Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A batalha dos Dez Mandamentos

Novela que venceu a Globo

Dez Mandamentos

Terça-feira, 10 de novembro, 2.015, o dia em que a novela das oito voltou a ser a maior audiência do Brasil. Até aqui parece uma notícia normal, acontece
que estamos falando de “Os Dez Mandamentos”, novela da Rede Record, e foi uma vitória inédita, onze pontos acima da poderosa Rede Globo e vinte pontos acima do remake do SBT, Cúmplices de Um Resgate.

Depois de uma semana à frente do Jornal Nacional, a novela da Rede Record conseguiu bater um recorde e bater a Globo por mais de dez pontos, números que
ninguém imaginava que aconteceria. O que eu achei muito interessante na terça feira, dia onze, foi a quantidade de celebridades da Globo durante os
intervalos da novela concorrente, desde Suzana Vieira até Fátima Bernardes, o que deixa bem claro o lucro que essa produção deve estar dando.

Vale lembrar que “Os Dez Mandamentos” foi uma aposta ambiciosa da “emissora dos bispos”, a história já fora consagrada no cinema de Hollywood mais de uma vez, e é uma marca internacional, o que criou fofocas em torno de possíveis conflitos em direitos internacionais. O investimento não ficou devendo nada às produções de Hollywood, mais de cem milhões, além de possíveis gastos adicionais que não foram computados no início da produção. Levando-se em conta que a emissora ainda estava brigando com o SBT, no início da novela, eu poderia calcular que o investimento poderia ter dobrado na medida em que a audiência aumentava. No início estava em dez ponto, o que cria especulação para uma possível reprise, já que a maioria dos telespectadores não assistiu o início, mas, devido ao potencial indiscutível da produção, a novela poderia, no futuro, ser reprisada no mesmo horário em que está sendo exibida, assim como faz Sílvio Santos com suas novelas. Entretanto, levando se em conta que a
disputa agora é com a Globo, a reprise ainda é uma estratégia descartada para os próximos anos.

A ideia de escolher as mini séries bíblicas para ocupar a faixa reservada para produções bíblicas foi perfeita, essa estratégia pode não segurar toda a
audiência da novela, mas vai manter boa parte dela, já que muitos telespectadores estão chegando agora e não conhecem esses trabalhos, e eu falo dos 31% de telespectadores que assistiram a vitória inédita contra a concorrência.

Muita gente achou que a fase ruim da Globo era passageira, mas essa já é a terceira novela seguida no horário nobre que tem problemas com a concorrência forte que vem de fora. É importante ressaltar que o horário nobre é o coração
da audiência na TV, mas não é fácil consolidar a audiência, eu diria até que a concorrência ao IBOPE, por parte da GFK, e a ideia inteligente da Endemol de
não permitir o monopólio no país, ajudou. A Endemol chegou a criar uma nova empresa só para expandir sua clientela. Mesmo com tanto dinheiro, a Globo não poderia competir com sua parceria que é dona da franquia Big Brother; a única chance de a Globo conseguir vencer a Endemol, seria a volta da ditadura.

A Record conseguiu fazer o dever de casa e já tem uma novela de época pronta, e com tecnologia avançada, o que quer dizer que as mini séries são apenas estratégias e que a rede dos bispos ainda tem um plano B. Como o tempo para preparar os primeiros capítulos da continuação de “Os Dez Mandamentos” é curto, não tem como dar errado.

O sucesso da novela bíblica não era esperado pelos bispos que não tiveram tanta fé na Bíblia, tanto que decidiram pela faixa de produções bíblicas já no
meio da novela, quando o sucesso passou a chamar a atenção e audiência já estava consolidada. A novela “Escrava mãe” estava sendo preparada para
concorrer com o SBT e não com a Globo. Mas tudo deu certo, já que a próxima novela será continuação da primeira, sem nenhum problema para a produção.

Os boatos sobre a mini série da vida dos Mamonas Assassinas é uma péssima ideia e poderia levar a Record de volta ao início, quando brigava com o SBT, já que todas as músicas dos Mamonas Assassinas foram roubadas e isso vai contra um dos “Dez Mandamentos” – Não Roubar.

Os Mamonas Assassinas pagaram caro pelos roubos das músicas, e a Record vai ter de pensar muito sobre isso. A cópia de Lost é outra ideia idiota, seria
melhor chamar o autor da novela Mutantes de volta e ver se ele ainda é um bom negócio, através de mini séries de heróis, foi assim que os Dez Mandamentos
começou, mini séries.

By Jânio

O fim do império da Rede Globo

Rede Globo – 50 anos

A história suja da Rede Globo

Caso raro na ditadura da Globo

Jornalismo sob encomenda

Vendedoras de sonhos e pesadelos

novembro 12, 2015 - Posted by | televisão | , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: