Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Guerra paulista

oportunidades de morte

Guerrilha Urbana

São Paulo sempre será uma região interessante para ser analisada sob vários aspectos, tanto social, quanto político, econômico, etc.

Na área de segurança, por exemplo, as mortes de vários rappers chamou-me a atenção, agora são os policiais. Não parece uma guerrilha urbana, de fato é.

Se no Rio de Janeiro a organização do crime desencadeou uma onda de violência crônica, em São Paulo não é diferente. Há muitas pessoas inteligentes ajudando a organizar e executar atos fora-da-lei, mostrando que a lei já deixou de ser a única opção ideológica.

Lampião foi o Rei do Cangaço, homem poderoso nas terras abandonadas do nordeste, no sul, raramente tivemos grandes líderes rebeldes com grande popularidade. Mesmo assim, surgiram movimentos organizados de sem-teto, sem-terra e outros.

Os rappers são artistas com um talento notável para protestar em forma de poesia mas, ao contrário dos simples poetas, eles tem ponto de vista claro e falam de dentro do problema para fora, com alvos certos, objetivos, e eles raramente erram o endereço de sua palavras.

Nem a outrora mídia mais forte do país, a TV, que ainda é a mídia mais concentrada do mundo, deixou de manifestar o seu desprezo pelos rappers mais radicais, demonstrando a sua falta de noção quanto ao direito e liberdade de expressão. A TV tem essa capacidade de tornar os culpados inocentes e os inocentes culpados, quando são pobres ou marginalizados.

É difícil não relacionar a morte de policiais, familiares e amigos desses policiais, a morte dos rappers. Acontece que os rappers tornaram-se a voz dos marginalizados, muito mais que ídolos, e, de certa forma, motivou esses grupos a reagir e, de certa foram, vingar suas mortes.

Essa é apenas uma conclusão minha, mas há outros motivos mais comuns, como o tratamento dispensado aos presos em presídios, ou até desavenças pessoais, diretas, entre pessoas marginalizadas e policiais.

O maior problema em tratar as pessoas como animais, é que essas pessoas podem assumir posturas de acordo com o tratamento recebido, e a resposta não será nada agradável.

Não estamos oferecendo um sonho brasileiro para as pessoas e, se esse sonho não fazia falta no passado, quando as pessoas sonhavam os sonhos de personagens de novelas, hoje, as novelas já não conseguem controlar as mentes descontentes.

Essa tendência é mundial, mas as soluções não. Os realities não conseguem convencer, além disso, seus efeitos tem sido inverso ao das novelas.

Os entorpecentes tomaram definitivamente o lugar das novelas, os jovens das classes médias passaram a disputar áreas de tráfico com os marginais.

A guerra já começou e quem ofereceu mais, levou os mais pobres. Até a classe média já entrou nesse mercado.

By Jânio

Incompetência política

novembro 20, 2012 - Posted by | Policia | , , , , , , ,

1 Comentário »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Pingback por Ver! | Blog | Guerra paulista | novembro 25, 2012 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: