Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Criando divulgação gratis com selos, memes e troca de links.

campanhas online

campanhas online

Não há como falar de indexação sem falar de Ted Nelson, o criador do hipertexto, inspirador da internet, criada mais tarde por Tim Berners-Lee.

Tim tinha uma admiração tão grande por Ted que, ao criar a internet, incluiu o nome hipertexto na nova ferramenta, a internet, fundamentada principalmente no html, hiper text markup language.

Segundo os conceitos originais de Ted, o hipertexto possuiria palavras destacadas, ou links, que levariam para outro texto, de maneira aleatória, como são usados, hoje em dia, pela Wikipedia, por exemplo.

A partir daí, concluímos, logicamente, que antes mesmo da internet surgir, já usávamos o hipertexto, através de cd roons, programas de computador, bibliotecas digitais, etc.

Muito bem, então sabemos que o link serve para nos enviar para um assunto  que tem tudo a ver com o texto que se está lendo. Aqui fico imaginando se o meu querido wordpress não poderia criar um complemento,  de instalação automática, para que as palavras fossem destacadas e fossem diretamente para o Wikipedia.

Quando duas pessoas trocam links, há um link que vai para aquele site parceiro, e outro que vem de volta para o site de origem. Isso não está de todo errado, desde que obedeçam a pelo menos uma de duas situações:

1 – O assunto é relevante, tem tudo a ver com o assunto que está sendo tratado no site parceiro, ou seja, os dois sites tratam do mesmo tema.

2 – Apesar de não tratarem do mesmo tema, o conteúdo é de qualidade inquestionável, o que evitará a rejeição do internauta que está visitando.

A rejeição, pelo que eu pude entender até agora, acontece quando a pessoa, visitando o site pelo link indicado, clica o botão voltar do navegador, caracterizando a rejeição ou saídas.

O buscador da Google registra isso, através de cookies,  o tempo no site, a rejeição, etc. Independente disso, atrapalha a organização de conteúdo da internet.

Os selos são uma forma elegante de homenagear nossos sites/amigos, o selo é enviado para dez pessoas, que passam para outras dez pessoas, criando um meme. Esse assunto já foi tratado, aqui, no madeinblog/icommercepage.

Você pode enviar o selo para quantas pessoas você quiser, mas, por cautela, os blogueiros enviam, geralmente, para dez, para evitar uma possível retaliação por parte dos buscadores.

Resumindo, de homenagens, selos e memes, fora as outras formas, típicas de web 2.0, que serão tratadas oportunamente, são feitas uma bela divulgação, de maneira sensata e ética,  recebendo ou enviando tráfego para sites amigos.

Lembrando sempre que comentar em blogs, além de criar links, podemos criar uma boa imagem, o que valoriza bastante nosso site, não é mesmo?

As redes sociais são um caso a parte, que a gente nunca se cansa de falar.

Apesar de algumas redes apresentarem uma qualidade muito acima da média, nem sempre somos agraciados com resultados satisfatórios, assim é preciso visitar várias até encontrar a rede social ideal.

As redes sociais são ótimas para se criar links de maneira ética, sem ficar mendigando um link, o que é, além de anti-ético, fora de moda, com tantas formas de indexações em época de Web 2.0.

Leia mais

https://icommercepage.wordpress.com/2009/06/29/selos-a-corrente-do-bem/

by Jânio.

agosto 30, 2009 Posted by | divulgação gratis | , , , , , , , , | 15 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: