Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Meio-irmão do líder norte coreano foi morto com versão mortal de gás sarin

Da Radio France Internationale
Kim Jong-un defende teste de bomba de hidrogênio (KCNA/Divulgação/EPA/Agência Lusa)
Investigações apontam que o meio-irmão do líder norte coreano Kim Jong-Un (foto) foi morto por uma versão mais mortal do gás sarin KCNA/Divulgação/EPA/Agência Lusa

A polícia da Malásia informou que o meio-irmão do líder norte coreano Kim Jong-Un foi morto por uma versão mais mortal do gás sarin, o agente neurotóxico VX, classificado pela ONU como arma de destruição em massa. As autoridades investigam agora a origem do agente químico usado no ataque cometido contra Kim Jong-Nam por duas mulheres no aeroporto da capital malaia, Kuala Lumpur, em 13 de fevereiro. As informações

A presença do VX foi detectada em amostras coletadas no rosto e nos olhos de Kim Jong-Nam, de 45 anos, que morreu pouco depois do atentado, a caminho do hospital. A substância, conhecida como VX no jargão militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), é uma das mais tóxicas que se conhecem e ataca o sistema nervoso e muscular, agindo por inalação, ou por simples contato com a pele.

Imagens do sistema de videovigilância do aeroporto mostram a vítima, Kim Jong-Nam, solicitando ajuda aos funcionários do local, que o levaram a uma clínica do terminal aéreo para receber ajuda. A necropsia descartou um ataque cardíaco e a investigação havia se concentrado na hipótese de que uma toxina teria sido aplicada em seu rosto.

Os investigadores malaios tentarão agora determinar a procedência do agente químico fatal, disse u o chefe da polícia, Khalid Abu Bakak. “Vamos investigar como entrou no país. O produto é ilegal. É uma arma química”, disse. O VX pode ter sido escondido sem dificuldade em uma maleta diplomática, que não está submetida aos controles habituais da alfândega, declarou um especialista em segurança da região.

Agência Brasil

Comentário: Começou a polêmica. Na Malásia é sempre assim.

Por que usar um veneno  de assassinato  em massa para matar um único homem, sem nenhum preparo para se defender?

A mídia já tem o discurso pronto mas, assim como na queda dos aviões, faltam argumentos. Será que o líder norte coreano tinha tantos motivos para matá-lo? Eu acho que não.

Em minha modesta opinião, há dois motivos a serem considerados para defesa do líder norte coreano, já que ele não tinha motivos para matar o irmão, pelo contrário, seria mais fácil o irmão matar ele e dar um golpe.

01 – Poderia ser um grupo nacionalista inconformado com suas críticas e com acesso ao veneno? Pouco provável.

02 – É mais provável a velha teoria da conspiração, ou seja, matar e imediatamente acusar, inclusive com argumentação pronta.

Se a gente  comparar com as quedas dos aviões, onde  a China chegou a ser acusada e depois alguém ficou muito rico com a queda do primeiro avião de passageiros. No segundo, nunca ficou explicado como o avião foi parar  numa zona de guerra, com tantos passageiros a borto, e a Rússia foi citada. Ambos aviões caíram em circunstâncias muito suspeitas mas sem nenhum vestígio de crime. Como não existe crime perfeito, fica claro que as provas foram ocultadas para não atingir autoridades importantes.

E antes de criar uma guerra ideológica, resta saber que importância tem a morte do meio irmão do líder norte coreano e para quem interessa essa guerra ideológica..

Comentários by Jânio.

 

Anúncios

fevereiro 25, 2017 - Posted by | Internacional | , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: