Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Espetáculo triste

vitória do espetáculo

Brasileiro Lutador

O final de ano foi implacável com muitas celebridades importantes como Nelson Mandela, Líder mais importante do mundo na luta contra o racismo, Paul Walker – ator de velozes e furiosos, etc. Mas nem todos morreram, apesar de terem sentido muita dor, como nos casos de Anderson Silva e Michael Schumacher.

A vida de Schumacher deixa bem claro que havia muita adrenalina em seu sangue e, ironicamente, apesar de todas as críticas que a Fórmula 1 recebe, Schumacher sofreu um acidente grave depois de sua aposentadoria na categoria mais famosa de corrida de carros do mundo e o acidente grave que ele sofreu não passou nem perto das corridas de carros.

Schumacher sofreu um acidente enquanto praticava esqui na neve e sofreu um grave traumatismo craniano e, apesar do maior cirurgião especialista do mundo estar acompanhando o caso, seu estado requer cuidados.

A Fórmula 1 deixou de ser considerada esporte, depois de muitos acidentes, alguns deles fatais e que nem são tão comentados atualmente, por questão de marketing. Depois de várias mortes, ficou a certeza de que corrida de carros não poderia ser considerada esporte, mas sim um espetáculo.

Entretanto, alguns pilotos foram grandes desportistas desses espetáculos como, por exemplo, Alain Prost. Quando a pista estava perigosa, ou quando o carro não apresentava boa performance, Prost não pensava muito em quebrar o carro estrategicamente, abandonando a prova.

Outro piloto especialista em boicotar as provas perdidas, era Nelson Piquet. Em algumas provas em que ele passou reto nas curvas, abandonando em seguida, ninguém entendeu. Não era tão exagerado quanto Prost, mas sabia a hora exata de parar.

Piquet parou depois de um grave acidente em outra categoria, Fórmula Indy, onde teve muita sorte de escapar com vida. Nessa tradicional categoria, nem há o que discutir, já virou lenda através dos filmes de Hollywood.

Ao contrário desses grandes desportistas, outros pilotos não param, como foi o caso do piloto brasileiro, Massa, que sofreu um acidente grave há algum tempo. Aírton Senna e Schumacher também são dois casos de pilotos que não sabiam parar.

Aírton Senna e os outros pilotos já haviam presenciado a morte de um piloto nos treinos de Ímola, ameaçaram fazer uma greve, mas acabaram cedendo. Aírton Senna sofreu um acidente grave e se tornou uma lenda viva, um homem que não envelheceu e nem morreu, um piloto imortal dos espetáculos.

Anderson Silva tornou-se lenda do UFC, admirado por grandes campeões da categoria, ganhando muito dinheiro. Poderia ter aposentado quando perdeu a primeira vez, ganhando ainda mais com publicidade e eventos, mas conheceu o crepúsculo dos deuses e deu um espetáculo.

A fratura da perna de Anderson Silva trouxe-me a mente a fratura de Ronaldo o Fenômeno. No caso de Ronaldo, foi quase uma agressão, mas o futebol é assim mesmo, pior que luta de UFC, já que ninguém pode se defender.

São espetáculos tristes que deixam uma pergunta no ar: Pode um espetáculo de violência ser considerado esporte?

Eu joguei uma partida só de futebol, futebol amador, contra a covarde seleção profissional brasileira, tricampeã do mundo e, naquele dia, eu descobri que futebol não era um esporte.

Quando uma pessoa pula de para-quedas, certamente está muito bem preparada para dar um espetáculo, entretanto, a possibilidade de uma falha, por menor que seja, deixa bem claro que isso não é um esporte.

By Jânio

Quinze minutos de fama

Fim das aparências

Brasileiro vai a guerra

dezembro 31, 2013 - Posted by | Resumos Semanais. | , , ,

1 Comentário »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Pingback por Ver! | Blog | Espetáculo triste | janeiro 5, 2014 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: