Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Youtube será pago

videosPagos

Canais Pagos

A possibilidade de o Youtube não ser mais totalmente gratuito, está cada dia mais próximo, já que o site de vídeos da Google pretende oferecer assinaturas pagas para uma parte de seu conteúdo este ano.

Segundo o portal de referência, quando o assunto é marketing online, que cita fontes anônimas, o Youtube já contactou produtores de vídeo e pediu-lhes para apresentar propostas de canais pagos, os quais estariam disponíveis a partir do segundo trimestre do ano e teriam um valor que oscilaria entre 1 e 5 dólares mensais.

Assim, a plataforma levaria para a prática o projeto de acrescentar programas de qualidade profissional para seu arquivo de vídeos, que foi criado e tornou-se popular através de vídeos amadores, o que representa uma mudança em seu modelo de negócios, ao buscar empresas de mídia para conceder licenças para colocar seus programas e filmes na rede.

Além disso, o pagamento seria planejado para acesso ao entretenimento ao vivo, uma fórmula que provou ser eficaz desde que a banda de rock “U2” ofereceu um show ao vivo, pelo Youtube, em outubro de 2.009.

Como indica “AdAge”, a Google faz crer que os rumores poderiam ser verdade, por meio de um comunicado indicando que eles permaneceram mantendo conteúdos diferenciados que requerem diferentes tipos de pagamentos, sempre com o objetivo de que “os criadores tenham sucesso com a plataforma”.

Anteriormente, os diretores do principal buscador de vídeos indicaram que existia uma forte demanda entre certos produtores de vídeos do Youtube, como redes de videojogos, para oferecer programas com base em uma tarifa.

Fonte: RT-TV

Facebook cobrará 100 dólares

fevereiro 10, 2013 Posted by | internet | , , , , , | 2 Comentários

Youtube investe 100 milhões na criação de TVs

TV digital

Netflux x Youtube

A Google tem planos ambiciosos para a tv digital, enquanto as redes de tvs brasileiras boicotam o processo de evolução e estruturação da comunicação digital no país, o desenvolvimento não para no resto do mundo.

Segundo o site da RT, estão incluídos no projeto da Google, pelo menos vinte canais de tvs, e a Google não é a única interessada nessa tecnologia.

A Tecnologia Ultra High Definition (UHD) já tem grande patrocinadores, além da Google na internet, a NHK e a BBC na TV, e até a Sony no cinema. A tecnologia 4k ainda está em desenvolvimento e a tecnologia 8k já entrou na lista dos desenvolvedores.

Duas empresas interessaram pela compressão dos arquivos, mais que isso, uniram-se – Enquanto no Brasil há boicotes para travar a tecnologia UHD, lá fora ocorre um processo inverso.

Serão de cinco a dez horas de programação, e a Google espera, com isso, tornar o Youtube muito mais profissional.

Como já dissemos antes, a Google já vem realizando experiências nessa área, com shows ao vivo.

A internet torna-se o ambiente ideal para tecnologias caríssimas, e é bom saber que a Google está envolvida nisso, já que a Google é a empresa especializada em serviços gratuitos.

Os executivos não quiseram se pronunciar, mas uma declaração do site foi divulgada no Wall Street Journal, revelando o entusiasmo do Grupo Google com o grande crescimento do site em 2.010, o que os motivou a melhorar o portal.

Os investimentos nos vinte canais digitais estão estipulados em cerca de 100 milhões de dólares, mais isso não é nada comparado com os mais de quinhentos milhões de faturamento do site em 2.010. A previsão de faturamento do site para esse ano, é de mais de 800 milhões de dólares, o que tornará o processo de evolução do site ainda mais acelerado.

Se a televisão mundial já vinha perdendo cerca de 50% de sua audiência para a internet, é melhor se preparar para a nova revolução.

A tecnologia 4k e 8k, podem tornar a google pioneira em TVs UHD, isso fará com que a audiência da internet se torne ainda maior, e de graça.

Tvs como a NHK e BBC, não tem estrutura para atingir todos os países, apenas o cinema poderia entrar de imediato nessa “concorrência”, já que é pago.

Eu acredito que o cinema (Sony), ainda não será o maior destaque, o destaque deverá ficar mesmo com a Google.

A Google sempre se manteve à distância do segmento de criação de conteúdo, mas o interesse de possíveis concorrentes, como a Netflix, Hulu e a incoporação da Amazon, foram os fatores que levaram a empresa a tomar a decisão definitiva.

Fonte: RT

Texto: By Jânio

abril 10, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: