Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

When Dems lose elections, they resort to ‘feeble excuses’

Publicado em 15 de jun de 2017

The mainstream media continues to buzz with accusations of Russian tampering in the 2016 presidential election. Former Governor Jesse Ventura (I-Minnesota) joins RT America’s Ashlee Banks to discuss US media’s current attitude toward Russia and what he sees as the “hypocrisy” of US anxiety over foreign powers’ alleged meddling in elections. He also discusses his upcoming show on RT America, “The World According to Jesse.”

Find RT America in your area: http://rt.com/where-to-watch/
Or watch us online: http://rt.com/on-air/rt-america-air/

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTAmerica
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_America

junho 17, 2017 Posted by | english | , , | Deixe um comentário

The game must go on: Congress unites on playing field

Publicado em 15 de jun de 2017
The congressional baseball game went on despite the rampage by a lone gunman at yesterday’s practice. This as House Majority Whip Steve Scalise remains in critical condition. More than 20,000 tickets were sold, more than double the amount prior to the tragic shooting Wednesday. RT America’s Simone Del Rosario went to the game, and speaks with US representatives on both sides of the aisle.

Find RT America in your area: http://rt.com/where-to-watch/
Or watch us online: http://rt.com/on-air/rt-america-air/

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTAmerica
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_America
Categoria
Notícias e política
Licença
Licença padrão do YouTube

 

junho 17, 2017 Posted by | english | , , | Deixe um comentário

هل دفعت السعودية لترامب ضد قطر وهل سيلجأ كومي إلى روسيا ؟؟

Publicado em 15 de jun de 2017

عن هذين السؤالين و تفاصيل اللقاء المباشر بين الرئيس الروسي فلاديمير بوتين مع المواطنين، يجيب المستعرب البروفيسور قسطنطين ترويفتسيف الخبير بالشؤون الدولية. المزيد في الفيديو.

الاشتراك في فيديوهات قناة “RT” من خلال اليوتيوب:
https://www.youtube.com/user/RTarabic…

موقع قناة RTarabic:
http://arabic.rt.com/
يمكنكم متابعتنا على التويتر:
https://twitter.com/RTarabic
صفحة RT على الفيسبوك:
http://www.facebook.com/rtarabic.ru

قناة “RT” الفضائية هيئة إخبارية إعلامية ناطقة باللغة العربية تابعة الى مؤسسة “تي في — نوفوستي” المستقلة غير التجارية. يتضمن برنامج بث القناة أخبارا سياسية واقتصادية وثقافية ورياضية وجولات في الصحافة وبرامج دورية وأفلاما وثائقية وتحقيقات مصورة. تبث القناة 24 ساعة يوميا خلال سبعة أيام في الأسبوع.

junho 17, 2017 Posted by | Arabic | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sanciones: Maniatando a Trump

Transmitido ao vivo há 16 horas

Este viernes, Javier Rodríguez Carrasco debate con expertos las motivaciones que han llevado al Senado de EE. UU. a imponer más sanciones contra Rusia. ¿Es una forma de control sobre Trump? ¿Quién gana con esta iniciativa? ¿Realmente ocasionan las sanciones el daño que pretenden? ‘El Zoom’ intenta aclarar el contexto en el que se han tomado estas medidas y analiza la respuesta de Putin a este nuevo intento de arrinconar al país.

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

 

junho 17, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

لقاء”الخط المباشر” للرئيس فلاديمير بوتين (الجزء الثاني لتعليق السفير السابق أوليغ بيريسيبكين)

Publicado em 15 de jun de 2017

قال الرئيس الروسي فلاديمير بوتين إن موسكو لا تعتبر الولايات المتحدة عدوا لها، وحذر من استحالة تسوية الأزمة السورية بدون تعاون روسي أمريكي بناء.
التفاصيل: https://ar.rt.com/ixvk

الاشتراك في فيديوهات قناة “RT” من خلال اليوتيوب:
https://www.youtube.com/user/RTarabic…

موقع قناة RTarabic:
http://arabic.rt.com/
يمكنكم متابعتنا على التويتر:
https://twitter.com/RTarabic
صفحة RT على الفيسبوك:
http://www.facebook.com/rtarabic.ru

قناة “RT” الفضائية هيئة إخبارية إعلامية ناطقة باللغة العربية تابعة الى مؤسسة “تي في — نوفوستي” المستقلة غير التجارية. يتضمن برنامج بث القناة أخبارا سياسية واقتصادية وثقافية ورياضية وجولات في الصحافة وبرامج دورية وأفلاما وثائقية وتحقيقات مصورة. تبث القناة 24 ساعة يوميا خلال سبعة أيام في الأسبوع.

junho 17, 2017 Posted by | Arabic | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ministro interino da Cultura pede demissão do cargo

Ivan Richard Esposito – Repórter da Agência Brasil*
Brasília - O secretário executivo do Ministério da Cultura, João Batista de Andrade participa da cerimônia de inauguração da Mostra Brasilis a Brasília (Valter Campanato/Agência Brasil)
Em carta, João Batista de Andrade diz não ter interesse em ser efetivado no cargo de ministro da CulturaValter Campanato/Arquivo/Agência Brasil

O ministro interino da Cultura, João Batista de Andrade, pediu hoje (17) demissão do cargo. Em carta enviada ao presidente Michel Temer, Andrade afirma não ter interesse em ser efetivado no comando da pasta.

“Comunico, respeitosamente, meu desinteresse em ser efetivado como ministro da Cultura”, diz trecho da carta divulgada nas redes sociais do Ministério da Cultura. “Assim sendo, confirmo minha disposição para contribuir da forma mais proativa possível com a transição de gestão no Ministério da Cultura, até a nomeação dos próximos ministros da Cultura e seu secretário executivo”, acrescenta o texto.

Então secretário executivo da Cultura, Andrade assumiu interinamente o cargo de ministro em maio, após o deputado Roberto Freire (PPS-PE) anunciar a saída da pasta. À época, Freire atribuiu a decisão ao fato de Michel Temer não ter renunciado à Presidência, como foi sugerido pelo PPS, após vir a público o conteúdo da delação premiada do empresário Joesley Batista, dono da JBS.

De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer recebeu a carta, mas não deve tomar nenhuma decisão antes de retornar da viagem que fará na próxima semana à Rússia e à Noruega.

*Colaborou Yara Aquino

Texto alterado às 14h22 para acréscimo das informações divulgadas pela assessoria do Palácio do Planalto

Edição: Juliana Andrade
 
Agência Brasil

junho 17, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Aécio Neves pede que sua eventual prisão seja julgada no plenário do STF

Felipe Pontes – Repórter da Agencia Brasil

A defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu hoje (16) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto.

Brasília - O senador Aécio Neves durante entrevista coletiva após reunião com os presidentes e lideranças da Câmara e do Senado para discutir a votação da proposta de reforma política que tramita no Senado (Mar
Para a defesa de Aécio Neves, o tema afeta a relação entre os poderes e deve ser julgado pelo plenárioArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Está marcada para terça-feira (20), na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, argumentou que o tema afeta a relação entre os poderes, e, por isso, deve ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

Ao negar um primeiro pedido da PGR pela prisão de Aécio, o ministro Edson Fachin, então relator do caso, mencionou a garantia constitucional do parlamentar, mas disse que, em um momento posterior, o assunto deveria ser melhor discutido em plenário. Entretanto, após a redistribuição do processo, a pedido da defesa, o novo relator, Marco Aurélio Mello, pautou a questão para a Primeira Turma.

Nesta semana, a Primeira Turma do STF decidiu, por 3 votos a 2, manter Andréa Neves, irmã de Aécio, presa preventivamente, ao julgar improcedente um recurso da defesa.

Votaram a favor da prisão os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, enquanto o relator, Marco Aurélio Mello, e Alexandre de Moraes votaram pela soltura da investigada.

Adiamento

O advogado de Aécio Neves pediu também, em uma segunda petição nesta sexta-feira, que o julgamento de sua eventual prisão seja adiado em ao menos dez dias. O argumento é que a PGR, em seu recurso reforçando o pedido de prisão, acrescentou elementos novos não conhecidos pela defesa.

No pedido, Janot inseriu uma foto publicada na página do senador no Facebook, em que ele aparece numa reunião com políticos. Para o procurador-geral da República, a imagem comprova o descumprimento da determinação que afastou o tucano do exercício do cargo de senador.

* A matéria foi alterada às 19h50 para inclusão de novas informações

Edição: Armando Cardoso
 
Agência Brasil

junho 17, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Trump anuncia cancelamento de acordo e apoia embargo dos EUA a Cuba

Da Agência EFE
Donald Trump anuncia cancelamento do acordo entre Estados Unidos e Cuba
Donald Trump anuncia cancelamento do acordo entre Estados Unidos e CubaEPA/Agência Lusa/Cristobal Herrera

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou hoje (16) o “cancelamento” da política de Barack Obama para Cuba e se mostrou disposto a negociar “um acordo melhor” com a ilha, mas apenas se houver avanços “concretos” para realização de “eleições livres” e a liberdade de “prisioneiros políticos”. As informações são da Agência EFE.

“Não suspenderemos as sanções a Cuba até que todos os prisioneiros políticos sejam livres, todos os partidos políticos estejam legalizados e sejam programadas eleições livres e supervisionadas internacionalmente”, disse Trump durante discurso em Miami.

O presidente também desafiou Cuba “a comparecer à mesa (de negociação) com um novo acordo que esteja no melhor interesse tanto do seu povo como do americano”, e considerou “cancelado” o marco estipulado entre Obama e Raúl Castro para normalizar as relações bilaterais.

Donald Trump advertiu, no entanto, que “qualquer mudança” à sua postura com Cuba dependerá de “avanços concretos” rumo a objetivos como as eleições livres, a liberdade de presos políticos e a entrega à Justiça americana de “criminosos e fugitivos” que encontraram refúgio na ilha.

“Quando os cubanos derem passos concretos, estaremos prontos, preparados e capazes de voltar à mesa para negociar esse acordo, que será muito melhor”, assegurou Trump.

“A nossa embaixada permanece aberta com a esperança de que nossos países possam forjar um caminho muito melhor”, acrescentou Trump, que não tomou nenhuma medida para rebaixar o nível de relações diplomáticas com a ilha.

O governante americano assegurou também que confia em que “logo” chegará o dia em que haja “uma nova geração de líderes” que implemente essas mudanças em Cuba, uma vez que o presidente cubano, Raúl Castro, deixará o poder em fevereiro de 2018.

Trump anunciou ainda que se “restringirá muito robustamente o fluxo de dólares americanos aos serviços militares, de segurança e de inteligência” da ilha, e dará “passos concretos para assegurar-se que os investimentos” de empresas americanas “fluem diretamente ao povo “.

“Implementaremos a proibição do turismo e implementaremos o embargo”, sentenciou Trump.

As mudanças anunciadas pela Casa Branca incluem a proibição das viagens individuais para fazer contatos com o povo cubano, conhecidos em inglês como “people to people travel”, e a possibilidade de auditoria a todos os americanos que visitem Cuba para comprovar que não violam as sanções dos EUA.

Liberdade

Antes da formalização do cancelamento do acordo, Donald Trump, afirmou que é “importante” que haja liberdade tanto em Cuba como na Venezuela. No discurso, o presidente norte-americano disse que Cuba sofre “há décadas” com o regime dos irmãos Castro, mas que isto não deve se repetir na Venezuela.

Trump detacou que os Estados Unidos acompanham de perto as denúncias sobre os crimes do “brutal” regime dos irmãos Castro, e que “é importante que haja liberdade em Cuba e na Venezuela”.

Trump reconheceu que, “às vezes”, na política, as coisas tomam um “pouco mais de tempo” que o desejado, mas prometeu que vai chegar “lá” e que vai conseguir fazer com que Cuba seja livre.

Embargo

A mudança de política para Cuba inclui o apoio de Donald Trump ao embargo comercial e financeiro americano à ilha e, de acordo com a Casa Branca, a oposição aos pedidos internacionais para que o Congresso o suspenda.

“A política reafirma o embargo americano imposto por lei a Cuba e se opõe aos pedidos nas Nações Unidas e outros foros internacionais para acabar com ele”, reiterou comunicado da assessoria do presidente norte-americano, enquanto Trump anunciava a mudança de política em teatro do bairro de Pequena Havana.

A suspensão do embargo só pode ser decidido pelo Congresso dos EUA, controlado agora pelos republicanos em ambas câmaras.

Dissidentes 

Líderes da oposição interna de Cuba receberam com considerações distintas, como “alegria” e pessimismo, o anúncio de Donald Trump, que reverte grande parte da política de normalização de relações com a ilha promovida por seu antecessor Barack Obama.

Berta Soler, uma das fundadoras do grupo dissidente Damas de Branco, disse que a nova mudança na política de normalização das relações dos EUA com a ilha “enche (os dissidentes cubanos) de alegria” e mostra que o governo Trump “conhece bem a oposição interna em Cuba e a repressão que ela sofre”.

O presidente americano desafiou hoje o governo de Cuba a negociar “um acordo melhor”, deu por “cancelado” o pacto estipulado entre Obama e Raúl Castro para normalizar as relações bilaterais e condicionou “qualquer mudança” em sua postura relativa a Cuba a “avanços concretos” para objetivos como eleições livres e a libertação dos presos políticos.

“Esperávamos estas medidas e as novas condições que o governo dos EUA tem de colocar para normalização das relações com o regime cubano, que nos agride e que ninguém consegue conter, porque o que Obama fez foi dar sinal verde e legitimar o regime”, declarou Soler por telefone da sede das Damas de Branco em Havana.

Soler, um dos rostos mais conhecidos da dissidência cubana, informou que as decisões anunciadas por Trump “são uma forma de levar Cuba a uma democratização, que depende dos cubanos”. “Acredito que temos o direito de contar com o apoio do governo dos EUA, que sempre quis a liberdade para o povo de Cuba”, acrescentou a dissidente.

O dissidente Manuel Cuesta Morúa, da organização Arco Progressista, tem opinião diferente sobre a nova política proposta pelo presidente norte-americano para a ilha.

“Parece-me uma notícia ruim para promoção da democracia em Cuba, e também uma notícia ruim para os cubanos em geral o retorno a uma política fracassada para tentar fazer com que os direitos humanos e a democracia sejam respeitados em Cuba”, declarou Cuesta Morúa.

Cuesta Morúa disse acreditar que o “mais sábio” seria “continuar os intercâmbios com a sociedade cubana em uma lógica de vencer, e não voltar à lógica de supostos ganhadores e perdedores reais na qual quem sempre perdeu foi o povo cubano”.

* A matéria foi ampliada às 20h12 para inclusão do posicionamento de dissidentes cubanos

Edição: Armando de Araújo Cardoso
 
Agência Brasil
 

junho 17, 2017 Posted by | Internacional | , , , | Deixe um comentário

   

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: