Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Policial que prendeu Carlinhos Cachoeira é assassinado

vingança da máfia

Força da Máfia

Policial que ajudou a prender Carlos Augusto Ramos, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira, foi morto em um cemitério de Brasília, próximo aos túmulos de seus pais.

Wilton Tapajós Macedo, mais conhecido como “agente Tapajós”, trabalhou na operação Monte Carlo que investigava atividades do contraventor Carlinhos Cachoeira e que acabou revelando o envolvimento de políticos e pessoas ligadas a políticos.

A esquerda pretendia desqualificar a direita com a “operação Monte Carlo”, mas quando descobriu que havia políticos do governo de esquerda envolvidos, tirou o pé, mas já era tarde. Assim, a direita que não tinha nada a perder, visto que não estão no poder, aproveitaram para contra-atacar.

Acontece que o governo pagou caro pela chamada “governabilidade”, aliando-se ao PMDB, com isso, eles tem mais força, inclusive para direcionar o foco das investigações contra a oposição, que é de direita.

Essa estratégia, da direita, de se isolar dos corruptos, levou Celso Pita a morte, ataque cardíaco em José Roberto Arruda e a queda de Demóstenes Torres. Voltando no tempo, chegamos até a morte de PC Farias, voltando mais, podemos tentar entender a morte de Tiradentes – nem dá para lembrar de todas as pessoas que morreram em 500 anos de História do Brasil.

Na direita é assim, o crime é organizado. Bem diferente da esquerda do mensalão, onde a República só não caiu porque não havia vergonha na cara e nem Roberto Jefferson contava com isso, tamanha a quantidade de políticos envolvidos no escândalo.

Dessa vez a direita não poderá criar um “caso PC Farias II”, isso porque a polícia federal já deixou claro que foi uma execução – Dois tiros certeiros é trabalho de profissional.

Aos 54 anos, 24 na polícia federal, o agente Tapajós foi a primeira vítima fatal da “Operação Monte Carlo”, mas não foi o único. Agora foi a vez do escrivão Fernando Spuri Lima, 34 anos, ser encontrado morto.

Se a suspeita é a de que o escrivão cometeu suicídio, é estranho que tenha escolhido esse momento tão conturbado da política brasileira, pior, justamente depois do assassinato do agente Tapajós, pior, trabalhando no mesmo local.

Assim, nem com todas as mídias de massa trabalhando pró, vai ser possível convencer os eleitores mais inteligentes de que não há algo cheirando mal nessa história.

Escrivão da Polícia Federal é como contador de mafioso, ou seja, sabe de tudo, portanto é perigoso para a máfia dos políticos.

Antes do agente Tapajós, o Juiz Paulo Augusto Moreira Lima, que trabalhava no processo de Carlinhos Cachoeira, pediu afastamento, depois de sofrer ameaças à sua família. Além dele, Léa Batista de Souza, procuradora, também sofreu ameaças.

Quanto mais tempo Carlinhos Cachoeira ficar preso e a investigação continuar, mais pessoas poderão morrer.

Só uma coisa eu não entendo, porque os policiais, juízes, procuradores, autoridades e familiares, não recebem proteção especial, porque eles não se preocupam com sua própria segurança?

Será que eles, que estão envolvidos diretamente no caso, não acreditam que estejam mexendo em casa de marimbondo, que suas vidas está por um fio e que devem proteger suas famílias?

By Jânio

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

julho 24, 2012 - Posted by | Política | , , , , , , ,

8 Comentários »

  1. Jânio, quer saber?

    Sou cristão, mas não consigo acreditar que os parrudos da PF ainda não pensaram no ditado “Vou matar pra não me matarem”…Não sei como não usaram dos artifícios bem bolados da polícia conspiratória pra eliminar o Cachoeira.

    Querem uma boa arma e e que não deixe vestígios? Aprendam como fazer a “serpente do Faraó”! kkkk

    Comentário por Ebrael Shaddai | julho 25, 2012 | Responder

  2. Olá Ebrael:

    Só falta os policiais lerem o seu comentário hehehehehe

    Esta é uma briga de gente grande e parece que não são apenas dois jogadores, no caso da PF e máfia do Carlinhos Cachoeira, há muita gente graúda formando os terceiros, quartos, etc., jogadores políticos.

    Além disso, há muita gente que pode ter entrado de gaiato nessa história, recebendo privilégios e financiamentos e são justamente esses jogadores, que posam de santos, os mais perigosos.

    Vamos aguardar os próximos capítulos, caso a oposição insista em derrubar os aliados.

    ABS

    Comentário por icommercepage | julho 25, 2012 | Responder

  3. […] Policial federal é assassinado […]

    Pingback por Sistemas corrompem « Made in Blog | janeiro 5, 2013 | Responder

  4. […] Policial federal é assassinado […]

    Pingback por Renan Calheiros – A desgraça brasileira « Made in Blog | fevereiro 5, 2013 | Responder

  5. […] Policial federal é assassinado […]

    Pingback por Maluf é condenado a devolver dinheiro « Made in Blog | abril 12, 2013 | Responder

  6. […] Policial federal é assassinado […]

    Pingback por A corrupção tem problemas no coração « Made in Blog | novembro 23, 2013 | Responder

  7. […] Investigador que prendeu Carlinhos Cachoeira é assassinado […]

    Pingback por Interesses nos protestos do Brasil « Made in Blog | março 16, 2015 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: