Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Profissões em alta em Portugal

Profissões sem Crise

Profissões sem Crise

Engenharia da Informática – esse curso eu tenho acompanhado no mercado de trabalho, aqui no Brasil, e há momentos em que as pessoas não parecem muito animadas, mas na realidade, para quem tem o dom, é um bom curso, até porque exige muita atualização e talvez por isso sempre tem vagas.

Engenharia Química – outro curso que está em alta, tanto em Portugal, quanto no Brasil. O Brasil tem falta de profissionais em várias áreas.

Medicina – não existem médicos desempregados em nenhuma parte do mundo, até porque essa é uma profissão que, assim como informática e direito, é útil em várias áreas diferentes. O problema é o preço do curso e o tempo que um profissional precisa se dedicar aos estudos.

Direito – como eu disse, direito é uma área que pode ser muito útil, inclusive para o crime, como eu disse em alguns textos. A maioria dos políticos corruptos é advogado, nos concursos públicos também nota-se a importância dada às leis – pena que não seja sinônimo de honestidade, justiça.

Todos os processos burocráticos, contratos comerciais, relações com instituições públicas, bancárias, etc., sempre há necessidade de conhecimento especializado.

Medicina Dentária – há quinze ou vinte anos atrás, eu me lembro que não havia cursos de odontologia em Portugal, por isso o mercado se abriu para os brasileiros, o que deixou muitos barbeiros portugueses muito invocados – pelo jeito o mercado continua em alta nessa área.

Enfermagem – a quantidade de cursos de enfermagem aumentou muito nos últimos anos, aqui no Brasil, isso ocorreu devido ao crescimento econômico e, principalmente pelo aumento da expectativa de vida dos brasileiros. Em Portugal, também é um dos melhores e com emprego mais garantido.

Gestão bancária – Considerado como um curso de grande saída para o mercado de trabalho português, esse curso fecha a lista de graduações para quem não quer ficar desempregado.

Pesquisa realizada pelo Ministério da Educação de Portugal.

Profissionais em falta no mercado

Profissões do futuro

Anúncios

janeiro 8, 2013 - Posted by | oportunidades | , , , , , ,

3 Comentários »

  1. A taxa de desemprego em Portugal entre os enfermeiros recém-formados ultrapassa os 50%
    Fonte: http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1567372
    Quase 9 mil enfermeiros estão no desemprego (na base de dados da Ordem estão registados 65 mil enfermeiros)
    Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Saude/Interior.aspx?content_id=2952638

    Comentário por João Récio | março 13, 2013 | Resposta

    • Olá João:

      Obrigado pelas informações, eu vou conferir.

      ABS

      Comentário por icommercepage | março 15, 2013 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: