Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A magia infantil

brincadeiras adultas

Aprendizes de Feiticeiros

Há uma época na vida em que tudo é possível, tudo é permitido. Nessa época que o tempo não pode apagar, há vestígios de nossa história obscura, fontes para uma investigação sobre o passado mágico do homem.

Eu concordo no fato de não vivermos no passado, olharmos sempre para o futuro. No caso de um passado recente, isso pode ser mais traumatizante, optamos por esquecer.

A maturidade social, assim como a formação de opinião, só é possível se analisarmos e avaliarmos o presente e o passado.

Nessas avaliações, é muito importante não mantermos o foco na ponta de nosso próprio nariz, quanto mais abrangente a nossa visão, melhores os resultados.

O império romano, por exemplo, só será citado por políticos, aristocratas ou pessoas com pensamentos imperialistas muito atrasados em relação ao nosso tempo.

Precisamos de idéias inteligentes, desenvolvidas e dinâmicas, pois no nosso tempo tudo muda rapidamente.

Em meio a esse maremoto de informações, conhecimentos, técnicas e teorias, há um grupo de pessoas alheias a tudo isso, pessoas com uma visão ingênua dos fatos, mas nem por isso menos importantes ou inteligentes, as crianças.

Para as crianças tudo será permitido, menos a convivência com temas mais adultos, como a violência e a vida sexual. Temas como esses, só deverão ser tratados na presença de pessoas preparadas e responsáveis pela sua educação.

Nem por isso devemos considerar as crianças menos corajosas e capazes de enfrentar conflitos e filosofias necessários a nossa vida.

Há casos em que a maioria dos adultos não estão preparados para enfrentar, visto que são temas os quais deveriam ter sido desenvolvidos na infância. Se a pessoa não teve uma boa infância, também não terá condições de resolver esses conflitos.

É correta também a necessidade de as pessoas estarem atentas aos vários pontos de vista, inclusive ao ponto de vista de uma criança, sem os quais muitos de nossos conflitos jamais poderão ser resolvidos.

Recentemente, houve uma polêmica em torno do filme “Fantasia” da Walt Disney, onde Mickey Mouse era um aprendiz de feiticeiro.

Na época, eu não me interessei muito. Idéias de conspiração, mensagens subliminares, normalmente são mostradas de forma sensacionalista pelas mídias de massa, o que ironicamente não deixa de ser uma forma de conspiração.

De certo, o que eu sei é que temas infantis devem ser tratados por crianças, ou por adultos, mas sob uma ótica infantil.

A mitologia está sempre muito presente na vida das crianças. A vida do Rei Arthur, reino de Camelot, cavaleiros da távola redonda, dragões e princesas, nada escapa ao olhar “crítico” dos pequenos.

Entre os contos de fadas, a história de Chapéuzinho Vermelho, lobo mau e os três porquinhos, branca de neve e os sete anões e até a bizarra história da bela adormecida, estão entre os contos favoritos das crianças. Das estórias infantis, ainda podemos destacar o saci pererê, curupira e tantos outros.

Algumas dessas histórias são da idade média, outras são ainda mais antigas. Para serem publicadas, tiveram de ser adaptadas, já que os tempos mudaram, mas a sua essência obscura continua presente, sendo muito bem resolvida e aceita pelas crianças.

Tudo acaba sendo uma questão de adaptação e estilo, não é mesmo?

Histórias de vampiros, lobisomens e assombrações, são muito procuradas por adolescentes, usá-las para assustar as criancinhas, para torná-las carentes, tímidas e inseguras, é uma tremenda covardia.

Durante nossa infância, podemos ser heróis e bandidos, e devemos ser orientados a decidir o lado certo.

O termo brincar, curiosamente é utilizado também para designar “interpretar” (play), na língua inglesa, portanto, devemos deixar a imaginação dos pequenos fluir e estar atentos a ela.

A magia das crianças é pura ficção, não tem um tempo determinado. Pode ser na idade média, antiga, pré-história, podendo até negar a pré-história.

Uma história infantil também pode apresentar falhas, erros, como nas super-produções de Hollywood.

Crianças tem uma visão além do pré-conceito de certo e errado, podem ser excelentes atores e atrizes da vida real, sem contudo tomar decisões incorretas, desde que bem orientadas.

Crianças poderão ser excelentes adultos, desde que os adultos tenham as respostas certas para as suas perguntas.

Por quê? Por quê? Por quê? Por quê? Por quê? Por quê? Por quê? Por quê? Porquê? Por quê? Por quê? Por quê? Por quê?…

By Jânio

abril 25, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: