amazônia. Daí a importância de se controlar países como a Colômbia e a Venezuela.

A Venezuela já deixou bem claro que não vai ceder, a Argentina está se blindando e procurando independência, inclusive criando parcerias com a gigantesca economia chinesa. O Equador demonstrou a sua posição ao conceder asilo para Julian Assange.

A Bolívia é um país pequeno, mas mostra uma capacidade de resistência muito grande.

Eu não diria que o mundo mudou, apenas que estamos melhor informados, então, atacar os meios de comunicação é fundamental. Ora, apenas a internet oferece algum risco de mostrar a verdade, esse é um ponto chave a ser atacado.

No próximo capítulo sobre essa investigação, daremos sequência a este pensamento. O artigo será publicado no blog Buscando Mudanças.

By Jânio

A prisão do fundador do Megaupload

Espionagem na internet

Revolucionários da terceira guerra mundial

Prisão do hacker mais famoso do mundo

EUA querem controlar a internet

Julian Assange discursa na embaixada do Equador

O site que sabia demais

setembro 3, 2012 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , | 8 Comentários

2.011 – As bolsas perderam 6,7 trilhões de dólares

queda das bolsas

Crise Global

Desde a quebra do banco Lehman Brothers, em 2.008, nunca se viu o mercado financeiro tão pessimista. Apesar de ter sido a pior crise desde a depressão do início do século XX, ainda havia dinheiro suficiente para socorrer os bancos.

O problema é que a crise não terminou, como muitos previam, pior, voltou ainda mais forte.

Como os governos já não tem mais recursos financeiros para controlar o mercado – qualquer semelhança com o governo FHC, não é mera coincidência – os governos finalmente se vêem nas mãos dos bilderbergers, banqueiros e bilionários. Precisam oferecer seus títulos e seguir as regras do mercado capitalista.

Certamente, o Clube de Bilderberg deve ter uma saída para tudo isso, mas a quebra de todos os países da zona do euro será inevitável.

Dos PIGS, Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Spain, apenas a Grécia deu o calote, mas a Grécia já enfrentava problemas há muito tempo.

Dizem os políticos e profissionais da área econômica, que 2.011 foi um ano para ser esquecido mas, na realidade, estamos apenas no início e nada deve ser esquecido, aliás, se tivessem tomado as devidas providências, analisando o crescimento da China e estratégias dos BRICS, os problemas poderiam ter sido amenizados.

Vivemos numa eterna competição capitalista, onde o euro foi criado para fortalecer os países da Europa, frente ao dólar, o problema é que o dólar balançou e levou todo mundo com ele, inclusive o euro.

Os americanos se preocuparam tanto com o crescimento do Japão, que nem notaram o crescimento da China, aliás, ninguém esperava que um país tão miserável e tão atrasado politicamente, pudesse se tornar a segunda maior força econômica do mundo, mesmo com um IDH tão baixo.

O Brasil não perdeu tempo e os bilderbergers daqui criaram o seu próprio grupo, o G4.

Temendo o pior, o G8 convidou os emergentes do G4, BRICS, para se associar a eles, uma proposta irrecusável, conhecendo a força que os ricos tem. O problema é que, num mundo globalizado, quem mandam são os magnatas do dinheiro, o Club de Bilderberg, e, ironicamente, ficamos dependente de uma ditadura comunista para fazer contrapeso à força capitalista, onde a única certeza é a miséria.

Não se sabe se essa nova crise, iniciada em 2.008, será pior que a crise da década de trinta, mas uma certeza já temos, o mundo nunca mais será o mesmo.

Já temos os principais personagens, onde a Rússia cedeu sua vaga para a China. Agora, além de vender sua tecnologia para os chineses, pode voltar para a elite econômica ao lado da própria China.

O brasil tem uma posição privilegiada nesse novo cenário. Sempre soubemos que o Brasil era o país mais rico do mundo, em termos de auto-sustentabilidade e, agora, poderá ter os países mais ricos do mundo disputando nossa matéria prima e investindo em nosso país.

A china, sempre ela, sabe da importância do Brasil no cenário estratégico mundial, por isso, já ensaia criar suas próprias empresas aqui, ao invés de importar apenas a matéria-prima.

Acontece que vender a matéria-prima é fácil, vende-se para quem pagar mais, mas, quando o assunto é valor agregado, produtos acabados, industrializados, o processo muda um pouco, aí é que entra a logística chinesa. Para superar a China nesse quesito, só depois que um outro país conseguir vender produtos mais baratos que os chineses, ou construir um arranha-céu em apenas sete dias.

Em 2.011, as bolsas sofreram uma perda de 6,7 trilhões de dólares, uma tragédia que não poupou ninguém, nem os emergentes, mas as bolsas não refletem a economia real, não quando a economia é fechada ao capital especulativo, como no Brasil e na China.

Números das quedas nas bolsas:

Atenas 61,0

Wall Street 36,0

Milão 26,0

Índia 24,6

Xangai 22,0

Hong Kong 20,0

Paris 17,6

Tóquio 17,3

Frankfurt 15,0

Madri 13,7

By Jânio

O poder dos países emergentes

PIB dos países emergentes poderá ultrapassar os EUA

janeiro 6, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: