Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Worst combat – Piores combates

fevereiro 14, 2017 Posted by | Videos | , , | Deixe um comentário

O flagra

animais fotogênicos

Pegos em flagrante

novembro 27, 2016 Posted by | Piadas | , | Deixe um comentário

Cinema 2.016 – Nocturnal Animals

Filme de suspense

Animais Noturnos

Nocturnal Animals is a 2016 Americanpsychological thriller film written, co-produced, and directed by Tom Ford, based on the 1993 novel Tony and Susan by Austin Wright. The film stars an ensemble cast featuring Jake Gyllenhaal, Amy Adams, Michael Shannon, Aaron Taylor-Johnson, Isla Fisher,Armie Hammer, and Laura Linney. Principal photography began on October 5, 2015 in Los Angeles, California.

It was selected to compete for the Golden Lion at the 73rd Venice International Film Festival,[3] where it won the Grand Jury Prize.[4]The film is scheduled to be released on November 18, 2016, byFocus Features.[5]

Animais noturnos é um thriller psicológico  americano de 2.016,  escrito, co-produzido e dirigido por Tom Ford , baseado no romance de 1993, Tony e Susan, de Austin Wright . O filme é estrelado por  Jake Gyllenhaal , Amy Adams , Michael Shannon , Aaron Taylor-Johnson , Isla Fisher , Armie Hammer, e Laura Linney . A fotografia principal começou em 05 de outubro de 2015 em Los Angeles , Califórnia.

Ele foi selecionado para concorrer ao Leão de Ouro no 73º Festival Internacional de Veneza , [3] onde ganhou o Grande Prêmio do Júri . [4] O filme está programado para ser lançado em 18 de novembro de 2016, pela Focus Features .[5 ]

Premise

An art gallery owner (Amy Adams) is haunted by her ex-husband’s (Jake Gyllenhaal) novel, a violent thriller she interprets as a veiled threat and a symbolic revenge tale.

Sinopse

Uma dona de galeria de arte ( Amy Adams ) é assombrada pelo romance de seu ex-marido (Jake Gyllenhaal ), um thriller violento em que ela representa uma ameaça velada em um conto simbólico de vingança.

Cast – Elenco

Directed by Tom Ford
Produced by
Screenplay by Tom Ford
Based on Tony and Susan
by Austin Wright
Starring
Music by Abel Korzeniowski
Cinematography Seamus McGarvey
Edited by Joan Sobel
Production
company
Fade to Black Films
Distributed by Focus Features
Release dates
Datas de estreia
  • September 2, 2016 (Venice)
  • November 18, 2016(United States)
Running time
Tempo de duração
116 minutes[1]
Country – País United States
Language

Lingua

English
Budget

Orçamento

$22.5 million[2]

Wikipedia

vídeo legendado

vídeo em inglês

Cinema 2.016

Shut in

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

 Cinema 2.015

 

outubro 8, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , , , | Deixe um comentário

Animais extintos que os cientistas querem ressuscitar

animais extintos

Dente de Sabre

01 – Smilodon – É um gênero extinto de felinos de dentes de sabre cujos machos podiam pesar até 300 kg. Apareceu na América do Norte no final do Plioceno e extinguiram-se na América do Sul durante o Great American Interchange (grande intercâmbio americano). Eles são famosos por seus caninos grandes, tornando-se um dos mais populares mamíferos pré-históricos. Eles morreram como resultado da suposta mudança climática no final do Pteistoceno.

animal_clonagem_2

02 – Daiji ou golfinho chinês do rio Yangize que em 2.008 foi declarado completamente extinto. O fim da espécie se atribui à pesca predatória, construções de represas, degradação ambiental e aos choques de embarcações com esses animais.

animais do passado

Mamute

03 – Mammuthus primigenius – Foi uma espécie da família dos elefantidos, adaptada ao clima extremo da Idade do Gelo, tinha o tamanho de um elefante medio atual.

Peixe-Boi

Vaca Marinha

04 – Hydrodamalis gigas – Vaca marinha (peixe-boi) – tinha oito metros, chegando a 10 em alguns casos, com peso entre 4 e 10 toneladas. Apeans 27 anos depois do descobrimento da espécie, em 1.741 pelo médico Georg Wilhein Steller, integrante da espedição rusa de vitus Bering frente a península de Kamchatka, foi abatido o último exemplar.

Lobo Marsupial

Tigre da Tasmânia

05 – Lobo marsupial, lobo da Tasmânia ou tigre da Tasmânia – foi o marsupial carnívoro mais grande do mundo. Os adultos mediam entre 100 e 180 centímetros de comprimento, pesavam entre 20 e 30 kilogramas. O maior exemplar conhecido media 290 centímetros. Acredita-se que se extinguiu no século XX.

paloma passageira

Paloma Migratória

06 – Paloma migratória ou paloma passageira (Ectopistes migratorius). Em apenas um século passou de uma ave mais abundante da américa do norte, talvez do mundo, a uma espécie extinta devido a caça predatória com objetivo de aproveitar suas penas, carne, etc.

Bucardo

Capra Pyrenaica

07 – Bucardo (Capra pyrenaica). Em 05 de janeiro de 2.000 foi encontrada morta a última bucarda que vivia na Espanha. Era uma subespécie da cabra montés que foi exterminada diretamente pelos humanos.

Equua

Cunga

08 – Cuaga ou quagga – (Equus quagga). Fou uma subespécie da zebra comum, mas tinha pelos pardos. Vivia no sudeste da África do Sul. Em 1.883 morreu o último exemplar, que vivia no cativeiro de um zoo de Amsterdam. Por tudo isto, é o único animal extinto cujo DNA foi extraído, sequenciado e estudado em sua totalidade.

Heteralocha

Muia

09 – Huia (Heteralocha acutirostris). Vivia na ilha norte da Nova Zelândia, com um comprimento de cerca de 45 centímetros. Extinto no início do século XX devido à caça predatória e ao desmatamento da ilha.

Genero Moho

Moho

10 – Gênero Moho. Inclui quatro espécies de Oos, que povoaram as ilhas do Havaí, hoje estão extintos. Acredita-se em três causas principais de sua extinção: perda de seu habitat natural, caça predatória pelas suas plumas (penas), e gripe aviária.

clonagem de animais

Animais Extintos

11 – Cotorra de Carolina (Conuropsis carolinensis). Foi a única espécie de papagaios dessa espécie da América do Norte, com seu habitat natural a leste do Mississipi. Os últimos desapareceram no início do século XX. Como possíveis causas estão o desmatamento, caça por causa das plumas coloridas (utilizadas em sombreros de mulher, enquanto os agricultores os consideravam uma praga), espécies invasoras e infecções: segundo os zoólogos, é muito provável que as cotorras tenham sucumbido às enfermidades das aves de corral.

Ara tricolor

Guacamayo

12 – Guacamayo cubano (Ara tricolor). Uma espécie da família dos papagaios que habitava as ilhas de Cuba. Desapareceu no final do século XIX devido a caça predatória (eram os animais preferidos dos reis da Espanha) e pelo desmatamento.

Raphus Cuculathus

Dodo ou Dronte

13 – Dodo o dronte (Raphus cucullatus). Ave das Ilhas Maurício, Oceano Índico. Tinha relação com as palomas, mas que tinham deixado de voar e tornado-se terrestre. Essa ave ficou imortalizada em Alice no país das maravilhas, de Lewis Carroll. A propagação de novas espécies pelos colonos na ilha, inclusive cerdos, macacos, cachorros, gatos, ratos, e a aparição de novas enfermidades, acabou com a espécie: o último exemplar foi visto em 1.662.

bos primigenius

Uno Euroasiático

14 – Uno euroasiático – (Bos primigenius ou Bos taurus primigenius). Desapareceu devido a caça, desmatamento e domesticação. A última subespécie extinta era da Europa, com a morte do último em um bosque da Polônia em 1.627.

Epiomitidus

Aves Elefantes

15 – Epiomítidos ou aves elefante (Aepyornithidas). Aves de Madagascar que não voavam. Podiam pesar até 550 kilos e chegar a 3 metros de altura e 2,3 sw comprimento. Seus ovos eram excepcionais e chegavam a 30 centímetros de diâmetro, 12 kilos de peso e até nove litros de capacidade (para se ter uma idéia, equivaliam a sete ovos de avestruz). Segundo os zoólogos, a principal causa de seu desaparecimento foi a depredação de seus ovos, mais que a caça direta do animal.

labrador

Camptorbynchus Labradorus

16 – Pato Labrador (Camptorhynchus labradorius). Vivia na América do Norte. Sua população sempre foi muito pequena e se desconhecem as causas de seu desaparecimento. O último exemplar foi visto em 1.878.

gallo

Tympanuchus

17 – Tympanuchus cupido, uma subespécie do gallo (urogallo grande) vivia na América do Norte. Um dos aspectos mais famosos destas aves é o ritual de acasalamento. Sua população era abundante, mas perdeu seu habitat natural e sua extrema popularidade na gastronomia local causaram sua extinção para o ano de 1.932.

Ammodrammus Maritmus

Ammodrammus Maritmus

18 – Ammodrammus maritmus – Gorrión costero oscuro. Era uma subespécie não migratória dos gorriones sabaneros marinhos e viviam na flórida. Seu número começou a reduzir drasticamente nos anos de 1.940, quando a população local começou a usar amplamente o DDT (dicloro difenil tricloroetano) para controlar os mosquitos. Em 1.990, a subespécie foi oficialmente declarada extinta.

Monachus Tropicalis

Foca Monja do Caribe

19 – Foca monje do Caribe (Monachus tropicalis).Era a única foca que habitava exclusivamente regiões tropicais. Media entre 2,20 e 2,40 metros e pesava 130 kilos. Tinha pelo castanho em todo o corpo, menos no ventre. Era caçada pela sua pele e alimento, etc. Era considerada ameaça para os peixes, causa de seu extermínio. Sua extinção foi declarada em 2.008 pela União Internacional para a conservação da Natureza, enquanto a Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas da Fauna e Flora Silvestres ainda a considera apenas possivelmente extinta.

Carpinteiro Imperial

Picamaderus Imperial

20 – Picamaderus imperial ou carpinteiro imperial (Campephilus imperialis). Seu habitat natural foi os bosques e pinos do México. sua extinção foi o desmatamento.

21 – Picamaderus picomarfil ou carpinteiro real (Campephilus principalis). Era um dos maiores carpinteiros (pica-paus) do mundo: media entre 48 e 53 centímetros, pesava entre 450 e 570 gramas. Devido ao desaparecimento quase total de seu hbitat natural (sudeste dos EUA) e a caça predatória, seu número reduziu a tal ponto que não se pode dizer com segurança se ainda existe.

22 – Alca gigante ou imperial (Pinguinus imnnis). Era maior alca do mundo e boa para nadar. Desapareceu em meados do século XIX, devido a caça predatória, tanto por parte dos humanos como por outros animais.

23 – Mastodonte americano, a espécie mais recente de mamutes, jamais conhecida. Acredita-se que desapareceu na América do Norte, durante a extinção em massa da megafauna do Pleistoceno, devido supostamente a mudanças climáticas.

24 – Dinornítidos ou moas (Dinorníthidas). São conhecidas dez espécies desta família, de diferentes tamanhos: desde o Eurayapteryx curtus, do tamanho de um gallo, até as moas gigantes que mediam até 3 metros de altura e pesavam 250 kilos. Sua extinção ocorreu há 500 anos devido a caça.

Fonte: RT

Animais bizarros

Animais exóticos

março 10, 2014 Posted by | Ciências | , , , | Deixe um comentário

Imagem de tirar o fôlego

vídeos fantásticos

Um vídeo do Youtube que mostra como uma fera selvagem tenta devorar um bebê, tornou-se muito popular entre os internautas. Em apenas dois dias, foi visto por 1.527.000 pessoas.

Trata-se da leoa Kya, do zoológico de Portland, que abriu seu apetite ao ver um pequeno menino ao alcance de suas presas.

Mas, afortunadamente, a leoa não teve a oportunidade de saciar sua fome. Uma parede transparente que separa os animais dos visitantes do zoológico, não a deixou abocanhar seus dentes e suas garras no bebê.

Não obstante, parece que a leoa demorou para perceber a parede transparente, já que demorou um longo tempo arranhando a parede e abrindo a boca, como se fosse, de fato, devorar a criança.

Pelo visto, os pais do bebê, que gravaram o incidente em vídeo, em nenhum momento pensaram que seu filho corria perigo. No vídeo pode-se escutar seus comentários e suas risadas, inclusive chegam a pedir ao menino: “Diga, olá gatinho!”

No entanto, você pode ficar de cabelos em pé só de imaginar o que poderia acontecer se a parede se quebrasse.

Fonte: RT-TV

Comentários: Não são as minhas emoções que me preocupam, o que me preocupa ainda mais, são as consequências de atos insanos como esses. É preciso que pais como esses tenham mais responsabilidades e pensem no fator psicológico do bebê e até nas crianças que assistem a tal vídeo.

A questão das mensagens subliminares tem sido discutido há muito tempo, até a Bíblia ressalta: “Vigiai vossos pensamentos!”

Se são em nossos pensamentos que tudo começa, parece sensato concluir que não devemos sugerir, insinuar ideias ao nosso subconsciente, que além de ser a região mais poderosa de nosso cérebro, também é a região mais obscura.

Não se sabe o que um bebê de fato pensa mas, certamente, ele pensa. As recordações que ele vai mentalizar em seu subconsciente podem ser perigosas, principalmente em sua fase adulta, caso tenha problemas psicológicos no futuro.

Fora isso, podemos até imaginar e concluir de maneira mais clara, o que e porquê as pessoas pensam ao ver o vídeo.

Com tantos realities, pegadinhas e videos onde tudo dá errado, nossa mente inevitavelmente vai formular uma imagem que nós certamente não gostaríamos de ver, mas que se torna incontrolável.

E é assim que os problemas mentais começam, quanto maior a força da mente, pior o resultado.

Adaptação do texto e comentários: By Jânio

 

maio 6, 2012 Posted by | downloads | , , , , , , | 1 Comentário

As criaturas mais assustadoras e apavorantes do planeta

mutação ou meio ambiente

sapo de três cabeças

Crianças de uma creche em Weston-Super-Mare, Inglaterra, encontraram no jardim um sapo de três cabeças pulando no jardim. Esta é, certamente, uma das criaturas mais assustadoras que apareceu por lá, especula-se que seja consequência de problemas de meio-ambiente, não é de se duvidar.

Fonte: BBC News

realidade x ficção

ciclope

Esse ciclope de um só olho, e um só nariz, foi uma manipulação de fotos, ficou famoso e sempre é confundido com os animais verdadeiros, mostrando que a realidade pode apavorar mais que a ficção.

Fonte: News.com

galinha deformada

Galinha Sem Cabeça

Esta apavorante galinha sem cabeça entrou para o livro Guinness World Records. As partes de sua cabeça nasceram junto ao corpo, proporcionando uma visão e pensamentos curiosos em quem a vê, além de levantar questões a respeito do próprio ser humano, afinal ainda existe um certo controle dos produtos consumidos pelos seres-humanos, pelo menos em países de primeiro mundo.

Fonte: The Headless Chicken Mike

tratamento de pele

Ursa Rouge

Ao contrário do gatinho ciclope, A Ursa polar Pelusa ficou com uma pele um tanto estranha, depois de passar por um tratamento de pele, em um Zoológico da cidade de Mendoza, na Argentina. Isso atraiu multidões ao zoológico da cidade Mendoza, na Argentina. Apesar de atrair muitos curiosos, a pele voltou ao normal em poucos dias.

Ainda bem que não atraiu a sociedade protetora dos animais.

Fonte: Botanicals NW

remédio para beber

Periquito Espanador

Esse parente próximo do papagaio, o periquito, sofreu uma mutação genética chamada “espanador” e ficou super-cabeludo, ou penudo, já que suas penas cresceram sobre toda a sua cabeça. Ficou parecendo uma comédia animal.

Fonte: Green Apple

golfinho diferente

Golfinhos Rosa

No rio Pear Delta, entre Hong Kong e Makau, um fenômeno curioso e inexplicável, golfinhos aparentemente normais adquiriram cores rosas. Apesar de ainda não se saber a causa, especula-se que possa ser um processo natural, contra predadores, ou o rosa seja um sub-produto para regular sua temperatura corporal.

fonte: 2 Dolphins

estranhos adornos

Vaca de Seis Pernas

Essa vaca de seis patas e dois anos de idade, foi dada de presente aos monges, o fazendeiro temia que o animal lhe trouxesse má sorte, seu nome era estranho, e não, o fazendeiro não gostava dos monges.

Fonte: Steve Quayle

mamífero rubro-negro

Mamífero Raro

Esses grandes mamíferos chagam a medir 3 metros e pesar até 400 kg, como se isso não fosse suficiente para apavorar a visinhança, possui em suas cavidades nasais um grande capuz elástico, quando inflado assemelha-se à uma grande bola rubro-negro – éééca – eu já vi muita criança fazer caquinha com o nariz, mas esse passou dos limites, se os corinthianos descobrirem esse mamífero agressivo, coitada da torcida do flamengo.

Fonte: Canadian Museum Of Nature

peixe cabeção

Peixe Assustador

O peixe mais estranho do oceano é essa coisinha linda aqui, com apenas três metros de comprimento, chega a pesar até duas tonelada, isso porque sua cabecinha mede um terço do comprimento de seu corpo quase circular. Fora dá água poderia ser confundido com um carrinho popular, talvez um fusquinha.

Fonte: Earth Window

Tigre x Leão

Maior felino do mundo

Se você leu nos livros que o maior gatinho do mundo era o tigre Siberiano, saiba que isso mudou, o maior felino do mundo agora é esse cruzamento de tigre fêmea com leão macho. Além de criar o maior gatinho do mundo, criou um conflito psicológico, o animal confunde os hábitos sociais do leão com os hábitos solitários do tigre. Estava na cara que isso ia acontecer – Não é mesmo? – dessa vez eles foram longe demais.

Fonte: Wikipedia

Animais mais perigosos da Terra

Animal estranho do Canadá

Texto: By Jânio

maio 28, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , , , | 24 Comentários

Os animais mais perigosos do mundo

Observando essa lista dos animais mais mortais do mundo, temos uma visão não muito diferente do que supúnhamos, porém, observando mais atentamente, podemos notar que a natureza é um pouco diferente do que o homem pensa. Poderíamos até dizer que o homem só é natural quando nasce, a partir daí se torna auto suficiente, senhor de seu próprio destino; pelo menos é isso o que nós achamos.

No caso dos animais irracionais, não são cruéis de fato, obedecem a sua natureza, suas leis de sobrevivência. Suas eventuais falhas se devem a sua falta de mente racional; a maioria dos animais são extremamente disciplinados e previsíveis, ao contrário do homem.

Para a maioria dos animais, o homem já tem a capacidade de se defender, porem é limitado para algumas espécies como vemos na lista abaixo.

Em alguns casos, é melhor evitar a região, ou tomar as vacinas, como é o caso dos mosquitos. Andar sem o acompanhamento de um guia experiente, em regiões desconhecidas, pode não fazer bem para a nossa saúde, literalmente falando.

Certos animais despertam mais medo do que o perigo real que eles representam, não é o caso dos animais encontrados na lista dos animais mais mortais do mundo, segundo a ciência.

perigosas ou inofensivas

rãs assassinas

10 – Essas inocentes rãs possuem, em suas costas, neurotoxinas suficientes para matar até 10 pessoas. Apesar disso, são apenas auto defesa contra predadores.

terremoto de bufalos

manada de bufalos

09 – O búfalo dessa imagem pode parecer perigoso, mas não é nada, perto do que pode acontecer se a manada desembestar para o seu lado. Quando estiver em um safári, mantenha se próximo de algum lugar seguro e de seu veículo.

ursinho de pelúcia

Fonte de pesadelos

O8 – Um urso polar como esse te lembra o quê? – Não é mesmo! – Diferente dos bichinhos de pelúcia, esses gigantes da natureza comem elefantes marinhos no café da manhã, se você ficar entre ele(a) e sua cria, corre o risco de ele desmembrar  seu corpo.

Família Dumbo

Tamanho é documento

07 – Esse Dumbo, em forma de elefante africano, pesa 16 toneladas, vamos dizer que é como um caminhão pronto para capotar em cima de você. Segundo as estatísticas, esses gigantes matam cerca de quinhentas pessoas ao ano, em acidentes; portanto, já sabe né? – mantenha distância.

pesadelo invisível

crocodilo gigante

O6 – Dá uma observada nesse crocodilo australiano de água salgada – Lembra do ursinho de pelúcia? – Pois é meu amigo, um enfurecido urso polar parece, realmente, um bichinho de pelúcia, perto desse crocodilo gigante. Ele se mantém disfarçado em meio a vegetação dos pântanos, quase invisível a olho nu, quando avista sua presa, apenas um ataque é suficiente para tirar a presa de combate, caso isso não aconteça, esse bichinho arrasta sua presa, afoga-a, facilitando o seu trabalho de desmembramento; vocês notaram que o que o urso polar faz por defesa, para esse crocodilo é ritual de sobrevivência.

Rei das Selvas

Caçador perfeito

O5 – O rei da selva apresenta suas credenciais: Presas gigantes, reflexo rápido e garras afiadas. A curta distância, ninguém escapa desse leão africano; é melhor torcer para que ele não esteja com fome, não é mesmo?

Sangue é um detalhe

Estrela de cinema

O4 – Sangue na água, desencadeia uma fúria desses animais, considerados não violentos, a ponto de atacarem tudo o que se move, com seus dentes, anatomicamente preparados, onde cada um deles tem o formato de um punhal.

03 – As águas vivas tem o

tijela de salada

Aguas vivas

formato de uma tigela de salada. Conhecidas como vespa do mar, com oitenta tentáculos, com células espinhosas, portadoras de toxinas suficientes para matar até 60 pessoas, elas estão entre os animais mais perigosos e mortais do mundo.

Face do Terror

Morte Traiçoeira

02 – Apesar dessas serpentes asiáticas não terem o título de as mais venenosas do mundo, são as mais mortais. Dos mais de 50 mil óbitos, em acidentes com cobras, ao ano, a maior parte sempre vem dessas serpentes.

Inímigo número um

Animal Mortal

01 – Os seres vivos mais perigosos do mundo são esses mosquitos da malária, ao contrário de seus parentes inofensivos, eles podem ser portadores de parasitas responsáveis por cerca de duas milhões de mortes todo ano, ao redor do mundo.

Animais Assustadores

Animal estranho do Canadá

By Jânio

maio 23, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , , , , , | 35 Comentários

Encontrado animal estranho no canadá

animais raros

animais curiosos

monstruoso ou diferente

descoberta rara

Duas enfermeiras encontraram uma criatura estranha numa reserva indígena isolada do Canadá.

O cachorro que acompanhava as enfermeiras começou a latir e arrastou o pequeno animal de cerca de 30 centímetros de comprimento.

Achando que o animal era comum na região, as enfermeiras tiraram algumas fotos e foram embora, quando constataram ser uma espécie rara, voltaram ao local mas não encontraram mais nada.

Qualquer pessoa que veja as fotos, fica assustada, o animal tem aparência estranha, quase um monstro para os nossos padrões de aparência. Os índios canadenses não pensam assim, eles dizem que o estranho animal não é visto a cerca de quarenta anos, mas não é tão estranho assim, muito menos monstro, como as pessoas estão chamando.

O nome do animal, segundo os nativos, seria Omajinaakoos, ou the Ugly One (o feio ou a feia) em inglês e português respectivamente.

O animal, segundo a cultura indígena, seria um mal presságio, um sinal de que algo ruim está para acontecer.

Imagem : Wikipedia

Texto: By Jânio

maio 22, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , | 21 Comentários

Curiosidades de animais engraçados

coruja estranha

coruja ou borboleta

Alguns animais realmente passam dos limites, no quesito bizarro.

Quando criança, por exemplo, eu me lembro que eu não tinha nenhum medo de cascavéis ou jararacas, onças jaguatiricas e outros animais, o único animal que me deixava “invocado” era a minhoca.

O meu avô tinha uma técnica especial, de origem indígena, onde encostando um pedaço de galho em formato de gancho, tirava todo o equilíbrio da cobra, justamente no momento de seu bote. O gancho deveria ficar próximo a sua cabeça, mas deslizando o galho de árvore, em forma de forquilha, pelo corpo da cascavel, podíamos ver perfeitamente o desequilíbrio da cobra.

Eu nunca confiei muito nos tais galhos, depois que descobri o ponto fraco da cobra, não pensava duas vezes em pegá-la com as próprias mãos, como tarzã fazia nos filmes, só que nessa época  eu nem conhecia o famoso personagem.

Por outro lado, a tal da minhoca me provocava um verdadeiro pânico, o pânico começou na primeira vez em que eu cortei uma minhoca ao meio, achando que era uma pequena cobra. Acontece que os pedaços da minhoca saíram ambos pulando, cada um para um lado diferente.

Não acreditei no que via, dei mais dois golpes na bendita “cobrinha”, dessa vez ela se transformou em quatro, cada um correndo em uma direção diferente, isso ultrapassava  qualquer lógica infantil.

Hoje, eu sei que os impulsos elétricos, ou nervosos, vindos do cérebro, provocavam o reflexo da minhoca. Quando se corta um pedaço, o reflexo continua, de modo que cada pedaço cortado continuará com o reflexo original.

Isso pode ser notado na galinha, quando lhe cortamos a cabeça para cozinhar.

Mais tarde, descobri que  os animais, para se protegerem se mantinham próximos aos ambientes de sua cor. Por exemplo: animais verdes, em áreas verdes; animais vermelhos, ficam próximos a flores e vegetações vermelhas e assim por diante. Dizem que é instinto, sempre uma forma de se explicar o inexplicável.

Depois de pensar um pouco, cheguei a conclusão de que os animais, ao longo de milhões anos, viveram naturalmente, animais mais próximos aos ambientes de sua cor sobreviveram, como se o ambiente os completassem; calce uma bota preta e verá a atração que exercerá nas aranhas. Depois de milhôes de anos, seria natural que seu pequeno cérebro chegasse a uma conclusão sobre a melhor forma de sobreviver; mesmo que isso não acontecesse, seria natural que o gosto pelas cores dos ambientes determinassem sua sobrevivência.

O camaleão sente na pele o valor das cores, para cada ambiente, ele muda de cor; pode ser verde, se a vegetação é verde ou mudar de acordo com o ambiente.

Pela maneira que os animais se comportam, fica bem claro que eles tem a sua própria lógica de milhões de anos de existência.

A maneira que os peixes respiram pela pele, parece inacreditável. Minha família até proibia, mas os testes nas pequenas “lesmas” perdidas nas hortas, colocando sal em sua pele, era inevitável, até os pequenos sapos desavisados sofriam com as artes das crianças.

A coruja, dormindo com um olho aberto, pode até inspirar os grandes vigilantes noturnos, imitá-las é impossível.

Uma borboleta virada de cabeça para baixo, com a aparência de uma coruja, supostamente para a sua proteção, deve ser isso mesmo, afinal, esses animais vivem em grupo, suas idéias não são isoladas.

Dizem que a as aves de rapina, como a águia, conseguem ver uma cobra a centenas de metros de altura, mesmo estando a cobra entre a vegetação. O curioso é que essa mesma águia mergulha num vôo mortal, imaginando ser a cobra uma simples minhoca, quando descobre seu erro já é tarde, para escapar da cobra, bate com as asas tirando seu equilíbrio, além de bater desesperadamente com suas patas cheias de ferrões, pior para a cobra, não tem a menor chance.

Os idosos, com reumatismo nos ossos, conseguem fazer uma previsão de chuva melhor que qualquer satélite. O reumatismo aumenta a sensibilidade dos ossos, isso faz com que uma pequena brisa seja sentida com maior intensidade por esses doentes.

Alguns animais nem precisam de reumatismo para sentir essa brisa, saber quando o tempo está para chuva, ou na proximidade do verão, no caso das andorinhas.

Consideradas as sociedades mais organizadas do reino animal, as abelhas surpreendem por sua alquimia avançadíssima, não escondem a fórmula, mas o ser humano ainda não conseguiu chegar nem perto, apesar de toda a sua tecnologia. Eu conheço parte do segredo, mas é melhor nem falar…

Alberto Santos Dumont deve ter reparado a beleza do vôo de um Urubu, deve ter sentido essa experiência em seus primeiros vôos.

O homem aprendeu a controlar alguns desses animais, tirando vantagens, mas nunca conseguiu dominá-los. Fica claro que a nossa natureza é diferente, é muito mais dinâmica e muito menos inteligente, dizem até que nossas mudanças são artificiais, talvez não sejamos, afinal, tão inteligentes ou somos inteligentes demais e fazemos tudo sem pensar.

Segundo as previsões nada animadoras dos cientistas, os  seres vivos considerados os mais asquerosos, são aqueles com mais chances de sobrevivência. È o caso da barata, bactérias e outros animaizinhos que conseguem viver sob a terra.

Em caso de aquecimento global, resfriamento ou ambos, esses animaizinhos deverão iniciar uma longa jornada para dentro da terra, sobrevivendo em túneis sem fim e sobrevivendo de acordo com as condições e quantidade de alimentos disponíveis, ficando a antropofagia apenas na imaginação de minha mente perturbada rsrsrs

By Jânio

fevereiro 17, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , | 6 Comentários

Imagens Relaxantes

Muita gente afirma  que os bebês tem uma vida obscura, da qual eles não se lembram,  depois que crescem. essa é uma foto dessa fase obscura dos bebês.

Bebê assassinoJá está provado que os câes e gatos, por estarem mais próximos dos humanos, são os animais que conspiram para a dominação da terra,  numa guerra sem trégua, onde só os mais fortes sobreviverão.

Veja a foto para ver do que eus estou falando.

matador de aluguel

Para terminar, mais uma dos bebês, em sua fase obscura. Veja o que eles acham dos políticos e o que eles gostariam de fazer com eles.

sentimento de bebê

novembro 25, 2009 Posted by | Piadas | , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: