Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Temer indica Alexandre de Moraes para vaga no STF

Paulo Victor Chagas e André Richter – Repórteres da Agência Brasil
Brasília - O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, assina acordo de cooperação técnica para promover ações da Defensoria Pública nas prisões brasileiras (Antonio Cruz/Agência Brasil)
O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, é indicado pelo presidente Michel Temer para assumir uma vaga no STF Antonio Cruz/ Agência Brasil

O presidente Michel Temer indicou nesta segunda-feira (6) o atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). O anúncio foi feito há pouco pelo Palácio do Planalto por meio do porta-voz da Presidência, Alexandre Parola.

De acordo com Parola, o presidente decidiu submeter o nome de Moraes à aprovação do Senado tendo como base o seu currículo. “As sólidas credenciais acadêmicas e profissionais do dr. Alexandre de Moraes o qualificam para essa elevada responsabilidade no cargo de ministro da Suprema Corte no Brasil”, disse o porta-voz.

Com a indicação, Moraes é o nome do governo para substituir o ministro Teori Zavascki, que morreu em um acidente aéreo em Paraty (RJ) no último dia 19 de janeiro. Para assumir a vaga, ele precisa antes ser sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e, depois, aprovado pelos senadores.

Nesse fim de semana, Temer se dedicou às últimas conversas com amigos e auxiliares sobre a escolha do nome. De acordo com pessoas com acesso aos gabinetes da Corte, Moraes foi apoiado pelo ministro Gilmar Mendes, que chegou a trabalhar informalmente pela sua indicação junto ao presidente.

Carreira

Moraes está à frente do ministério desde maio de 2016, quando Michel Temer assumiu interinamente a presidência da República durante o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Advogado e jurista, ele é autor de dezenas de livros sobre Direito Constitucional e livre docente da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), instituição na qual se graduou, em 1990, e se tornou doutor, em 2000.

Antes de ser ministro, Moraes foi secretário de Segurança Pública de São Paulo, cargo para o qual foi nomeado pelo governador Geraldo Alckmin em dezembro de 2015. Antes, entre 2002 e 2005, na gestão anterior de Alckmin, ele ocupou a Secretaria de Justiça, Defesa e Cidadania paulista .

Além dos cargos no governo estadual, Moraes ficou conhecido como “supersecretário” da gestão de Gilberto Kassab na prefeitura de São Paulo, quando acumulou, entre 2007 e 2010, os cargos de secretário municipal de Transportes e de Serviços, tendo presidido, na mesma época, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a SPTrans, empresa de transportes públicos da capital paulista.

Herança

Se for aprovado pelo Senado, Moraes deve assumir o acervo de 7,5 mil processos que estavam no gabinete de Teori Zavascki, exceto as ações da Operação Lava Jato. Entre as ações estão pautas como a descriminalização das drogas, a validade de decisões judiciais que determinam a entrega de remédios de alto custo para a população e a constitucionalidade da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Moraes deverá ser o revisor dos processos da Lava Jato no plenário do STF e ocupará a Primeira Turma, composta pelos ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber e Marco Aurélio.

Texto ampliado às 19h01

Edição: Amanda Cieglinski
 

fevereiro 6, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

English grammar – All or whole

pronuncia de palavras

All and whole are determiners.

We use them before nouns and with other determiners to refer to a total number or complete set of things in a group.

Compare

All the cast had food poisoning. They were forced to cancel the show.

all + determiner + noun

The whole cast had food poisoning. They were forced to cancel the show.

determiner + whole + noun

All my family lives abroad. or My whole family lives abroad.

We often use all and the whole with of the:

She complains all of the time. or She complains the whole of the time.

We use a/an with whole but not with all:

I spent a whole day looking for that book and eventually found it in a little old bookshop on the edge of town.

Not: … all a day

 

All or whole for single entities

We use the whole or the whole of to refer to complete single things and events that are countable and defined:

The whole performance was disappointing from start to finish. (or The whole of the performance was disappointing …)

When we can split up a thing into parts, we can use either whole or all with the same meaning:

You don’t have to pay the whole (of the) bill at once.

You don’t have to pay all (of) the bill at once.

She ate the whole orange.

She ate all of the orange.

We often use the whole of with periods of time to emphasise duration:

We spent the whole (of the) summer at the beach.

(“All or whole ?” de English Grammar Today © Cambridge University Press.)

Cambridge

fevereiro 6, 2017 Posted by | Inglês | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Oliver Stone insta a Trump a desclasificar documentos sobre el conflicto en Ucrania

Guerra secreta da Ucrânia

Oliver Stone

El famoso director de cine estadounidense Oliver Stone ha llamado al presidente de EE.UU., Donald Trump, a desclasificar los documentos relacionados con los conflictos en Ucrania y Siria, informa la cadena rusa Pervi Kanal.

“El problema es que en nuestro país no conocen la situación real. Si yo fuera el presidente Trump, desclasificaría toda la información sobre Ucrania”, dijo Stone en una entrevista con el canal ruso.

El director argumentó su postura asegurando que con el conflicto ucraniano se inició un nuevo episodio de la Guerra Fría. El cineasta ha llamado “cuentos de hadas” inventados por EE.UU. “las declaraciones de que Rusia envió tropas a invadir Crimea y tiene presencia en el Donbass, y de que incluso amenaza a Ucrania”.

El propio Stone está convencido de que la CIA “está detrás de todos los eventos importantes de la historia moderna”, incluyendo el conflicto en Ucrania.

“EE.UU. necesita el miedo, necesita un enemigo, y no solo uno. Creo que el poder estadounidense se basa en los enemigos, porque traen dinero”, añadió.

RT-TV
  

fevereiro 6, 2017 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Donald Trump was a gold mine for all the media companies

fevereiro 6, 2017 Posted by | Inglês | , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: