Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Filmes mais assistidos no cinema e vídeo – 90 e 91

liderança absoluta

Filmes mais populares

A telona e a telinha nem sempre apresentam os mesmos números, quando o assunto é audiência. Com a chegada da internet, então, a audiência ficou muito mais confusa.

A tv proíbe conteúdo com direitos autorais, ao mesmo tempo em que exibe vídeos amadores na maior cara de peroba.

Os anos de 90 e 91 eram bem diferente de hoje, mesmo assim já havia uma tendência à audiência diversificada.

A seguir,listamos esses dois anos, e suas respectivas audiências no cinema e em vídeo.

OS DEZ FILMES MAIS ASSISTIDOS NO CINEMA:

01 – Ghost – Do outro lado da vida – 8.930.000

02 – Lua de cristal – 4.000.000

03 – De volta para o futuro II – 3.020.000

04 – Robocop II – 2.800.000

05 – Uma escola atrapalhada – 2.620.000

06 – Sociedade dos poetas mortos – 2.290.000

07 – Uma linda mulher – 2.250.000

08 – De volta para o futuro III – 2.120.000

09 – Tango e Cash – 1.930.000

10 – Vingador do Futuro – 1.750.000

FILMES MAIS ASSISTIDOS EM VÍDEO

01 – O vingador do futuro – 9.450.000

02 – Uma linda mulher – 7.560.000

03 – Robocop II – 7.560.000

04 – De volta para o futuro III – 7.500.000

05 – Tango e Cash – 7.500.000

06 – De volta para o futuro II – 7.000.000

07 – Lua de Cristal – 5.940.000

08 – Sociedade dos poetas mortos – 5.900.000

09 – Uma escola atrapalhada – 5.400.000

A curiosidade nesses dois anos, foi a presença de dois filmes brasileiros, numa época de abandono no cinema nacional.

De volta Para o futuro II e III, foram lançados quase juntos no Brasil, ambos com uma ótima audiência.

O vingador do Futuro foi o mais assistido em video, no cinema ficou em décimo lugar.

Ghost emocionou as meninas mais românticas, embalou o sonho dos casais de namorados. O filme foi o mais assistidos nos dois anos.

OBS: Até agosto de 1.991, o Japão era o país com mais vídeos cassetes, 79%.

Os EUA eram o segundo país com o maior número de vídeos cassetes, 67%.

O Brasil apresentava um número de 8.000.000 de videos cassetes vendidos. Sendo considerado uma média de três pessoas por vídeo, totalizavam 24.000.000 de pessoas, com acesso a videos cassetes.

O Brasil tinha, em 1.991, 147.000.000 de habitantes.

Como podemos ver, o Brasil não mudou tanto assim. Hoje, o computador não atinge uma porcentagem de pessoas tão grande.

By Jânio

fevereiro 24, 2011 Posted by | Cinema | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Filmes mais locados entre 1.988 e 1.989

Clássicos do Cinema

Policial do Futuro

Dizem que um dos melhores métodos de (re)acender a memória é a associação.

Pela associação, relacionando coisas, cheiros, músicas, danças, etc., seria passível lembrarmos de fatos antigos, momentos marcantes de nossa vida. Essa é uma terapia muito interessante, uma boa forma de lembrarmos de quem somos, ou como somos.

Os Cinco sentidos vitais são de grande ajuda para a memória. Apesar de quase sempre ignorados, eles são os responsáveis por boa parte de nossa consciência, racionalidade.

O que você fazia em 1.988 e 1.989? – Os filmes a seguir poderão ajudá-lo a se lembrar, caso sejam assistidos de maneira relaxante.

Essa lista de filmes foi feita antes da internet, antes do DVD, numa época em que as pessoas pagavam pelo aluguel desses filmes, daí a importância para análise de sua qualidade.

Lista dos filmes mais assistidos em vídeo, no Brasil, em 1.988 e 1.989:

01 – A aparição – Aventura – Com Charlie Sheen e Sherilyn Feen – Direção: Mike/Marvin –

Filme que fez muito sucesso no Brasil, chegando a ser o mais alugado do ano.

O filme conta a história de um carro misterioso, e seu motorista, que aparecem do nada, numa pequena cidade do interior dos EUA, onde ocorrem crimes com baderneiros.

Feito para adolescentes, esse filme lembrou-me vários outros muito melhores, como: O carro do Diabo, Encurralado, etc.

Carros, Garotas e muito rock, são os ingredientes favoritos de Hollywood, e dessa produção juvenil.

02 – Antes só do que mal acompanhado – Comédia – Com Steve Martin e John Candy – Direção de John Hughes

Quando perguntaram para Hughes como ele conseguia criar tantas histórias, ele citou Stephen King, um dos maiores escritores da história, responsável por Carrie a Estranha, O Iluminado, e uma série de filmes/livros e contos de horror.

“Ele é que é um grande escritor, o cara consegue escrever três livros ao dia”. Algum tempo depois, Stephen King desmistificava a si mesmo: “Eu não escrevo três livros ao dia, eu escrevo três livros ao mesmo tempo, durante o dia.”

Além do especialista em histórias para adolescentes, o filme trazia dois dos maiores comediantes da década de oitenta, Steve Martin e o gordinho John Candy.

Tanto um, como o outro, eram especialistas em fazer filmes em duplas.

Dizem que steve Martin é mal humorado na vida real, assistindo esse filme é até possível acreditar. Vê-lo viajar em companhia de um cara chato, carente, e mala, disposto a transformar sua vida num inferno, é de dar dó.

O carismático John Candy morreu precocemente, depois de fazer algumas das comédias mais hilariantes de hollywood.

03 – O Império do Sol – Drama – Com Christian Bale e Miranda Richardson – Direção de Steven Spielberg.

Eu sempre me pergunto porquê, em hollywood, sempre tem dois filmes concorrentes no mesmo ano, tratando de temas parecidos.

O Império do Sol concorreu com O Último Imperador, de Bernardo Bertolucci, para saber qual era o melhor filme e qual teria a melhor audiência.

A história se passa em torno de um menino, drama que tem como pano de fundo a Segunda Guerra Mundial, um dos temas preferidos do Diretor/Produtor.

A história se passa em Xangai, filme bonito, principalmente para quem gosta de ufanismo. Poderia até explicar o motivo das bombas atômicas.

04 – Robocop – Ficção – Com Peter Weller e Nancy Allen – Direção de Paul Verhoeven.

Os dois atores principais participaram de muitos filmes, são muito conhecidos, mas nenhum deles era uma grande celebridade. O Diretor Verhoeven não seria o diretor indicado para esse tipo de filme, por ser de ficção científica.

Depois desse filme, o diretor garantiu que nunca mais faria outro filme de ficção científica, devido aos inúmeros efeitos especiais. Anos depois, ele voltaria a filmar outro clássico do gênero: ” O Vingador do Futuro” – como diz o ditado, ele fez uma nova ficção científica, nunca mais, outra vez.

O filme narra a sociedade de um futuro não muito distante, onde a polícia foi privatizada e está em greve. Nesse ambiente bizarro, onde o estado delega suas obrigações – critica corrosiva ao sistema de privatizações – um policial é metralhado – sabe aquela história onde a personagem é mais conhecida que o ator, esse é o caso – e é dado como morto, legalmente, passando a fazer parte de um projeto privado de criação de um policial robô.

Algo sai errado, e a memória, supostamente apagada do robô/policial, acaba retornando, a partir daí é um sucesso de cinema garantido.

05 – Salsa – O Filme Quente – Musical – com Robby Rosa e Magali Alvarado – Direção de Boaz Davidson.

Depois de sair do grupo Menudo, Robby Rosa tentava a carreira solo, como ator de Hollywood. Mais tarde, Ricky Martin também deixaria o menudo e teria mais sorte.

O filme narra a ideia, surrada, de um jovem que tenta ganhar um concurso de dança, enquanto vive o drama de sua vida pobre.

06 – Atirando para matar – Policial – Sidney Poitier e Kirstie Alley – Roger Spottiswoode

Um dos melhores filmes policiais da história, com muitas cenas de ação e trabalho impecável dos dublês.

Um policial da cidade grande está a procura de um bandido, infiltrado num grupo de turistas. O bandido vai matando um-a-um deixando a guia de refém.

Seu namorado e o policial seguem o criminoso pela mata e depois na cidade grande, mostrando a diferença de personalidade das personagens, o choque de culturas diferentes.

07 – Uma Janela Suspeita – Suspense – Com Steve guttenberg e Isabelle Huppert – Direção de Curtis Hanson

Mulher presencia assassinato e passa a ser testemunha chave, mas para isso teria que revelar seu caso de adultério.

08 – A Morte do Demônio – Terror – Com Bruce Campbell e Ellen Sandwis – Direção de Sam Raimi

Cinco jovens encontram o livro dos mortos, libertam um demônio e passam a ser perseguidos, sendo transformados em zumbis.

O diretor Sam Raimi iniciava sua trajetória de filmes malucos e horripilantes. Mais tarde faria “O Homem Aranha”.

09 – Silverado – Faroeste – Com Kevin Kline e Scott Glenn – Direção de Lawrence Kasdan

Além de Kevin Kostner, em início de carreira, no papel de irmão de Scott Glenn.

Numa cidade, com um cherife corrupto, passa a se transformar, quando é invadida por um bando de pistoleiros.

10 – A Ascensão da Imperatriz Romana – Com Cicciolina e John Holmes – Giorgio Grande

Surpreendentemente, o décimo filme mais assistido é um filme pornô – Motivo? – Ela iniciava sua carreira de deputada italiana, literalmente falando.

Outros textos sobre cinema:

Melhores filmes de ficção

Melhores filmes de viagem no tempo

Top Musicais

By Jânio

fevereiro 15, 2011 Posted by | Cinema | , , , , , , , , , , | 3 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: