Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Não fuja da briga

Blogueiros brigões

Discussões e aprendizado

Boas brigas costumam render ótimos virais, muitas visitas também. Eu tive duas brigas inesquecíveis na internet, a maior delas foi numa discussão sobre a Google, eu não sei como a briga terminou mas eu nem esperei para ver o final.

Eu nunca tinha visto os blogueiros profissionais em ação, nem sabia da influência deles. Eu sabia que eles deviam tem alguma influência, mas nem imaginava que chegasse a tanto.

Eu ainda fiz algumas participações polêmicas em alguns fóruns de discussões, minha segunda ferramenta favorita, depois do blog, naturalmente.

A briga que mais chamou a minha atenção, e de muitas outras pessoas, foi responsável por fazer o Brasil inteiro falar espanhol durante vinte e quatro horas. Isso me fez pensar que a “invasão” no programa “Altas horas”, via Twitter, fora apenas uma brincadeira de criança.

Na internet também tem muito puxa-saco, só isso explica como pode ser muito perigoso criticar pessoas famosas como Bill Gates, aliás, cheguei até a me questionar o porquê de meu blog não aparecer no buscador da Microssoft. Depois eu descobri que o Yahoo também não rastreava wordpress. Como eu sou amigo da equipe do Yahoo na Twitter, isso me deixou mais tranquilo.

A maioria das brigas a partir de posts do MadeInBlog/Icommercepage, são planejadas, as discussões são naturais.

Discussões sérias são muito importante para estabelecer limites, podem trazer muitos ensinamentos também, mas há discussões que não levam a nada.

Eu nunca entendi a atitude de internautas que brigam como anônimos, brigar anonimamente não leva a nada. Falar palavrões, além de politicamente incorreto, é uma grande estupidez.

Uma das regras básicas da internet, e que faz parte da netiqueta, é utilizar argumentos no lugar dos palavrões.

Há riscos, é claro, não é nada fácil moderar uma discussão polêmica, principalmente quando todos os participantes são contrários aos nossos argumentos.

Verdades inconvenientes são insuportáveis até a terceira vez, depois passam a fazer parte do convívio saudável, desde que seja educado.

Uma coisa que eu nunca vou suportar, é a parcialidade. Esses são os piores tipos de argumentos, normalmente são covardes e agem em grupos.

A moderação sempre será a maior qualidade de um bom blogueiro, mesmo de um blogueiro de pavio curto como eu.

By Jânio

novembro 22, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: