Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Poderia Carlinhos Cachoeira cometer suicídio?

valerioduto do mensalão

mensalão x cachoeira

Carlinhos Cachoeira perde o status de protegido de Márcio Thomaz Bastos e eu fiquei me perguntando o que levaria Bastos a defendê-lo – Seria por causa do dinheiro? Afinal, todo advogado trabalha por dinheiro, a não ser que seja muito amigo do cliente.

O problema é que o dinheiro da máfia está mais sujo que privada pública, cocô pelo menos serve para esterco, desde que seja bem tratado, naturalmente.

Esta questão já provocou muita polêmica, quando um advogado defendeu PC Farias. Segundo ele, “todos tem direito a defesa, perante a lei” – Ele estava certo, afinal, PC Farias havia comprado todos os políticos da época.

PC Farias morreu e agora uma guerra muito mais suja está para começar, será que alguém vai morrer?

Eu estou perguntando isso porque não é muito comum um advogado abandonar um cliente, a não ser que o ambiente esteja fedendo muito, a ponto de algumas pessoas não suportarem o mal cheiro.

Desde o início, ficou bem claro que havia uma guerra nos bastidores da política brasileira.

Eu não faço a menor ideia de como funciona o topo da pirâmide do poder. Vejam bem, se o governo tem controle sobre o STF, porque o mensalão continua atormentando o governo? Porque ministros do governo de FHC continuam firmes e fortes, controlando tudo?

Tanto é verdade que o mensalão está tirando o sono de muita gente, que toda a sujeira da direita tem sido utilizada para tirar os ânimos de tais políticos, mas eles ainda insistem em condenar os culpados da esquerda – desculpem-me o excesso de “Qs”, mas é por uma boa causa.

Vários nomes importantes da direita caíram nos últimos anos: o falecido senador Jefferson Perez e o ex-senador Arthur Virgílio, que teria elogiado o polêmico presidente do STF, depois dele libertar o banqueiro Dantas, são exemplos disso. A família Maia perdeu a importância, José Roberto Arruda foi preso e Demóstenes cassado.

Eu acho impressionante é que a direita não se importa muito com os escândalo e não desiste de querer derrubar o governo, bem diferente da época de PC Farias, quando o suicídio foi forjado.

A explicação para isso é simples, quem está no governo tem muito mais a perder, por isso é mais “sensato” ao fazer os ataques. A direita recebeu vários avisos para desistir do mensalão: Mensalinho, Privataria, cachoeira e vários outros escândalos, mas não desistiu.

Isso quer dizer que a guerra ficará muito mais dura, com a insistência da direita no mensalão. Márcio Thomaz Bastos já descobriu isso, depois que Antressa Mendonça chantageou o juiz Alderico Rocha Santos com um suposto dossiê sobre ele.

Andressa foi presa, mas lembrou o juiz que abandonou o processo , recentemente, depois de receber ameaças a sua família. Notem que estamos falando apenas de casos reais e não de supostos crimes ligados ao escândalo, como foi o assassinato do policial federal e suposto suicídio de um escrivão, ligados ao caso.

Em meio a essa lama toda, Márcio Thomaz Bastos foi coerente em abandonar tudo, antes que ele próprio, com décadas de experiência em política, fosse envolvido em toda essa trama.

Além dele, os outros advogados também desistiram do caso: Dora Cavalcante e Augusto Botelho.

Como Carlinhos Cachoeira está preso, assim como sua namorada, qualquer morte relacionada ao seu processo só demonstraria a força dessa organização. Ele não deverá cometer suicídio, isso porque para fazer isso teria de ser solto, suicídio espontâneo não é natural na política, apenas suicídios de morte matada, como foi o caso do PC.

Talvez a ideia de ouvir Cachoeira às vésperas do julgamento do mensalão, não tenha sido má ideia, afinal de contas, o ex-ministro da justiça também representa o ex-diretor do Banco Rural, envolvido no mensalão. Levando-se em conta que o governo tem mais força que a oposição, tanto na câmara quanto no senado, Marcio Thomáz Bastos não deverá abandonar o mensalão.

Eu fiquei pensando, se o caso PC Farias só foi resolvido agora e se o mensalão ainda vai demorar muito tempo, então é melhor deixar o Cachoeira preso mais uns vinte anos, até o processo esfriar.

By Jânio

Julgamento do mensalão

agosto 2, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , | Deixe um comentário

Explicação política para o comportamento de Carlinhos Cachoeira

submundo do crime

Pouca gente estranhou a (descom)postura de Carlinhos cachoeira, a nova celebridade mais cobiçada por dez entre dez vagabundas, ou vagabundos, de todo país, e isso acontece porque nós já sabemos como eles vão reagir quando presos.

Um político como Demóstenes torres tem o dom da palavra, como pudemos comprovar em seu depoimento, além disso, tem imunidade, ou seja, prender sua excelência seria inconstitucional. Se Cachoeira vai preso, terá sempre o privilégio de um advogado, de dentro do poder, como testemunha.

Se Demóstenes perde o apoio dos ex-companheiros de partido, será cassado e poderia ser preso, isso se ele não fosse útil nos submundos obscuros de Brasília.

Seu depoimento foi deprimente, parecia até que ele queria passar para os brasileiros a depressão que ele supostamente estaria sentindo: “Eu não consigo dormir, tomo remédios que não fazem efeito e estou fugindo dos amigos.”

Se a lei aplicada a Mayara Petruso fosse também aplicada a ele, o que dificilmente acontecerá, ele teria sua pena reduzida a prestação de serviços a comunidade e começaríamos tudo de novo.

… e o juíz diria: “O réu já está sofrendo o suficiente, perdeu todas as regalias que tinha, perdeu o melhor amigo, Cachoeira, que está preso e ainda tem de fugir dos amigos, que sabem que ele está com a bufunfa e querem dinheiro emprestado. Por isso, cidadãos desse circo chamado Brasil – Eu já disse que eu não sou palhaço! – a pena nem deverá ser aplicada. Demóstenes torres ficará na condicional e continuará vivo, desde que não dê com a língua nos dentes.

… Demóstenes torres deverá prestar serviços públicos a sua comunidade, assim como Palocci e tantos outros figurões que escaparam da cadeia e são mais (in)úteis do que antes, prestando consultoria.”

É só olhar para a história recente da política suja do Brasil, para saber o que acontecerá:

PC Farias foi preso, Fernando Collor foi cassado;

Lalau foi preso, Luis Estevan criou um time de futebol chamado brasiliense, para melhorar a imagem;

Cachoeira será preso, Demóstenes Torres será cassado.

A OAB está defendendo Márcio Tomáz Bastos, advogado de Cachoeira, que estaria sendo injuriado por algo que eu nem quero saber.

Bastos deve ter o mesmo discurso do advogado de PC Farias: “Todos devem ter direito a um advogado para defender seus direitos e fazer valer a justiça, independente de serem culpados ou não.”

Conhecendo a brilhante carreira do excelentíssimo senhor Márcio Tomás Bastos, devemos concordar com sua postura em defender Cachoeira.

Não, meus amigos, Carlinhos Cachoeira não terá direito apenas a um advogado, terá direito ao melhor advogado que esse país poderia oferecer-lhe.

Vá fazer justiça assim lá no inferno…

By Jânio

Demóstenes Torres é flagrado pela polícia Federal

maio 30, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Carlinhos Cachoeira – O culpado útil

imprensa inútil

Eu nem ia falar do escândalo do Carlinhos Cachoeira, essa ideia de participar do joguinho bipartidário me causa náuseas, parece a briga do Edir Macedo contra o Santiago, Globo contra Record, etc.

Isso está acontecendo por pura falta de organização do crime desorganizado no Brasil.

Notem a quantidade de escândalos que ocorrem, envolvendo muitas autoridades, políticas ou não. O curioso é que, apesar da quantidade de pessoas envolvidas, sempre tem um novo grupo para o próximo escândalo.

No caso do escândalo de Demóstenes Torres, tudo parecia ser apenas um presente de um mafioso para um líder político que não considera os jogos ilegais uma contravenção. A força do governo e seus aliados conseguiu investigar mais a fundo e descobriu um mundo de chantagens que reinava nos submundos do poder.

Não foi surpresa para ninguém, o envolvimento da mídia de massa, Veja, no escândalo. A surpresa foi a forma como a revista obtinha suas informações.

É interessante destacar que eu sempre fui a favor de qualquer denúncia, como forma de se chegar a verdade, mas o envolvimento com o crime organizado sempre traz consequências e a revista Veja foi além disso. Sua maneira parcial de divulgação levou a crer que a revista atende a interesses de um grupo, ou seja, não está apenas recebendo denúncias anônimas, está fazendo um acordo com criminosos.

Sempre que falamos de política, sempre destacamos os perigos das informações oportunistas das mídias de massa. A mídia de massa age de acordo com um grupo muito poderoso que decide qual a verdade que deve ser divulgada.

A investigação da relação entre o bicheiro e o líder Demóstenes torres mostrou de onde vinham as informações da revista. Arapongas, ex-agentes da ABIN, Agência Brasileira de Inteligência, faziam os grampos que resultavam em informações ou desinformações públicas.

O processo chegou ao goveno Agnelo Queirós, PT, o que animou aos ex-companheiros de partidos de Demóstenes Torres, já que o PT tem dificuldades para abandonar o “osso”, por isso tem mais a perder. Demóstenes já está afastado do partido e, supostamente, o escândalo não afetaria mais o partido DEM.

Os crimes são sempre os mesmos: cobrança de propinas, empresas criminosas que trabalham para o governo, caixa 2, 3, 4, etc.

O escândalo de Carlinhos cachoeira começa a revelar uma série de farsas, criadas pela oposição, divulgadas pela revista, para derrubar o governo.

Todos nós sabemos que fofocas como financiamento de campanha com dinheiro de Cuba, Farc, etc., ocorrem muito na política, mas a sua divulgação de maneira parcial, favorecendo um determinado grupo, isso é golpe e é considerado um crime grave, mesmo num país pobre como o Brasil.

As mesmas pessoas que acusavam Hugo Chaves de dar um golpe, fechando as TVs e outros veículos de comunicação que conspiravam contra seu governo, faziam a mesma coisa por aqui. Fico surpreso de ainda haver democracia e internet no país.

Agora, o que temos: De um lado, o crime atrapalhado do governo, com Renan Calheiros, Sarney, STF (jogando dos dois lados) e do outro, um grupo que sabe muito bem o que faz, inclusive afastar criminosos pegos em flagrante, como Arruda e o próprio Demóstenes, censurar a internet, etc.

Durval Barbosa, PC Farias e Carlinhos Cachoeira, foram elementos importantes da direita política, enquanto Marcos Valério reinou absoluto no mensalão da esquerda. O que esses escândalos tem em comum? Nenhum bandido fica muito tempo na cadeia, isso porque os seus mandantes políticos não foram presos, se fossem, todos os empresários e banqueiros do Brasil estariam em maus lençóis.

By Jânio

abril 13, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: