Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Ganhadores do Oscar 2.012

Grande vencedor

O Artista

A academia de cinema de Hollywood escolheu um filme com a sua cara, para ser o grande vencedor do ano de 2.012. Um filme saudoso, em preto e branco, trazendo a magia do cinema em seu melhor momento.

Muita gente pode não gostar de ver atrizes como Meryl Streep, ganhando, enquanto outros são esquecidos, mas esse é o perfil de Hollywood. Meryl Streep tem uma visão parecida com a academia, por isso os agrada tanto.

Eu ainda prefiro me concentrar nos indicados, mas eu considero Meryl Streep uma grande atriz e o filme vale a pena ser assistido, mesmo que seja só para criticar.

Meryl Streep teve adversárias fortes, assim como na categoria de ator coadjuvante, onde eu vi alguns mitos do cinema disputando a estatueta.

Veja a lista abaixo:

FOTOGRAFIA

Vencedor:

Robert Richardson – “A Invenção de Hugo Cabret”

Indicados:

Guillaume Schiffman – “O Artista”

Jeff Cronenweth – “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”

Emmanuel Lubezki – “A Árvore da Vida”

Janusz Kaminski – “Cavalo de Guerra”

ARTE

Vencedores:

Dante Ferretti e Francesca Lo Schiavo – “A Invenção de Hugo Cabret”

Indicados:

Laurence Bennett e Robert Gould – “O Artista”

Stuart Craig e Stephenie McMillan – “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”

Anne Seibel e Hélène Dubreuil – “Meia-Noite em Paris”

Rick Carter e Lee Seales – “Cavalo de Guerra”

FIGURINO

Vencedor:

Mark Bridges – “O Artista”

Indicados:

Lisy Christl – “Anonymous”

Sey Powell – “A Invenção de Hugo Cabret”

Michael O’Connor – “Jane Eyre”

Arianne Phillips – “W.E.”

MAQUIAGEM

Vencedores:

Mark Coulier e J. Roy Helle – “A Dama de Ferro”

Indicados:

Martial Corneville, Lynn Johnston e Matthew W. Mungle) – “Albert Nobbs”

Edouard F. Henriques, Gregory Funk e Yolea Toussieng – “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”

FILME ESTRANGEIRO

Vencedor:

Asghar Farhadi (Irã) – “A Separação”

Indicados:

Michael R. Roskam (Bélgica) – “Bullhead”

Philippe Falardeau (Canadá) – “Monsieur Lazhar”

Joseph Cedar (Israel) – “Footnote”

Agnieszka Holland (Polônia) – “In Darkness”

ATRIZ COADJUVANTE

Vencedora:

Octavia Spencer – “Histórias Cruzadas”

Indicados:

Bérénice Bejo – “O Artista”

Jessica Chastain – “Histórias Cruzadas”

Melissa McCarthy – “Missão Madrinha de Casamento”

Janet Mcteer – “Albert Nobbs”

EDIÇÃO

Vencedores:

Kirk Baxter e Angus Wall – “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”

Indicados:

Anne-Sophie Bion e Michel Hazanavicius – “O Artista”

Kevin Tent – “Os Descendentes”

Thelma Schoonmaker – “A Invenção de Hugo Cabret”

Christopher Tellefsen – “O Homem que Mudou o Jogo”

SOM

Vencedores:

Philip Stockton e Eugene Gearty – “A Invenção de Hugo Cabret”

Indicados:

Lon Bender e Victor Ray Ennis – “Drive”

Ren Klyce – “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”

Ethan Van der Ryn e Erik Aadahl – “Transformers: O Lado Oculto da Lua”

Richard Hymns e Gary Rydstrom – “Cavalo de Guerra”

MIXAGEM DE SOM

Vencedores:

Tom Fleischman e John Midgley – “A Invenção de Hugo Cabret” –

Indicados:

David Parker, Michael Semanick, Ren Klyce e Bo Persson) – “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”

Deb Adair, Ron Bochar, Dave Giammarco e Ed Novick – “O Homem que Mudou o Jogo”

Greg P. Russell, Gary Summers, Jeffrey J. Haboush e Peter J. Devlin – “Transformers: O Lado Oculto da Lua”

Gary Rydstrom, Andy Nelson, Tom Johnson e Stuart Wilson – “Cavalo de Guerra”

DOCUMENTÁRIO

Vencedores:

TJ Martin, Dan Lindsay e Richard Middlemas – “Undefeated”

Indicados:

Danfung Dennis e Mike Lerner – “Hell and Back Again”

Marshall Curry e Sam Cullman – “If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front”

Charles Ferguson e Audrey Marrs – “Paradise Lost 3: Purgatory”

Wim Wenders e Gian-Piero Ringel – “Pina”

ANIMAÇÃO

Vencedor:

“Rango”

Indicados:

“Um Gato em Paris”

“Chico e Rita”

“Kung Fu Panda 2”

“Gato de Botas”

“Rango”

EFEITOS VISUAIS

Vencedores:

Rob Legato, Joss Williams, Ben Grossman e Alex Hennemg – “A Invenção de Hugo Cabret”

Indicados

Tim Burke, David Vickery, Greg Butler e John Richardson – “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”

Erik Nash, John Rosengrant, Dan Taylor e Swen Gillberg – “Gigantes de Aço”

Joe Letteri, Dan Lemmon, R. Christopher White e Daniel Barrett – “Planeta dos Macacos: A Origem”

Scott Farrar, Scott Benza, Matthew Butler e John Frazier – “Transformers: O Lado Oculto da Lua”

ATOR COADJUVANTE

Vencedor :

Christopher Plummer – “Toda Forma de Amor”

Indicados:

Kenneth Branagh – “Sete Dias com Marilyn”

Jonah Hill – “O Homem que Mudou o Jogo”

Nick Nolte – “Guerreiro”

Max von Sydow – “Tão Forte e Tão Perto”

TRILHA SONORA ORIGINAL

Vencedor:

Ludovic Bource – “O Artista”

Indicados:

John Williams – “As Aventuras de Tintim”

Howard Shore – “A Invenção de Hugo Cabret”

Alberto Iglesias – “O Espião que Sabia Demais”

John Williams – “Cavalo de Guerra”

CANÇÃO ORIGINAL

Vencedor:

Bret McKenzie – “Man or Muppet” (Os Muppets)

Indicados:

Sergio Mendes e Carlinhos Brown e letra de Siedah Garrett – “Real in Rio” (Rio)

ROTEIRO ADAPTADO

Vencedores:

Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash – “Os Descendentes”

Indicados:

John Logan – “A Invenção de Hugo Cabret”

Steven Zaillian e Aaron Sorkin – “O Homem que Mudou o Jogo”

George Clooney, Grant Heslov, Beau Willimon – “Tudo pelo Poder”

Bridget O’Connor e Peter Straughan – “O Espião que Sabia Demais”

ROTEIRO ORIGINAL

Vencedor:

Woody Allen – “Meia-Noite em Paris”

Indicados:

Annie Mumolo e Kristen Wiig – “Missão Madrinha de Casamento”

Michel Hazavanicius – “O Artista”

J.C. Chandor – “Margin Call – O Dia Antes do Fim”

Asghar Farhadi – “A Separação” (Asghar Farhadi)

CURTA-METRAGEM

Vencedores:

Terry George e Oorlagh George – “The Shore”

Indicados:

Peter McDonald e Eimear O’Kane – “Pentecost”

Max Zähle e Stefan Gieren – “Raju”

Andrew Bowler e Gigi Causey – “Time Freak”

Hallvar Witzo – “Tuba Atlantic”

DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM

Vencedores:

Daniel Junge e Sharmeen Obaid-Chemoy – “Saving Face”

Indicados:

Robem Fryday e Gail Dolgin – “The Barber of Birmemgham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement”

Rebecca Cammisa e Julie Anderson – “God Is the Bigger Elvis”

James Spione – “Incident in New Baghdad”

Lucy Walker e Kira Carstensen – “The Tsunami and the Cherry Blossom”

Grant Orchard e Sue Goffe – “A Morning Stroll”

Amanda Forbis e Wendy Tilde – “Wild Life”

DIREÇÃO

Vencedor:

Michel Hazanavicius – “O Artista”

Indicados:

Martin Scorsese – “A Invenção de Hugo Cabret”

Woody Allen – “Meia-Noite em Paris”

Alexander Payne – “Os Descendentes”

Terrence Malick – “A Árvore da Vida”

MELHOR ATOR

Jean Dujardin – “O Artista”

Demian Bichir – “A Better Life”

George Clooney – “Os Descendentes”

Brad Pitt – “O Homem que Mudou o Jogo”

Gary Oldman – “O Espião que Sabia Demais”

ATRIZ

Vencedora:

Meryl Streep – “A Dama de Ferro”

Indicados:

Glenn Close – “Albert Nobbs”

Viola Davis – “Histórias Cruzadas”

Meryl Streep, “A Dama de Ferro” – VENCEDOR

Michelle Williams – “Sete Dias com Marilyn”

Rooney Mara – “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”

FILME

Vencedor:

“O Artista”

Indicados:

“Os Descendentes”

“Histórias Cruzadas”

“A Invenção de Hugo Cabret”

“Meia-Noite em Paris”

“O Homem que Mudou o Jogo”

“Cavalo de Guerra”

“A Árvore da Vida”

“Tão Forte e Tão Perto”

By Jânio

Vencedores do Globo de Ouro

fevereiro 28, 2012 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 1 Comentário

Vencedores do Globo de Ouro e indicados ao Oscar

Luxo Extraordinário

Historia da Facebook

Muita gente, assim como eu, não vê o OSCAR como o melhor cinema do mundo, nem poderia. O OSCAR é a visão do cinema, segundo os americanos, só tem filme dos EUA, além de alguns de outros paises que falam a língua inglesa, como Inglaterra, Austrália, etc.

Quando o Brasil já achava que estaria fora da competição, eis que surge um documentário para salvar a pátria, mesmo sendo co-produção com a Inglaterra, não é menos importante para o Brasil.

Quem não gosta nada disso é a burguesia brasileira, que já havia torcido a cara para “Cidade de Deus”, um filme que mostrava a miséria de maneira tão explicita e íntima que chegava a irritar os mais tradicionais.

Nunca foi fácil para a elite brasileira, viajar pelo mundo, carregando esse fardo nas costas.

Logo agora, quando eles torciam para o ufanista “Lula do Brasil”, eis que surge o tal de “Lixo Extraordinário”, mostrando a intimidade que o Brasil tem com a miséria.

Lixo extraordinário não concorre naqueles prêmios badalados, muito melhor, concorre na categoria de documentário, melhor, um longa metragem. Eu me surpreendi pelo fato de “Dançando com o Diabo” não ter feito o sucesso que deveria.

Esse longa, assim como “Cidade de Deus”, chega ao OSCAR  já com muitos prêmios internacionais, portanto não depende desse prêmio, já é sucesso no mundo inteiro. “Cidade de Deus” concorria em categorias badaladas, cobiçadas pelas estrelas de Hollywood, prêmios que eles não abrem mão, por isso o documentário brasileiro tem mais chance.

Outra boa surpresa, é a presença do filme mexicano “Biutiful”, concorrendo em duas categorias, ator e filme estrangeiro. A segunda maior população estrangeira, dentro dos EUA, vem mostrando sua força, primeiro com atrizes e diretores, agora são os próprios filmes que mostram que os EUA terão que aceitá-los.

As surpresas não são muitas, nem dá para se esperar muita coisa na premiação deste anos, mesmo assim, será um grande ano para a internet, o ano de  “A Rede Social”.

O filme sobre a Facebook, que já fez sucesso no Globo de ouro, a prévia do OSCAR, não vem apenas como uma surpresa para essa premiação, vem com uma grande produção para concorrer em várias categorias.

A internet nunca esteve tão bem representada nessa premiação, a rede sempre foi mostrada como vilã, perigosa, essa é a primeira vez que é mostrada com toda a sua força.

A Facebook, como nós sabemos, é a cara do capitalismo americano, e as empresas estão de olho nessa rede. Primeiro a Facebook tentou a Facebook Lite, para evitar tornar a rede muito chata, mas como prevíamos, os internautas carentes adoram um spam, adoram fazer uma amizade, mesmo que esse amigo tenha nome de empresa, e não me olhem com essa cara rsrsrs.

Nem mesmo a Orkut resistiu as ferramenta e campanhas – Para quem estava preocupada com a Twitter, a Facebook surpreendeu, não é mesmo?

Parece que Hollywood tinha uma certa mágoa da Google, isso não acontece com a Facebook, que não tem o objetivo de ferir os seus “Direitos autorais”, além de ser uma verdadeira rede social, eficiente, prática e capitalista.

Apesar de não ter visto nenhum filme de grandes qualidades, os EUA tem voltado suas atenções para os seriados de TV, tanto que até finais de novela já são inseridos, para prender o telespectador. No Brasil, a parceria entre o cinema e a tv não surtiu o efeito esperado, ao invés da TV se tornar cinematográfica, aconteceu o inverso, o cinema se tornou televisivo, perdendo totalmente sua qualidade, sua arte.

Para quem gostar de assistir novelas na telona, é só assistir um filme nacional. Cinema foi feito para mostrar verdades, mas para isso é preciso coragem, o que está faltando nos novos diretores.
GANHADORES DOS PRÊMIOS GLOBO DE OURO:

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Indicados:

Andrew Garfield – A rede social

Geoffrey Rush – O discurso do rei

Jeremy Renner – Atração perigosa

Michael Douglas – Wall Street: o dinheiro nunca dorme

Ganhador do Prêmio:

Christian Bale – O vencedor

CANÇÃO ORIGINAL

Indicadas:

Bound to you – Burlesque

You haven’t seen the last of me – Burlesque – VENCEDORA

There’s a place for us – As crônicas de Narnia: a viagem do peregrino da alvorada

Coming home – Country strong

I see the light – Enrolados

Ganhadora do Prêmio:

You haven’t seen the last of me – Burlesque

TRILHA SONORA ORIGINAL

Indicadas:

127 horas

O discurso do rei

Alice no país das maravilhas

A origem

Ganhadora do Prêmio:

A rede social

MELHOR ANIMAÇÃO

Indicadas:

Meu malvado favorito

Enrolados

Como treinar o seu dragão

O mágico

Ganhadora do Prêmio:

Toy story 3

MELHOR ATRIZ DE MUSICAL OU COMÉDIA

Indicadas:

Anne Hathaway – O amor e outras drogas

Angelina Jolie – O turista

Julianne Moore – Minhas mães e meu pai

Emma Stone – A mentira

Ganhadora do Prêmio:

Annette Bening – Minhas mães e meu pai

MELHOR ROTEIRO

Indicados:

Danny Boyle e Simon Beaufoy – 127 hours

Stuart Blumberg e Lisa Cholodenko – Minhas mães e meu pai

Christopher Nolan – A origem

David Seidler – O discurso do rei

Ganhador do Prêmio:

Aaron Sorkin – A rede social

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Indicados:

Biutiful  – México

The concert – França

The edge – Rússia

I am love  – Itália

Ganhador do Prêmio:

In a better world  – Dinamarca

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Indicadas:

Amy Adams – O vencedor

Helena Boham Carter – O discurso do rei

Mila Kunis – Cisne negro

Jacki Weaver – Animal kingdom

Ganhadora do Prêmio:

Melissa Leo – O vencedor

MELHOR DIRETOR

Indicados:

Darren Arronofsky – Cisne negro

Tom Hooper – O discurso do rei

Christopher Nolan – A origem

David O. Russell – O vencedor

Ganhador do Prêmio:

David Fincher – A rede social

MELHOR ATOR MUSICAL OU COMÉDIA

Indicados:

Johnny Depp – O turista

Johnny Depp – Alice no País das Maravilhas

Jake Gyllenhaal – O amor e outras drogas

Kevin Spacey – Casino Jack

Ganhador do Prêmio:

Paul Giamatti – Barney’s version

MELHOR ATRIZ DE DRAMA

Indicadas:

Halle Berry – Frankie and Alice

Nicole Kidman – Rabbit hole

Michelle Williams – Blue valentine

Jennifer Lawrence – Inverno da alma

Ganhadora do Prêmio:

Natalie Portman – Cisne negro

MELHOR FILME MUSICAL OU COMÉDIA

Indicados:

Burlesque

O turista

Red – Aposentados e perigosos

Alice no País das Maravilhas

Ganhador do Prêmio:

Minhas mães e meu pai

MELHOR ATOR DE DRAMA

Indicados:

Jesse eisenberg – A rede social

Jame Franco – 127 horas

Ryan Gosling – Blue Valentine

Mark Wahlberg – O vencedor

Ganhador do Prêmio:

Colin Firth – O discurso do rei

MELHOR FILME DE DRAMA

Indicados:

O cisne negro

O vencedor

O discurso do rei

A origem

Ganhador do Prêmio:

A rede social

__________________________

INDICADOS AO OSCAR 2.011

FILME:

A rede social

O discurso do rei

Cisne negro

O vencedor

A origem

Toy Story 3

Bravura indômita

Minhas mães e meu pai

127 horas

Inverno da alma

DIREÇÃO:

David Fincher – A rede social

Tom Hooper – O discurso do rei

Darren Aronofsky – Cisne negro

Joel e Ethan Coen – Bravura indômita

 David O. Russell – O vencedor

ATOR:

Jesse Eisenberg – A rede social

Colin Firth – O discurso do rei

James Franco – 127 horas

Jeff Bridges – Bravura indômita

Javier Bardem – Biutiful

ATRIZ:

Annette Bening – Minhas mães e meu pai

Natalie Portman – Cisne negro

Nicole Kidman – Rabbit hole

Michelle Williams – Blue valentine

Jennifer Lawrence – Inverno da alma

ATOR COADJUVANTE:

Mark Ruffalo – Minhas mães e meu pai

Geoffrey Rush – O discurso do rei

Christian Bale – O vencedor

Jeremy Renner – Atração perigosa

John Hawkes – Inverno da alma

ATRIZ COADJUVANTE:

Helena Bonham Carter – O discurso do rei

Melissa Leo – O vencedor

Amy Adams – O vencedor

Hailee Steinfeld – Bravura indômita

Jacki Weaver – Reino animal

ROTEIRO ORIGINAL:

Minhas mães e meu pai

O vencedor

A origem

O discurso do rei

Another year

ROTEIRO ADAPTADO:

A rede social

127 horas

Bravura indômita

Toy Story 3

Inverno da alma

DIREÇÃO DE ARTE:

Alice no País das Maravilhas

Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 1

A origem

O discurso do rei

Bravura indômita

FOTOGRAFIA

Cisne negro

A origem

O discurso do rei

A rede social

Bravura indômita

FIGURINO:

Alice no País das Maravilhas

I am love

O discurso do rei

Bravura indômita

The tempest

DOCUMENTÁRIO LONGAMETRAGEM

Exit through the gift shop

Gasland

Inside job

Restrepo

Lixo extraordinário
EDIÇÃO

Cisne negro

O vencedor

O discurso do rei

127 horas

A rede social
FILME ESTRANGEIRO

Biutiful  – México

Dogtooth – Grécia

In a better world – Dinamarca

Incendies – canadá

Outside the law – Argélia
TRILHA SONORA ORIGINAL

Como treinar seu dragão –  John Powell

A origem – Hans Zimmer

O discurso do rei – Alexandre Desplat

127 horas – A.R. Rahman

A rede social – Trent Reznor e Atticus Ross

CANÇÃO ORIGINAL

Coming home – Country Strong

I see the light – Enrolados

If I rise – 127 horas

We belong together – Toy Story 3
EFEITOS ESPECIAIS

Alice no País das Maravilhas

Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 1

Além da vida

A origem

O Homem de Ferro 2
MAQUIAGEM

Minha versão para o amor

Caminho da liberdade

O lobisomem

By Jânio

janeiro 28, 2011 Posted by | Cinema | , , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: