Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

EUA declaram guerra monetária à UE

Moeda Fraca

Moeda Fraca

O futuro chefe do Banco da Inglaterra, Mark Cartney, declarou que os bancos centrais deveriam estar preparados para tomar medidas agressivas para ajudar as economias nacionais a acelerar, relata o jornal “The Guardian”.

Os bancos tem “uma considerável flexibilidade” que supõe “o uso de medidas não convencionais”, disse Mark Cartney, no Forum Econômico Mundial, em Davos (suíça), referindo-se à possibilidade de uma desvalorização das moedas nacionais.

A crescente influência dos governos sobre os bancos centrais, significa uma politização da taxa de câmbio, advertiu anteriormente o chefe do Deutsche Bundesbank alemão, Jens Weidmann. Este fenômeno pode implicar outras ameaças a nível global, segundo alguns especialistas do setor.

“Desde os anos 2.007-2.008, quem está deliberadamente enfraquecendo a sua moeda nacional, em relação ao euro, é o EUA. A Europa até agora não respondeu com desvalorizações do euro, o que caracterizaria uma guerra monetária”. Assegura o presidente da Fundação de Pesquisas Sociais e Políticas (FISYP), Júlio César Gambina.

“Cada desvalorização significa uma deterioração da capacidade de compra dos trabalhadores no mercado interno. Desvalorizações, portanto, tem como beneficiários os principais exportadores, geralmente transnacionais privadas e, eventualmente, o Estado. E os grandes perdedores são a maioria da população de baixa renda”, diz Gambina.

Fonte: RT-TV

Comentário: Essa questão de desvalorização de moedas, política de taxa de câmbio, etc., é polêmica, cada um tem a sua própria opinião. É inevitável que outros elementos da economia sejam alterados, e nós brasileiros já sofremos muito com isso no passado.

Naquela época, eu me lembro que os críticos mais especializados lembravam que o Brasil é um país auto-sustentável e que a preocupação demasiada com exportação era um grande erro. Segundo eles, o país deveria, sim, direcionar os seus esforços para o que tem de melhor, ou seja, ao invés de tentar inutilmente competir com os calçados da China, seria muito melhor industrializar o setor de algodão, agregando valor às nossas matérias-primas, esse era apenas um pequeno exemplo de politica econômica sensata.

Felizmente vivemos uma situação bem diferente agora, a mudança de socialismo de direita para o socialismo de esquerda, inverteu esse processo. Apesar do PT estar querendo seguir os passos do PSDB, aliando-se aos empresários de comunicação e banqueiros, sua formação é de esquerda, sua natureza socialista é imutável.

É uma pena que não haja justiça no Brasil, pois se houvesse, todos os corruptos do governo seriam presos. Eles não tem natureza corporativista, como o Palocci que, ao invés de lavar o dinheiro, enriqueceu ilicitamente – alguém já viu o Sílvio Santos ou o Roberto Marinho na lista dos homens mais ricos do mundo?

O que acontece nos países ricos está bem claro, os EUA estão devendo para seus próprios banqueiros, se quebrarem, levam seus bancos junto. Entretanto, um país depende do sistema bancário, depende dessa máfia, por isso eles controlam os governos e impõe suas próprias políticas.

A Argentina chegou a quebrar e, da mesma forma como quebrou, conseguiu se recuperar. Talvez seja por isso que os banqueiros internacionais não gostam das políticas econômicas argentinas. O governo argentino costuma prevalecer sobre o corporativismo.

Os EUA cedem, a Europa não.

A Europa não é tão revolucionária como a Argentina, mas sabe que as situações econômicas de cada país são distintas, sabe que se tirar uma pedra desse jogo, vai desmoronar toda a economia do euro, por isso não está interferindo.

A Inglaterra mantém-se, graças a sua aliança com os EUA, mas enquanto esses dançam na corda bamba, os rebeldes iranianos, Sírios, Coreanos, etc., começam a se organizar, tem o apoio da China e Rússia.

O Brasil que sempre esteve em cima do muro, nunca teve um muro tão alto em torno de seu império. O Brasil só quebra se empresários como Sílvio Santos continuarem com seus financiamentos bilionários fraudulentos.

By Jânio

Anúncios

janeiro 27, 2013 - Posted by | Internacional | , , , , ,

1 Comentário »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Pingback por Ver! | Blog | EUA declaram guerra monetária à UE | janeiro 27, 2013 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: