Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Trump anuncia saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris

maluco e inconsequente

Presidênte Trump

Da Agência Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acaba de anunciar a decisão de retirar o país do Acordo de Paris, que define os compromissos globais na luta contra os efeitos das mudanças climáticas. O anúncio foi transmitido ao vivo pela TV e outros meios de comunicação.

Os termos e condições da retirada deverão ser conhecidos progressivamente. Concretamente, a decisão do mandatário republicano vai de encontro à decisão de líderes mundiais expressas recentemente na reunião de cúpula do G7 (grupo dos sete países mais industrializados do mundo) no sentido de apoiar o acordo climático.

Três dias depois do término da reunião, Donald Trump e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, trocaram críticas que refletiram a falta de entendimento no grupo sobre a manutenção do Acordo de Paris. A única voz dissonante quanto à necessidade de endossar os esforços ambientais foi justamente dos Estados Unidos, que hoje oficializaram a posição de se retirar formalmente do tratado global.

Metas globais

Firmado em 2015, após mais de dez anos de negociações infrutíferas para mitigar o efeito da atividade econômica no clima, o tratado foi assinado por 195 países e ratificado por 147, responsáveis por 80% das emissões –165 metas de redução já foram submetidas. Apenas Síria e Nicarágua ficaram fora.

Segundo maior emissor de gases depois da China, os Estados Unidos respondem por 18% do carbono lançado na atmosfera terrestre, ou 6,5 milhões de toneladas por ano. A saída americana torna ainda mais difíceis as metas do acordo, de reduzir o carbono na atmosfera de 69 biilhões de toneladas para 56 bilhões, e negociar metas futuras para manter, até 2100, o aquecimento global no nível tolerável, inferior a 2 graus Celsius (ºC).

A decisão norte-americana pela retirada poderá levar outros países a rever sua participação. Pelas metas submetidas, já é incerto que o nível tolerável seja atingido. Reduzirão as emissões do nível atual, que aqueceria o planeta 4,2ºC, para apenas 3,3 ºC, segundo análise do Climate Interactive. Sem os Estados Unidos, esse patamar poderá facilmente subir para acima de 3,5 ºC, ou mesmo 3,8 ºC.

De acordo com previsão de cientistas, as consequências para o clima da Terra poderão ser catastróficas, como derretimento de geleiras, elevação do nível do mar, maior intensidade de eventos extremos como tempestades, enchentes, secas e furacões.

Cenários

Estudo publicado na revista Nature estima, neste cenário, queda de 23% na renda média global até 2100, com aumento de desigualdade, graças sobretudo ao impacto na atividade agrícola e na produtividade. O Banco Mundial previu que, até 2030, mais de 100 milhões de pessoas podem voltar à pobreza se nada for feito para mitigar as mudanças climáticas.

Nos Estados Unidos, fração considerável da opinião pública e do Partido Republicano rejeita o consenso científico sobre esse impacto e não acredita que a atividade humana tenha qualquer interferência no clima do planeta nem aceita argumentos econômicos a favor da adoção de formas limpas de geração de energia.

Edição: Juliana Andrade
 
Agência Brasil
 

junho 1, 2017 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

Violência na Síria diminui após início de acordo liderado pela Rússia

Estado Islâmico no Brasil

Ameaça Terrorista

Da Agência Reuters

A luta entre rebeldes sírios e forças do governo diminuiu hoje (6), quando um esforço liderado pela Rússia para fortalecer um cessar-fogo entrou em vigor, embora as batalhas continuassem em uma linha de frente importante perto de Hama, disse um comandante rebelde e monitor de guerra. As informações são da Agência Reuters

O acordo para criar “zonas de segurança” nas principais áreas de conflito no oeste da Síria teve início à meia-noite. O acordo foi proposto pela Rússia, o aliado mais poderoso do presidente Bashar al-Assad, com o apoio da Turquia, que apoia a oposição. O Irã, outro grande aliado de Assad, também o apoiou.

Grupos políticos e armados de oposição rejeitaram a proposta, dizendo que a Rússia não quis ou não conseguiu que Assad e seus aliados da milícia apoiados pelo Irã respeitassem o cessar-fogo passado. O governo sírio disse que apoiou a proposta, mas que continuará a lutar contra o que chamou de grupos terroristas em todo o país.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que houve uma redução nos combates na Síria desde que o acordo entrou em vigor, mas advertiu que era muito cedo para dizer se isso duraria. “A redução da violência deve ser clara e duradoura”, disse o diretor do Observatório, Rami Abdulrahman.

O comandante rebelde disse que o nível geral de violência foi reduzido, mas acrescentou que “tentativas do regime [para avançar] no campo Hama continuam”.

Agência Brasil

 

maio 6, 2017 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

Lava Jato – Andrade Gutierrez pagará um bilhão em acordo

Acordo Bilionário

Andrade Gutierrez

Investigada na Lava Jato, Andrade Gutierrez faz acordo e vai pagar R$ 1 bilhão

O acordo ainda depende de homologação da Justiça. Nos acordos assinados pelas  empresas investigadas na Lava Jato com o Ministério Público, as empreiteiras se comprometem a entregar novas provas sobre o esquema de corrupção na Petrobras e em outras obras. Em troca, o Ministério Público não oferecerá denúncia criminal e civil contra os envolvidos. O acordo tem objetivo de garantir a devolução do dinheiro desviado.

André Richter e Michèlle Canes – Repórteres da Agência Brasil

 

Nove pessoas ficaram feridas em ataque a clínica de aborto e reprodução nos EUA

Leandra Felipe – correspondente da Agência Brasil/EBC

Nove pessoas ficaram feridas em um ataque hoje (27) em Colorado Springs, estado do Colorado (EUA). As vítimas foram atingidas por um homem que disparou com uma espingarda no Planned Parenthood, um centro de planejamento familiar. O atirador foi capturado, após pelo menos três horas de cerco policial.

Leia mais

Manifestantes ocupam ruas de São Paulo contra fechamento de escolas estaduais

Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil

Um ato contra o fechamento de escolas no estado de São Paulo, em protesto contra a reorganização proposta pelo governo e em apoio às ocupações de escolas por estudantes, ocupou as ruas da capital paulista na tarde de hoje. Os manifestantes se concentraram no vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, de onde saíram em caminhada até a Secretaria da Educação, na Praça da República, no centro.

Leia mais

Se houver corte no Bolsa Família, 23 milhões deixarão o programa, diz ministra

Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, disse hoje (27) que, pelos cálculos do ministério, se o corte de um terço nos recursos do Bolsa Família para o ano que vem for incluído no Orçamento de 2016, comoindicou o relator da Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso, deputado Ricardo Barros (PP-PR), cerca de 23 milhões de pessoas deixarão o programa e, desse total 8 milhões, voltarão para a extrema pobreza.

Leia mais

Justiça nega liberdade ao empresário José Carlos Bumlai

André Richter – Repórter da Agência Brasil

A Justiça Federal em Porto Alegre negou hoje (27) pedido de liberdade ao empresário José Carlos Bumlai, preso terça-feira (24). Na decisão, o desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, entendeu que Bumlai deve continuar preso devido aos indícios dos crimes pelos quais o empresário é acusado.

Leia mais

Hospitais universitários do Rio correm risco de fechar, diz Conselho de Medicina

Da Agência Brasil

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj), Pablo Vazquez, afirmou hoje (27), em audiência pública, que os hospitais universitários do estado estão à beira do fechamento. Vazquez classificou de “caótica” a situação.

Leia mais

Instituto Evandro Chagas confirma primeira morte por vírus Zika no país

Da Agência Brasil

O Instituto Evandro Chagas confirmou hoje (27) o primeiro caso de morte por vírus Zika no país. A doença é transmitida por meio da picada do Aedes aegypti, mesmo mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya.

Segundo o instituto, o paciente morava no Maranhão e a morte ocorreu em junho. O caso foi encaminhado para a instituição, com sede em Belém, por ser referência nacional em febres hemorrágicas.

Leia mais

Ministro do STF determina transferência de ex-advogado de Cerveró para presídio

André Richter – Repórter da Agência Brasil

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (27) a transferência do advogado Edson Ribeiro para o presídio Ary Franco, no Rio de Janeiro. Ribeiro é ex-advogado do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. Na mesma decisão, o ministro negou pedido de liberdade feito pela defesa.

Ribeiro foi preso hoje (27) de manhã ao desembarcar no Aeroporto do Galeão, num voo procedente de Miami, nos Estados Unidos. Ele está preso na sede da Polícia Federal (PF), na zona portuária do Rio. O advogado estava com prisão decretada por Zavascki desde terça-feira (24).

Leia mais

Governo extingue sete secretarias e suprime 346 cargos comissionados

Mariana Branco – Repórter da Agência Brasil

O governo extinguiu hoje (27) sete secretarias e suprimiu 346 cargos comissionados do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, da Casa Militar e da Secretaria de Governo da Presidência da República. Segundo o Ministério do Planejamento, as alterações representarão redução de despesas de R$ 16,1 milhões ao ano. As mudanças dão continuidade à chamada reforma administrativa que, no início de setembro, reduziu em oito o número de ministérios.

Leia mais

 

União, Minas Gerais e Espírito Santo vão processar Samarco e Vale em R$ 20 bi

O governo federal e os estados de Minas Gerais e do Espírito Santo vão processar a Samarco e as empresas Vale e BHP Billiton para que arquem com R$ 20 bilhões para as despesas de recuperação dos danos e revitalização das áreas atingidas pela tragédia ocorrida na região após o rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração no município mineiro de Mariana, que resultou no despejo de mais de 50 toneladas de lama ao longo de 850 quilômetros do Rio Doce nos dois estados.

Leia mais

São Vicente registra 4 casos de microcefalia em 2015

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

A cidade de São Vicente (SP), com cerca de 350 mil habitantes, registrou quatro casos de microcefalia em 2015. Segundo a prefeitura, no ano passado, a cidade anotou um caso. Em 2015, os casos foram registrados em agosto (1), setembro (1) e novembro (2).

De acordo com a prefeitura, uma das mães, que estava internada até ontem, relatou ter apresentado sintomas da dengue durante a gestação. No entanto, a prefeitura não confirmou a doença porque a gestante não fez o exame de detecção do vírus da dengue.

Leia mais

Notícias de arquivo

Impostômetro ultrapassa um trilhão

Chega ao fim a era kirchnerista

novembro 28, 2015 Posted by | Política, Resumos Semanais. | , , , , | Deixe um comentário

Rússia vai emitir títulos da dívida em Yuan

Moeda Chinesa

Moeda Chinesa

Rússia emitirá na China títulos da dívida  em yuan, como uma alternativa para títulos em dólar. Esta decisão facilitará a entrada de empresas russas no mercado do gigante asiático,  considerando também a possibilidade de transações em moeda chinesa.

“Estamos preparando um projeto piloto em yuan no mercado internacional”, disse o diretor do Departamento da Dívida do Ministério das Finanças russo, Konstantin Vyshkovski, citado pela Bloomberg,  ele relata que em 2016 Moscou pretende atrair cerca de 3 bilhões de dólares em empréstimos estrangeiros.

Os títulos serão oferecidos na parte continental da China, utilizando para isso a infra-estrutura financeira da Rússia. “Estamos falando de uma nova categoria de investidores estrangeiros. É uma alternativa, um mercado grande e receptivo”, disse Vyshkovski.

A primeira venda de títulos em yuan irá mostrar que a Rússia é um mercado interessante. De fato, os investidores chineses já compraram o equivalente a 1 bilhão de dólares da dívida pública em rublos, acrescentou o funcionário.

As autoridades russas estão analisando “aspectos técnicos” para a venda de títulos na China, Vyshkovski  não especificou o montante da dívida a ser oferecido. Moscou e Pequim permanecem acertando detalhes financeiros, além de acordos bilaterais entre bancos centrais para impulsionar o comércio em moedas locais e reduzir a dependência em relação ao dólar.

Fonte : RT-TV

PIB dos BRICS deve ultrapassar os EUA

Previsão de crescimento do PIB por país

novembro 2, 2015 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

PIB dos Brics deve ultrapassar os EUA

moeda internacional

Negócio da China

Por essa o G7 não esperava, por essa nem o FHC esperava.

Segundo analistas chineses, o PIB dos BRICS deverá ultrapassar o PIB dos EUA até 2.015. Baseados nessa pesquisas e em outros dados mais recentes, os BRICS, Brasil, Rússia, Índia, China, e agora a África do Sul, tem progredido muito em seus acordos, resta saber quem levará vantagem nisso.

Tanto a China, quanto o Brasil, querem ver suas moedas entre as moedas utilizadas para o comércio internacional, sem o qual levam uma grande desvantagem frente a outros países que mantém suas moedas desvalorizadas, facilitando suas exportações.

É natural que moedas fortes, como é o caso do Real, possam vir a ser utilizadas pelo comércio internacional, todos os países podem se beneficiar com mais duas moedas, portanto, duas novas opções.

As moedas em uso, dólar, euro, iene e libra, sofreram, e sofrem, os efeitos da grave crise que se abateu sobre a economia mundial, tornando-se desvalorizadas. Isso faz com que esses países tenham uma certa “vantagem” no câmbio, a mesma ladainha a qual nós brasileiros ouvimos a vida inteira.

Caso os BRICS consigam convencer os organismos internacionais a incluir essas duas novas moedas no comércio internacional, todas as empresas exportadoras terão duas moedas fortes e confiáveis, afinal estão sendo avalizadas por suor e sangue derramados pelos povos desses dois países. Na China, o salário de fome e o trabalho infantil ajudam tornar sua economia forte e saudável, enquanto no Brasil nós temos os impostos.

Os impostos do Brasil são tão altos, que cerca da metade de nossas riquezas fica perdida, por sonegação, corrupção ou roubo, criando um efeito cascata difícil de ser mantido nas sombras, devido às novas tecnologias.

Se a globalização era uma ambição dos Bilderbergs, constituindo-se na principal causa da crise global, fica a pergunta: De quem é o interesse pela globalização dos BRICS?

Precisamos voltar no tempo e descobrir quem começou tudo isso, certamente a resposta encontraremos na primeira letra do grupo, “B” de Brasil.

Enquanto a China defende os interesses do império chinês, aqui no Brasil, os interesses sempre foram egoístas e serão capazes de vender o Brasil pela melhor comissão de mercado.

É bom que fique claro que o povo brasileiro não tem nenhuma participação nas negociações, pelo menos o povo aqui de baixo, os pobres.

Antes de criar um novo mercado comum entre países, o mínimo que deveríamos fazer é avaliar as consequências desastrosas do euro. O euro não derrubou só o dólar, criou uma crise que afetou o mundo inteiro.

Certamente a nossa máfia deve estar muito interessada no crescimento chinês, resta saber quais são os planos da China nisso tudo. Um país que não respeita nem os seus próprios cidadãos, deverá ter ainda menos respeito pelos povos de outros países.

Os primeiros acordos entre o Brasil e China foram uma catástrofe, praticamente destruíram a indústria brasileira em um curto período de tempo.

Isso aconteceu, evidentemente, porque o Brasil não se encontrava à altura da China em termos tecnológicos, ainda enfrentamos a mesma situação.

Se a China é capaz de construir um prédio de quarenta andares, em sete dias – isso é apenas um exemplo hipotético – o Brasil levaria sete anos – esse é outro exemplo hipotético – isso se terminasse, caso a construtora não simulasse a própria falência, levando todas as economias dos pobres trabalhadores.

A China é um raríssimo caso de imperialismo perfeito, enquanto no Brasil, o que temos é um bando de trombadinhas que se revezam no poder.

O Brasil é exatamente o oposto, um caso perdido, em quinhentos anos de história patética.

O euro não deu certo porque não foi criado com esse objetivo, a ideia era facilitar as transferências monetárias do Clube de Bilderberg, sem ter que dar satisfações ou pagar altos impostos. Esse processo aumentou a concentração de capitais dos ricos, consequentemente, aumentou muito mais a pobreza.

Para que o euro desse certo, seria preciso que os países tivessem força, fossem iguais, socialmente falando. Poucos países no mundo tem condições de criar uma mercado comum.

Um sonho desse porte exige uma transformação muito grande, exige que países tornem-se solidários, humanos. Criar um mercado comum, acreditando apenas em seu poder econômico, seria um grande erro.

A inclusão dessas duas moedas no mercado internacional, será um grande avanço para o Brasil, mas que fique por aí, nada de fazer acordos sem o devido planejamento. Eu, pessoalmente, acredito que todos os acordos deveriam ser feitos separadamente, com direito a regulamentação, complementos.

Nenhum acordo que não seja vantajoso para ambas as partes, deverá ser descartado, daí a necessidade de se ter cautela, fazer ajustes, entrar em acordo.

Não é intenção da China destruir o Brasil economicamente, o Brasil não teria a menor chance de sequer afetar a china, portanto, é preciso um passo de cada vez, nesse caso, um acordo de cada vez.

O principal interesse da china, em relação ao Brasil, é a força de sua economia, a força da estabilidade de sua moeda, mas principalmente das matérias-primas. Não é de hoje que a China vem estudando a forma como o Brasil conduz sua economia, a china é especialista em copiar sistemas, econômicos, tecnológicos, menos sistemas sociais.

Se é certo que um mercado comum deva ser criado por países iguais, os BRICS não teriam a menor chance, eles só são iguais no descaso social, na maneira como tratam seus pobres, na desigualdade social.

É melhor manter tudo em níveis de acordos.

By Jânio.

abril 19, 2011 Posted by | Política | , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: