Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Corinthians fez o dever fora de casa

jogo final

Os corintianos sofreram no jogo fora de casa, mas no final do jogo respiraram aliviados.

O sofrimento começou aos vinte e oito minutos, quando o time do Boca Juniors abriu o marcador, aos quarenta o Corinthians mostrou a sua mais nova arma, Romarinho, que fez mais um gol de craque.

É muito bom ver sempre um novo jogador do Corinthians se destacando. Apesar dos poucos gols, o que é natural em jogos com forte marcação, os jogadores tem feito gols bonitos, gol que vale por dez.

Se fizermos uma seleção de todos os gols marcados pelos jogadores do Corinthians, poderemos criar uma história de muita classe, raça e emoção.

Não dá para negar que empatar com o Boca Juniors fora de casa é uma façanha memorável, tão importante quanto uma vitória simples, por um a zero, aqui no Brasil.

Eu acho que a expectativa de todo o Brasil foi muito grande, pela força que o Boca Júniors representa para o futebol americano, mas agora a história mudou, eu é que não queria estar na pele do Boca Júniors, no segundo jogo.

Eu fiz uma comparação com o time do Santos, e notei que o jogo contra o santos era bem mais complicado, já que o estilo do Santos é bem diferente do Corinthians. Foi difícil para o Santos, difícil para o Corinthians.

Com o Boca Júniors foi diferente. O time do Boca sempre esteve preparado para a libertadores, e o time do Corinthians mostra que também está.

O estilo do Corinthians, com forte marcação ajudando na defesa, é a melhor maneira de jogar uma Libertadores, mas tem um risco, quando do outro lado tem um super time, que conhece muito bem esse torneio.

Mesmo depois de levar o gol, o corinthians ainda tinha um ás na manga, o Romarinho.

Jogador rápido que surpreendeu o time argentino, já acostumado com o jogo truncado.

É difícil não admirar a forma como os argentinos jogam, eles dão uma aula de futebol.

No jogo de volta, o Corinthians deverá entrar concentrado e manter esse estilo de jogo. A concentração não será um problema, com uma torcida de dezenas de milhares de torcedores, já o estilo do time, o técnico certamente não abrirá mão.

Agora é o Corinthians que é o favorito, por isso, toda atenção é pouco. Se o Boca entrar retrancado, melhor esperar o final e sacar a arma, Romarinho.

By Jânio

Anúncios

junho 29, 2012 - Posted by | esportes | , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: