Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Conflito entre as Coréias

Ameaça Nuclear

Guerra das Coreias

A península coreana tem passado por situações de instabilidade política por mais de 60 anos, até chegar ao estágio atual. O conflito vem desde 1.945, quando a Segunda Guerra terminou.

Até 1.945, a Coréia era uma colônia do Japão. Depois da rendição do Japão, em 1.945, os aliados da Segunda Guerra Mundial dividiram a península coreana no paralelo 38, deixando as tropas soviéticas ao norte e as tropas americanas ao sul.

Em 1.948, a península coreana divide-se em duas entidades políticas: A República da Coreia (Coreia do Sul) e a República Democrática da Coreia (Coreia do Norte).

Os sistemas político-sociais opostos entre os países, capitalismo e comunismo, provocaram uma guerra que começou em 1.959. A Coréia do Sul foi apoiada pelos EUA, enquanto as forças armadas da China e URSS apoiavam a Coréia do Norte. Depois de intensos combates em 1953, ambos os estados assinaram um acordo de cessar-fogo, mesmo assim não foi um tratado de paz.

Segundo esse acordo entre as Coreias do Norte e do Sul, esses dois países foram divididos por uma linha estabelecida pelos militares em ambos os lados da zona desmilitarizada, com uma largura de 4 quilômetros.

Na década de 60 houve repetidos ataques e provocações armadas por ambos os estados, o que levou à morte de centenas de coreanos. No entanto, nas décadas posteriores, ambas as partes tomaram medidas para aliviar a tensão.

Em julho de 1.972 as coreias assinaram uma declaração conjunta que estabeleceu os princípios básicos da associação: por conta própria, sem depender de forças externas, e por meios pacíficos da “unidade nacional”.

Em 1.991, Coréia do Norte e Coréia do Sul assinaram o acordo de reconciliação de não agressão, cooperação e intercâmbio. Em 1.992 adotaram uma declaração conjunta sobre a desnuclearização da península coreana.

No período entre 2.000 e 2.007, em Pyongyang, celebraram duas cúpulas inter-coreanas onde assinaram a Declaração Conjunta do Norte e Sul, onde as duas partes anunciaram a sua intenção de buscar a reunificação “pelas forças da nação coreana”. Também foi acordado manter “relações de paz e prosperidade.”

No entanto, o diálogo político entre as duas coreias tem sido marcado pela instabilidade, onde as lutas de ambos os lados tem passado por momentos de menor ou maior tensão.

Em outubro de 2.006 e maio de 2.009, houve uma deterioração das relações, quando a Coréia do Norte realizou testes nucleares. As atividades da Coréia do Norte indignaram a comunidade internacional. Em resposta às ações de Pyongyang, o Conselho de Segurança adotou a resolução de 1.718 e 1.874, que exigiam que a Coréia do Norte parasse com as atividades nucleares e voltasse às negociações sobre a desnuclearização da península coreana.

Em 26 de março de 2.010, no Mar Amarelo, perto da fronteira com a Coréia do Norte, depois de uma forte explosão cuja causa é desconhecida, afundou a fragata militar sul-coreana Cheonan, 46 dos 104 marinheiros morreram.

Seul acusou Pyongyang de destruição do navio, a Coréia do Norte, por sua vez, disse que a infestigação foi forjada por Seul.

Em 23 de novembro de 2.010 na península coreana, perto da ilha de Yeonpyeong, Mar Amarelo, onde passa a linha de fronteira, disputada pelas duas Coreias, registrou-se o maior incidente armado da metade do século passado. Segundo relatos de Seul, a ilha foi submetida a fogo de artilharia vinda do norte. Neste combate morreram dois soldados sul-coreanos e 14 feridos.

Em 17 de dezembro de 2.011, morria o líder norte-coreano Kim Jong-il. Seu filho mais novo, Kim Jong-un, foi nomeado como seus sucessor.

Em 12 de fevereiro de 2.013 a tensão entre as Coreias chega ao auge,quando a Coréia do Norte realizou seu terceiro teste nuclear. Em resposta a esse desafio, em 7 de março, o Conselho de Segurança da ONU adotou a resolução 2094, com novas sanções.

Outra deterioração das relações entre Pyongyang e Seul ocorreu por causa dos exercícios militares conjuntos em grande escala na Coréia do Sul, com a presença dos EUA, em março de 2.013. Pyongyang considera tais exercícios militares como um ensaio geral para a guerra, na península coreana, ameaçando tomar medidas de represálias em caso de um ataque a seu território. Além disso, as autoridades norte-coreanas tem salientado que em caso de agressão, estão prontos para usar mísseis capazes de atingir bases dos EUA.

Em 5 de março, a Coréia do Norte pôs fim ao Armistício assinado em 1.953.

Em março declarou a renúncia unilateral de todos os acordos de não-agressão vigente entre Pyongyan e Seul, e anunciou o corte de linha de comunicação telefônica entre os dois países.

Em 26 de março, a Coréia do Norte declarou que está preparada para o combate e ameaçou bombardear Guam, Havaí e os EUA continental.

Em 27 de março, a Coréia do Norte decidiu interromper a linha militar direta com Seul. No mesmo dia, a Coréia do Norte enviou uma mensagem ao Conselho de Segurança da ONU, dizendo que a situação na península coreana está à beira de uma guerra nuclear.

Em 29 de Março, dois bombarderio B-2 da Força Aérea Americana, com capacidade para transportar bombas nucleares, fazem suas primeiras manobras militares na península coreana.

Em 30 de março, a Coréia do Norte anunciou que as relações na península coreana haviam entrado em estado de guerra e que decidiriam o caso com Seul sob as regras de guerra. O governo sul-coreano rapidamente respondeu a esta declaração Pyongiang, dizendo que “a declaração da Coréia do Norte não é uma ameaça nova, mas a continuação de ameaças provocativas”. Os EUA, Canadá e o resto do mundo, levaram a ameaça a sério.

Fonte: RT-TV

Anúncios

abril 1, 2013 - Posted by | Internacional | , , , , ,

1 Comentário »

  1. post comunista soviético

    Curtir

    Comentário por não querias mais nada???? | abril 3, 2013 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: