Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A bomba brasileira

bomba econômica

Causa da Corrupção

Muita gente acha que a China está “tombando”, mas tombar é diferente de balançar, o que me preocupa é que o balanço de uma economia desse tamanho pode criar uma maré econômica capaz de afetar muitos países próximos a ela. O Brasil é o maior exportador de matérias primas do mundo e, portanto deveria ser o mais afetado, entretanto, apesar de a China ter vivido uma ditadura política durante muito tempo, quando o assunto é economia, a ditadura brasileira é insuperável, o Brasil consegue inverter toda a lógica de liberdade econômica através da taxa SELIC (FHC conseguiu o recorde), impostos altos, fraudes bancárias, monopólio, acordões políticos, injustiça, falta de infra-estrutura e baixo IDH, só para citar alguns exemplos.

Quando o Governo fala em aumentar os impostos, isso significa que o roubo tende a aumentar, lembrando que o roubo a nível municipal e estadual é sempre maior que o federal, mas se a justiça não funciona no topo, STF, não funcionará aqui em baixo, já que toda a máfia é controlada lá de cima.

O Governo foi obrigado a cortar verbas do orçamento e sobrou até para a Polícia Federal. Isso quer dizer que o PT vai ficar parecido com o PSDB, ou seja, não haverá mais escândalos, sem verbas para a Polícia Federal trabalhar.

Voltando ao caso da crise chinesa, que pode ser crise só aqui, já que vivemos constantemente em crises, tudo faz parte do plano de desaceleração econômica que o Governo chinês iniciou há alguns anos atrás, quando a China crescia em uma proporção muito maior que qualquer outro país, chegando próximo aos vinte por cento do PIB ao ano.

Como os EUA decidiram investir mais na economia mexicana – o mercado chinês foi uma utopia – a China teve de mudar também a sua estratégica. O Governo chinês diminuiu o investimento em estatais, já que as exportações para os EUA tende a diminuir, e passa a investir mais no consumo interno que representa pouco mais de trinta por cento, no Brasil o consumo interno ultrapassa os 65%. Então, essa é a causa da fragilidade da economia chinesa, falta de exportação (dependência dela) e investimento, lembrando que a falta de investimento implica em estratégia, política econômica. O consumo deve receber o investimento do Governo e compensar a falta de exportação. O Governo chinês investiu muito em seus parceiros e isso deverá ser revisto agora.

O Brasil continuará sendo uma eterna crise e lembra muito a guerra contra o Estado Islâmico que, depois de vários bombardeiros, a coalisão internacional conseguiu recuperar cerca de treze por cento de seu território, a diferença é que não conseguimos atacar a corrupção, ou seja, aumentam os impostos, aumenta a corrupção, isso é óbvio.

Se o Brasil perde a mamata de exportar matérias primas para a China, sem valor agregado, sem industrializar, perdeu também a mamata de desviar dinheiro através de investimentos feitos pela Petrobrás fora do país, aliás, o preço do petróleo despencou graças as guerras no Oriente Médio. Irã x Arábia Saudita e explosão de bomba de hidrogênio na Coréia do Norte.

No caso da guerra contra o Estado Islâmico, que deveria afetar a Turquia, acabou envolvendo Também a Rússia que teve um avião derrubado durante os ataques turcos. O Estado Islâmico se revelou uma máquina de fazer dinheiro, já que roubava o petróleo para vender para empresas capitalistas, isso sem falar nos saques às obras de arte.

A Arábia Saudita executou um clérigo por espionagem, mas seus aliados se voltaram contra o Irã, e eu fiquei sem entender nada. Foi como se uma guerra bipartidária tivesse se iniciado: de um lado os países árabes e aliados e de outro os fundamentalistas do Irã e Iraque.

Para animar a festa, a Coréia do Norte explodiu uma bomba de hidrogênio. A Coréia do Sul exibiu as imagens que os especialistas disseram ser de um teste nuclear antigo feito pela Rússia, nem os Estados Unidos acreditaram na suposta explosão, mas foi suficiente para isolar ainda mais o país da Coréia do Norte. Pensando bem, quem ficou mais isolado foi o Irã, já que os países vizinhos fecharam suas embaixadas por um crime que o Irã não cometeu, no caso da Coréia do Norte, já estava isolada há muito tempo e não tinha nada a perder.

A Coreia do Norte passa a ser o país mais isolado do mundo, nem a China que sempre apoiou sua soberania contra ataques externos, está disposta a se manter ao seu lado. A resposta da Coreia foi irônica: “A bomba faz parte de uma estratégica político-militar, só será usada em caso de ameaça a soberania do país”. Traduzindo, trocaram o apoio da China pela suposta bomba, já que a bomba não possui nenhum interesse, pior, nem sabem se ela existe.

Eu continuo fingindo acreditar que a Coreia fabricou uma bomba, se bem que poderia ter comprado uma pronta. As mídias de massa admitiram a possibilidade de a Coreia ter fabricado uma bomba de hidrogênio portátil, o que permitiria que tal bomba fosse lançada com um míssil.

Assim eu para de fingir…

By Jânio

Rússia condena teste nuclear na Coreia do Norte

A execução do clérigo Nimr Al-Nimr

Guerra da Rússia contra o Estado Islâmico

janeiro 7, 2016 - Posted by | Política | , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: