Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Piloto de avião interceptado com cocaína diz ter decolado de fazenda de Maggi

Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil

O piloto do avião interceptado no início da tarde deste domingo (25), pela Força Aérea Brasileira (FAB), no município de Jussara (GO), disse que decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT), segundo nota da Aeronáutica divulgada hoje (26). A fazenda é de propriedade do grupo Amaggi, da família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

De acordo com a Aeronáutica, o local exato da decolagem será investigado.

“O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica esclarece que as informações sobre o local de decolagem da aeronave, matrícula PT-IIJ, interceptada no domingo (25/06), foram fornecidas pelo próprio piloto durante a aplicação das medidas de policiamento do espaço aéreo. A confirmação do local exato da decolagem fará parte da investigação conduzida pela autoridade policial”, diz comunicado da FAB.

Em nota, o grupo Amaggi disse que o “local exato da decolagem da aeronave interceptada ainda será objeto da devida investigação, uma vez que a procedência divulgada até então foi apenas declarada pelo piloto durante abordagem do policiamento áereo”. A empresa nega qualquer ligação com a aeronave e não emitiu autorização para pouso ou decolagem em uma das pistas. A Fazenda Itamarati tem 11 pistas, conforme o grupo, autorizadas para pousos eventuais, usadas para operação de aviões agrícolas, e que não demandam vigilância permanente. De acordo com o grupo, a região de Campo Novo do Parecis “tem sido vulnerável à ação de grupos do tráfico internacional de drogas, dada a sua proximidade com a fronteira do Estado de Mato Grosso com a Bolívia”.

Interceptação

O bimotor foi interceptado por um avião A-29 Super Tucano da FAB, como parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto Polícia Federal e órgãos de segurança pública. De acordo com nota divulgada neste domingo pela Aeronáutica, o avião tinha como destino a cidade de Santo Antonio Leverger (MT). Ninguém foi preso até o momento.

A Polícia Militar (PM) de Goiás informou que o avião interceptado  levava 653,1 quilos de cocaína. A informação inicial era de cerca de 500 quilos de cocaína. Segundo a corporação, foi a maior apreensão da droga no estado. O volume foi avaliado em R$ 13 milhões e, após o refino, poderia quintuplicar a quantidade inicial.

A PM não informou quem é o dono do avião e a origem da droga. Em consulta ao site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o bimotor PT-IIJ aparece em nome de Jeison Moreira Souza.

Avião interceptado pela FAB em Goiás tinha mais de 600 quilos de cocaína, informou PM
Avião interceptado pela FAB em Goiás tinha mais de 600 quilos de cocaína, informou PMDivulgação/PMGO

O piloto da FAB comandou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Aragarças (GO). Inicialmente, a aeronave interceptada seguiu as instruções da defesa aérea, mas ao invés de pousar no aeródromo indicado, arremeteu. O piloto da FAB novamente ordenou a mudança de rota e solicitou o pouso, porém o avião não respondeu, sendo classificado como hostil.

O A-29 da FAB executou um tiro de aviso para forçar o piloto a cumprir as determinações e voltou a comandar o pouso obrigatório. O bimotor novamente não respondeu e pousou na zona rural do município de Jussara, interior de Goiás.

Um helicóptero da Polícia Militar de Goiás foi acionado e fez buscas no local. O avião interceptado será removido para o quartel da Polícia Militar de Goiás em Jussara. Ninguém foi preso. A droga apreendida irá para a Polícia Federal em Goiânia, que vai conduzir as investigações.

Desde o início do ano, a polícia goiana apreendeu 13,5 toneladas de entorpecentes.

Íntegra da nota do grupo Amaggi:

A respeito das informações divulgadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) no último domingo (25) dando conta da interceptação de uma aeronave carregada de entorpecentes que teria decolado de uma pista localizada na fazenda Itamarati, arrendada pela AMAGGI, a companhia vem a público informar que:

a) Após a divulgação inicial de informações sobre o incidente, a própria FAB publicou nota na tarde desta segunda-feira (26) esclarecendo que o local exato da decolgaem da aeronave interceptada ainda será objeto da devida investigação, uma vez que a procedência divulgada até então foi apenas declarada pelo piloto durante abordagem do policiamento aéreo;

b) A empresa tomou conhecimento do caso por meio da imprensa e aguarda o desenrolar das investigações sobre a propriedadeda aeronave e as circunstâncias exatas em que ela – conforme afirmou a FAB preliminarmente – teria pousado na Fazenda Itamarati e decolado a partir de uma de suas pistas:

c) A empresa não tem qualquer ligação com a aeronave descrita pela FAB e não emitiu autorização para pouso/decolagem da mesma em qualquer uma de suas pistas;

d) Localizada em Campo Novo do Parecis, a parte arrendada pela AMAGGI na Fazenda Itamarati conta com 11 pistas autorizadas para pouso eventual (apropriadas para a operação de aviões agrícolas, o que não demanda vigilância permanente) localizadas em pontos esparsos de 54,3 mil hectares de extensão;

e) A região de Campo Novo do Parecis tem sido vulnerável à ação de grupos do tráfico internacional de drogas, dada a sua proximidade com a fronteira do Estado de Mato Grosso com a Bolívia;

f) Tal vulnerabilidade acomete também as fazendas localizadas na região. Em abril deste ano a AMAGGI chegou a prestar apoio a uma operação da Polícia Federal (PF), quando a mesma foi informada de que uma aeronave clandestina pousaria com cerca de 400 kg de entorpecentes (conforme noticiado à época) em uma das pistas auxiliares da fazenda. Na ocasião, a PF realizou ação de interceptação com total apoio da AMAGGI, a qual resultou bem-sucedida.

A AMAGGI se coloca à disposição das autoridades para prestar todo apoio possível às investigações do caso.

Edição: Carolina Pimentel

Agência Brasil
 

junho 26, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Avião militar desaparece com 114 pessoas no sudeste de Mianmar

Avião no Espaço

Da Agência EFE

Um avião militar que transportava 114 pessoas desapareceu hoje (7) quando se dirigia à cidade de Myeik, no sudeste de Mianmar. As informações são da agência de notícias EFE.

Um comunicado postado no perfil do Facebook do Exército do país indica que os militares perderam a comunicação com a aeronave “de maneira abrupta” perto da cidade de Dawei.

O aparelho, um Y-8 200F entregue às Forças Armadas em março de 2016 e com 809 horas de voo, partiu desde Rangum, a principal cidade do país, e desapareceu do radar uma hora e 35 minutos após a decolagem.

No avião viajavam 114 pessoas entre familiares de soldados e tripulação. As autoridades iniciaram uma missão de busca e resgate da qual participam quatro embarcações da Marinha e dois aviões.

Edição: Kleber Sampaio
 
Agência Brasil

 

junho 7, 2017 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

Aeroporto do medo

vídeo assustador de avião

Aeroporto Assustador

Aeroporto da Ilha da Madeira é considerado um dos mais horripilantes da Europa. Não é incomum pouso de dar arrepios.

Os ventos fortes, muitas vezes complicam o pouso das aeronaves no aeroporto desta ilha Portuguesa no Atlântico.  Algumas aeronaves têm de fazer várias tentativas.

Às vezes, os pilotos são obrigados a voar para outros aeroportos, mesmo depois de tocar a pista de pouso.

Veja o vídeo do avião do medo

RT-TV

Inventos que mataram seus criadores

Seis logotipos mais polêmicos

fevereiro 20, 2016 Posted by | Internacional | , , , | 1 Comentário

Falcon HTV-2 – O avião mais rápido do mundo

Super Avião

O departamento de defesa dos EUA divulgou os resultados do último teste da aeronave mais rápida do mundo, Falcon HTV-2, que pode atingir até 20 vezes a velocidade do som. Além disso, pode realizar um ataque militar em qualquer lugar do planeta em menos de uma hora.

Essa divulgação também mostrou que o teste feito com a aeronave, em agosto de 2.011, não teve êxito. Na época, logo após o lançamento, o aparelho parou de transmitir dados de telemetria para a base e, aparentemente, caiu no Oceano Pacífico.

Agora, a Direção de Projetos de Investigação Avançada de Defesa – Project Management Defense Advanced Research, DARPA – informou que a causa do fracasso foi o fato de a superfície da nave não suportar a alta velocidade de quase 21.000 quilômetros por hora que alcançou a aeronave quando algumas partes se separaram de sua estrutura.

As lacunas resultantes desse incidente, criaram fortes ondas de choque contra todo o aeroplano, o que provocou a queda brusca do aparelho.

Segundo o “The Guardian”, esses defeitos deverão ser resolvidos e o padrão do Falcon HTV-2 irá se tornar uma super-arma da nova geração.

Fonte: RT-TV

Para a nossa sorte, essa arma ainda não foi totalmente controlada pelo homem.

Através da história, notamos que a tecnologia mundial evoluiu com as guerras e com a estabilidade proporcionada por ela, contudo, há limites para a aceitação de investimentos custeados pela sociedade. É inevitável que as pessoas se perguntem o porque de uma aeronave de tamanha velocidade – certamente só serviria para a guerra e nada mais.

Os militares podem até não perder seu tempo com pretextos, mas deveriam se preocupar mais, a não ser que a própria sociedade americana já esteja pensando em um plano B para a crise, por que a Rússia está, e nós sabemos que as duas superpotências militares morrem de medo uma da outra, para a nossa sorte.

Investimento em tecnologia bélica deveria ser proibido em países com desigualdades sociais, como é o caso da Rússia, China, etc. No caso dos EUA, sempre foram negados os problemas sociais dos imigrantes, que sempre viveram na informalidade, sendo considerados uma parte do México, e outros, dentro dos EUA.

Agora, os mexicanos começam a voltar para casa, assim como os brasileiros de todo o mundo, se isso é um fato passageiro só o tempo dirá.

Comentários: By Jânio

abril 29, 2012 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , | 4 Comentários

Certas notícias são inspiradoras

movido a energia solar

Avião Solar Impulse

A notícia de que o primeiro avião movido  a energia solar havia sido desenvolvido, trouxe-me lembranças à memória. Eu me lembrei de um amigo que me afirmou categoricamente que jamais entraria em um avião movido à álcool, com a chegada da injeção eletrônica ele mudou de ideia, mas com ressalvas: “vai ser minha última opção!”

Eu fiquei imaginando meu amigo em um voo experimental, quando o piloto diz: “Senhores passageiros, entraremos em uma nuvem nos próximos minutos, mas não se preocupem, está tudo sob controle.”

Diante desse anúncio, poderemos notar pelo menos duas reações diferentes, uma otimista e uma pessimista:

Passageiro otimista:

 – Aeromoça, por favor, o fato de o avião passar pelas nuvens, significa que teremos turbulências, certo?

 – Não senhor, não teremos turbulência, o Comandante afirmou que está tudo sob controle – responde-lhe a aeromoça.

Passageiro pessimista:

 – Isso quer dizer que nós não devemos nos preocupar aeromoça? – Tem certeza que não tem nenhuma notícia ruim?

 – Na verdade poderemos perder os motores, já que esse é um voo experimental, com motores movidos a energia solar.

È claro que meu amigo estaria morto de susto, à essas alturas.

Visitando o blog eco4planet, encontrei algumas informações interessantes sobre esse avião.

Por exemplo: A Portuguesa News Network desenvolveu o avião Solar impulse com uma bateria com doze mil células fotoelétricas. Para viajar durante à noite, o avião alcançará a altitude de até 8.500 metros, essa será a altitude suficiente para que a bateria se recarregue.

Após ter sua bateria recarregada, o avião voltará a atitude normal de 1.500 metros, seguindo sua viagem.

Então está bom, se eu falar isso para meu amigo, poderemos evitar um possível ataque cardíaco.

Piada é como febre, uma doença, se a gente não conta ela, outras surgem na cabeça o tempo todo.

A seguir eu vi uma outra notícia: “Amanhã o tempo será fresco no Brasil inteiro.”

Novamente minha mente descontrolada me trouxe uma nova situação, onde um gay em estado de graça responde:

Ai meu Deus! – Amanhã vou viajar por todo o país.

A terceira situação hipotética que me surgiu à mente não era notícia, aí, eu já estava imaginando coisas.

Notícia:

 – Cientistas detectaram uma grande epidemia em região inóspita do Brasil, as pessoas parecem estar com algum tipo de vírus, não confirmado, apresentando estranho comportamento.

 – Estamos aqui com o cientista encarregado de investigar o surto. Doutor, o que o senhor acha que provocou essa doença, ela é perigosa?

 – Olha, pelo que nós pudemos observar, a doença não é perigosa, mas é preocupante.

 – Quais são os sintomas e qual é o nome dessa doença Doutor?

 – Bom,  a princípio nós demos o nome de late para essa doença, apesar de não apresentar alta periculosidade, a nossa maior preocupação é que as pessoas com esse problema começam a latir quando vêem um cachorro, o sintoma pode durar até vinte e quatro horas.

By Jânio

julho 17, 2010 Posted by | Piadas | , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: