Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Revolucionários da Terceira Guerra Mundial Virtual

Guerra na Internet

Revoluções Virtuais

Para quem temia a terceira guerra mundial, ela começou, e não foi nem de perto o que todos esperavam. A terceira guerra mundial não é real, mas também não é irreal, é virtual.

Justamente no momento em que os EUA elaboravam estratégias, buscando o apoio da América Latina, para fazer frente ao crescimento da Europa, eis que surge uma nova potência, a China.

Seguindo os passos do Brasil na economia, o Brasil sempre foi uma das maiores economias do mundo, e as tecnologias do Japão e Tigres Asiáticos, a China surpreendeu o mundo dos ricos com um crescimento tão grande que parecia desconhecer a crise.

Não há o que fazer com a China, já que o país possui um mercado com potencial de crescimento gigantesco. Isso sempre acontece com países quebrados, como foi o caso da Argentina, depois da crise, mas mesmo assim é surpreendente.

A única maneira de parar a China, seria proibindo o Brasil de exportar suas matérias-primas, mesmo assim, eu tenho as minhas dúvidas, tamanho é o crescimento chinês.

No mundo virtual não é diferente, enquanto o grupo Anonymous rouba a cena, literalmente falando, deixando para trás sites como o Wikileaks, quando o assunto é protestar, divulgar e criar influência, eu avalio o mapa de internautas e vejo o tamanho da encrenca para quem não for parceiro dos chineses. Quem for concorrente então, não vou nem falar nada.

A Ásia tem 44% do total de internautas e, se números contam, só precisa de 7% para ter a maioria absoluta.

Entre seus parceiros, além do Império Brasileiro, que domina toda a América do Sul, proliferando a sua miséria, está a bizarra sociedade Russa.

A Rússia encontrou na China, o mercado ideal para vender tecnologias de ponta da antiga União Soviética, URSS, como programa espacial e franquia de outros projetos que, combinados com a tecnologia asiática, podem chegar ao topo tecnológico mais cedo que imaginamos.

Se não fosse o fenômeno China, a estratégica americana teria dado certo, isso porque América do Norte e América Latina, juntas, igualam à Europa em número de internautas, 23%. Os restantes 10% ficam divididos entre: África 6%, Oriente Médio 3% e Oceania/Austrália 1%.

Curiosamente, o mapa da revolução virtual e da pirataria andam de mãos dadas e, se alguns sites começaram a ceder às forças dominantes do planeta, outros sites não.

O que significa isso?

Em minha modesta opinião, a demanda por servidores fora dos EUA, deverá aumentar, e as mudanças não serão apenas na internet.

O Equador que recebeu o presidente do Irã, recentemente, é o primeiro a defender a saída da OEA do território americano. Se antigamente as opiniões de pequenos países não tinha tanto peso, hoje, um pequeno país pode criar uma revolução no mundo virtual, quando o assunto é informação e política.

A questão não é tão simples, por exemplo:

Pirataria: Eu tenho alertado para um futuro da indústria de entretenimento completamente diferente do que é hoje, uma evolução natural. Já o Anonymos pretende dar uma forcinha nessa evolução, transformando-a em revolução, sinal dos tempos?

Israel: Enquanto se especula que EUA e Israel planejam uma guerra contra o Irã, hackers israelenses invadem sites do governo Iraniano. O governo do irã pretendia criar sua própria internet, os hackers também – lembrando que os Anonimous sãos formados por hackers, crackers e lammers.

Política: Como foi dito acima, o Equador é o primeiro a pregar o fim do paternalismo americano, o que levará a várias outras mudanças, já que todo o controle institucional do mundo está concentrado nos EUA.

No mundo virtual, as maiores empresas do mundo virtual, americanas, são contra o controle americano, Wikipedia, Google, WordPress e o emblemático – Wikileaks???

A Alemanha prepara a criação de agências classificadoras, aumentando o temor de muitos europeus de que o sonho de Hitler esteja se concretizando, onde a Europa seria uma herança dos povos arianos – Se Getúlio Vargas era um grande admirador de Hitler, a verdade é que a Alemanha foi o único país que acreditou na força do Brasil, durante a nossa crise, contrariando o gigante Banco Americano, indicando o Brasil para seus clientes investirem.

O Brasil sempre esteve muito próximo do eixo do “mal”: Durante a Segunda Guerra Mundial; antes do golpe militar, com os comunistas Jânio e Jango; agora, com a China; Curiosamente, dessa vez chegamos primeiro, pelo menos no bizarro sistema econômico.

A Twitter cria censura local, tornando invisíveis as mensagens “proibidas” em determinados países.

Eu espero poder comentar melhor todos esses assuntos mais tarde mas, por enquanto, vamos falar da força virtual no mundo.

RT-TV: “A quantidade de usuários de internet em 2.011 alcançou a incrível marca de 2,1 bilhões de internautas. Em outras palavras, 30% da população da Terra estão conectados, segundo informação do portal Pingdom.

A maioria dos internautas, cerca de 920 milhões, vivem na Ásia e quase 480 milhões vivem na Europa. Em terceiro lugar está a América do Norte, seguido de perto pela América Latina.

Finalmente, no fim da lista, com dez por cento restantes, estão a África, Oriente Médio e Oceania.

Quase a metade dos internautas, são jovens com menos de vinte e cinco anos.

A quantidade de sites dobrou em 2.011, em relação ao ano anterior: 555 milhões em 2.011, 255 milhões no ano anterior.

3,1 bilhões de e-mails, 800 milhões de perfis na Facebook e cerca de 255 milhões na Twitter.

O Skype tornou-se a nova febre, forçando as telefônicas a investirem mais em banda larga, já que as ligações interurbanas migraram para essa nova ferramenta. Cerca de 2.6 bilhões de internautas utilizam o Skype.

Nas redes sociais, os mensageiros instantâneos são as opções de 2,4 bilhões de internautas.

Internet Explorer, em Windows, segue sendo o navegador mais popular, seguido pelo Google Chrome e Firefox.

Naturalmente que entre os tablets, a história é bem outra, como vocês poderão conferir com seus amigos.

Fonte: RT-TV

Imagem: Pingdom

Texto: By Jânio

janeiro 29, 2012 Posted by | internet | , , , , , , , , , , | 15 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: