Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Acidente Nuclear de Fukushina está em nível 7

Perigo no Japão

Acidente Nuclear

Como nossos amigos vinham alertando, o pior aconteceu no Japão. Segundo a rede de TV NHK, autoridades japonesas estariam passando para o nível sete, a gravidade do acidente na usina nuclear de fukushima.

Todos os blogueiros concordaram com a afirmação de que a mão de Deus esteve presente na tragédia do Japão, possibilitando que as pessoas se deslocassem daquele local.

Esse tempo, entre o terremoto até agora, foi suficiente para que o mundo inteiro se mobilizasse, enviando ajuda para os japoneses, assim como as autoridades tivessem tempo para dizer a verdade.

Passando para o grau sete, a tragédia se iguala ao acidente de Chernobil, pior, deixa claro que a energia nuclear não pode ser controlada pelo homem.

A proximidade do acidente nuclear com o maior centro urbano do Japão, serviu de alerta para os outros países em regiões de riscos, sobre falhas geológicas.

Foi suficiente também para que o corajoso povo chileno reagisse à visita de Barack Obama, enterrando de vez a ideia do projeto nuclear chileno. Todos nós temos na lembrança a tragédia do terremoto no Chile.

Fica bem claro que regiões de risco, grandes centros urbanos, energia nuclear e indústrias a base dessa energia, são incompatíveis.

Enquanto isso, celebridades como James Cameron e Arnold Schwarzenegger, saem em defesa das terras dos índios no Amazonas. Só se esquecem de avisar que a pobreza está diretamente ligada ao desmatamento e a colonização dessas áreas.

Preservar o planeta está se tornando um problema cada vez mais difícil de ser solucionado. O homem está entre um dilema: Ou proteger o planeta, ou proteger a si mesmo.

Eu entendo que a colonização das regiões das fronteiras sejam importante para o país, mas a colonização da floresta amazônica deixa claro que há interesses obscuros por trás desse progresso.

Caso as construções das hidrelétricas sejam inevitáveis, descartadas quaisquer outras fontes de energia alternativas, restará saber se o Governo terá competência para cuidar dos povos indígenas.

Como nós sabemos, a República Americana é muito eficiente em fazer justiça fora de seu território. Tudo em nome do Império.

Como tudo começou:
By Jânio

abril 12, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , | 6 Comentários

Total de vítimas no Japão pode chegar a quinhentas mil

Primeira Tragédia

Reator de Chernobyl

Muita gente já consegue avaliar as consequências do acidente nuclear, provocado pelo terremoto do Japão. Somando todas as vítimas, tanto do terremoto, quanto daquelas que deverão se deslocar para evitar a contaminação, o total de vítimas chega a quinhentas mil.

Segundo alguns cientistas, as usinas nucleares seriam a melhor alternativa para uma demanda cada vez maior por energia. Isso evitaria que o meio ambiente tivesse de ser sacrificado, evitaria também que alimentos fossem utilizados para a criação de energias alternativas.

A natureza tem demonstrado que quem dará a última palavra, quando o assunto são recursos naturais, sempre será ela.

A visita de Obama foi oportuna, estratégica, quando se trata da Guerra da Líbia, afinal, o Brasil não votou, preferindo manter-se neutro nesse conflito. Quando o assunto é energia nuclear, a visita do Presidente dos Estados unidos não foi tão oportuna assim.

Pesquisas com energia nuclear vinham sendo feitas no Chile, mas como o Chile teve um terremoto alguns meses antes do terremoto do Japão, a visita de Barack Obama aumentou ainda mais essa polêmica, afinal, os dois países vem acertando acordos em vários campos, entre eles no setor de energia nuclear.

O desastre nuclear do Japão, deixa claro a impossibilidade de instalação de usinas nucleares em regiões de risco. Até o acidente em chenorbyl (veja foto acima) achava-se que o problema era ligado a gestão e infraestrutura, mas o acidente no Japão mostra um perigo muito maior, imposto pelas forças da natureza.

Todos nós sabemos que os terremotos não são as únicas forças da natureza. Sabemos da instabilidade do planeta e dos riscos aos quais estamos submetidos.

Durante os terremotos do Japão, outro acidente acontecia no Brasil, as enchentes provocadas pelas chuvas.

As enchentes mostram um outro perigo, onde o homem se vê incapacitado de controlar o próprio destino.

Até uma hidrelétrica gigante oferece risco de se romper, mas, nesse caso, o homem terá um controle maior.

Decisões ligadas a infraestrutura, são impopulares, anti-democráticas, já que o povo não tem participação direta.

Não é de hoje que manifestações anti-energia nuclear ocorrem pelo mundo, mas as pessoas não se preocupam em se manifestar, pelo menos enquanto isso não oferecer riscos diretamente ligados a elas.

Com o tempo, esses monstros ficarão desgastados, surgindo o perigo de acidentes e de contaminações em grande escala.

Se as pessoas pudessem ler a linguagem de fumaças, poderiam ler as mensagens no Japão, cada vez que ocorre um vazamento e evapora uma nuvem escura.

By Jânio

março 23, 2011 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: