Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Não fuja da briga

Blogueiros brigões

Discussões e aprendizado

Boas brigas costumam render ótimos virais, muitas visitas também. Eu tive duas brigas inesquecíveis na internet, a maior delas foi numa discussão sobre a Google, eu não sei como a briga terminou mas eu nem esperei para ver o final.

Eu nunca tinha visto os blogueiros profissionais em ação, nem sabia da influência deles. Eu sabia que eles deviam tem alguma influência, mas nem imaginava que chegasse a tanto.

Eu ainda fiz algumas participações polêmicas em alguns fóruns de discussões, minha segunda ferramenta favorita, depois do blog, naturalmente.

A briga que mais chamou a minha atenção, e de muitas outras pessoas, foi responsável por fazer o Brasil inteiro falar espanhol durante vinte e quatro horas. Isso me fez pensar que a “invasão” no programa “Altas horas”, via Twitter, fora apenas uma brincadeira de criança.

Na internet também tem muito puxa-saco, só isso explica como pode ser muito perigoso criticar pessoas famosas como Bill Gates, aliás, cheguei até a me questionar o porquê de meu blog não aparecer no buscador da Microssoft. Depois eu descobri que o Yahoo também não rastreava wordpress. Como eu sou amigo da equipe do Yahoo na Twitter, isso me deixou mais tranquilo.

A maioria das brigas a partir de posts do MadeInBlog/Icommercepage, são planejadas, as discussões são naturais.

Discussões sérias são muito importante para estabelecer limites, podem trazer muitos ensinamentos também, mas há discussões que não levam a nada.

Eu nunca entendi a atitude de internautas que brigam como anônimos, brigar anonimamente não leva a nada. Falar palavrões, além de politicamente incorreto, é uma grande estupidez.

Uma das regras básicas da internet, e que faz parte da netiqueta, é utilizar argumentos no lugar dos palavrões.

Há riscos, é claro, não é nada fácil moderar uma discussão polêmica, principalmente quando todos os participantes são contrários aos nossos argumentos.

Verdades inconvenientes são insuportáveis até a terceira vez, depois passam a fazer parte do convívio saudável, desde que seja educado.

Uma coisa que eu nunca vou suportar, é a parcialidade. Esses são os piores tipos de argumentos, normalmente são covardes e agem em grupos.

A moderação sempre será a maior qualidade de um bom blogueiro, mesmo de um blogueiro de pavio curto como eu.

By Jânio

novembro 22, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , | 2 Comentários

Olhar digital afirma que Wikipedia não é confiável

wikipedia contra Olhar Digital

Fonte by Wikipedia

O “Olhar Digital” está entre os maiores sites de tecnologia do Brasil, fiquei chocado com o que foi dito por eles:

“A Wikipedia não é uma boa fonte de referência, pelo fato de todos poderem alterar seus textos livremente, seus textos deixam de ser confiáveis para pesquisas.”

O texto não é exatamente esse, mas dá para se ter uma ideia do processo de elitização da verdade, onde as pessoas não devem acreditar no compartilhamento de informações, não devem acreditar em debates, julgamentos, porque a verdade é o que a elite prega.

A minha pergunta é: “Quem disse que o que está sendo dito nos livros é o certo? – quem disse que as enciclopédias comerciais tem mais conhecimento de causa que os usuários das wikis?” Será que quem disse isso já usou a Wikipedia? – acredito que não.

Pelas idéias que eles passam, não devemos mais sair as ruas, nem acreditar nas pessoas. Se alguém disser que está pegando fogo em seu prédio, ou casa, não se preocupe, continue sentado. O que está sendo dito não tem um aval da elite da sociedade, e depois, você nem conhece esse sujeito.

Eu me lembro da frase de uma antiga professora: “Eu não venho trazer a vocês a verdade, apenas tornarei possível sua caminhada para o mais próximo dela. Quando não for possível levá-los mais adiante, outra pessoa assumirá essa missão, continuando sua jornada.”

A história de que a Wikipedia não deve ser vista como referência, é dita no momento em que a Wikipédia se torna a maior fonte de conteúdo da internet, apesar da sua incompatibilidade com a equipe da Google, forma, em conjunto com esta, uma organização quase perfeita de informações. Sem a Wikipedia, a procura por informações seria muito mais complexa.

A declaração entra em contradição quando afirma que os textos da pesquisa não devem ser copiados, ora, se o texto não deve ser copiado, então a Wikipédia não deverá ser fonte exclusiva da pesquisa, mas um complemento dessa.

O que seria de nossas mentes se tomássemos como certa, sem questionar, toda e qualquer informação a que temos acesso.

OBS : Essa declaração foi dada, juntamente, com a dica de que o sistema operacional Windows deve ser sempre atualizado, sob risco de falta de segurança.

Que feio Olhar Digital!

By Jânio

maio 5, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: