Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Justiça argumentativa

Justiça Oriental

Durante o período mais conturbado dos últimos anos, Guerra Mundial, as ciências ocultas foram muito fortes, responsáveis inclusive por levar Hitler ao poder. Na Rússia, antes da revolução socialista, Rasputin era o homem que dava as ordens.

Como o governo dos Csares, na Rússia, e o nazismo de Hitler eram sistemas de política elitista, devemos concluir que ciências ocultas nunca foram práticas muito populares. Sociedades secretas, como a maçonaria, demonstram uma hierarquia mais rígida até que a rígida e organizada hierarquia de Gengis Khan.

Mas não era sobre isso que eu gostaria de discursar hoje, gostaria de demonstrar uma tendência notável atualmente, a valorização das ilusões sobre a realidade.

As ciências ocultas podem até parecer ilusões, mas são o lado prático da mágica, essa sim é ilusória.

Atualmente, as aparências tem sido mais importante que a realidade, mas essa tendência já vem de longa data. TV, moda, cinema, riqueza, beleza, tudo é questionável mas muito influente, infelizmente.

Em meio a todas essas formas de manipulação do pensamento contemporâneo, a área que mais afeta a sociedade, influenciada por modismos e desvios de comportamento, é a Justiça.

A Justiça sempre foi muito discutível, evoluiu muito através de estudos, análises, observações, mas o ser humano é muito criativo em seus argumentos e pode se convencer, ou convencer outras pessoas, que o errado está certo.

Entre a justiça dos Bilderbergers, CIA e Wikileaks, até a pena de morte, Texas-EUA, ou o apedrejamento no Irã, a diferença é muito pequena. A China tem a sua forma implacável de justificar os seus atos, enquanto o Brasil finge que não vê o abandono dos hospitais e salários injustos de bombeiros, professores e outros funcionários públicos.

Não é possível globalizar os costumes, cada povo tem uma forma de entender e controlar a sua natureza, buscar as suas respostas e não se deve impor mudanças quanto a isso.

Em cada processo, são chamados os réus, as testemunhas, acusação e a defesa. São apresentadas as provas materiais, relatórios de investigação e tudo passa a ser analisado para que o juiz possa dar a sentença final.

A importância do Juiz é notável em alguns casos, mas sua participação no processo da justiça é limitado. Alguns juízes tem problemas com casos inexplicáveis, sem provas materiais, polêmicas, religião, etc.

Em alguns casos, o réu passa a ser a vítima; crimes comprovados, com provas materiais e investigação, são descartados, enquanto em outros casos, a condenação é baseada única e exclusivamente nos depoimentos das testemunhas, que na realidade são os próprios réus – é como se vários mentirosos tivessem o direito de transformar suas mentiras em realidade.

O crime pode ter vários pontos de vistas diferentes, onde o conservador e fundamentalista tem uma visão oposta ao liberal e revolucionário, e isso não é nada bom pois a justiça está muito além disso.

O pior de tudo é que há argumentos, teses, teorias, suficientes para provar até que o certo está errado, ou vice-versa. Algumas vezes, a resposta está além da compreensão popular, mas há casos que estão muito próximos do pensamento da maioria.

A mitológica opinião pública faz pressão e influência nos resultados dos julgamentos, mas essa opinião pública é criada por mídias de massa, fazendo prevalecer a vontade da elite. O ponto de vista pessoal, até agora só teve força na internet, e isso foi suficiente para uma verdadeira revolução no sistema, chegando a incomodar as elites que ameaçam bloquear esse canal tão importante para a expressão popular.

O argumento elitista é: Quem não sabe escrever, não deve escrever; quem não sabe falar, não deve falar; quem não sabe pensar, não deve pensar; e tudo estaria bem, caso as pessoas concordassem com isso, mas não concordamos.

Durante toda a história, o conhecimento e a informação foi negado a população, em países imperialistas, para que a elite tivesse todo o poder em suas mãos. Essas práticas evoluíram, negativamente falando.

Hoje, essas práticas somam-se a outros maus hábitos, o resultado é uma sociedade decadente, com pessoas cientes de que tudo está errado, mas sem uma resposta para o problema.

A falência das instituições levam as pessoas à marginalidade, criando sociedades alternativas tão organizadas quanto nos sistemas tradicionais, e quando isso ocorre, surgem conflitos de interesses que podem levar às guerras.

Nas guerras, o que vale não é o que é certo ou errado, são os interesses que contam. Quem tiver mais reputação, influência, terá mais chances de vitória.

By Jânio

Anúncios

março 22, 2012 - Posted by | Reflexões | , , , , , , , ,

2 Comentários »

  1. Amigo estive na Alemanha e lá observei que os alemães são frios. isto seria efeito ainda da Guerra? Mas quanto ao restando do post concordo que o Brasil está de mal a pior.

    Comentário por Maria Madalena Schutze | março 22, 2012 | Resposta

    • Olá Maria Madalena:

      Os países ricos de um modo geral, são bem diferentes dos latinos, que são passional. Para nós latinos, isso é bom, mas tem pelo menos um porém, quando as pessoas querem fazer justiça com as próprias mãos, mas com a mente distorcida pelas mídias.

      Nós brasileiros temos muitas qualidades, mas falta algo essencial, coragem, e acho que isso é influência das mídias também, com uma pequena ajuda das igrejas.

      As sociedades alternativas dos morres e pessoas marginalizadas, são violentos, é verdade, mas tem coragem e pode ser que um dia forcem uma mudança no país.

      Os alemães não demonstram muito seus sentimentos, mas fica claro suas intenções, em ONGs espalhadas pelo Brasil, eles realmente se preocupam. Eu me lembro daquele processo de adote uma criança carente, mesmo sem conhecê-las e sem conviver – adoção à distancia.

      Obrigado pela visita, amiga.

      ABS

      Comentário por icommercepage | março 23, 2012 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: