Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

PSB decide romper com base aliada do governo

Andre Richter – Repórter da Agência Brasil

A Executiva Nacional do PSB anunciou hoje (20) o rompimento com a base aliada do governo do presidente Michel Temer. A decisão foi tomada em uma reunião da cúpula do partido nesta manhã, após a divulgação, ontem (19) da íntegra das delações dos donos da empresa JBS. A legenda tem 42 parlamentares no Congresso Nacional.

Ao fim da reunião, o partido divulgou uma resolução na qual defende a saída do presidente Temer. A legenda também defendeu a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), de autoria do deputado federal Miro Teixeira (Rede-RJ), que prevê eleições diretas em caso de vacância da Presidência e da Vice-Presidência da República.

Segundo o presidente do partido, Carlos Siqueira, a situação do ministro das Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, filiado à legenda, não está definida. “O ministro não é indicação do partido. Eu sugeri que ele deixasse o cargo, mas ele tem liberdade para ficar, não em nome do partido”, disse.

Em pronunciamento à nação esta tarde, o presidente Michel Temer disse que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o inquérito aberto contra ele seja suspenso até que verificada a autenticidade da gravação feita pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, de uma conversa com o presidente.

Edição: Aécio Amado
 
 

maio 20, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Delatores dizem que JBS pagou a partidos para apoiarem Aécio em 2014

Alex Rodrigues, Yara Aquino e André Richter – Repórteres da Agência Brasil

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, e o diretor de Relações Institucionais e Governo da empresa, Ricardo Saud, afirmaram em depoimentos à Procuradoria-Geral da República (PGR) que repassaram dinheiro à campanha do então candidato à Presidência da República, Aécio Neves, por meio de caixa 2. Em um dos 15 depoimentos que prestou para fechar acordo de delação premiada, Saud diz que, diante da possibilidade de Aécio vencer a disputa em 2014, a JBS “abriu um crédito de propina que chegou a quase R$ 100 milhões”. Segundo o executivo, parte dessa quantia foi usada para “comprar” o apoio de partidos à candidatura do tucano.

“Somando tudo, dá R$ 100 milhões para o Aécio, tudo em propina. Uma parte ele ia pagar a gente de volta, caso ganhasse. Pelo jeito, ficou para a próxima e estou pondo juros e correção. Se ele ganhar na próxima, ele paga”, ironiza Saud diante dos procuradores e advogados.

De acordo com o executivo, além de se comprometer a beneficiar a empresa caso chegasse a ocupar o Palácio do Planalto, Aécio teria sinalizado que atuaria junto ao governo de Minas Gerais para favorecer a JBS, que tentava obter a liberação de créditos financeiros, entre outras coisas. De acordo com o executivo, isso também não se concretizou.

Ao depoimento, o diretor anexou cópias de documentos que, segundo ele, comprovam o repasse às legendas. Saud cita nomes, datas e até números de contas bancárias. Entre eles, os de dirigentes partidários cooptados com o dinheiro da empresa.

“Começaram a vender que havia uma expectativa real de que o Aécio podia vencer a eleição, mas para vencer eles precisavam comprar os partidos. Porque os partidos grandes todos já estavam vendidos para o PT. Essas vendas eram feitas uma parte em dinheiro, outra com promessas de ministério ou cargos no governo”, alegou Saud.

Em nota, a defesa do senador afastado Aécio Neves afirmou que as declarações são mentirosas. “Todos os recursos da JBS recebidos pela campanha foram doações oficiais e não envolveram qualquer tipo de contrapartida ou de uso de dinheiro público”. Os advogados defendem ainda que nunca houve atuação do senador a favor da empresa e “desconhece todas as questões citadas pelo delator relativas a ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços]”.

“Em 2014, um total R$ 50,2 milhões foram doados pela empresa ao comitê financeiro nacional e à Direção Nacional do PSDB. Desse total, R$ 30,44 milhões foram repassados para a campanha presidencial e encontram-se devidamente registrados na prestação de contas do partido. Outros R$ 6,3 milhões foram doações feitas a diretórios regionais e candidatos estaduais e R$ 4 milhões doados no período pré-eleitoral, totalizando R$ 60,5 milhões em doações rigorosamente declaradas à Justiça Eleitoral”, acrescentam os advogados.

Doações

De acordo com Saud, do “crédito de propina aberto para Aécio”, a JBS repassou, por meio de “doações dissimuladas oficiais”, R$ 20 milhões para o PTB; R$ 15 milhões para o Solidariedade; R$ 1,3 milhão para o PMN e R$ 1 milhão para o PTdoB. Além disso, a empresa também teria pago pelo apoio do PEN (R$ 500 mil); PPN (R$ 400 mil); PPC (R$ 400 mil); PTC (R$ 250 mil); PTN (R$ 250 mil); PSL (R$ 150 mil); PSC (R$ 100 mil) e PSDC (R$ 50 mil). Os partidos têm negado as acusações de recebimento de doações não oficiais para campanha.

O executivo também disse que Aécio teria pedido R$ 1,5 milhão para o diretório estadual do PMDB no Rio Grande do Sul, onde, apesar da aliança nacional do partido com o PT, a legenda lançou candidato próprio (o atual governador Ivo Sartory). “O Aécio deu R$ 1,5 milhão desse dinheiro de propina para o Sartory, por meio de doação oficial dissimulada”, declara Saud no depoimento gravado.

O Democratas também teria sido contemplado com recursos destinados a Aécio Neves, mas o delator não deixa claro quanto foi liberado. Saud mesmo explica aos procuradores que DEM e Solidariedade já faziam oposição ao PT e à candidata à reeleição, Dilma Rousseff. Portanto, segundo ele, seria de esperar que ambos se unissem espontaneamente a Aécio. “De todo jeito, foi prometido para o partido [DEM] R$ 10 milhões, mais a coordenação-geral da campanha para o Agripino Maia”. Após relatar uma contrariedade entre Aécio e Maia, Saud não deixa claro quanto exatamente foi liberado ao DEM.

“O Aécio virou uma sarna em cima do Joesley [dono da JBS]. Ligava ele, a irmã dele [Andrea Neves], o primo…[ligavam] para o Joesley, para mim […] pedindo propina, dizendo que estavam devendo demais da campanha”, acrescentou Saud.

Já o dono da JBS, Joesley Batista, afirmou em seu depoimento que, mesmo após o fim da campanha de 2014, quando Aécio já tinha sido derrotado, o tucano continuou lhe pedindo dinheiro. Os supostos pedidos teriam cessado entre 2016 e fevereiro de 2017, quando Joesley afirma ter voltado a se encontrar com Andrea Neves, que teria lhe pedido R$ 2 milhões para que o tucano pagasse despesas com seu advogado, Alberto Toron, na defesa dos processos da Lava Jato.

Joesley contou aos procuradores que, após algum tempo, se reuniu com o próprio Aécio, em São Paulo, e acertou o pagamento da quantia em quatro prestações de R$ 500 mil. Joesley gravou esse encontro com Aécio. No áudio entregue ao MPF, o empresário combina a entrega da quantia.

A defesa de Aécio confirma que o senador afastado pediu R$ 2 milhões a Joesley, mas como um empréstimo. Em nota, os advogados acrescentam que “foi proposta, em primeiro lugar, a venda ao executivo de um apartamento de propriedade da família. O delator propôs, entretanto, já atendendo aos interesses de sua delação, emprestar recursos lícitos”.

“Não fosse a intenção do delator, única e exclusivamente, gravar as conversas em benefício próprio, teria essa transferência sido feita naturalmente e regularizada, através de contrato de mútuo, para que o acordo com os advogados pudesse ser concretizado posteriormente”. A defesa acrescenta que o pedido de empréstimo foi feito sem a oferta de qualquer contrapartida “e sem qualquer ato, por parte do senador, que possa ser considerado ilegal”.

Edição: Amanda Cieglinski
 
 

maio 20, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

قبيلة تصارع الزمن

Publicado em 21 de jul de 2015

الاشتراك في فيديوهات قناة “RT” من خلال اليوتيوب:
https://www.youtube.com/user/RTarabic…

موقع قناة RTarabic:
http://arabic.rt.com/
يمكنكم متابعتنا على التويتر:
https://twitter.com/RTarabic
صفحة RT على الفيسبوك:
http://www.facebook.com/rtarabic.ru

قناة “RT” الفضائية هيئة إخبارية إعلامية ناطقة باللغة العربية تابعة الى مؤسسة “تي في — نوفوستي” المستقلة غير التجارية. يتضمن برنامج بث القناة أخبارا سياسية واقتصادية وثقافية ورياضية وجولات في الصحافة وبرامج دورية وأفلاما وثائقية وتحقيقات مصورة. تبث القناة 24 ساعة يوميا خلال سبعة أيام في الأسبوع.

maio 20, 2017 Posted by | Arabic | , , | Deixe um comentário

فوز روحاني.. ولاية توافق أم تصعيد؟

Publicado em 20 de mai de 2017

تمكن الرئيس الإيراني حسن روحاني من الفوز بولاية رئاسية ثانية بعد تقدمه الكبير في الانتخابات على منافسه إبراهيم رئيسي، وحصوله على أكثر من ثلاثة وعشرين مليون صوت، بنسبة سبعة وخمسين في المئة، مقابل ثمانية وثلاثين فاصل خمسة بالمئة لمنافسه رئيسي. وهو ما يضعه أمام تحديات جمة في مواجهة منتقديه من المحافظين المسيطرين على أجهزة الدولة القوية وتحدي تنفيذِ إلتزاماته أمام ناخبيه وداعميه الإصلاحيين، خصوصا وأنه متهم بعدم الإيفاء بكامل التزاماته خلال فترته الأولى..
نتناول هذا الموضوع في حوار اليوم من اسأل اكثر مع ضيوفنا الكرام، ونتساءل حول توجهات السياسة الإيرانية مستقبلا في ضوء المعطيات الداخلية الإيرانية والأوضاع الإقليمية. ومالذي سيتغير بفوز روحاني؟

الاشتراك في فيديوهات قناة “RT” من خلال اليوتيوب:
https://www.youtube.com/user/RTarabic…

موقع قناة RTarabic:
http://arabic.rt.com/
يمكنكم متابعتنا على التويتر:
https://twitter.com/RTarabic
صفحة RT على الفيسبوك:
http://www.facebook.com/rtarabic.ru

قناة “RT” الفضائية هيئة إخبارية إعلامية ناطقة باللغة العربية تابعة الى مؤسسة “تي في — نوفوستي” المستقلة غير التجارية. يتضمن برنامج بث القناة أخبارا سياسية واقتصادية وثقافية ورياضية وجولات في الصحافة وبرامج دورية وأفلاما وثائقية وتحقيقات مصورة. تبث القناة 24 ساعة يوميا خلال سبعة أيام في الأسبوع.

maio 20, 2017 Posted by | Arabic | , , , , | Deixe um comentário

Quién será el próximo número uno del mundo?

Publicado em 20 de mai de 2017

La leyenda del fútbol brasileño, poseedor de todos los trofeos de este deporte, cuenta en una entrevista exclusiva con RT cómo ve los preparativos para la Copa Confederaciones y el Mundial en Rusia, recuerda su época dorada en el Barça y reflexiona sobre el cambio generacional y los nuevos talentos del fútbol.

SEPA MÁS: https://es.rt.com/54de

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

maio 20, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

“El ‘software’ está destruyéndolo todo”

Publicado em 20 de mai de 2017

En este episodio de Keiser Report, Max y Stacy hablan del ‘gran estrechamiento’ del S&P 500 y sobre cómo Amazon ha destruido los establecimientos de venta al por menor. En la segunda parte Max entrevista a Michael Pento, de Pentoport.com, sobre la deuda y los impuestos en la era Trump.

TODOS LOS EPISODIOS: https://actualidad.rt.com/programas/k…

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

maio 20, 2017 Posted by | Espanhol | , | Deixe um comentário

The Real Story Behind Trump’s False Voter Fraud Claims

Publicado em 19 de mai de 2017

On tonight’s Big Picture, Thom Hartmann hosts a Politics Panel with Chuck Rocha and Bryan Pruitt to discuss cascading number of scandals hitting Trump after firing FBI director James Comey. They also discuss the proposed cuts to the EPA and what one can expect from the coming voter fraud commission. Then he talks with Dr. Jared A. Ball about the rich legacy behind Malcolm X.

For more information on the stories we’ve covered visit our websites at thomhartmann.com – freespeech.org – and RT.com. You can also watch tonight’s show on Hulu – at Hulu.com/THE BIG PICTURE and over at The Big Picture YouTube page. And – be sure to check us out on Facebook and Twitter!

maio 20, 2017 Posted by | english | , , | Deixe um comentário

Debt and Taxes in the Age of Trump

Publicado em 20 de mai de 2017

In this episode of the Keiser Report, Max and Stacy discuss the great narrowing of the S&P 500 and how Amazon destroyed the department store. In the second half, Max interviews Michael Pento of pentoport.com about debt and taxes in the age of Trump.
RT LIVE http://rt.com/on-air

Subscribe to RT! http://www.youtube.com/subscription_c…

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTnews
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_com
Follow us on Instagram http://instagram.com/rt
Follow us on Google+ http://plus.google.com/+RT
Listen to us on Soundcloud: https://soundcloud.com/rttv

RT (Russia Today) is a global news network broadcasting from Moscow and Washington studios. RT is the first news channel to break the 1 billion YouTube views benchmark.

maio 20, 2017 Posted by | english | , , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: