Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A cápsula salva-vidas contra tsunamis

salvando vidas

Cápsula da Sobrevivência

Um fato que me chamou a atenção, durante a tragédia do Japão, foi: Por que carros tão modernos ou engenharia sofisticada, foram tão inúteis diante de uma tragédia anunciada?

Nós sabemos dos esforços japoneses e os cuidados em desenvolver projetos que suportem terremotos ou tsunamis, mas as pessoas pareciam totalmente indefesas.

Engenheiros da Boeing desenvolveram uma cápsula que ajuda a sobreviver em situações de tsunami, protegendo até seis pessoas, e o melhor é o preço, apenas 1.000 dólares.

Segundo Scott Hill, a ideia surgiu depois dos alertas de tsunami em Oregon, mas foi só após as tragédias do Japão que a empresa decidiu que estava na hora de desenvolver o projeto.

A cápsula feita a base de alumínio, um balão que possui uma armação capaz de proteger as pessoas em seu interior. Possui cerca de dois metros e dez centímetros, e pode proteger contra choques de carros, escombros, etc, também suportaria até duas horas.

Essa “bolha” seria composta de duas esfera, externa e interna, onde a interna giraria independentemente da externa, possibilitando que as pessoas permanecessem sempre em posição vertical, em pé.

No caso dos choques, os engenheiros acreditam que seriam amenizados, já que nenhuma batida seria direta, a cápsula é arredondada.

As cápsulas deverão atender a demanda de populações costeiras, em áreas de risco.

As pessoas deverão manter essa cápsula em um pátio para, em caso de alerta, evitar o congestionamento provocado por fugas desorganizadas.

Fonte: RT-TV

Texto: By Jânio

julho 17, 2011 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 15 Comentários

Imobiliárias americanas já iniciam investimentos no Brasil.

Bolha brasileira

Imobiliárias no Brasil

Durante muito tempo, o processo de globalização andou de vento em poupa, a ideia era eliminar a taxação de capitais, para que os ricos transferissem sua riquezas para os poises ricos, atualmente, tem havido um movimento para evitar a debandada de capitais dos países desenvolvidos para os países emergentes.

Os países emergentes, de esquerda, tem aceitado essas idéias anti-globalização sem saber que estão sendo enganados. O que está acontecendo é que os países desenvolvidos sentiram, na pele, o que os países pobres sentem há muito tempo, debandada de capital para fora de seus respectivos países.

Três das maiores imobiliárias dos Estados Unidos já mudaram de vez o foco de sua gestão, vendo o Brasil como o lugar certo para expandir suas franquias.

Como todos nós sabemos, o centro da crise mundial, que teve seu limite verificado no ano de 2.009, foram os Estados Unidos. Dentro dos EUA, o segmento que deu origem à toda a catástrofe financeira, foi o setor imobiliário e é esse o motivo da debandada das grandes imobiliárias para o Brasil.

No Brasil, essas imobiliárias encontrarão o crédito que precisam para aquecer o mercado, criando uma versão da especulação, ou bolha, americana, aqui no Brasil. A política brasileira tem investido pesado no setor imobiliário, essa é a forma mais fácil de se fazer política pública no Brasil.

Uma franquia das maiores imobiliárias do mundo, Made in USA, gira em torno de oitenta mil reais e a mais conhecida, no Brasil, mesmo antes de iniciar suas atividades, era a Century 21.

Com isso, todo o tão sonhado processo de globalização, causador de tanto desemprego em todo o mundo, sofrerá um duro golpe. O cérebro do capitalismo já tem levantado a ideia de que os capitais não devem ter um giro tão rápido, o que prejudica a economia dos países; FHC deve concordar com ele, mas pelo menos o Chico Lopes ficou rico.

Na realidade. os países ricos estão protegendo suas economias, que durante o século vinte levou muitos países à falência e ao caos, graças às suas especulações imobiliárias.

Pode ser que suas idéias de diminuir o fluxo de capital para o exterior não os ajude a sair da crise, mas, com certeza, trará mais estabilidade para o mundo, mesmo mantendo os países mais ricos, mais ricos por algum tempo, e os países pobres, mais pobres por mais tempo.

Até que eles resolvam mudar as regras do jogo novamente, o que se sabe é que na metade do mundo, principalmente os emergentes, eles perderam para a esquerda, uma grande derrota para uma ideologia capitalista que reinou absoluta durante séculos, primeiro nas mãos da Inglaterra, e no século vinte, sob o controle dos EUA.

“We are the world, we are the children; we are the ones who make a brighter day

So let’s start giving”

By Jânio

abril 4, 2010 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , | 12 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: