Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Oito homens mais ricos detêm mesmo patrimônio que a metade mais pobre do mundo

Número de Bilionários

Homens Ricos

Marieta Cazarré – Correspondente da Agência Brasil

O patrimônio de apenas oito homens é igual ao da metade mais pobre do mundo. Os dados foram divulgados hoje (16) pela Oxfam, organização humanitária que luta contra a pobreza, e mostram ainda que a fatia dos 1% mais ricos detém mais que todo o resto do planeta.

O relatório intitulado “Uma economia para os 99%” denuncia o abismo existente entre os mais ricos e o resto da população mundial e apresenta propostas de ações para uma sociedade mais justa e igualitária.

Entre os dados apresentados no documento há referência positiva ao caso do Brasil, onde os salários reais dos 10% mais pobres da população aumentaram mais que os pagos aos 10% mais ricos entre 2001 e 2012, “graças à adoção de políticas progressistas de reajustes do salário mínimo”.

No entanto, as notícias de maneira geral não são boas. No mundo, a renda dos 10% mais pobres aumentou cerca de US$ 65 entre 1988 e 2011, enquanto a renda dos 1% mais ricos aumentou – 182 vezes mais no mesmo período (ceca de US$ 11.800). Além disso, sete em cada dez pessoas vivem em um país que registrou aumento da desigualdade nos últimos 30 anos.

Ao longo dos próximos 20 anos, 500 pessoas passarão mais de US$ 2,1 trilhões para seus herdeiros – uma soma mais alta que o Produto Interno Bruto (PIB) da Índia, país que tem 1,2 bilhão de habitantes.

Nos Estados Unidos, nos últimos 30 anos, a renda dos 50% mais pobres permaneceu inalterada, enquanto a do 1% mais rico aumentou 300%.

Outro exemplo que o documento cita e que revela o tamanho da desigualdade na distribuição de renda é o Vietnã: o homem mais rico do país ganha mais em um único dia de trabalho do que a pessoa mais pobre vai ganhar em um período de dez anos.

De acordo com a Oxfam, os mais ricos acumulam riqueza de forma tão acelerada que o mundo pode ter seu primeiro trilionário nos próximos 25 anos. A ideia de que uma única pessoa possua mais de um trilhão é tão incrível que a palavra “trilionário” ainda não aparece na maioria dos dicionários. O relatório destaca que seria preciso gastar US$ 1 milhão todos os dias durante 2.738 anos para gastar US$ 1 trilhão.

Outra triste conclusão apresentada é sobre as desigualdades de gênero. De acordo com as tendências atuais, o impacto é maior entre as mulheres, que levarão 170 anos para serem remuneradas como os homens.

A Oxfam afirma que as relações econômicas atuais recompensam excessivamente os mais ricos e propõe, como estratégia para diminuir o abismo entre milionários e pobres, tornar essas relações econômicas mais humanas.

“Governos responsáveis e visionários, empresas que trabalham no interesse de trabalhadores e produtores, valorizando o meio ambiente e os direitos das mulheres, além de um sistema robusto de justiça fiscal são elementos fundamentais para essa economia mais humana”, diz o texto.

O relatório fala ainda em cobrança justa de impostos por empresas e pessoas ricas, a igualdade salarial entre homens e mulheres e a proteção do meio ambiente.

“Combustíveis fósseis têm impulsionado o crescimento econômico desde a era da industrialização, mas eles são incompatíveis com uma economia que efetivamente prioriza as necessidades da maioria. A poluição do ar provocada pela queima de carvão causa milhões de mortes prematuras em todo o mundo, enquanto a devastação causada pelas mudanças climáticas afeta mais intensamente os mais pobres e mais vulneráveis. Energias renováveis sustentáveis podem garantir o acesso universal à energia e promover o crescimento do setor energético respeitando os limites do nosso planeta”.

O relatório da Oxfam foi divulgado um dia antes do início do Fórum Econômico Mundial, que vai debater alguns desses assuntos ao longo desta semana, em Davos, na Suíça. No evento, estarão reunidos os principais atores políticos e econômicos do mundo para discutir, entre outros temas, a questão das alterações climáticas.

Quem são os oito mais ricos do mundo

O estudo da Oxfam cita a lista divulgada pela revista americana Forbes, em março de 2016, com os nomes dos homens mais ricos do mundo à época. Bill Gates, fundador da Microsoft, lidera o ranking, com uma fortuna de US$ 75 bilhões; seguido pelo espanhol Amancio Ortega, fundador da Inditex, empresa-mãe da Zara (US$ 67 bilhões); pelo americano Warren Buffett, acionista da Berkshire Hathaway (US$ 60,8 bilhões); pelo mexicano Carlos Slim Helu, dono da Grupo Carso (US$ 50 bilhões); e pelos americanos Jeff Bezos, fundador e principal executivo da Amazon (US$ 45,2 bilhões); Mark Zuckerberg, cofundador e principal executivo do Facebook (US$ 44,6 bilhões); Larry Ellison, cofundador e principal executivo da Oracle (US$ 43,6 bilhões) e Michael Bloomberg, cofundador da Bloomberg LP (US$ 40 bilhões).

De acordo com o relatório, os 1.810 bilionários (em dólares) incluídos na lista da Forbes de 2016 possuem um patrimônio de US$ 6,5 trilhões – a mesma riqueza detida pelos 70% mais pobres da humanidade.

* Matéria ampliada às 12h50

Edição: Denise Griesinger

janeiro 16, 2017 Posted by | curiosidades | , , , | Deixe um comentário

Estos son los países que lideran el ‘ranking’ de ignorancia de la realidad

policiais nas escolas

Destinos Violentos

La consultora Ipsos MORI realizó una encuesta global en 40 países llamada ‘Los peligros de la Percepción’, para medir el conocimiento de sus habitantes respecto a distintos temas. A partir de eso elaboró un ‘ranking‘ de los países más ignorantes. En total fueron 27.250 entrevistas realizadas entre el 22 de septiembre y el 6 de noviembre del 2016.

Uno de los aspectos que midió el estudio fue la percepción respecto a la cantidad de musulmanes que habitan cada país. En Francia por ejemplo existe una idea promedio de que hay un 31% de población musulmana, cuando en realidad es del 7,5%. En EE.UU. y Canadá se percibe que representan el 17% cuando en realidad son el 1% y 3,2% respectivamente. A la inversa, países de mayoría musulmana como Turquía (98%) tienen una percepción menor. La mayoría considera que alcanzan el 81%.

En relación al aborto el informe sostiene que en la mayoría de los países hay una idea de que más gente está en contra de lo que realmente sucede. Por ejemplo, en los Países Bajos la gente piensa que el 37% de la población considera el aborto como moralmente inaceptable, cuando en realidad es sólo el 8%. No obstante en EE.UU. la percepción se acercó bastante a la realidad: un 48% consideraron los encuestados contra un 49% real (según las encuestas hechas en ese país).

Los motivos

Bobby Duffy, uno de los directores de la consultora que impulsó el estudio, consideró que “hay varias razones” para estos resultados con tanta diferencia entre lo que se percibe y lo que realmente sucede. Entre estas enumeró “la dificultad que tenemos con las matemáticas y proporciones simples, la cobertura de los medios, pasando por temas de psicología social que involucran nuestros atajos mentales y nuestros prejuicios”.

De todas formas, tiempo atrás Duffy reconoció las limitaciones del estudio -que se realiza hace varios años– y su metodología. “También está claro del ‘índice de ignorancia’ que los países peor ubicados tienen penetración de internet relativamente más baja, dado que este es una encuesta virtual”, dijo. En ese contexto es “probable” que refleje “las generalizaciones de la clase media y de la población conectada de su propia experiencia más que considerar la mayor variedad de circunstancias de todo su país”.

El ‘ranking’

La lista de países más ‘ignorantes’ según esta encuesta son:

  • India
  • China
  • Taiwan
  • Sudáfrica
  • EE.UU.

A nivel latinoamericano:

  • Brasil (6°)
  • México (11°)
  • Argentina (20°)
  • Perú (23°)
  • Chile (25°)
  • Colombia (30°)

Por su parte, los países menos ‘ignorantes’ fueron:

  • Corea del Sur (38°)
  • Gran Bretaña (39°)
  • el mejor ubicado en este sentido: Países Bajos (40°)

RT-Pt

 

janeiro 16, 2017 Posted by | curiosidades | , , | Deixe um comentário

Justice league unlimited song

janeiro 16, 2017 Posted by | Música. | , , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: