Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Não fuja da briga

Blogueiros brigões

Discussões e aprendizado

Boas brigas costumam render ótimos virais, muitas visitas também. Eu tive duas brigas inesquecíveis na internet, a maior delas foi numa discussão sobre a Google, eu não sei como a briga terminou mas eu nem esperei para ver o final.

Eu nunca tinha visto os blogueiros profissionais em ação, nem sabia da influência deles. Eu sabia que eles deviam tem alguma influência, mas nem imaginava que chegasse a tanto.

Eu ainda fiz algumas participações polêmicas em alguns fóruns de discussões, minha segunda ferramenta favorita, depois do blog, naturalmente.

A briga que mais chamou a minha atenção, e de muitas outras pessoas, foi responsável por fazer o Brasil inteiro falar espanhol durante vinte e quatro horas. Isso me fez pensar que a “invasão” no programa “Altas horas”, via Twitter, fora apenas uma brincadeira de criança.

Na internet também tem muito puxa-saco, só isso explica como pode ser muito perigoso criticar pessoas famosas como Bill Gates, aliás, cheguei até a me questionar o porquê de meu blog não aparecer no buscador da Microssoft. Depois eu descobri que o Yahoo também não rastreava wordpress. Como eu sou amigo da equipe do Yahoo na Twitter, isso me deixou mais tranquilo.

A maioria das brigas a partir de posts do MadeInBlog/Icommercepage, são planejadas, as discussões são naturais.

Discussões sérias são muito importante para estabelecer limites, podem trazer muitos ensinamentos também, mas há discussões que não levam a nada.

Eu nunca entendi a atitude de internautas que brigam como anônimos, brigar anonimamente não leva a nada. Falar palavrões, além de politicamente incorreto, é uma grande estupidez.

Uma das regras básicas da internet, e que faz parte da netiqueta, é utilizar argumentos no lugar dos palavrões.

Há riscos, é claro, não é nada fácil moderar uma discussão polêmica, principalmente quando todos os participantes são contrários aos nossos argumentos.

Verdades inconvenientes são insuportáveis até a terceira vez, depois passam a fazer parte do convívio saudável, desde que seja educado.

Uma coisa que eu nunca vou suportar, é a parcialidade. Esses são os piores tipos de argumentos, normalmente são covardes e agem em grupos.

A moderação sempre será a maior qualidade de um bom blogueiro, mesmo de um blogueiro de pavio curto como eu.

By Jânio

novembro 22, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , | 2 Comentários

Google + atinge o objetivo da Facebook

Rede Social para blogueiros

Google +

Hoje foi a minha primeira experiência na Google+, sinceramente, gostei. A Google+ conseguiu acertar no ponto onde suas duas maiores concorrentes queriam.

A Twitter sempre pecou pelo excesso, interagir com internautas do mundo inteiro em um único canal, provocando uma sobrecarga do sistema.

Tanto a Facebook, com a sua Facebook lite, quanto a Twitter, com a sua plataforma de microblog, tinham objetivos de conseguir os usuários uma da outra, já que a Orkut parecia ultrapassada.

A Facebook acabou se tornando uma rede de campanhas publicitárias, além disso, as ferramentas e o uso que fazem dessa rede ocupam muito tempo.

Não há dúvidas que a Google Mais deixa a desejar quanto ao seu design, se comparada com a Facebook, mas a sua velocidade e o seu objetivo compensam isso.

Eu ainda nem tive tempo de fazer amigos na Google +, mas já descobri algumas utilidades que me fazem pensar que a Google mais foi criada para blogueiros e pessoas que gostam de compartilhar informações.

Até agora eu tinha dificuldade para gerenciar os botões Google +1, acontece que a publicação de posts na Google + são tão simples e rápidos que até para publicar posts de terceiros ficou mais fácil.

Através da Google + é possível acompanhar as indicações de nossos post, e a interatividade com o buscador Google fica muito mais fácil. É possível até salvar nossas próprias buscas.

Para publicar na Google +, basta copiar a url do post e colar, navegar pela rede é muito rápido.

Quem sabe se agora eu não começo a usar uma rede de maneira decente?

By Jânio

outubro 17, 2011 Posted by | Google + | , , , , , , | 9 Comentários

A farsa da falsa Democracia

fonte da força

Excesso de Poder

O segundo turno das eleições no Brasil não apresentou nenhuma surpresa, de um lado o representante  da classe operária, supostamente identificado com os pobres, de outro, um candidato com passado socialista, mas com dificuldade em conquistar as camadas mais pobres da população.

As mídias de massa, mais do que nunca, tentam manter as aparências de neutralidade, mas a internet, através dos blogueiros, responsáveis por cerca de cinquenta por cento dos leitores do país, denuncia o que acontece por trás das cortinas das eleições 2.010. O que acontece, o que não acontece, o que acontece mas que a mídia faz parecer que não aconteceu.

Não espere temas polêmicos como aborto, movimento sem terra, pena de morte, comunismo, socialismo, democracia, direitos humanos, idh,  etc. Ambos os candidatos sabem que não precisam chegar a esses temas, desenvolveram uma técnica de fugir do assunto que – Se fosse crime fugir do assunto, seriam presos em flagrante,  durante o debate.

No primeiro turno já havia uma guerra não declarada, entre os formadores de opinião dos dois candidatos, mas foi no segundo turno que essa briga se acirrou.

No segundo turno, ficou difícil poder se manifestar sem mostrar o seu lado. Se de um lado, os eleitores de um determinado partido estão mais moderados, para não se identificar, do outro, seus eleitores iniciaram uma grande campanha, seguindo a estratégia de seu candidato.

Um detalhe interessante nessas eleições, é o papel dos candidatos, líderes que expressam através de suas ações, suas estratégias de campanha, levando com eles uma legião de eleitores a se manifestarem de acordo com o discurso estipulado.

As pessoas que realmente queriam mudanças, a essas alturas, já não estão na disputa, então o panorama fica muito mais claro.

Eleitores atacam seu adversário, apesar de não apresentarem claramente suas propostas. Os eleitores não sabem exatamente o que querem, mas sabem muito bem o que não querem.

Dilma e Serra são dois lados de uma mesma moeda,  de um mesmo sistema, o sistema bipartidário – O que ganharemos com isso? –  nada – também é verdade que temos pouco a perder.

Para satisfazer a elite, onde o topo da sociedade é a própria classe política, o IDH é constantemente comprometido, assim, o sistema tributário cobra uma alta taxa de impostos, oferece formas para que os grandes empresários utilizem o sistema à sua maneira, custeados por leis favoráveis a eles, onde até o Banco Central tem sua participação.

Enquanto as empresas estruturam mecanismos e fortalecem um sistema adequado aos seus propósitos, os políticos corruptos são convidados a participar desse processo. Político corrupto é mais “útil” ao sistema, fora que dentro da prisão – Bem diferente de um traficante, vocês não acham?

Quando os democratas dizem que o poder emana do povo, eles podem ser tão cínicos quanto os comunistas que eles tanto temem. Os comunistas, aqueles que supostamente deixariam o pais nas mãos do povo, usam as forças armadas para manter a “ordem”.

No Brasil, as forças armadas supostamente temem o comunismo, mas são as forças armadas que sustentam o comunismo na China. O comunismo da China só é usado para manter o poder, porque o sistema é capitalista – Entendeu? – eu também não.

As mudanças no pais não são feitas por pessoas honestas, são feitas pelos próprios membros insatisfeitos desse sistema decadente.

Durante a nossa história política, são raros os casos de líderes políticos que se destacam, ao invés disso, nomes de famosos ligados ao crime organizado, vão escrevendo nossa história, inspirados pelo mestre da sujeira e do nojo, Marquês de Sade.

A eleição obrigatória nos obriga a sair de casa, muitas vezes sob chuva, para votar em candidatos que sequer acompanhamos, pelo menos no primeiro turno.

No segundo turno, em meio a fezes e outros dejetos trazidos pela internet, vamos enfim, como o Marquês de Sade, visualisando o melhor que podemos encontrar no sistema bipartidário – a sujeira – é através dela que escreveremos a história de nosso pais.

Você pode votar em branco se quiser, mas não seja tão pretensioso, se você pensa que pode escapar desse circo, andar fora da lama e se esquivar desse lixo, está muito enganado. Votando em branco não estará fora desse circo, ninguém pode fugir desse espetáculo.

Dizem que a Democracia é o poder que emana do povo, isso é uma grande mentira –   “A Democracia é o poder que emana das minorias organizadas e legitimamente constituídas”. Não pode haver Democracia enquanto as mídias de massa controlarem o poder, também não pode haver Democracia com instituições de grande porte, com muitas pessoas, controlando o poder, isso geraria manipulação.

Regiões onde as associações de moradores e instituições de pequeno porte atuam, tendem a se desenvolverem mais aceleradamente que outras localidades.

Cuba é formado por uma organização política, liderada por Fidel Castro, mas não é legitimamente constituída; Getúlio Vargas criou uma organização, um sistema a sua maneira, mas seu sistema nunca foi legitimado pelo povo.

Os grandes controladores de nosso sistema não tem interesse na proliferação de pequenas instituições sociais organizadas, isso porque todas as grandes instituições de nosso país são movidas a interesses, interesses da elite.

Não temos nenhum interesse em ensinar a pescar, nosso interesse é monopolizar a tecnologia, o conhecimento, a informação. Preferimos dar o peixe, mantendo o nosso “gado” no curral.

“Welcome to Brazil”.

By Jânio

outubro 16, 2010 Posted by | Política | , , , , , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

Sites de conteúdo e tecnologia

sites de conhecimento

Links com Conteúdo

A tecnologia e a educação pode proporcionar parcerias muito boas, com muito conhecimento e informação.

http://naidjaprojetos.blogspot.com/

A rede meebo já é muito famosa na internet, apesar de eu nunca a ter usado, mas tenho recebido visitas de lá, deve ser realmente muito forte

http://www.meebo.com/

A onda do microblogger pegou com o sucesso da Twitter, o Rapidchat apresenta sua proposta nesse segmento.

http://rapichat.com/pg/friends/rapichat/

Os temas do Madeinblog tem sido muito discutidos pelas universidades do Brasil: Brasília, Paraíba e especialmente no Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro tivemos oportunidade te ter contato com muita gente boa, tanto na estadual quanto na federal, esse blog é da galera de lá.

http://lupaufrj.wordpress.com/2010/08/31/tryvertising/

Os professores podem ser um dos grandes promotores da blogosfera, já que sua atividade cultural fica bem acima da média.

http://bloggerecriacao.blogspot.com/2010/09/como-surgiu-o-primeiro-blogger-e-quem.html

By Jânio

outubro 2, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , | 6 Comentários

Por que evitar a ferramenta Open Id

comunidades fechadas

Moderação às avessas

O título desse artigo bem que poderia se “Eu odeio o Open Id”, mas não podemos chegar a esse extremo, sob risco de criarmos um novo conflito.

Já faz algum tempo que eu estou evitando esse assunto, o problema é que todo pensamento acaba, mais cedo ou mais tarde, sendo realizado.

Acho que já aconteceu com todo internauta, entrar num site, ler todo o artigo, pensar por algum tempo, escrever um bom comentário e na hora de enviar, nada de envio. Esse problema é até estranho para um iniciante, não saber o motivo pelo qual não consegue comentar.

Depois de algum tempo, a pessoa fica sabendo da existência do tal “Open Id”, onde o sistema pede: Entre com a sua conta da Google, WordPress ou afins.

Hoje eu tenho todas essas contas, mesmo assim, no momento em que eu estou mais disposto a comentar e interagir, nada acontece, ou seja, eu não estou logado. Essa reclamação não é minha, muita gente já tem reclamado desse inconveniente.

A maioria dos blogueiros pensa antes de mudar a configuração, isso porque raramente mudamos a configuração.

Quando uma pessoa cria um blog, na minha modesta opinião, a pessoa deveria optar por moderação, isso porque a administração fica muito mais personalizada. O blogueiro pode receber o comentário, analisar, editar, e, se for o caso, finalmente liberá-lo.

Ao invés disso, se mantivermos o “Open Id”, perdemos assinaturas importantes, inclusive de pessoas diretamente ligadas à questão proposta, o que não é raro de acontecer, principalmente para quem atualiza regularmente seu blog, apresentando uma melhor indexação de suas páginas.

As celebridades podem ser: Ministro da Saúde, assessores de imprensa, representantes comerciais, consultores e especialistas, inclusive internacionais, além de outras autoridades diretamente interessadas no assunto.

É por isso que eu digo, antes de fechar seu blog, apenas para algumas comunidades, lembre-se que a quantidade de spam não é tão grande assim, no WordPress inclusive tem uma ferramenta para detectar spam. A ferramenta não é perfeita, nem tem essa pretensão, algumas vezes falha, mas funciona.

Quando a pessoa envia o mesmo comentário duas vezes, o segundo comentário é bloqueado; Quando a pessoa envia mais de um comentário em um curto espaço de tempo, essas mensagens serão bloqueadas automaticamente, mesmo que não sejam spam. Isso evita que spammers usem robots, programas para enviar a mesma mensagem pra milhares de endereço ao mesmo tempo, caracterizando o que poderíamos chamar de Spam.

Por tudo isso, eu não recomendo o “Open Id”, você pode até não querer o comentário do Presidente Lula, ou do Presidente do Banco Central Henrique Meirelles, mas com certeza você há de concordar que seriam comentários extremamente importantes e relevantes à matéria, você não acha?

Segundo o Site www.alexa.com meu site é acessado, principalmente, por mulheres com curso superior, entre 40 e 50 anos de idade, isso não significa que não haja outros importantes leitores. Há pelo menos duas leitores de 15 anos que me chamaram a atenção pelos seus comentários, motivos suficientes para eu não publicar matérias mais adultas, que apesar de trazerem mais audiência, poderiam constranger essa parcela de público.

OBS: A maioria nem tem blogs, são leitores mesmo. Apesar de alguns terem conta no Orkut, Twitter ou Facebook.

A interatividade entre blogueiros é essencial para o avanço da Web 2.0, mas o objetivo principal ainda são os leitores.

By Jânio

maio 16, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , | 6 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: