Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O lado obscuro do jornalismo

jornalismo obscuro

Propaganda Nazista

Muita gente pode pensar que eu tenho sido muito cruel com a imprensa brasileira, principalmente a mídia de massa, quando o assunto é falar a verdade, denunciar. Eu não vou fazer a “mea culpa”, mas temos que reconhecer que quando o patrocinador é um grande capitalista, há uma cartilha a ser seguida, não é mesmo?

Muitas vezes é o próprio Governo quem patrocina – Não tem as mensagens positivas do Twitter, que valem cerca de quinhentas “pratas”? – Então. Quanto você acha que vale uma “notícia” positiva na tv?

Eu também não sei, o que eu sei é que quanto menor a audiência das grandes redes de tvs, mais ricas elas ficam.

Poderíamos até dizer que as igrejas estão bancando tudo, o problema é que as igrejas sempre estiveram presentes na tv, apesar de ser uma participação menor. Recentemente, por exemplo, vimos um pastor chorando, dizendo que iriam tirar o seu horário.

O Brasil passa por um processo de mudanças, se antes o que interessava aos políticos era o dinheiro, agora o poder tem sido mais importante que o dinheiro.

No Brasil há uma inversão de fatores, em relação aos capitalistas do primeiro mundo. Enquanto lá o dinheiro vem em primeiro plano, por proporcionar o poder, aqui, o poder vem primeiro, por proporcionar muito dinheiro.

Eu li, por exemplo, que a maior rede de tv do Brasil, passou a ser a terceira maior do mundo, justamente quando passa pela sua maior crise. A concorrência não fica muito atrás não, apesar da pouca audiência, há dinheiro jorrando para todos os lados.

Está certo que não há mais lugar seguro para se investir fora do país, portanto, pedir falência, concordata, anda meio fora de moda. Até a lavagem de dinheiro já é um péssimo negócio, com a Polícia Federal prendendo doleiros.

Ainda há ONGs internacionais, e alguns investidores malucos, mas a maioria não anda muito motivada não. E depois, os mafiosos já não são tão mal vistos assim, vários protagonistas de escândalos recentes, andam rindo à toa.

Então vamos voltar ao tempo de Napoleão:

Depois de sua grande derrota, Napoleão foi banido. A parcialidade da imprensa ficou escancarada em manchetes do jornal parisiense “Le Moniteur” em 1.815.

O problema é que antes de sua despedida desse mundo, um homem como Napoleão haveria de dar seu último suspiro, para a surpresa do “Le Moniteur”.

Veja as manchetes de 1.815:

09/03/1815 – O monstro fugiu do local do exílio.

10/03 – O Ogro desembarcou em Cabo Juan.

11/03 – O tigre apareceu em Gap. As tropas estão chegando de todos os lados para deter-lhe a fuga.

12/03 – É verdade que o monstro adiantou-se até Grenoble.

13/03 – O tirano agora está em Lyon. O terror apoderou-se de todos os que o viram chegar.

13/03 – O usurpador arriscou-se chegar a umas 60 horas da capital.

19/03 – Bonaparte adiantou-se em marchas forçadas, mas é impossível que alcance Paris.

20/03 – Napoleão chegará amanhã aos muros de Paris.

21/03 – O Imperador Napoleão está em Fontainebleau.

22/03 – Ontem à tarde, sua majestade o imperador entrou solenemente em Paris e chegou ao palácio. Nada pôde superar a alegria universal.

Esses fatos me fazem lembrar Júlio Cesar, seus soldados eram tão leais a ele que jamais lutariam contra seu General.

Júlio César foi apunhalado pela aristocracia, mas ninguém sobreviveu para usurpar-lhe o trono.

Durante as próximas gerações, o nome de César iria sustentar o império, mesmo depois de séculos de sua vida.

Eu sempre digo que quase todas as instituições sociais são burguesas, portanto não são confiáveis. Quando eu estiver errado, então teremos um Governo Perfeito e representativo.

Fonte das manchetes: Marlene & Silva

By Jânio

Anúncios

abril 9, 2011 - Posted by | Reflexões | , , , , , , , , ,

9 Comentários »

  1. Vou me reportar brevemente sobre a propaganda de governo, que nada mais é do que uma forma de ludibriar os governados, usando seu próprio dinheiro. Para que gastar à toa com propaganda, acerca do que foi feito, se os que usufruem de tais obras representam o público alvo a quem se destina a publicidade governamental ? No Brasil atual, mídia e poder caminham de mãos dadas, levando na algibeira o nosso suado dinheirinho.

    Curtir

    Comentário por Lino Tavares | abril 9, 2011 | Responder

  2. […] Publicado no MadeInBlog * Twitter […]

    Curtir

    Pingback por Ver! | Blog | O lado obscuro do jornalismo | abril 9, 2011 | Responder

  3. […] quinhentas “pratas”? – Então. Quanto você acha que vale uma “notícia” positiva na tv? Ver conteúdo completo var act76255 = new […]

    Curtir

    Pingback por A história obscura do jornalismo « Link Esfera – Rede Social, Curiosidade e Humor | abril 9, 2011 | Responder

  4. Olá Lino:

    Através de seus comentários e artigos, temos acompanhado parte desse processo perigoso, que só poderá ser invertido se as pessoas ficarem muito atentas.

    ABS

    Curtir

    Comentário por icommercepage | abril 9, 2011 | Responder

  5. Hoje não dá para acreditar nos midia estão todos vendidos…

    Curtir

    Comentário por Emilia | abril 9, 2011 | Responder

    • É isso mesmo Emília:

      A PPP – Política, Polícia e Pilantras, podem se achar seguros, protegendo-se por detrás desse aparato de comunicação mas, no fundo, não conseguem enganar nem a si próprios.

      ABS

      Curtir

      Comentário por icommercepage | abril 9, 2011 | Responder

  6. é amigo, Jânio. Vai por ai mesmo. Se quisermos ter uma mínima idéia de a quantas anda o comprometimento da mídia (se com a Verdade ou com o Poder), basta olharmos para as eleições de 2010 e vermos o quanto importou a assinatura de 2 milhões de exemplares, entre jornais, revistas e livros encalhados do 4 principais grupos de comunicação do país.

    Até Perito de Áudio foi contratado para analisar fita de vídeo (e desenhar um rolinho de papel na cabeça do candidato Rojas).

    A imprensa brasileira adora o conceito americano de 4o.Poder. Entretanto, na prática, ainda não passam de um arremedo de poder. E que vem perdendo os dentes. Há algum tempo, já não formam mais a opinião popular,já não é percebido como fato o que noticiam. Nem mesmo o “boa noite” do William Holmer Bonner parece sincero.

    Abraços

    Curtir

    Comentário por Jose Sidney Pereira | abril 9, 2011 | Responder

    • Enquanto isso, nós ficamos sem muitas opções de informações, exceto pela internet, onde podemos não só ver o outro lado da notícia, como observar detalhes curiosos que eles deixaram passar, através de textos de blogueiros talentosos.

      Muito bom seu comentário , José Sidney.

      ABS

      Curtir

      Comentário por icommercepage | abril 9, 2011 | Responder

  7. […] A história obscura do jornalismoVer link Em: […]

    Curtir

    Pingback por A história obscura do jornalismo - LinkAtivo Agregador de Links | abril 10, 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: